O Que É Educação Ambiental ??

15/04/2008 • Por • 138,082 Acessos

O QUE É EDUCAÇÃO AMBIENTAL ?

A Educação Ambiental não se trata de um tipo especial de educação, mas, de um processo contínuo e longo de aprendizagem, de uma filosofia de trabalho, de um estado de espírito em que todos: família, escola e sociedade, devem estar envolvidos. O objetivo da Educação Ambiental não entra em conflito com os objetivos do sistema escolar, pelo contrário, ambos se direcionam para a formação integral do indivíduo, enquanto cidadão inserido na sociedade e no meio ambiente. Em síntese o processo educativo, de uma maneira geral, não é complexo se as pessoas estão conscientes mas não estão habituadas a externalizarem suas consciências.
“A Educação Ambiental se caracteriza por incorporar as dimensões sócio-econômica, política, cultural e histórica, não podendo se basear em posturas de aplicação universal, devendo considerar as condições e estágio de cada lugar, sob uma perspectiva histórica. Permitindo a compreensão da natureza complexa do meio interpretar a interdependência entre os diversos que compõem o ambiente, com vista a utilizar adequadamente os elementos no presente e no futuro.” (Dias, 1994)
Mais do que uma simples forma de transmitir informações e conhecimentos sobre os recursos naturais. A Educação Ambiental é uma ferramenta indispensável a construção de novos valores e atitudes, voltados ao desenvolvimento de uma sociedade comprometida com a solução de seus problemas ambientais, proporcionando condições adequadas de sobrevivência para os atuais e futuras gerações.
Quais os objetivos da Educação Ambiental?

Consciência  ajudar os indivíduos e grupos sociais a sensibilizarem-se a adquirirem consciência do meio ambiente global e suas questões;
Conhecimentos  a adquirirem diversidade de experiências e compreensão fundamental sobre o meio ambiente e seus problemas;
Comportamento  a comprometerem-se com uma série de valores, e a sentirem interesse pelo meio ambiente, participando da proteção e melhoria do meio ambiente;
Habilidades  adquiri as habilidades necessárias para identificar e resolver os problemas ambientais;
Participação  proporcionar a possibilidade de participarem ativamente das tarefas que tem por objetivo resolver os problemas ambientais.



Fórmula dos 4 RE’s:


• Reduzir a geração de lixo – é o primeiro passo e a medida mais racional, que traduz a essência da luta contra o desperdício. São inúmeros exemplos domésticos e industriais para a minimização dos resíduos. Sempre que for possível, é melhor reduzir o consumo de materiais, energia e água, a fim de produzir o mínimo de resíduos e economizar energia.
• Reutilizar os bens de consumo – significa dar vida mais longa aos objetos, aumentando sua durabilidade e reparabilidade ou dando-lhes nova personalidade ou uso, muito comum com as embalagens retornáveis, rascunhos, roupas, e nas oficinas de Arte com Sucatas. Após a utilização de um produto ou material (sólido, líquido, energia, etc) deve-se recorrer a todos os meios para reutilizá-lo.
• Recuperar os materiais – as Usinas de Compostagem são unidades recuperadoras de materiais orgânicos. Os catadores recuperam as sucatas, antes delas virarem lixo.
• Repensar atitudes – as ações visam que as pessoas repensem o uso dos recursos naturais com maior responsabilidade. Se todos usarmos somente o necessário, não vai faltar para ninguém.




Como forma de minimizar os efeitos gerados pelo acúmulo de resíduos, causadores de maléficas, devemos desenvolver práticas visando à realização de uma Coleta Seletiva satisfatória. Por exemplo:
 Manter sempre o lixo de casa bem embalado e a lata de lixo tampada, assim você evita proliferação de vetores como insetos, roedores e parasitas, além de evitar a poluição visual e o mau cheiro.
 Separar o material inorgânico do orgânico. Organizar o lixo que pode ser reciclado em categorias: metais, vidros, plásticos e papéis.
 Lavar e secar as embalagens de bebidas e alimentos, com cuidado de não quebrar as garrafas e vidros.
 Dobrar e sevar os papéis e amassar as latinhas de alumínio de forma que ocupem menos espaços no lixo.
 Tentar depositar seu lixo em latões de coleta seletiva. Se não houver na sua rua, procure nas escolas, centros de triagem de resíduos sólidos ou associações comunitárias da sua região.
 Incentivar seus amigos, parentes e vizinhos a realizar a separação do lixo e participar da coleta seletiva.

Perfil do Autor

Carlos Aurino

Carlos Aurino 26 anos de Educação Profissional Uma trajetória dedicada a Formação para o Trabalho de jovens e adultos. Com passagem certificada no SENAI, SENAC, CETREDE/UFC, CENTEC e CVT’S, Secretaria de Ação Social, Secretaria do Trabalho e Empreendedorismo, SINE/IDT, Prefeituras de Fortaleza e Caucaia/CE, Empresas públicas e privadas. Com experiência adquirida também no Comércio, Indústrias Nacionais e Multinacionais. Incluindo prestadoras de serviços, CBTU e ECT e ainda como micro-empresário. Formação v Pedagogia UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ – UVA Atividades extracurriculares: v Formação de Agente de Recursos Humanos – SENAI/CE v Formação de Instrutor de Treinamento – SENAI/CE v Formação na Metodologia CEFE – SINE/IDT – CE v Formação de Supervisão Industrial – SENAI/CE v Formação e Capacitação em Didática do Ensino Profissionalizante – CENTEC/CE Projetos que participou e/ou participa: v Geração de Emprego e Renda v Menor Aprendiz v PLANTEC v Soldado Cidadão v Ceará Empreendedor e outros Principais atividades atualmente: v Instrutor e Facilitador de Cursos e Treinamentos v Palestrante v Consultor de Empresas v Membro Fundador da Cooperativa de Educação Social e Profissional do Ceará – COOPESP