Erosão - causa e efeito

Publicado em: 20/03/2012 |Comentário: 0 | Acessos: 130 |

O primeiro ponto que deve ser lembrado, são os locais onde existem as nascentes das cabeceiras dos rios, conhecidas como os de  cursos de água de primeira ordem. Esses locais são zonas de convergência dos fluxos superficiais e subterrâneas, havendo assim uma interação sinergética favorável aos processos causadores de erosões.

     O outro fator a ser considerado deve ser  o tipo de solo, uma vez que solos com textura arenosa são extremamente suscetíveis aos processos erosivos, principalmente quando sofrem com a ação do homem, com desmatamento generalizado e concentração do escoamento das águas pluviais.  E por último caso e  o fator - declividade do terreno, que interfere de maneira direta no escoamento superficial, sendo função inversa da infiltração da água no solo, ou seja quanto maior a declividade menor a taxa de infiltração.

O poder erosivo da água depende da densidade e velocidade do escoamento, da quantidade, declividade, comprimento  e da presença de vegetação. Conforme o tipo de vegetação e a extensão da área vegetada este processo pode ser mais ou menos intenso. 

     A partir do momento da retirada da cobertura vegetal, o solo fica exposto às intempéries, sobretudo à água das chuvas, que anteriormente infiltrava lentamente no solo, que passa então a escoar superficialmente, dependendo da intensidade da chuva. A capacidade de transporte da água que escoa superficialmente depende do volume de água e da declividade do terreno. Dessa forma, o escoamento pode ser difuso ou concentrado. O escoamento difuso, que começa a aparecer quando a quantidade de água precipitada é maior que a velocidade de infiltração, pode transportar consigo partículas de solo e provocar de início sulcos poucos profundos, os quais podem evoluir chegando  a ser uma voçorocas

As erosões são causadas pelos ventos, chuvas, ação do homem, animais e máquinas. Nos três últimos casos são mais devastadores. Desmatamento, com a  retirada da cobertura vegetal do solo fica desprotegida. Exemplo maior são as encostas, que com a chegada das chuvas, o solo fica encharcado, pesado e se desprende com facilidade do solo mais rochoso. E com isso desse as encostas, - lama (uma grande mistura de água e terra) - destruindo tudo a sua frente, abrindo grandes voçorocas, assoreando córregos, lagos e rios. Em muitos casos traça novos cursos.

J.S.Cova

guanaxluccos@gmail.com.br

GUANAX & LUCCOS

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-artigos/erosao-causa-e-efeito-5756164.html

    Palavras-chave do artigo:

    erosao

    ,

    cobertura vegetal

    ,

    vocoroca

    Comentar sobre o artigo

    Esta pesquisa objetiva mostrar através de dados obtidos por imagens do ano de 2006 do satélite CBERS-2, a situação da degradação da cobertura vegetal às margens do curso (faixa de 200 m a partir do curso principal) Médio do Rio Itapecuru. Constatou-se que dos 15.182 ha da faixa em estudo, 3.233 ha, ou seja, 21,3% do total da área estão sendo de alguma maneira degradados, ou seja, seu manto de cobertura natural está, de alguma forma sendo agredido.

    Por: BRITO SOBRINHO, J. C. C.l Ciênciasl 03/12/2010 lAcessos: 819

    O objetivo deste trabalho foi o de utilizar técnicas de Geoprocessamento no estudo da ação antrópica da cobertura vegetal ao Município de Pedreiras – Maranhão, consistindo em delimitar as áreas degradadas do município, quantificar alterações, observar adequação e viabilidade do uso de imagens do satélite CBERS. Constatou-se que dos 289 Km² da área em estudo, aproximadamente cerca de 10.423,675383 ha, ou seja, 36,068081% do total da área de cobertura vegetal descoberta, estão sendo de alguma mane

    Por: BRITO SOBRINHO, J. C. C.l Ciênciasl 04/12/2010 lAcessos: 415

    Este trabalho visa apresentar o resultado de uma pesquisa de campo que teve como objetivo estudar os processos degenerativos dos impactos ambientais em uma área denominada Olho D'água, esta situada a NE (Nordeste) do centro da cidade de Cáceres-MT, aproximadamente a 6,5km de distância. Nas últimas décadas, o Córrego, que também recebe o mesmo nome do bairro, vem sofrendo alterações irreversíveis, principalmente, devido ao processo desordenado de ocupação, de uso e do manejo inadequado das terras

    Por: leandro dos santosl Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 03/12/2010 lAcessos: 541
    José Eduardo do Amaral

    O objeto deste trabalho é o comparativo entre 2 áreas impactadas pela mineração de carvão no município de Criciúma, SC, Brasil. Uma delas situa-se em área urbana e a outra está localizada na zona rural. Na área urbana as obras civis estão sobre pilhas de rejeito carbonoso pirítico e sobre bocas de minas. A área rural possui topografia fortemente ondulada e alta declividade, possuindo diversas bocas de minas abandonadas, as quais possuem drenagem ácida de mina – DAM, com vazão de até 50m3/h.

    Por: José Eduardo do Amarall Ciênciasl 28/12/2011 lAcessos: 272

    O presente estudo teve por objetivo realizar um diagnostico sobre o município de Anicuns, para isso utilizamos informações básicas sobre os aspectos: físicos (geologia, geomorfologia, solos, vegetação, condições gerais dos condicionantes climáticos), bem como uma caracterização sobre a situação econômica e social que predomina na região, entre outros. Os conhecimentos foram analisados também uma pesquisa para o conhecimento de informações sócio_ambientais, seguida de mapeamento das informações obtidas acerca do território o que se faz de grande importância, visto que atividades de planejamento para o bem-estar da população e o desenvolvimento sócio-econômico, dependerão de conhecimentos e informações sobre o espaço geográfico.

    Por: RIBEIRO, J. Carlos.l Notícias & Sociedade> Polítical 17/10/2008 lAcessos: 1,432

    De acordo com a figura de monitoramento orbital de queimadas (INPE/CNPM-EMBRAPA) e da imagem coletada do satélite CBERS-2 fica claro, a ação antrópica de retirada da cobertura vegetal, principalmente na zona rural destacando-se áreas de assentamento e também a atividade agropecuária. A área total da cobertura vegetal descoberta atingiu 18.705,909847 ha. Torna-se necessário a implantação de um Viveiro Agroflorestal, com função principal para produção de mudas de espécies nativas.

    Por: BRITO SOBRINHO, J. C. C.l Ciênciasl 06/12/2010 lAcessos: 960 lComentário: 1

    O presente trabalho objetiva registrar o papel da Mata Ciliar, ressaltando a importância e a necessidade da sua preservação. A legislação ambiental vigente determina que as margens dos corpos d' água devem ser protegidas por vegetação ciliar. Com as intensas e descontroladas devastações essas formações parecem ser corriqueiras, não apenas em tempos passados como também, nos dias atuais, e as diversas condições têm contribuído para o alcance do caos que nos rodeia.

    Por: Grayce Kelly Bianconil Notícias & Sociedade> Meio Ambientel 07/04/2011 lAcessos: 1,285 lComentário: 1
    Erineia nascimento da Silva

    O lúdico proveniente da palavra latina "ludus" que significa jogos. Que segundo DANTAS, 1988, representa liberdade para brincar livremente, gratuitamente, prazerosamente. Tornando a brincadeira uma expressão máxima do lúdico, desde da antiga Roma e Grécia em períodos remotos da civilização ocidental utilizava os brinquedos na educação com base nas idéias de Platão e Aristóteles.

    Por: Erineia nascimento da Silval Educaçãol 28/10/2014
    Sebastiana Braga

    A formação profissional não consiste apenas em ouvir palestra ou fazer determinados cursos. Pelo contrario, ela é um processo continuo e progressivo, onde através da aprendizagem se acumula conhecimento e este por sua vez vai sendo transformado em práticas bem sucedidas. Dessa forma deve ser pensado numa multiplicidade de saberes que através de um projeto para formação continuada que se complemente e que aborde um tema central a todas as áreas no intuito do melhoramento do ensino aprendizagem.

    Por: Sebastiana Bragal Educaçãol 27/10/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Sei o quanto. Tudo isso não significa nada. Apesar da interminável beleza dos universos. Contínuos. Sei do insignificado das coisas. Do delírio dos deuses. Das franquezas das razões não lógicas. A metafísica não indutiva.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educaçãol 25/10/2014
    Amanda Souza Machado

    Este trabalho é uma continuação das discussões, pesquisas e reflexões ocorridas durante a elaboração do artigo científico sobre como os educadores exploram as fantasias das crianças, produzidas a partir dos programas de televisão. O artigo propõe-se a apresentar as influências da TV no imaginário das crianças e qual é o papel dos educadores neste momento.

    Por: Amanda Souza Machadol Educaçãol 23/10/2014

    O presente artigo é um estudo bibliográfico que tem como objetivo principal abordar conceitos educacionais e metodologias desenvolvidas em sala de aula usando o lúdico como alternativa de metodologia. O trabalho justifica-se pela necessidade de se entender e adequar a aprendizagem às atuais demandas da educação é necessário conhecer alguns caminhos já percorridos pelo ensino e que se levam a uma redefinição dos objetivos, conteúdo e metodológicos.

    Por: Graciele de Miranda Oliveiral Educaçãol 21/10/2014 lAcessos: 14
    Alinne do Rosário Brito

    O artigo busca pesquisar e relatar o que é o Programa Mesa Brasil SESC e dialogar com as ações do Governo do Estado do Amapá para que a segurança alimentar seja implementada atendendo as leis nacionais e as respectivas atuações das politicas públicas que o regem quanto a tentativa de diminuição da miséria na cidade de Macapá.

    Por: Alinne do Rosário Britol Educaçãol 21/10/2014 lAcessos: 17
    Tania R. Steinke

    Promover a valorização da formação continuada dos docentes e coordenadores pedagógicos que atuam no Ensino Médio das escolas públicas.

    Por: Tania R. Steinkel Educaçãol 19/10/2014

    Este artigo analisa de forma breve a teoria das Representações sociais, realizada por alguns estudiosos que contribuíram para a o avanço das representações sociais, bem como, os teóricos que tinham como base as investigações de como as pessoas transformam os conhecimentos científicos em conhecimento de senso comum na década de 60, e também a forma como adota a perspectiva comunicativa "genética" na apreensão do conhecimento veiculado a dinâmica do cotidiano.

    Por: Elizabeth Almeida dos Santosl Educaçãol 14/10/2014 lAcessos: 12
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast