Educação: Um Direito De Todos ( Ou Não ! )

22/05/2009 • Por • 4,603 Acessos

                 A Constituição, em seu artigo 5º, diz que a educação é um dos direitos do cidadão, pois bem, eu penso que o Estado ou ignora a existência desse artigo ou descaradamente desrespeita esse direito essencial de todos.

                 A verdade é que educação é um artigo de luxo, direito de todos sim, mas um privilégio para poucos, os poucos que podem pagar para ter acesso a escolas particulares, uma vez que o ensino público está falido, sem professores suficientes, e os que estão no ensino público estão desmotivados, face a remuneração pífia, a falta de condições de trabalho adequadas, instalações precárias, colégios localizados em área de risco, entre tantos outros problemas.

                O que me aflige é saber que esse abandono, esse descaso com a educação, parece não ter fim, as perspectivas não são as melhores e as consequencias são visíveis, as crianças estão crescendo sem o mínimo de condições de aprendizado, os jovens estão ao relento e vemos casos de crianças no ensino elementar e até mesmo no ensino médio que mal sabem ler e/ou escrever o próprio nome... O que o futuro reserva para elas?

                A violência cresce desenfreadamente, segue a passos largos, o índice de delinquência juvenil também segue o mesmo rumo, valores de minha época de criança estão se perdendo como o respeito, o patriotismo, o amor ao próximo e a família, etc.  Tudo isso poderia ser  e estar bem diferente hoje em dia se a educação não tivesse sido relegada a segundo, quiçá terceiro plano, pois a escola tem papel importante na formação de um cidadão, e o que vemos hoje em dia é o abandono e o descaso total.

                Recentemente, houve um caso de duas mulheres que foram presas pois seus filhos não estavam devidamente matriculados na escola, ora se não há vagas no ensino público local e tais mulheres são pessoas de baixa renda, sem dinheiro para o próprio sustento, o que dirá para colocar seus filhos no ensino privado, como o Estado vai querer cobrar o que não tem condições nem moral para fazê-lo? Uma vez que não cumpre com sua obrigação, que é de oferecer um ensino público de qualidade.

               Ora, vamos acabar com a demagogia, indubitavelmente sou a favor de cobrar dos pais a porem seus filhos na escola, mas o Estado deve prover os meios para que isso aconteca, para poder exercer seu poder coercitivo, se isso se fizer necessário. 

               Educação, direito de todos sim !!!

Perfil do Autor

André Luiz dos Santos

Sou Bacharel em Direito, formado pela Faculdade Brasileira de Ciências Jurídicas e atualmente estou fazendo Pós-Graduação em Docência...