Matemática E O Jogo

Publicado em: 02/12/2009 |Comentário: 1 | Acessos: 2,266 |

Introdução


A maneira como se trabalha os conteúdos de Matemática é muito importante. Ela pode ser satisfatória na aprendizagem ou contribuir para o desinteresse, as dificuldades de aprendizagem e às vezes é responsável pela reprovação dos alunos. Conhecer então diferentes possibilidades de trabalho em sala de aula é fundamental para que o professor construa sua pratica.
Despertar o gosto e interesse do aluno pela Matemática é fazê-lo sentir, compreender, vibrar com a ciência dos números, isso pode acontecer a partir de uma aprendizagem mais dinâmica e divertida utilizando-se os jogos como recurso.
Este artigo tem por objetivo destacar a importância dos jogos, quando convenientemente preparados por um recurso pedagógicos na construção do conhecimento matemático, no desenvolvimento do raciocínio e na socialização. Não existe um caminho único e melhor para o ensino de Matemática, no entanto, conhecer diversas possibilidades de trabalho em sala de aula é fundamental para que o professor construa sua pratica.




Desenvolvimento


O ensino de Matemática enfatiza o desenvolvimento do raciocínio lógico, estimula a criatividade, o pensamento independente e a capacidade de resolver problemas. Características também dos jogos.
Neste contexto o jogo ganha um espaço como aliado ideal da aprendizagem, na medida em que estimula o interesse do aluno. O jogo ajuda o aluno a construir novas descobertas, desenvolve e enriquece suas descobertas, desenvolve e enriquece sua personalidade e simboliza um instrumento pedagógico que leva ao professor a condição de condutor, estimulados e avaliador da aprendizagem.

Ao participar de um jogo pedagógico, o aluno aplica o que já sabe e confronta o eu fez com o que seu colega fez. Essa troca de informações leva o aluno a opinar e formular hipóteses, a criar estratégias pessoais, elaborar e reelaborar conceitos a compreender e realizar, além de estimular atitudes adequadas em relação à atividade proposta.
Os jogos pedagógicos de Matemática, bem elaborados colaboram para a construção do conhecimento, é um instrumento de socialização, desenvolve a sensibilidade, motiva, desenvolvem a criatividade, propiciam o desenvolvimento da linguagem, do pensamento e da construção.






Como usar os jogos?

A utilização do jogo como instrumento facilitador do processo de ensino e aprendizagem, exige que seus objetivos pedagógicos sejam bem claros e que seja priorizada a qualidade. Os jogos devem: ser interessantes e desafiadores, permitir que o aluno se auto avalia, possibilitar a participação ativa do começo ao fim, ser diversificados, e as regaras ensinadas num primeiro momento, mas dando a liberdade ao aluno de modifica-las criando novos jogos. Exemplo de jogos: jogos estratégicos, de treinamento geométrico, digitais, em grupos ou individuais.
O professor é um elemento indispensável na aplicação de jogos, a ele cabe assumir a condição de condutor, observador, estimular a aprendizagem, alem de avaliar e planejar em que momento devem ser utilizados de forma a torná-los um recurso pedagógicos.

"Finalmente, um aspecto relevante nos jogos é o desafio genuíno que eles provocam no aluno, que gera interesse e prazer. Por isso, é importante que os jogos façam parte da cultura escolar, cabendo ao professor analisar e avaliar a potencialidade educativa dos diferentes jogos e aspecto.Curricular que se deseja desenvolver". (PCN, 1997,48-19)


Conclusão


Ensinar deixou de ser só transmissão de conhecimento pelo professor e o aluno um agente passivo da aprendizagem. A mudança que acontecem a todo o momento exige que professores e alunos estejam preparados para raciocinar e agir prontamente. Assim a idéia de um ensino despertado pelo interesse do aluno passou a ser um desafio para o professor.
Ele precisa prepará-lo melhor para ser um cidadão consistente, hábil e preparado para os desafios do mundo, mais humano e menos individualista, os jogos em sua essência, são instrumentos de integração e troca de valores.
Por intermédio do jogo, pode-se viabilizar a construção de conhecimentos de forma prazerosa, garantindo a motivação intríseca necessária para a aprendizagem, a resolução de problemas, a capacidade de decisão, enfim, tudo o que a vida moderna impõe.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-artigos/matematica-e-o-jogo-1533587.html

    Palavras-chave do artigo:

    matematica e o jogo

    Comentar sobre o artigo

    keilla michelle Passos

    artigo escrito como uma reflexão ao Ensino da Matemática nos dias atuais.A utilização dos jogos como recurso Didático

    Por: keilla michelle Passosl Educação> Ciêncial 02/05/2010 lAcessos: 7,259

    Os jogos na matematica surgiu da necessidade imediata de novos argumentos para despertar interesse nos alunos em aprender gostando da matemática. Efetuar cálculos, realizar medições e desenhar figuras são atividades que desenvolvemos em todas as disciplinas e inclusive na matemática, pois ela esta ligada no nosso dia a dia, em casa, no trabalho. Porém neste momento existem instrumentos que podem auxiliar o professor e o aluno a se entregar à matemática de uma forma mais dinâmica, como jogand

    Por: Elizabeth Pinheirol Educaçãol 08/12/2013 lAcessos: 46

    Este é um Trabalho de Conclusão de Curso de Pedagogia da Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Universitário de Rondonópolis do Instituto de Ciências Humanas e Sociais – UFMT/CUR/ICHS.O interesse pela temática foi despertado por meio da minha participação ativa no Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – PIBID, nas atividades da prática na sala de aula na escola pública conveniada e, ao mesmo tempo, nas disciplinas estudadas no curso de Pedagogia durante os anos de forma

    Por: Roselene Batista Gill Educaçãol 26/11/2014
    Jaldemir Corrêa Castro

    Artigo que pretende mostrar, de maneira geral, as possibilidades de uso do software Linux Pandorga para melhoria do processo ensino-aprendizagem de matemática através de alguns dos programas desenvolvidos para o Ensino Fundamental. A ideia é tornar a matemática uma ciência próxima do aluno e que tem vínculo com a realidade. Serão apresentados o ambiente de estudo descrevendo o Linux Pandorga, Atividades, Conteúdos e Procedimentos do software, um relato de experiências e as conclusões.

    Por: Jaldemir Corrêa Castrol Tecnologia> Softwarel 26/02/2011 lAcessos: 867
    DAILTON SIDNEI PICHININ

    Este trabalho visou pontuar algumas questões, a propósito de o uso do jogo na atuação pedagógica.

    Por: DAILTON SIDNEI PICHININl Educaçãol 15/07/2013 lAcessos: 52

    O presente texto aborda as contribuições dos jogos no processo de ensino e aprendizagem, seu meio desafiador, estimulante e lúdico no contexto da sala de aula.

    Por: Elizabeth Melnyk de Castilhol Educação> Educação Infantill 23/07/2014 lAcessos: 34

    O presente artigo é uma discussão acerca dos conteúdos da psicomotricidade no processo de aprendizagem e desenvolvimento do aluno. Partiu-se de uma revisão bibliográfica acerca do que é o brincar e sua relação direta no processo educacional, bem como sua função de desenvolver os aspectos psicomotores. A psicomotricidade é um conteúdo de vital importância na Educação Física Escolar que contribui para o desenvolvimento afetivo, cognitivo, motor e psicológico.

    Por: Izabel Ap. de C. Cândido Costal Educaçãol 02/07/2009 lAcessos: 23,545

    A discalculia é um distúrbio neurológico que afeta a habilidade com números. Esse distúrbio faz com que a pessoa se confunda em operações matemáticas. Hoje, acontece dos alunos que necessitam de atendimento diferenciado para o seu desenvolvimento cognitivo encontrarem um profissional não atualizado, que adota práticas educativas descontextualizadas, não observando os interesses e as necessidades dos aprendizes. Assim, o insucesso na aprendizagem aparece como consequência de um ensino inadequado.

    Por: Keila Regina da Silva Correial Educação> Ensino Superiorl 07/05/2011 lAcessos: 5,595
    Profº Raul Cuore

    A Lógica Matemática e a Semântica estão relacionadas, na medida em que a Lógica é a ciência que coloca ordem nas operações da razão, a fim de se atingir a verdade. E a tarefa da Semântica é estabelecer em que circunstâncias no mundo uma determinada sentença é verdadeira. Este trabalho tem como objetivo mostrar a importância de se estudar a Lógica Matemática aliada à Semântica desde as séries iniciais buscando um melhor desenvolvimento do raciocínio lógico-matemático, bem como das estruturas da linguagem.

    Por: Profº Raul Cuorel Educaçãol 30/05/2009 lAcessos: 9,414 lComentário: 1

    Com o advento da globalização, a educação é tida como o maior recurso de que se dispõe para enfrentar essa nova estruturação mundial. Objetiva-se evidenciar a importância dos alunos encontrarem na escola não só evidências de seu próprio mundo, mas também aparato capaz de os "cunharem" para uma participação social plena e não "fatiada", como sugere o estudo por disciplinas. Jovens e adultos, público cada vez mais informatizado, exige que as disciplinas deixem de ser apresentadas de forma isolada.

    Por: KÁTIA CÉLIA FERREIRAl Educaçãol 18/12/2014

    A expressão artística faz parte da história humana desde os tempos mais remotos. Sendo assim, a Arte é um dos modos de conhecimento ao qual os estudantes devem também ter acesso, assumindo-se como sujeitos capazes de apreciação estética e criação artística, articuladas aos processos e mediações da cultura contemporânea. Diante das mudanças pelas quais o ensino-aprendizagem de Arte passou, vê-se a necessidade de discorrer a respeito da presença desta disciplina no currículo escolar, revendo sua i

    Por: KÁTIA CÉLIA FERREIRAl Educaçãol 18/12/2014

    Sabe-se que a educação é responsável pela formação do aluno enquanto cidadão, de maneira a prepará-lo para a vida em sociedade, para que saiba atuar criticamente nesse meio. Assim, a escola inclusiva busca complementar a formação do aluno por meio das relações de convivência, uma vez que conviver com o diferente é parte desse processo de formação, até porque, como já mencionamos, é na escola que o aluno desenvolve seus aspectos cognitivos, motores e psicológicos.

    Por: Rosely dos Santos Ferreiral Educaçãol 17/12/2014

    As revela à existência de ações políticas e sociais que possam concretizar e promover a efetividade da inclusão social da pessoa com necessidade educacional especial. Vejo que a sociedade deve compreender como se dá o processo de ensino-aprendizagem da criança com Síndrome de Down na Educação Básica, as dificuldades enfrentadas e as possibilidades e mecanismos de reconhecimento e aceitação dessas limitaçõ

    Por: Rosely dos Santos Ferreiral Educaçãol 17/12/2014

    No processo de inclusão a escola propõe a conviver com o "diferente", aceitá-lo, auxiliá-lo, e muitas vezes aprender algo com essas crianças. Entretanto para oferecer uma inclusão verdadeira é preciso entender as particularidades das crianças, mediar a socialização de forma que todos trabalham para o aprendizado de cada uma delas, em benefício de todos. Pretendo contribuir com as discussões éticas e educacionais que envolvem a formação da criança Down por meio da educação.

    Por: Rosely dos Santos Ferreiral Educaçãol 17/12/2014

    A educação escolar é um dos contextos em que a criança aprende e desenvolve-se nos aspectos cognitivos, emocional e social. Por isso a necessidade de incluir a criança com necessidades especiais na escola, pois atender a todos é parte do processo educativo, por isso a diversidade cultural e outras questões sociais precisam ser vivenciadas também em sala de aula.

    Por: Rosely dos Santos Ferreiral Educaçãol 17/12/2014

    Apresento algumas características que identificam a criança Down, o conceito de Educação Inclusiva e Educação básica, e da diversidade na educação. Relacionam-se aspectos positivos da inclusão da criança Down na Educação Básica e como deve acontecer essa inclusão, enumerando as dificuldades no processo de inclusão da criança Down na Educação Básica. Conceitua-se a Síndrome de Down e sua identificação, bem como o tratamento e a motivação para inserir a criança com deficiência na Educação Básica.

    Por: Rosely dos Santos Ferreiral Educaçãol 17/12/2014

    O estudo realizado teve como foco principal compreender os avanços no processo de construção do conhecimento dos alunos de uma turma de 3º ano, através dos jogos matemáticos, priorizando, desse modo, a ludicidade no ensino. A pesquisa foi desenvolvida durante o estágio realizado pela acadêmica e pesquisadora junto a uma turma de 3º ano.

    Por: Luziane Da Silva Costal Educaçãol 15/12/2014 lAcessos: 11
    Eduardo Henrique Gaspar

    Este artigo pretende contribuir para a discussão sobre o ensino de Matemática no curso médio, tendo em vista os recentes Parâmetros Curriculares Nacionais para esse nível de ensino. O texto compreende três núcleos: notas sobre as mudanças que vêm sendo propostas sobre o ensino brasileiro;

    Por: Eduardo Henrique Gasparl Educação> Ciêncial 11/11/2011 lAcessos: 284
    Eduardo Henrique Gaspar

    O Material Dourado é um dos muitos materiais idealizados pela médica e educadora italiana Maria Montessori para o trabalho com matemática

    Por: Eduardo Henrique Gasparl Educação> Educação Infantill 11/11/2011 lAcessos: 737
    Eduardo Henrique Gaspar

    O objetivo desta monografia foi trabalhar os conceitos geométricos no futebol. Mostrar que a Matemática, em particular, a Geometria, pode ser uma ferramenta para interpretar uma partida de futebol e suas características, ou seja, mostrar que a Geometria é o ponto de encontro entre a Matemática como teoria e a Matemática como um recurso. Através de uma análise detalhada de vários autores, mostraremos que a Matemática, em especial a Geometria é uma ciência muito interessante

    Por: Eduardo Henrique Gasparl Educação> Ciêncial 11/11/2011 lAcessos: 1,227
    Eduardo Henrique Gaspar

    Trabalhar com seqüências didáticas que envolvam conteúdos de Estatística é uma idéia interessante, pois possibilita que alunos da Educação Básica desenvolvam habilidades que os auxiliem na coleta, no tratamento, na análise, na interpretação e na crítica de informações retiradas de situações cotidianas e que chegam até eles através dos mais variados meios de comunicação.

    Por: Eduardo Henrique Gasparl Educação> Ciêncial 09/11/2011 lAcessos: 160
    Eduardo Henrique Gaspar

    Trabalho de conceitos matemáticos relacionados ao espaço da horta como área e perímetro. Na semeadura contagem de sementes e medida dos sulcos ou covas. Explorar o reconhecimento de formas geométricas e o uso dos sistemas de medida.

    Por: Eduardo Henrique Gasparl Educação> Ciêncial 09/11/2011 lAcessos: 556
    Eduardo Henrique Gaspar

    Compreender a importância do subprojeto "Água – fonte de renovação e de vida", aliado às múltiplas atividades que proporcionam a conscientização e o respeito da água, através do espaço escolar, numa prática pedagógica que possibilita troca de saberes e aprendizagens entre o educador, o educando e a comunidade.

    Por: Eduardo Henrique Gasparl Educaçãol 07/12/2009 lAcessos: 320
    Eduardo Henrique Gaspar

    Ela dá suporte para aplicações da matemática do cotidiano, motivando os estudantes da disciplina, visto que adequa a matemática a situações reais que ocorrem com os alunos. A resolução de problemas deve ser feita através do raciocínio lógico e não de forma mecânica, pois deve-se incentivar, instigar o aluno a pensar no processo de resolução e não usar fórmulas sem saber o porque está usando.

    Por: Eduardo Henrique Gasparl Educaçãol 07/12/2009 lAcessos: 3,787 lComentário: 2

    Comments on this article

    1
    ellen 17/02/2011
    estou me graduando em pedagogia, e como adoro matematica vou fazer o meu artigo com o tema: " Os jogos matematicos num processo de ensino aprendizado " Por favor se teverem como me dar uma ajudinha, me enviem alguns materiais. Obrigada...............
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast