O Diretor E A Equipe Escolar

08/08/2009 • Por • 9,080 Acessos

               O sucesso de uma escola está intimamente ligado ao bom relacionamento entre o diretor e o corpo docente, quanto mais afinada essa relação, maiores as probabilidades de bom rendimento nos trabalhos pedagógicos, facilitando o aprendizado dos alunos.

                Acredito que um dos maiores e mais importantes desafios do diretor de uma unidade escolar, seja fomentar o espírito de equipe entre os professores e funcionários da escola, ou seja, fazer a transição de um grupo para uma equipe escolar. Existe uma diferença entre um grupo e uma equipe: um grupo pode ser comparado a pescadores, todos realizando suas tarefas de forma isolada com objetivos individuais (mesmo que a tarefa seja semelhante). Por outro lado, a equipe se assemelha aos remadores de um barco, onde cada elemento realiza sua tarefa (que pode ser semelhante ou não) visando atingir o mesmo objetivo. Esses conceitos têm muita aplicabilidade na educação, metaforicamente os professores podem ser comparados aos remadores do mesmo barco. Quando isso acontece está instalado o espírito de equipe, em que todos os elementos da escola trabalharão para atingir as metas estabelecidas no plano escolar, culminando em bons resultados obtidos pelo alunado.

                Quando a equipe funciona em harmonia, o trabalho do diretor se torna menos árduo, porém, não menos importante. A ele cabe a função de oferecer suporte, tanto pedagógico como material, para que os professores desenvolvam seus trabalhos da melhor maneira possível, cobrar e trabalhar junto com a equipe para que as metas sejam alcançadas, proporcionar momentos de liderança aos professores (todos eles), estabelecer a ligação entre escola e comunidade suprindo, dentro do possível, algumas de suas necessidades.

                Administrar uma escola é uma empreitada complexa, nesse contexto a gestão participativa assume papel fundamental. A figura do diretor centralizador, autoritário e conseqüentemente temido por alunos, pais de alunos, funcionários e até mesmo por professores, aquele que apenas cobra resultados, mas não contribui efetivamente para que eles aconteçam, que está preocupado apenas com a boa reputação de sua escola, principalmente no que diz respeito à disciplina, e não com o conteúdo trabalhado dentro dela não deve, ou não deveria ter mais espaço.

               O gestor moderno tem sua liderança reconhecida naturalmente, através da sua conduta, seu relacionamento com todos os integrantes do universo escolar e de seu conhecimento nos mais variados assuntos que permeiam esse universo.

               

 

Perfil do Autor

alex batalha machado

Professor de educação física efetivo da rede estadual de São Paulo. Desenvolve um trabalho de combate a obesidade infantil. Cursando...