Mini-Dicionário De Matemática Da 7ª Série (8ª Ano) Do Ensino Fundamental

17/11/2009 • Por • 2,461 Acessos

Introdução                                                                                       A

           

           

 

Este texto tem por finalidade saber o significado de cada palavra usada no nosso dia-a-dia em sala de aula (7ª série no ensino fundamental) na linguagem matemática.

 

Método

 

            O trabalho será feito à base de pesquisa sobre as palavras utilizadas em sala de aula (7ª serie) no Ensino Fundamental e o seu significado, depois de ter procurado e achar o seu significado.

 

Resultados

 

As palavras procuradas e achadas nos livros usados hoje em dia nas turmas de 7ª serie (8º ano) no ensino fundamental são:

Abscissa: O 1º numero de um par ordenado, ou seja, nos livros o x.

Adição: Uma das quatro operações básicas da aritmética, utilizada para adicionar um número a outro.

Agrupamento: Agrupamento é o método pelo qual simplificamos uma expressão algébrica, agrupando os termos semelhantes (termos em comum).

Algarismo: Símbolo utilizado para escrever os números. Em nosso sistema de numeração de base 10, existem dez algarismos.

Álgebra: parte da matemática que se propõe a estudar e resolver equações e cálculos envolvendo expressões literais.

Altura de um Triângulo: Segmento de reta que liga um vértice ao lado oposto e é perpendicular a esse lado ou ao seu prolongamento.

 

Amostra: fragmento ou exemplar representativo de alguma coisa, subconjunto de uma população por meio do qual são estabelecidas ou estimadas as propriedades e características dessa população.

Ângulo: é a reunião de dois segmentos de reta orientados (ou duas semi-retas orientadas) a partir de um ponto comum. A interseção entre os dois segmentos (ou semi-retas) é denominada vértice do ângulo e os lados do ângulo são os dois segmentos (ou semi-retas).

Ângulos alterno - externos : Num sistema de duas retas paralelas cortadas por  uma  terceira,  chamada  secante, Os  ângulos  alterno - externos  são  geometricamente iguais, por isso  têm a mesma amplitude;

Ângulos alterno - internos :Num sistema de duas retas paralelas cortadas por uma terceira, chamada secante Os  ângulos  alterno - internos  são  geometricamente  iguais, por  isso têm a mesma amplitude;

Ângulo central: ângulo cujo vértice é o centro de uma circunferência.

Ângulo de segmento: ângulos cujos lados são determinados por uma corda da circunferência e por uma reta tangente a essa circunferência. O ponto da tangencia é o vértice desse ângulo.

Ângulo excêntrico: ângulo cujo vértice não pertence a circunferência e não coincide com o seu centro.

Ângulo inscrito na circunferência: ângulo cujo vértice é um ponto da circunferência e cujos lados são secantes a ela

Ângulos alternos: pares de ângulos não adjacentes, alternados em relação a transversal, a que está em lados opostos em relação a transversal.

Ângulos colaterais: pares de ângulos situados do mesmo lado da transversal.

Ângulos complementares: dois ângulos cuja soma de suas medidas e igual a 90°.

Ângulos correspondentes: ângulos formados por duas retas cortadas por uma transversal.

Ângulos opostos pelo vértice: dois ângulos em que os lados de um deles são os prolongamentos dos lados do outro, e vice-versa.

Ângulos suplementares: dois ângulos cuja soma das medidas e igual a 180°.

Arco de circunferência: cada uma das partes de uma circunferência compreendida entre dois de seus pontos.

Área: medida de uma superfície.

 

B

 

Baricentro: ponto de encontro das medidas de um triângulo.

Base:é o que determina a quantidade de símbolos e o valor de cada símbolo em um sistema de numeração posicional, isto é, onde o valor de cada símbolo é determinado pela sua posição no número.

Bhaskara: (1114 até aprox. 1185): matemático hindu, o mais Importante do século XII, aperfeiçoou um método para resolver equações dos 2° grau. Sua principal obra chama-se Lilavati, em homenagem à filha de 12 anos.

Binômio: polinômio de dois termos.

Bissetriz: É a semi-reta que divide um ângulo em dois ângulos congruentes

Bissetriz de um ângulo: semi-reta com origem no vértice de um ângulo e que o divide em dois ângulos iguais.

Bissetriz de um triângulo: segmento de reta cujas extremidades são um vértice e o ponto em que esse segmento intercepta o lado oposto, dividindo o ângulo interno desse vértice em dois ângulos iguais.

 

C

 

Calculo: Realizar uma operação, como por exemplo, a adição, a subtração, a multiplicação, a divisão ou potenciação, visando obter um resultado.

Capacidade:volume interior de um corpo vazio.

Capital: dinheiro que se empresta ou que se pede emprestado.

Central: Relativo ao centro.

 Que está no ponto mais movimentado da povoação. Que passa pelo meio de um território.

Circulo:figura geométrica plana formada pela união da circunferência com a sua região interna.

Circuncentro:ponto de encontro das mediatrizes dos lados de um triângulo

Circunferência:figura geométrica formada por todos os pontos do plano que distam igualmente de um ponto fixo, chamado centro.

Conceitos primitivos: são entes matemáticos aceitos sem definições e que a partir deles se constroem outros conceitos.

Colaterais: Que está ao lado; Paralelo.

Colocação: Ordem em que estão as coisas colocadas.

Comprimento: Extensão entre duas extremidades; Altura; Fig. Tamanho.

 Distância.

Comprimento da circunferência: comprimento ou perímetro C de uma circunferência de raio r é a medida dada pela formula: C =2 r.

Congruentes: Em que há congruência.. Proporcionado

Congruência de triângulos: dois triângulos são congruentes quando os lados e os ângulos de um deles são respectivamente congruentes aos lados e aos ângulos do outro.

Conjunto solução: numero ou números que colocados no lugar da incógnita, tornam a equação verdadeira.

Construção: Traçado metódico de uma figura.

Convexo: Que tem saliência curva. Arredondado exteriormente; curvo.

Coplanares:que estão num mesmo plano.

Cubo: Um prisma retangular que tem as seis faces quadradas. Cada conjunto de três arestas se encontra num ponto denominado vértice e duas destas arestas sempre formam um ângulo reto. As seis faces são paralelas duas a duas. Produto de um número pelo seu quadrado. Terceira potência dum número.

 

D

 

Decágono: polígono de 10 lados.

Decimal: Relativo a dez.,Cuja base é dez

Determinar: Resolver.

Desigualdade:sentença matemática expressa por símbolos: >,

Diagonal:segmento de reta que une dois vértices não consecutivos de um polígono.

Diagonal de um polígono: segmento que une dois vértices não consecutivos do polígono.

Diâmetro: segmento de reta que une dois pontos de uma circunferência passando pelo seu centro.

Diferença: Excesso de uma grandeza ou quantidade, em relação à outra; resto.

Dividindo: Estabelecer divisões; separar em partes. Efetuar!Efetuar a operação da divisão.

Dizima periódica: número decimal em que após a vírgula há algarismos que se reproduzem sempre na mesma ordem.

 

E

 

Elementos: noções primárias.

Equações: sentenças matemáticas expressada por uma igualdade com uma ou mais letras que representam números desconhecidos chamados incógnitas.

Equivalentes: que tem o mesmo conjunto solução.

Evidencia: exposto à vista de todos; chamar a atenção geral.

Expoente: Número indicativo da potência a que uma quantidade é elevada.

Expressões: conjunto de monômios reunidos por sinais de operações matemáticas.

 

 

F

 

Fatoração: decomposição de numero ou expressão algébrica em forma de produto.

Fator: Os números inteiros multiplicados em uma multiplicação são os fatores.

Fórmula:generalização em forma de expressões algébricas que se reduzem quando substituímos suas letras por números.

Fração algébrica: fração que apresenta uma expressão literal no seu denominador.

Frações equivalentes: frações que representam a mesma quantidade.

Fracionaria: número composto de inteiro e quebrado próprio.

 

G

 

Gráficos: representação por meio de um desenho que geralmente envolve dados numéricos.

Geometria: Ciência que tem por objeto objetoas dimensões das linhas, das superfícies e dos volumes.

Grau: unidade de medida de ângulo.

 

H

 

Hexágono: polígono de seis lados.

Hipotenusa: o maior dos lados de um triângulo retângulo é o lado oposto ao ângulo reto.

 

I

 

Incógnita: numero ou números desconhecidos numa equação.

Inequação: desigualdade que apresenta um ou mais números desconhecidos.

Inscrito: Diz-se da figura traçada dentro de outra

Interno: Situação dentro das paralelas

 

 

 

J

 

Juro: toda compensação, recebida ou paga, em dinheiro pela quantia emprestada ou pedida emprestada.

 

L

 

Literal: do latim littera, que significa letra.

Losango: paralelogramo de quatro lados congruentes.

 

M

M.D.C: O maior divisor comum de dois ou mais números é chamado de máximo divisor comumdesses números. Usamos a abreviação m.d.c.

M.M.C: O menor múltiplo comum de dois ou mais números, diferente de zero, é chamado de mínimo múltiplo comum desses números. Usamos a abreviação m.m.c.

Média: segmento de reta que une um vértice ao ponto médio do lado oposto.

Mediana: RetaReta que, numa figura plana, divide em duas partes iguais todas as cordas paralelas a uma dada direção!direção. Num triângulo, segmento de reta retaque une os meios de dois lados opostos dum retângulo!retângulo.

Medida: Medição.

Método: Processo racional para chegar ao conhecimento ou demonstração da verdade

Metro: unidade de base do Sistema Internacional para medida de comprimento. Indicado pelo símbolo m.

Monômio: expressão algébrica inteira representada apenas por um número, ou apenas uma variável, ou por uma multiplicação de números e variáveis.

Montante: total pago no final do empréstimo.

Multiplicando: O número que será multiplicado por outro.

 

 

 

N

 

Negativo: Menor que zero.

Números inteiros: Números inteiros são os números naturais e seus opostos, reunidos ao zero.

Números irracionais: numero real não racional, ou seja, que não pode ser escrito na forma de fração, de decimal exato e de dizima periódica.

Número racionais: números que podem ser escritos como quociente de dois números inteiros, dos quais o divisor não é nulo.

Números reais: são todos os números do conjunto formado pela união dos números irracionais com os números racionais. Indica se por .

 

O

 

Operações: Cálculo

Ordenada: o segundo numero de um par ordenado, normalmente utilizada a letra y

 

P

 

Paralelismo: Estado de duas linhas ou de duas superfícies paralelas; correspondência.

Paralelogramo: quadrilátero cujos lados opostos são paralelos e de mesma medida.

Perímetro: medida do contorno de uma figura geométrica plana.

Pertencem: Formar ou fazer parte

Pi ( ): letra do alfabeto grego. Tornou-se matemática um número muito importante por representar a razão entre o comprimento de uma circunferência e a medida de seu diâmetro; seu valor 3,141592... é um numero  decimal não exato e não periódico.

Plano cartesiano: plano com um sistema de coordenadas que possibilita localizar pontos ou objetos por meio de pares ordenados.

Polígono: figura geométrica plana cujo contorno é uma curva fechada apenas por segmentos de reta.

Polinômio: expressão algébrica com um, dois ou mais monômios.

Porcentagem: porção de um todo (ou de um valor dado) que imaginamos dividido em 100 partes iguais. Representa-se pelo símbolo % .

Potência: Elevar a uma quantidade.

Potenciação: Elevação à potência

 

Produto: Uma das quatro operações básicas da aritmética, que realiza o produto de dois ou mais termos denominados fatores.

Produtos notáveis: identidades algébricas que são sempre verdadeiras para quaisquer valores numéricos.

 

Q

 

Quadrado perfeito: Diz-se do número que é igual à soma das suas partes alíquotas

Quadrilátero: polígono de quatro lados.

Quociente: O resultado de uma divisão

 

R

 

Raiz: Número que, multiplicado certo número de vezes por si mesmo, produz o número que determina.

Redução: Transformação que substitui uma expressão algébrica por outra equivalente, mas mais simples ou mais cômoda.

Regular: Diz-se das figuras geométricas cujos lados e ângulos são iguais.

Retas paralelas: Retas que nunca se cruzam e que não estão sobrepostas, e não possuem pontos comuns.

Retas perpendiculares: duas retas concorrentes são perpendiculares quando formam entre si quatro ângulos retos.

Retas reversas: retas que não possuem pontos comuns e não estão contidas no mesmo plano.

 

S

 

Segmento de reta: parte da reta compreendida entre dois de seus pontos.

Semelhante: Diz-se que duas figuras são semelhantes se ambas são congruentes ou uma delas é uma ampliação ou redução da outra.

Semi-reta: parte da reta que tem origem em um de seus pontos e prolonga-se indefinidamente num único sentido.

Simplificar: Reduzir a termos menores

Sistema de equação: duas ou mais equações de duas ou mais incógnitas que apresentam soluções comuns.

Solução: Resolução de uma dificuldade, de um problema, etc.

Soma: Uma das principais operações básicas da aritmética, que resulta na adição de números.

 

T

 

Tabelas: quadro construído paraFazer a tabela dos preços.

Tangente: Que toca uma linha, ou um plano ou uma superfície num só ponto.

Taxa de juros:taxa de porcentagem paga ou recebida pelo aluguel do dinheiro.

Transversal: Linha transversal, Que corta, que atravessa.

Trapézio: quadrilátero que tem apenas um par de lados paralelos.

Termos: Um dos objetos matemáticos em uma operação.

Triangulo: Um polígono com três lados

Triangulo eqüilátero: triangulo que possui os três lados com a mesma medida.

Triangulo isósceles: triangulo que possui dois lados com a mesma medida.

Triangulo retângulo:triangulo em que um dos seus ângulos internos é reto.

Trinômio: polígono de três termos.

 

V

 

Valor numérico:valor obtido quando, numa expressão algébrica, substituímos as variáveis por números e efetuamos os cálculos indicados.

Variável:símbolo, geralmente representado por letras, que pode ter ou assumir diferentes valores de um conjunto.

Vértices: O ponto de junção de duas semi-retas de um ângulo, de dois lados de um polígono ou de três (ou mais) faces de um sólido.

Volume: O volume de um objeto é definido como a medida do lugar ocupado pelo objeto no espaço. Por exemplo, o volume de uma caixa é medido em cm³. No contexto das artes visuais, o volume representa uma característica do objeto e não uma medida do espaço ocupado.

 

 

Conclusões

 

Com a nossa pesquisa percebemos que muitas vezes não compreendemos a linguagem matemática por que achamos que é difícil e na verdade é que não sabemos o que se pede, por isso não sabemos resolve-los. Talvez esse seja um dos motivos pelo qual a matemática é vista como tanta rejeição, pois não esta sendo usada por alguns como deveria e que não estão passando o seu significado e assim dificultando os alunos em compreender melhor a linguagem matemática, percebemos também muita rejeição na parte dos problemas que na verdade nada mais é que interpretar, mas os alunos não sabendo o significado não sabem resolver. Percebemos também que com relação à matemática às vezes os exemplos, as figuras representariam melhor do que as palavras (às vezes uma imagem vale mais do que 1.000 palavras). E nós como futuros educadores precisamos compreender a matemática e saber o seu significado.

 

 

 

 

Referências Bibliográficas

 

  1. BIGODE, Antonio Jose Lopes; Matemática Hoje é Feita Assim 7. FDT, São Paulo-SP.
  2. GIOVANNI E GIOVANNI JR, José e José; Matemática Pensar e Descobrir 7ª serie. FDT, São Paulo-SP, 2002.
  3. BONJORNO E AYRTON, Jose Roberto, Regina Azenha e Ayrton Olivares; Matemática Fazendo a Diferença 7ª serie (8º ano). FDT, São Paulo, 2006.
  4. Dicionário Priberiam da língua portuguesa.

A matemática é o alfabeto com o qual DEUS escreveu o universo (Pitágoras)