O CÉU DE OUTUBRO

Publicado em: 23/02/2008 |Comentário: 0 | Acessos: 42,228 |

Um dos fatores que contribuíram para a escolha dos jovens foi a observação que realizaram do Foguete Sputnik, Homer ficou fascinado, ficou apaixonado pela grande tecnologia que o homem havia criado.
Após a observação do foguete sobre a cidade de Coalwood, o garoto decide construir um foguete, começa a pesquisar sobre o assunto e como não entende muito bem, resolve procurar um aluno que é muito discriminado e marginalizado em sala de aula, mas como queria muito fabricar seu foguete, passou por cima dos obstáculos e falou com o rapaz. Quando Homer chega perto de Quentim, o rapaz leva um susto pois ninguém se aproximava dele por ser o CDF da turma.
Homer comenta sobre sua fascinação sobre foguetes e lhe pede ajuda, Quentim é pronto a atendê-lo, o rapaz é um crânio e entende tudo sobre foguetes, os dois então começam a realizar pesquisas cada vez mais.
Para completar o grupo, juntam-se a eles Roy e Sherman, a cidade começa a chamá-los de “os fogueteiros”.
A cidade de Coalwood, é pequena, situada no estado de Virginia, a principal atividade realizada na cidade é a mineração de carvão, onde praticamente todos os homens trabalham, somente aqueles que têm oportunidade ingressam na faculdade e têm um futuro melhor. Senão a sina é fazer parte do grupo de mineração.
O pai de Homer apoiava muito o filho mais velho, que iria entrar para a universidade através de recebimento de uma bolsa de estudos dedicada ao esporte, como Homer não ia bem no futebol seu pai achava que a única solução era seguir os seus passos, dar continuidade ao seu serviço, a sua empresa de mineração.
Sua mãe demonstrava acreditar no filho, apesar de não chegar a dar sua opinião, ela fazia de tudo para ajudá-lo, cedendo até sua lavanderia para a fabricação do foguete.
Seu irmão achava que tudo aquilo era perca de tempo, Homer e seus amigos nunca conseguiriam nada, era puro desperdício.

O diretor não apoiava muito, não incentivava os alunos, achava que eles estavam perdendo tempo.
A professora dava maior apoio aos alunos, incentivou-os até a última hora, lutava pelos alunos, queria mostrar que eles tinham potencial e podiam ganhar o prêmio na feira de ciências.
Se na primeira repreensão, ou primeira crítica, os jovens tivessem desistido jamais teriam conseguido sua vitória. Assim somos nós, não devemos nos desanimar e nem dar ouvidos aos que falam, devemos persistir, correr atrás de nossos ideais, só assim mostraremos, para nós mesmos e para as outras pessoas, que somos capazes de realizar nossos sonhos.
A feira de ciências é uma oportunidade dos jovens expor suas idéias, seu comprometimento e dedicação aos estudos. No Brasil a questão de bolsas de estudos é diferente, a aplicação do vestibular dificulta a entrada das pessoas menos favorecidas na Universidade, além disso os alunos que tiveram condições de estudar em escolas particulares acabam concorrendo com aqueles que só estudaram em escolas públicas. Isso traz grandes transtornos na vida daquele que não têm condições de fazer uma faculdade particular. Esses jovens acabam tendo que deixar seus sonhos de lado e às vezes não fazem curso superior, e quando fazem, geralmente, não é o curso que gostaria de fazer.
Em relação ao número de vagas nas universidades públicas e particulares, é um absurdo, as universidades públicas cada vez mais diminuem suas vagas, enquanto isso as universidades particulares aumentam as vagas, com o intuito de ganhar cada vez mais.
Geralmente os alunos que estudam nas universidades públicas são aqueles que possuem melhor condições de vida, entraram porque tiveram maior preparação, enquanto aquele que pertence a classe baixa não consegue entrar para a universidade pois não tiveram a preparação adequada.
O que acontece muitas vezes, é que os jovens que não possuem condições, acabam tendo que trabalhar o dia todo, para pagar uma universidade particular, fazendo um curso que, geralmente, não gostaria, só para dizer que tem um curso superior.
Enquanto isso os jovens que possuem poder aquisitivo, estudam nas universidades públicas, e se tornam bons profissionais, evoluem. Em conseqüência disso, o rico fica cada vez mais rico, e o pobre acaba ficando na mesmice, sem ter oportunidades de avançar.
Uma das cenas que chamou a atenção foi aquela que mostrou a persistência dos jovens em lançar o foguete, pois apesar das criticas e de estarem acreditando em si mesmos sozinhos, eles não desistiram, até conseguiram mostrar para todos que eram capazes.
Outra cena interessante, foi a da professora, que demonstrava interesse ao estudo dos jovens, dando apoio e incentivando-os a dar continuidade a seus estudos.
O que mais emocionou foi o momento em que os jovens conseguem ganhar o prêmio na feira de ciências, a alegria de uma conquista, atingindo o maior objetivo, de mostrar às pessoas que eram capazes, que podiam fazer a diferença.
Ao ver os personagens reais, e suas realizações profissionais, emocionei-me muito, pois muitas vezes temos sonhos, e queremos realizar algo, mas tememos e não ousamos. O filme mostra que devemos ousar, experimentar, quem sabe também faremos a diferença na sociedade onde vivemos.
“O FAZER ACONTECER, A SOLIDARIEDADE, A COMPREENSAO, A AJUDA MÚTUA E O AMOR ENTRE AS PESSOAS, É O MAIS IMPORTANTE.... O RESTO VEM POR ARÉSCIMO.
É ESTE O SEGREDO DO SUCESSO”.

Avaliar artigo
5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 24 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-artigos/o-ceu-de-outubro-340339.html

    Palavras-chave do artigo:

    dificuldades persistencia sonhos

    Comentar sobre o artigo

    Penelope

    As vezes na vida deixamos os sonhos para traz com medo dos obstáculos, e esquecemos que tudo na vida basta ter querer e ir adiante...

    Por: Penelopel Religião & Esoterismo> Meditaçãol 17/08/2009 lAcessos: 258
    Douglas Moraes

    A perseverança é uma escola de ensino das mais eficazes que o homem pode ter. O persistente é capaz de rir das suas próprias dificuldades, pois sabem aonde querem chegar, são otimistas e cheios de esperanças. A persistência nos leva ao desconhecido nos faz amadurecer em busca de coisas melhores, nos faz pessoas forte diante das adversidades da vida, nos faz descobrir que a constância em prol de um objetivo é o que nos conduz a obter a verdadeira "sorte".

    Por: Douglas Moraesl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 18/04/2011 lAcessos: 233

    Quem no mundo de hoje aprende a lidar com pequenos fracassos, não conseguirá ir muito longe, porque viverá lamentando-se o tempo todo. Já uma pessoa de mente vencedora está sempre disposta a dar a volta por cima.

    Por: Eugênio Sales Queirozl Carreira> Gestão de Carreiral 15/10/2010 lAcessos: 86
    Jayme de Oliveira

    No início eu achava muito bacana o fato de alguém decidir tomar uma atitude de realizar um sonho, pois esse desejo não passa de um sonho. E para muitas pessoas, vai ficar apenas no sonho, na conversa, quem sabe até a vida pague essa promessa, como diz a letra da música "Verdade Chinesa" gravada por "Emílio Santiago". Então, pensava eu, se a pessoa deu o primeiro passo, que é se matricular num curso, ela já deixou de apenas sonhar e começou um processo de conseguir o seu sonho.

    Por: Jayme de Oliveiral Arte& Entretenimento> Músical 30/09/2014 lAcessos: 21
    Régina Sélia Durães Amaral

    O filme proporciona uma visão nítida, passo a passo, dos critérios experimentados pelos jovens para o diagnóstico de Síndrome de Dependência segundo a Décima Edição de Classificação Internacional das Doenças - CID-10 - Organização Mundial de Saúde.Após mostrar a fase dos "sonhos", o filme proporciona um mergulho no processo de ruina e o fim trágico dos usuários de drogas.

    Por: Régina Sélia Durães Amarall Psicologia&Auto-Ajudal 20/07/2009 lAcessos: 4,010 lComentário: 4
    Ricardo Hideo Kozima

    Para que você tenha um negócio de sucesso em Marketing de Rede, é extremamente importante definir um sonho, talvez o primeiro passo após se associar...Muitas pessoas contrariam essa idéia dizendo:

    Por: Ricardo Hideo Kozimal Negócios> Negócios Onlinel 07/10/2011 lAcessos: 272
    Tom Coelho

    Veja um ensaio abordando 15 importantes competências para o sucesso profissional e pessoal.

    Por: Tom Coelhol Notícias & Sociedade> Cotidianol 03/12/2012 lAcessos: 119

    Chris Gardner (Will Smitch) é um pai de família que enfrenta vários obstáculos para vencer na vida. O fime é maravilhoso, somos levados a refletir sobre a maneira que lidamos com pequenos problemas de nosso dia a dia, muitas vezes perdendo a serenidade e reclamando de tudo com extremo negativismo. Problemas financeiros, familiares, profissionais e pessoais, ocorrerão ao longo de toda a vida e devem ser encarados com naturalidade e a solução deve ser buscada com empenho e determinação.

    Por: Prof. Paulo Barreto dos Santosl Carreira> Recursos Humanosl 30/05/2008 lAcessos: 6,693 lComentário: 5
    GILBERTO CABEGGI

    As pessoas acham que a felicidade não é possível e por isso sofrem muito. Por não acreditarem que podem ser felizes, arrastam-se pela vida, sem viver tudo aquilo a que têm direito.

    Por: GILBERTO CABEGGIl Psicologia&Auto-Ajuda> Auto-Ajudal 12/09/2009 lAcessos: 792
    Fernando Corrêa manarim

    afirmamos que existem outras formas de jogar xadrez além da competição, ou seja, que o xadrez é uma ferramenta que pode trabalhar o praticante pedagógica e terapeuticamente, ensinando a se conhecer, conhecer os outros e conhecer o mundo a qual pertence. Isso pode ser comprovado na Lenda de criação do xadrez, conhecida como a Lenda de Lahur Sessa, lenda que pode ser encontrada na obra de Malba Tahan, "O Homem que calculava".

    Por: Fernando Corrêa manariml Educaçãol 16/03/2015

    1. Por que o regime de ciclos e a progressão continuada são tão criticados? 2. Qual a real eficácia da progressão continuada e quais são os problemas gerados por esta prática? 3. Quais suas implicações políticas? 4. Quais os aspectos negativos deste sistema? 5. Qual o papel do professor, do coordenador e supervisor escolar? 6. Qual a importância da avaliação neste processo?

    Por: EULER DE CASTRO SANTOSl Educaçãol 15/03/2015

    RESUMO A violência é sem duvida, além de uma das grandes preocupações da sociedade, o grande problema a ser enfrentado, principalmente na dura realidade das escolas públicas do Brasil. Atinge a todos na escola, contudo a grande vitima deste problema é o professor, cada vez mais desmotivado e que se encontra quase sempre acuado e de mãos atadas diante do problema. Ocorre de maneira velada e de diversos modos, sendo, obviamente causada pela falta de limites e de ações efetivas para enfrentar o pro

    Por: EULER DE CASTRO SANTOSl Educaçãol 15/03/2015

    Nesta Sociedade de Informação a comunicação assume um papel no desenvolvimento humano como ferramenta de leitura social numa intervenção libertadora na perspectiva social sobre a tecnologia num processo de diminuição das disparidades sociais na criação de políticas publica para a formação de uma cidadania. Atuando numa dimensão social e política através de programas sociais de inclusão digital para reduzir os problemas sociais relativos à marginalização e pobreza

    Por: Daniela Rosseti silval Educaçãol 12/03/2015
    Alinne do Rosário Brito

    O presente artigo tem como finalidade analisar as fases de ensino nas aulas de educação física escolar tendo como base os PCN`S, para facilitar este processo nas instituições de ensino. Portanto é um convite para refletir sobre à pratica pedagógica , ou seja, o processo de alfabetização especificamente no ensino fundamental através deste componente curricular.

    Por: Alinne do Rosário Britol Educaçãol 11/03/2015

    O fundamentalismo islâmico é a maior ameaça a democracia e os direitos humanos desde o fim da Guerra Fria.Esse artigo tem por objetivo expor de forma breve,as suas origens durante o processo de partilha afro-asiática promovida pelos países europeu até a sua expansão na era da globalização sob a hegemonia dos EUA.

    Por: Mauricio Mendes de Oliveiral Educaçãol 09/03/2015
    Marlete Turmina Outeiro

    O artigo conta a história de uma família especifica, que venceram as adversidades e os preconceitos sociais, demonstraram a importância de unir-se em favor de um ideal coletivo, cujo objetivo apresenta memória histórica marco de 1985 a 2011, no Município de Abelardo Luz/SC. Os resultados discorrem a partir de um recorte da obra "A Inclusão Social pela Reforma Agrária: a saga de uma família sem-terra, escrito com base nos fatos que constam no diário da Sra. Rosa Turmina.

    Por: Marlete Turmina Outeirol Educaçãol 07/03/2015 lAcessos: 12

    A tecnologia mais especificamente a tecnologia de informação e comunicação assume papel no desenvolvimento humano como ferramenta de leitura e práxis social numa intervenção libertadora na perspectiva social sobre a tecnologia num processo de diminuição das disparidades sociais na criação de políticas publica para a formação de uma cidadania. Atuando numa dimensão social e política através de programas sociais de inclusão digital para reduzir os problemas sociais relativos à marginalização e pob

    Por: Daniela Rosseti silval Educaçãol 02/03/2015
    SANDRA VAZ DE LIMA

    Empreendedores são pessoas que desejam participar ativamente da construção de um mundo novo, não apenas como expectadores, mas como atores das mudanças globais da atualidade. De modo geral a pesquisa busca conhecer as ações dos empreendedores nas organizações e dessa forma, saber como eles podem e devem contribuir para o crescimento e desenvolvimento. Especificamente buscou-se: diagnosticar o perfil "empreendedor"; identificar os desafios que a administração propõe ao gestor público.

    Por: SANDRA VAZ DE LIMAl Educaçãol 20/08/2013 lAcessos: 205
    SANDRA VAZ DE LIMA

    A Educação Especial é uma modalidade da Educação Básica, fundamentada no princípio da atenção à diversidade. Integram-se o Ensino Regular e a Educação Especial numa concepção da Educação Inclusiva, buscando a participação e permanência de todos os alunos na escola, numa educação de qualidade, onde o atendimento as pessoas com necessidades especiais não requer um ambiente especifico e único, mas sim necessita de recursos físicos, humanos e materiais para que seja possível atender a todos, adaptan

    Por: SANDRA VAZ DE LIMAl Educaçãol 24/07/2012 lAcessos: 2,450
    SANDRA VAZ DE LIMA

    A Tecnologia Educacional é entendida como a área que estuda a aplicação das Tecnologias da Informação e Comunicação - TIC - na educação, a partir de um embasamento da didática, psicologia da aprendizagem e desenvolvimento tecnológico. Assim, as alterações no sistema educativo visam levar em conta as diferenças pessoais, estilos cognitivos, ritmos de aprendizagem, afinidades, áreas de interesse, estratégias de pensamento e motivação.

    Por: SANDRA VAZ DE LIMAl Educaçãol 24/07/2012 lAcessos: 198
    SANDRA VAZ DE LIMA

    Não existe uma única concepção sobre a EaD, pois o conceito evoluiu ao longo do tempo, influenciado pelo avanço das tecnologias da informação e da comunicação. Além disso, a concepção de educação a distância pode variar conforme o autor, sua base teórico-conceitual e sua concepção do que significam educação, ensino e aprendizagem.

    Por: SANDRA VAZ DE LIMAl Educaçãol 24/07/2012 lAcessos: 210
    SANDRA VAZ DE LIMA

    A expectativa é ao mesmo tempo ligada a pessoa e ao interpessoal, também a expectativa se realiza no hoje, e futuro presente, voltado para o ainda-não, para o não experimentado, para o que apenas pode ser previsto. Assim, percebe-se que a expectativa é um sentimento que surge diante de novidades, do diferente.

    Por: SANDRA VAZ DE LIMAl Educaçãol 24/07/2012 lAcessos: 106
    SANDRA VAZ DE LIMA

    Com os anos as análises históricas sofreram inúmeras mudanças, tendo historiadores como Jules Michelet que se preocupavam com histórias nacionais, espírito do povo, representando heróis. Tal autor chamou a atenção por identificar um agente sem rosto – o povo, as massas, como personagem da história e como protagonista dos acontecimentos.

    Por: SANDRA VAZ DE LIMAl Educaçãol 24/07/2012 lAcessos: 210
    SANDRA VAZ DE LIMA

    Conforme o texto "Correntes, campos temáticos e fontes", a escrita e a leitura são indivisíveis e estão contidas no texto, permitindo a comunicação e veicula representações, onde o historiador pergunta sobre quem fala e de onde fala, discutindo sobre ela. As relações entre essas instancias não são diretas nem reflexas, mas sim intermediadas pelo discurso narrativo, e para o entendimento da História Cultural pode ser o da metáfora, pois o discurso explica, fala de algo que se percebe e se entende

    Por: SANDRA VAZ DE LIMAl Educaçãol 24/07/2012 lAcessos: 236
    SANDRA VAZ DE LIMA

    Entende-se que a História é construída conforme as práticas, as culturas de um determinado povo, uma organização social, onde o habitus integra os espaços de experiências, funcionando a cada momento vivido como matriz de sensações.

    Por: SANDRA VAZ DE LIMAl Educaçãol 24/07/2012 lAcessos: 84
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast