O professor como mediador da aprendizagem

Publicado em: 20/12/2011 |Comentário: 0 | Acessos: 94 |

Para mediar devem sobretudo o professor, estar voltado para o trabalho que os alunos realizam por iniciativa própria, como atividade específica de aprendizagem. É dessa maneira que o processo de ensino, através da mediação do professor, interfere no processo de aprendizagem levado adiante pelo aluno. Quando o aluno tem uma dificuldade ou não sabe realizar uma tarefa,é preciso que o professor interfira explicando adequadamente para que o aluno possa progredir em seus conhecimentos.

O que fazer com o erro

É necessário o professor procurar explicações adequadas, requer saber abordar um problemas de muitas maneiras diferentes, seguir caminhos alternativos. Se, apesar de todo o esforço e competência do professor, ele ainda cosntatar que determinado ponto não está sendo devidamente entendido por um aluno ou classe. Muitas vezes para se entender algo aparentemente simples é necessário ter informações complementares que o professor obviamente tem, e o aluno não. Frenquentemente, é preciso ter conhecimentos presupostos ou até mesmo saber relacionar coisas já conhecidas de uma forma determinada para que o novo conhecimento possa ser assimilado e aplicado.

Diante das dificuldades, o impasse pode se estabelecer sérias consequencias para o processo de aprendizagem. Nessas circunstancias o melhor a fazer é partir para outros tipos de explicações pois, enfim os alunos acabarão aprendendo aquela questão incompleta.

A verdadeira aprendizagem proporciona ao aluno generalizar o processo de tal maneira que a intermediação do professor vai, aos poucos, cendendo à sua própria independencia e competencia para buscar as explicações adequadas por si mesmo e a construir seu próprio saber.Quanto mais sedo o aprendiz chegar a essa autonomia melhor será para ele: aprenderá melhor e mais rápido.

Para que o aprendiz possa tomar suas decisões é preciso que a escola tenha um espaço especial em sua programação destinado a essa atividade. Na alfabetização é fundamental que ps alunos produzam trabalhos espontâneos, façam atividades apartir de sua iniciativa do jeito que acharem melhor. Nesta perspectiva permite ao aluno expressão individual, liberdade de realização.

Avaliar artigo
4
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-artigos/o-professor-como-mediador-da-aprendizagem-5503204.html

    Palavras-chave do artigo:

    professor

    ,

    mediador

    ,

    aprendizagem

    Comentar sobre o artigo

    Wanderlea Santana de Oliveira

    Atualmente o papel do professor , na escola moderna , tem passado por constantes transformações. Cabe ao mesmo adapatar sua prática pedagógica mediando a aprendizagem do aluno de forma simples e eficaz.

    Por: Wanderlea Santana de Oliveiral Educação> Ensino Superiorl 26/11/2010 lAcessos: 5,273

    O artigo abordara a importância do professor na mediação da aprendizagem do aluno na produção de texto.

    Por: ANA CLAUDIA CARDOSO SANTOSl Educaçãol 11/12/2010 lAcessos: 448
    Hilton Andrade dos Santos

    Falar de aprendizagem não é uma tafera tão fácil, haja vista que a palavra possui inúmeros conceitos que interagem entre si, e para abordar os objetivos de diferentes olhares para os problemas relacionados a esta palavra, é necessário antes de tudo conceituá-la. Para lograr êxito na análise dos objetivos deste artigo, serão citadas algumas estratégias para dirimir os problemas existentes nessa abordagem.

    Por: Hilton Andrade dos Santosl Educação> Educação Infantill 27/11/2010 lAcessos: 1,969
    vanessa de fatima silva moura

    Ao se considerar relevante o aprofundamento e o conhecimento em relação à formação docente para o uso de novas tecnologias educacionais. Percebe-se que a formação de professores para a utilização das novas Tecnologias de Informação e Comunicação, de forma específica os computadores, que têm contribuído na educação e aprimoramento da pratica educativa, que deve ser pautada pela compreensão das possibilidades e limites deste instrumento na concretização do papel educativo da escola.

    Por: vanessa de fatima silva moural Educaçãol 18/07/2011 lAcessos: 1,497

    As disciplinas da área de educação são essenciais à formação do docente além de obrigatórias nos cursos de licenciatura. A determinação do perfil do docente e a discussão dos aspectos didáticos e metodológicos do professor nas disciplinas específicas do curso de Ciências Biológicas são objetivos principais dessa pesquisa. O Projeto procura valorizar a formação dos professores/alunos,sob a visão de um professor reflexivo, em que deve ter competências mais amplas para lidar no processo educacional

    Por: Kelley Cristiny Pereira Piresl Educação> Ensino Superiorl 16/03/2009 lAcessos: 5,436

    A informática surge como ferramenta auxiliadora do trabalho psicopedagogo nas instituições de ensino como um instrumento facilitador da construção do conhecimento pelo disléxico e do seu desenvolvimento como pessoa, consciente das suas dificuldades, mas, principalmente, reconhecendo suas possibilidades e fazendo pleno uso delas. A Psicopedagogia e a Informática são áreas distintas, porém, se trabalhadas juntas, podem trazer resultados incríveis.

    Por: FABÍOLA VENTAVOLIl Educação> Ciêncial 08/07/2010 lAcessos: 1,153

    O presente artigo pretende analisar o telejornal como recurso didático-pedagógico e tecnológico a ser utilizado por professores do Ensino Fundamental em sala de aula. Tal uso, na perspectiva de construção de conhecimentos contribui para a formação de alunos telespectadores críticos e autônomo.

    Por: Zeila Miranda Ferreiral Educação> Ciêncial 27/11/2010 lAcessos: 429

    Este trabalho toma como percurso a descrição da prática docente na utilização dos jogos tradicionais, em instituição particular, na cidade de Salvador-Bahia. As discussões estão pautadas em Kishimoto; Friedmann; Chateau; Freire; Piaget e Vigotsky. Partindo do pressuposto de que se as aprendizagens são variadas, é necessário que o professor esteja em constante renovação e reflexão de sua prática, para que alcance as necessidades da criança.

    Por: Geraldo Francisco dos Santosl Educação> Educação Infantill 22/04/2011 lAcessos: 6,856 lComentário: 1
    Telma Lobo

    Refletir sobre os problemas didático-pedagógicos do Ensino Superior é de suma importância, uma vez que se percebe a insatisfação, por parte dos acadêmicos, em relação à aprendizagem e reflexão de conhecimentos. Para comprovar esse problema, fez-se uma pesquisa bibliográfica, bem como, uma pesquisa de campo, com a aplicação de questionário, para conclusão e avaliação dos dados, usou-se a análise qualitativa.

    Por: Telma Lobol Educaçãol 04/01/2011 lAcessos: 2,087

    São inúmeros, mas iremos apontar os que consideramos como mais importantes: 1 – A qualidade de ensino em uma escola técnica (Etec) é considerada excelente. 2 – As Etec´s contam com equipes de Professores e Coordenadores muito bem preparadas e comuma estrutura completa de salas, laboratórios e equipamentos de última geração.

    Por: Thonny Siqueiral Educaçãol 17/09/2014
    Erineia nascimento da Silva

    O aluno especial tem algumas necessidade de auto realização igual aos demais alunos, assim como ele precisa ter sua autoestima valorizada para contribuir na definição de suas habilidades intelectuais, a interação social com a comunidade escola lhe dará segurança, o apoio dos pais e fundamental nesse processo.

    Por: Erineia nascimento da Silval Educaçãol 11/09/2014
    Erineia nascimento da Silva

    Cérebro é o órgão onde se forma a cognição, o órgão mais organizado do corpo humano. Portando a cognição pode emergir no cérebro e nele acontece dinâmicas evolutivas que permitem ao ser humano revelar-se como um ser auto-eco-organizador, para isso e necessário o envolvimento das funções bio-psico-sociais ou bioantropologicas.

    Por: Erineia nascimento da Silval Educaçãol 08/09/2014
    Formacerta.pt

    Este artigo informa sobre o curso de Formação Pedagógica Inicial de Formadores, uma formação frequentemente procurada (e essencial) por indivíduos que querem entrar no mercado de formação profissional.

    Por: Formacerta.ptl Educaçãol 08/09/2014

    O presente texto aborda sobre Saúde em Educação, como incentivo entre desenvolvimento social, psicológico, cultural e saúde educacional. Pois o artigo preocupa-se e questiona-se sobre a formação de crianças e adolescentes e a saúde pública escolar.

    Por: Reginaldo Posol Educaçãol 07/09/2014

    O presente texto possui uma abordagem reflexiva simples e ao mesmo tempo um foco informativo sobre as três áreas de "ciências" Psicopedagogia, Psicologia Transpessoal e Educação, numa prespectiva relacionada á Educação de maneira prática e explicativa.

    Por: Reginaldo Posol Educaçãol 07/09/2014

    O objetivo deste estudo foi verificar como a mídia influencia o desenvolvimento moral da criança, quando da sua exposição nos meios de comunicação a partir de uma denúncia não verídica de violência sexual em uma escola infantil do município de Vila Velha, Espírito Santo. Trata de um estudo descritivo, desenvolvido na Unidade Municipal de Educação Infantil "José Silvério Machado", Jardim Marilândia, Vila Velha, ES. Participaram do estudo 10 professores.

    Por: ADRIANA CHAGAS MEIRELES ZURLOl Educaçãol 28/08/2014 lAcessos: 16

    O objetivo deste estudo foi contribuir para o entendimento de quais são os fatores que determinam o sucesso escolar de alunos dos meios populares, por meio da percepção dos educadores. Trata de um estudo descritivo, quantitativo e qualitativo. O instrumento de coleta dos dados foi um questionário estruturado com perguntas objetivas e subjetivas As perguntas objetivas se relacionam a identidade dos professores e vivência no ambiente escolar. As subjetivas buscam conhecer quais os fatores que poss

    Por: SANDRA MARIA TEIXEIRA GRADIMl Educaçãol 28/08/2014

    As dificuldades mais comuns que os alunos apresentam referem-se a problemas de decifração e compreensão. O problema mais sério de decifração é o daquele aluno que, não sabendo decifrar a escrita, põe-se a ler imitando os alunos e inventando uma fala. O professor deve, portanto, ensinar esses alunos a decidirem a escrever.

    Por: Elizabeth Pinheirol Educação> Educação Onlinel 20/12/2011 lAcessos: 95

    Este artigo foi elaborado na área da Educação, tendo como subárea a pedagogia, no qual foi enfocada a importância da leitura. Tratou-se, portanto, de uma pesquisa bibliográfica com estudos aprofundados, consubstanciados em referencial literário existente. Na criança esta leitura através dos sentidos revela um prazer singular; esses primeiros contatos propiciam à criança a descoberta do trabalho, motivam-na para a concretização do ato de ler o texto escrito.

    Por: Elizabeth Pinheirol Educação> Educação Onlinel 20/12/2011 lAcessos: 90
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast