Matemática E O Jogo

Publicado em: 02/12/2009 |Comentário: 1 | Acessos: 2,243 |

Introdução


A maneira como se trabalha os conteúdos de Matemática é muito importante. Ela pode ser satisfatória na aprendizagem ou contribuir para o desinteresse, as dificuldades de aprendizagem e às vezes é responsável pela reprovação dos alunos. Conhecer então diferentes possibilidades de trabalho em sala de aula é fundamental para que o professor construa sua pratica.
Despertar o gosto e interesse do aluno pela Matemática é fazê-lo sentir, compreender, vibrar com a ciência dos números, isso pode acontecer a partir de uma aprendizagem mais dinâmica e divertida utilizando-se os jogos como recurso.
Este artigo tem por objetivo destacar a importância dos jogos, quando convenientemente preparados por um recurso pedagógicos na construção do conhecimento matemático, no desenvolvimento do raciocínio e na socialização. Não existe um caminho único e melhor para o ensino de Matemática, no entanto, conhecer diversas possibilidades de trabalho em sala de aula é fundamental para que o professor construa sua pratica.




Desenvolvimento


O ensino de Matemática enfatiza o desenvolvimento do raciocínio lógico, estimula a criatividade, o pensamento independente e a capacidade de resolver problemas. Características também dos jogos.
Neste contexto o jogo ganha um espaço como aliado ideal da aprendizagem, na medida em que estimula o interesse do aluno. O jogo ajuda o aluno a construir novas descobertas, desenvolve e enriquece suas descobertas, desenvolve e enriquece sua personalidade e simboliza um instrumento pedagógico que leva ao professor a condição de condutor, estimulados e avaliador da aprendizagem.

Ao participar de um jogo pedagógico, o aluno aplica o que já sabe e confronta o eu fez com o que seu colega fez. Essa troca de informações leva o aluno a opinar e formular hipóteses, a criar estratégias pessoais, elaborar e reelaborar conceitos a compreender e realizar, além de estimular atitudes adequadas em relação à atividade proposta.
Os jogos pedagógicos de Matemática, bem elaborados colaboram para a construção do conhecimento, é um instrumento de socialização, desenvolve a sensibilidade, motiva, desenvolvem a criatividade, propiciam o desenvolvimento da linguagem, do pensamento e da construção.






Como usar os jogos?

A utilização do jogo como instrumento facilitador do processo de ensino e aprendizagem, exige que seus objetivos pedagógicos sejam bem claros e que seja priorizada a qualidade. Os jogos devem: ser interessantes e desafiadores, permitir que o aluno se auto avalia, possibilitar a participação ativa do começo ao fim, ser diversificados, e as regaras ensinadas num primeiro momento, mas dando a liberdade ao aluno de modifica-las criando novos jogos. Exemplo de jogos: jogos estratégicos, de treinamento geométrico, digitais, em grupos ou individuais.
O professor é um elemento indispensável na aplicação de jogos, a ele cabe assumir a condição de condutor, observador, estimular a aprendizagem, alem de avaliar e planejar em que momento devem ser utilizados de forma a torná-los um recurso pedagógicos.

"Finalmente, um aspecto relevante nos jogos é o desafio genuíno que eles provocam no aluno, que gera interesse e prazer. Por isso, é importante que os jogos façam parte da cultura escolar, cabendo ao professor analisar e avaliar a potencialidade educativa dos diferentes jogos e aspecto.Curricular que se deseja desenvolver". (PCN, 1997,48-19)


Conclusão


Ensinar deixou de ser só transmissão de conhecimento pelo professor e o aluno um agente passivo da aprendizagem. A mudança que acontecem a todo o momento exige que professores e alunos estejam preparados para raciocinar e agir prontamente. Assim a idéia de um ensino despertado pelo interesse do aluno passou a ser um desafio para o professor.
Ele precisa prepará-lo melhor para ser um cidadão consistente, hábil e preparado para os desafios do mundo, mais humano e menos individualista, os jogos em sua essência, são instrumentos de integração e troca de valores.
Por intermédio do jogo, pode-se viabilizar a construção de conhecimentos de forma prazerosa, garantindo a motivação intríseca necessária para a aprendizagem, a resolução de problemas, a capacidade de decisão, enfim, tudo o que a vida moderna impõe.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-artigos/matematica-e-o-jogo-1533587.html

    Palavras-chave do artigo:

    matematica e o jogo

    Comentar sobre o artigo

    keilla michelle Passos

    artigo escrito como uma reflexão ao Ensino da Matemática nos dias atuais.A utilização dos jogos como recurso Didático

    Por: keilla michelle Passosl Educação> Ciêncial 02/05/2010 lAcessos: 7,205

    Os jogos na matematica surgiu da necessidade imediata de novos argumentos para despertar interesse nos alunos em aprender gostando da matemática. Efetuar cálculos, realizar medições e desenhar figuras são atividades que desenvolvemos em todas as disciplinas e inclusive na matemática, pois ela esta ligada no nosso dia a dia, em casa, no trabalho. Porém neste momento existem instrumentos que podem auxiliar o professor e o aluno a se entregar à matemática de uma forma mais dinâmica, como jogand

    Por: Elizabeth Pinheirol Educaçãol 08/12/2013 lAcessos: 41
    Jaldemir Corrêa Castro

    Artigo que pretende mostrar, de maneira geral, as possibilidades de uso do software Linux Pandorga para melhoria do processo ensino-aprendizagem de matemática através de alguns dos programas desenvolvidos para o Ensino Fundamental. A ideia é tornar a matemática uma ciência próxima do aluno e que tem vínculo com a realidade. Serão apresentados o ambiente de estudo descrevendo o Linux Pandorga, Atividades, Conteúdos e Procedimentos do software, um relato de experiências e as conclusões.

    Por: Jaldemir Corrêa Castrol Tecnologia> Softwarel 26/02/2011 lAcessos: 856
    DAILTON SIDNEI PICHININ

    Este trabalho visou pontuar algumas questões, a propósito de o uso do jogo na atuação pedagógica.

    Por: DAILTON SIDNEI PICHININl Educaçãol 15/07/2013 lAcessos: 47

    O presente texto aborda as contribuições dos jogos no processo de ensino e aprendizagem, seu meio desafiador, estimulante e lúdico no contexto da sala de aula.

    Por: Elizabeth Melnyk de Castilhol Educação> Educação Infantill 23/07/2014 lAcessos: 25

    O presente artigo é uma discussão acerca dos conteúdos da psicomotricidade no processo de aprendizagem e desenvolvimento do aluno. Partiu-se de uma revisão bibliográfica acerca do que é o brincar e sua relação direta no processo educacional, bem como sua função de desenvolver os aspectos psicomotores. A psicomotricidade é um conteúdo de vital importância na Educação Física Escolar que contribui para o desenvolvimento afetivo, cognitivo, motor e psicológico.

    Por: Izabel Ap. de C. Cândido Costal Educaçãol 02/07/2009 lAcessos: 23,345

    A discalculia é um distúrbio neurológico que afeta a habilidade com números. Esse distúrbio faz com que a pessoa se confunda em operações matemáticas. Hoje, acontece dos alunos que necessitam de atendimento diferenciado para o seu desenvolvimento cognitivo encontrarem um profissional não atualizado, que adota práticas educativas descontextualizadas, não observando os interesses e as necessidades dos aprendizes. Assim, o insucesso na aprendizagem aparece como consequência de um ensino inadequado.

    Por: Keila Regina da Silva Correial Educação> Ensino Superiorl 07/05/2011 lAcessos: 5,483
    Profº Raul Cuore

    A Lógica Matemática e a Semântica estão relacionadas, na medida em que a Lógica é a ciência que coloca ordem nas operações da razão, a fim de se atingir a verdade. E a tarefa da Semântica é estabelecer em que circunstâncias no mundo uma determinada sentença é verdadeira. Este trabalho tem como objetivo mostrar a importância de se estudar a Lógica Matemática aliada à Semântica desde as séries iniciais buscando um melhor desenvolvimento do raciocínio lógico-matemático, bem como das estruturas da linguagem.

    Por: Profº Raul Cuorel Educaçãol 30/05/2009 lAcessos: 9,348 lComentário: 1
    William Pereira

    Os objetivos principais do Programa Mais Educação são louváveis e tem como metas ampliar espaços, tempos e oportunidades educativas; ofertar novas atividades educacionais e reduzir a evasão, a repetência e distorções de idade-série, por meio de ações culturais, educativas, esportivas, de educação ambiental, de educação em direitos humanos e de lazer, visando qualificar a experiência educativa das crianças e jovens das escolas públicas de ensino fundamental.

    Por: William Pereiral Educação> Educação Infantill 19/03/2010 lAcessos: 1,558 lComentário: 5

    O presente artigo é um estudo bibliográfico que tem como objetivo principal abordar conceitos educacionais e metodologias desenvolvidas em sala de aula usando o lúdico como alternativa de metodologia. O trabalho justifica-se pela necessidade de se entender e adequar a aprendizagem às atuais demandas da educação é necessário conhecer alguns caminhos já percorridos pelo ensino e que se levam a uma redefinição dos objetivos, conteúdo e metodológicos.

    Por: Graciele de Miranda Oliveiral Educaçãol 21/10/2014
    Alinne do Rosário Brito

    O artigo busca pesquisar e relatar o que é o Programa Mesa Brasil SESC e dialogar com as ações do Governo do Estado do Amapá para que a segurança alimentar seja implementada atendendo as leis nacionais e as respectivas atuações das politicas públicas que o regem quanto a tentativa de diminuição da miséria na cidade de Macapá.

    Por: Alinne do Rosário Britol Educaçãol 21/10/2014
    Tania R. Steinke

    Promover a valorização da formação continuada dos docentes e coordenadores pedagógicos que atuam no Ensino Médio das escolas públicas.

    Por: Tania R. Steinkel Educaçãol 19/10/2014

    Este artigo analisa de forma breve a teoria das Representações sociais, realizada por alguns estudiosos que contribuíram para a o avanço das representações sociais, bem como, os teóricos que tinham como base as investigações de como as pessoas transformam os conhecimentos científicos em conhecimento de senso comum na década de 60, e também a forma como adota a perspectiva comunicativa "genética" na apreensão do conhecimento veiculado a dinâmica do cotidiano.

    Por: Elizabeth Almeida dos Santosl Educaçãol 14/10/2014
    Erineia nascimento da Silva

    Resumo O aumentou consideravelmente do número de alunos especiais matriculados no ensino regular foi de aproximadamente 70% em 2014, em relação aos anos anteriores. Essa chegada dos alunos nas instituições públicas de ensinos promoveu serias mudanças de paradigmas em todos os profissionais da educação, mas seguiu junto um profissional fundamental na implementação desse novo olhar sobre a educação especial e principalmente sobre a inclusão.

    Por: Erineia nascimento da Silval Educaçãol 10/10/2014

    O SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) ajuda a milhões de brasileiros todos os anos através de seus Cursos Gratuitos oferecendo modalidades presenciais ou EAD (Ensino a Distância) para realização dos mesmos. Conheça alguns cursos grátis para 2015

    Por: sitesjoaoepaulol Educaçãol 09/10/2014

    A avaliação na Escola Ciclada já vem redefinida, ou seja, já está incorporada com novas idéias e nas aspirações, sua perspectiva está muito além de atribuir uma nota por simples burocracia institucional ou por simplesmente conferir o que foi "aprendido" ou não.

    Por: Delimar da S. F. Magalhãesl Educaçãol 02/10/2014

    A MATEMÁTICA E A MÚSICA POSSUEM LAÇOS MUITO FORTES DESDE A ANTIGUIDADE E O INTERESSANTE É QUE TEM MUITOS ALUNOS QUE GOSTAM DE MÚSICA E DIZEM QUE NÃO GOSTAM DE MATEMÁTICA. ENTÃO, SENDO ASSIM, É BEM INTERESSANTE MOSTRÁ-LOS A ELES ESTA FORTE RELAÇÃO.

    Por: Josimara L. Furtado dos Santosl Educaçãol 02/10/2014 lAcessos: 11
    Eduardo Henrique Gaspar

    Este artigo pretende contribuir para a discussão sobre o ensino de Matemática no curso médio, tendo em vista os recentes Parâmetros Curriculares Nacionais para esse nível de ensino. O texto compreende três núcleos: notas sobre as mudanças que vêm sendo propostas sobre o ensino brasileiro;

    Por: Eduardo Henrique Gasparl Educação> Ciêncial 11/11/2011 lAcessos: 275
    Eduardo Henrique Gaspar

    O Material Dourado é um dos muitos materiais idealizados pela médica e educadora italiana Maria Montessori para o trabalho com matemática

    Por: Eduardo Henrique Gasparl Educação> Educação Infantill 11/11/2011 lAcessos: 711
    Eduardo Henrique Gaspar

    O objetivo desta monografia foi trabalhar os conceitos geométricos no futebol. Mostrar que a Matemática, em particular, a Geometria, pode ser uma ferramenta para interpretar uma partida de futebol e suas características, ou seja, mostrar que a Geometria é o ponto de encontro entre a Matemática como teoria e a Matemática como um recurso. Através de uma análise detalhada de vários autores, mostraremos que a Matemática, em especial a Geometria é uma ciência muito interessante

    Por: Eduardo Henrique Gasparl Educação> Ciêncial 11/11/2011 lAcessos: 1,213
    Eduardo Henrique Gaspar

    Trabalhar com seqüências didáticas que envolvam conteúdos de Estatística é uma idéia interessante, pois possibilita que alunos da Educação Básica desenvolvam habilidades que os auxiliem na coleta, no tratamento, na análise, na interpretação e na crítica de informações retiradas de situações cotidianas e que chegam até eles através dos mais variados meios de comunicação.

    Por: Eduardo Henrique Gasparl Educação> Ciêncial 09/11/2011 lAcessos: 150
    Eduardo Henrique Gaspar

    Trabalho de conceitos matemáticos relacionados ao espaço da horta como área e perímetro. Na semeadura contagem de sementes e medida dos sulcos ou covas. Explorar o reconhecimento de formas geométricas e o uso dos sistemas de medida.

    Por: Eduardo Henrique Gasparl Educação> Ciêncial 09/11/2011 lAcessos: 540
    Eduardo Henrique Gaspar

    Compreender a importância do subprojeto "Água – fonte de renovação e de vida", aliado às múltiplas atividades que proporcionam a conscientização e o respeito da água, através do espaço escolar, numa prática pedagógica que possibilita troca de saberes e aprendizagens entre o educador, o educando e a comunidade.

    Por: Eduardo Henrique Gasparl Educaçãol 07/12/2009 lAcessos: 312
    Eduardo Henrique Gaspar

    Ela dá suporte para aplicações da matemática do cotidiano, motivando os estudantes da disciplina, visto que adequa a matemática a situações reais que ocorrem com os alunos. A resolução de problemas deve ser feita através do raciocínio lógico e não de forma mecânica, pois deve-se incentivar, instigar o aluno a pensar no processo de resolução e não usar fórmulas sem saber o porque está usando.

    Por: Eduardo Henrique Gasparl Educaçãol 07/12/2009 lAcessos: 3,714 lComentário: 2

    Comments on this article

    1
    ellen 17/02/2011
    estou me graduando em pedagogia, e como adoro matematica vou fazer o meu artigo com o tema: " Os jogos matematicos num processo de ensino aprendizado " Por favor se teverem como me dar uma ajudinha, me enviem alguns materiais. Obrigada...............
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast