História na sala de aula para que?

30/04/2010 • Por • 796 Acessos

HISTÓRIA NA SALA DE AULA PARA QUE?

RESUMO: A história é o estudo das transformações sociais. Hoje em dia existe a necessidade de integração do ensino com o cotidiano do aluno, para que estes possam através deste conhecimento refletir e compreender o seu papel no mundo em que vive. E qual é o papel do professor senão estabelecer uma articulação entre o patrimônio cultural da humanidade e o universo cultural do aluno. A história está presente na vida de cada individuo, explicando fatos, eventos do passado e do presente.

Palavras Chaves: História, Transformação, Articulação, Conhecimento, Integração, Aluno.

______________________________________________________________________

Garcia, Maria Edvirges Miranda Leite  -   Professora de História da Rede Estadual de Ensino - MT, com Especialização em  Didática Geral.

Contato / E-mail: mariaemlgarcia@hotmail.com

HISTÓRIA NA SALA DE AULA

Na verdade a história estuda as transformações sociais e as permanências de uma determinada sociedade  composta por indivíduos. Nos Parâmetros  Curriculares  Nacional trazem a tona a necessidade de uma postura mais pedagógica dos  docentes de história. Os PCN expressam a necessidade de integrar o ensino da história com o cotidiano do aluno, e qual é o papel do professor senão estabelecer uma articulação entre o patrimônio cultural da humanidade e o universo cultural do aluno; objetivando a  educação  para a cidadania,  inserido a escola nos  conhecimentos da  sociedade.

A pesquisa ação, é  considerada a prática pedagógica, onde as atividades e avaliações realizadas possam projetar e desencadear novas  propostas e caminhos inovadores para o uso da prática. Essa visão de sala de aula, ainda presente no imaginário popular, é insustentável no acelerado mundo contemporâneo. Hoje a importância de recursos visuais e sonoros que fujam a esse padrão de ensino é mais que evidente. Vale tudo para envolver o aluno no processo de aprendizagem: músicas, filmes, debates, interação com outras disciplinas, trabalhos de campo, teatros e etc. Táticas que funcionam seja no ensino particular ou público. Refletir a forma de ensino que oferece as instituições publicas e privadas, é uma nova maneira de analisar  e problematizar a História, enquanto parte  integrante da vida da cada aluno possibilita-nos uma  sistemática e  crítica da  realidade. Utilizar o lúdico para facilitar o aprendizado é a chave para uma educação do futuro e para formação de cidadãos cientes de seu papel no processo histórico.

Ensinar História hoje pode-se dizer que é um desafio misto de paciência, dinâmicas e leituras. É bem verdade que em todas as épocas houveram aberturas ou dificuldades no ensino, pois, por maiores que sejam as diferenças entre os homens e as gerações, somos partes da mesma espécie e, por isso, algumas características permanecem mesmo com o passar dos tempos. Alguns falam que "antigamente", nos tempos dos avós, o ensino era melhor porque havia ordem e respeito, outros, porém, relatam que não adianta ter ordem se não há também reflexões, liberdade de opinião, críticas e debates. As opiniões são divergentes, e os professores atuais buscam alternativas que estão ao seu alcance para estimularem os jovens, tão precocemente informados, a compreender o passado e a valorizá-lo

A disciplina  visa na sala de aula re-pensar o seu ensino no interior do conhecimento da atualidade,  identificando e  refletindo sobre  novos valores, possibilitando desta  forma que as crianças  compreendam o seu próprio  papel no  mundo do  envolvimento e análise daquilo  que estão  vivenciando. O grande desafio da educação está cada vez mais na busca por recursos que fujam, quando possível, à educação tradicional

O  ensino  de  história não é  contextualizado nas  salas  de aulas,  esta  estática  do passado  é  algo  distante  da  realidade  dos  alunos, a história está  presente  na  VIDA de cada  individuo,  pois a  HISTÓRIA  está  VIVA ,  DINÂMICA, atual  e inerente à  vida  da  cada  ser  humano.

CONCLUSÃO

Por fim, algumas crises abalam nosso sistema educacional há muito tempo, soluções estão tentando ser aplicadas, contudo, o ensino de História e de outras ciências humanas clamam por maiores atenções. Afinal, os alunos, os professores e toda a sociedade merecem ser conhecedores de seu passado e presente e ainda caminharem para a construção da cidadania.

A  história são fatos articulados pela  razão; é  uma narrativa  com  sentido lógico, onde interliga  e liga a  razão. Teoria universal, capaz  de explicar fatos  e evento do PASSADO  do PRESENTE e aqueles  que virão e alcançara  uma  racionalidade  pura  e livre  de imperfeições. RAZÃO  que  cuja LUZ não  projeta  SOMBRAS  e sim as ELIMINAM.

Perfil do Autor

Maria Edvirges M. L. Garcia

Professora de História da Rede Estadual de Ensino de Várzea Grande - MT Especialização em Didática Geral