Os conceitos de Henri Bergson

Publicado em: 14/05/2013 |Comentário: 0 | Acessos: 11 |

Henri Bergson. 

 1859- 1941. 

Considerado como grande filósofo nasceu na França, na cidade de Paris, teve  grande influência na produção do pensamento filosófico da sua época.

 Professor no Collège de France, posteriormente membro da Academia  Francesa em 1914, ganhou o premio Nobel da literatura no ano de 1927. Muito  famoso no seu tempo histórico.

Construiu uma Filosofia cujo fundamento foi essencialmente espiritualista, a  crítica internacional entendeu como tentativa por parte do seu trabalho,  recuperar a metafísica.

Bergson sempre esteve preocupado em duas variáveis do pensamento  epistemológico, por um dos lados, era contra a veemência do pensamento formulado  por Kant, a questão especificamente do empirismo e do racionalismo, relação do  sujeito com o objeto e a teoria do conhecimento dialético.

Por outro, tinha profunda preocupação com a teoria epistemológica formulada  pelo positivismo, a possível exatidão da linguagem aplicada à análise cientifica  fundamentada na aplicação do empirismo com a teoria da observação pura.

O positivismo do seu tempo formulou uma teoria da análise, cuja perspectiva  objetivava levar uma compreensão cuja natureza era contrária o princípio  dualista, matéria espírito.

Para o positivismo, o espírito sempre foi invenção da linguagem, nunca teve  existência real, confundido a linguagem com o espírito como se fossem duas  realidades distintas, quando de fato era apenas uma ideologia convencional da  fala.

O que faz Bergson para tentar salvar pelo menos em parte a metafísica  desenvolveu uma teoria fundamentada no princípio vitalista o que foi denominado  de o elã vital.

A sua teoria rejeitava a princípio o fundamento do materialismo, como também  do mecanicismo e o determinismo, apesar de ser evolucionista, isso é importante  ressaltar, coloca de forma coerente a criatividade e não a seleção natural como  fundamento da explicação da evolução.

Ataca o intelecto com a seguinte ideologia epistemológica, para Henri, o  referido não é capaz de apreender a realidade como tal, toda tentativa na sua  complexidade seria formado por auto-engano, mesmo que seja parcialmente.

Para resolver essa problemática de fundamental importância ele volta a  defender a intuição, uma vez que a própria razão em última instância não  consegue explicar profundamente, os resultados da experiência do campo  observacional.

Propõe etimologias próprias, a distinção da análise do tempo, a duração do  mesmo, sendo que epistemologicamente a teoria em referência, ou seja, o tempo  real, só pode ser apreendido intuitivamente.

Nega a sucessão real, na perspectiva da temporalidade, procura entender o  fenômeno da religião e da moral, como fatos originários da sociedade natural em  defesa de uma moral da obrigação e de uma religião estática.

Entende a religião e a moral como defesa  contra a natureza que sempre  costuma ser hostil a própria existência do Homem, mas em outros  aspectos  entende que a moral é criadora de valores benéficos.

Sua Filosofia desenvolveu e fez muito sucesso como sistema epistemológico,  mas com o nascimento da Filosofia existencialista e da Fenomenologia como método  de análise, sua teoria entrou em declínio.

Escreveu diversas obras: citarei duas de maior influência, Matéria e Memória,  Evolução criadora. Passou o tempo de Bergson, mas como foi um filósofo  importante para a formulação do pensamento do seu tempo histórico, a importância  de compreendê-lo. 

Edjar Dias de Vasconcelos.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-artigos/os-conceitos-de-henri-bergson-6593849.html

    Palavras-chave do artigo:

    os conceitos de bergson

    ,

    henri bergson

    Comentar sobre o artigo

    EVERALDO RUFINO DA SILVA

    Este trabalho como parte das disciplinas de história antiga do ocidente e história antiga do oriente, apresenta os conceitos historiográficos.

    Por: EVERALDO RUFINO DA SILVAl Educação> Ensino Superiorl 04/07/2011 lAcessos: 1,213

    O pensador japonês Mokiti Okada pesquisou e pensou sobre o tema Física e Consciência. Para Okada, o nível(mundo) do pensamento precede causalmente o nível(mundo) da matéria, mas ambos estão identificados, influindo-se reciprocamente, numa espécie de hierarquia entrelaçada.

    Por: Vinicius C. da Silval Ciênciasl 21/09/2009 lAcessos: 1,420 lComentário: 3

    O presente estudo aborda alguns aspectos relacionados ao contexto histórico e influências da filosofia de Immanuel Kant na gênese da obra de Jean Piaget. Considerado um dos grandes pensadores no que se refere a educação e ao educar, o pensamento de Piaget, mais precisamente no que se refere à gênese do conhecimento, transportado para suas obras, teve grande influência filosófica de Immanuel Kant entre outros.

    Por: Marco Aurélio Martins Rochal Educação> Ensino Superiorl 20/08/2013 lAcessos: 100

    A Autora trata dos gastos públicos sob um prisma filosófico, faz também uma retrospectiva histórica, com a finalidade de explicitar toda a evolução da exigência de qualidade e eficiência referente às finanças públicas, tanto quanto, sua importância no atendimento das necessidades sociais.

    Por: Suzana J. de Oliveira Carmol Direito> Doutrinal 05/12/2008 lAcessos: 928

    O Direito é a ciência que atende as normas sociais e com isso a sua evolução coaduna com a evolução social, seu desenvolvimento engloba toda estrutura social e a evolução social contou com contribuições significativas ao longo dos tempos.

    Por: Sávia Alves Pereiral Direitol 23/08/2012 lAcessos: 365

    O que é a Verdade? Ela é simples ou complexa? Eis as questões que se impõem para exame. Gostaria de analisá-las apresentando algumas teses. Mas, já de inicio, se ergue uma dificuldade paradoxal: Como poderei tratar da Verdade partindo de Teses, que podem alegar alguns, são “pontos de vista revestidos de erudição”? Bem, aplicando aqui a Filosofia do Pragmatismo, penso que, se ao final de nossas investigações, tais teses revelarem-se úteis em aumentar nossa compreensão do tema, se tiverem eliminado ambigüidades, concorrido para que diante de paradoxos, possamos transcendê-los ao invés de nos viciarmos neles, enfim, se tais teses derem resultados satisfatórios na solução de problemas e na dissolução de confusões, então isso é o que nos importa, sem mais delongas.

    Por: Vinicius C. da Silval Ciênciasl 08/09/2009 lAcessos: 709
    Edjar Dias de Vasconcelos

    A razão é o elemento específico do homem, de um ser que vive através de atividades e hábitos pessoais, esta vida é um constante vir-a-ser e se desenvolve numa permanente intencionalidade e na incompreensão da sua realização.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 12/03/2013 lAcessos: 67

    Pensamos em Deus como indivíduo que escreveu dogmas em livros sagrados,... Mas talvez sua linguagem seja mais sutil e profunda, e através das leis da natureza, da beleza e da ordem do universo, dos processos quânticos, ele esteja se comunicando conosco, e vivificando a tudo e a todos, a todo o momento

    Por: Vinicius C. da Silval Ciênciasl 08/02/2010 lAcessos: 1,088 lComentário: 1

    O estudo realizado teve como foco principal compreender os avanços no processo de construção do conhecimento dos alunos de uma turma de 3º ano, através dos jogos matemáticos, priorizando, desse modo, a ludicidade no ensino. A pesquisa foi desenvolvida durante o estágio realizado pela acadêmica e pesquisadora junto a uma turma de 3º ano.

    Por: Luziane Da Silva Costal Educaçãol 15/12/2014
    Idalina Gonçalves Fernandes

    A educação em nosso país necessita ser trabalhada, observando outros princípios como a virtualidade, considerando que as relações com os alunos, o ensino aprendizagem se dissociam cada vez mais da presença física, cujos limites de espaço e tempo servem como subterfúgio, como antiquados rituais, velhas metodologias de ensino, contraproducentes, frente às atuais exigências de autonomia, flexibilidade e criatividade com as quais os alunos são bombardeados.

    Por: Idalina Gonçalves Fernandesl Educaçãol 06/12/2014

    RESUMO A Educação de Jovens e Adultos tem uma especificidade própria, uma vez que os jovens e adultos já têm um repertório de conhecimentos e vivências que exige do professor um tipo de relação pedagógica diferenciada da que é trabalhada com crianças na Educação Infantil e no Ensino Fundamental. Além disso, a sociedade contemporânea tem exigido uma maior capacitação das pessoas para o mercado de trabalho, que a cada dia que passa se torna mais concorrido, tornando a vida mais difícil.

    Por: Giseli Matosl Educaçãol 05/12/2014 lAcessos: 15

    Este artigo de pesquisa analisa o problema gerada pela inserção da disciplina Ensino Religioso na educação pública no Brasil . Demonstra algumas concepções de especialistas sobre a disciplina, seus problemas sócio-pedagógicos e como ela pode ser trabalhada por meio dos temas transversais da educação como valores morais e éticos dentro de uma sociedade igualitária.

    Por: Sortineide Navarro Segural Educaçãol 05/12/2014

    Atualmente o uso dos celulares é um dos temas discutidos por muitos educadores, pois o mesmo atrapalha o andamento das aulas, visto que atrapalha não só quem atende, mas todos os que estão ao seu redor. Há escolas que comprovam o índice do rendimento escolar como negativo , sendo assim chegaram a um bom senso de que o aparelho atrapalha.

    Por: millena bastos mattosl Educaçãol 04/12/2014

    Considerando a importância do espaço escolar na formação do ser humano , onde cada um fazendo a sua parte podemos construir um mundo melhor e o processo ensino aprendizagem se completa quando passamos a conviver coletivamente na busca de um mesmo objetivo. A necessidade de preservação onde todos envolvidos na Unidade Escolar podem contribuir havendo uma interação social.

    Por: millena bastos mattosl Educaçãol 04/12/2014

    A Biblioteca escolar é um local apropriado para facilitar a prática da leitura de forma que a escolha seja livre ou orientada, é o espaço que pode favorecer a aquisição de conhecimento , diversão, há uma variedade de livros, revistas, de diversos assuntos ou temas, onde os estudantes ou até mesmo pessoas da comunidade escolar tem a liberdade de escolher qualquer livro para ler , é o ambiente que pode desenvolver no estudante o gosto pela leitura,

    Por: millena bastos mattosl Educaçãol 04/12/2014

    Respeitar para ser respeitado, ter amor próprio e para com o próximo, sentir a responsabilidade e o comprometimento da vida despertando o espírito humanitário, sensibilizar para necessidade de escolher uma religião a seguir. A família e a escola necessitam estar juntas neste processo de restabelecimento da questão do cultivo dos principais valores sociais, mas se não estiver , cabe ainda a escola despertar a necessidade de promover projetos voltados para este aspecto.

    Por: millena bastos mattosl Educaçãol 04/12/2014 lAcessos: 21
    Edjar Dias de Vasconcelos

    A respeito do saber. Em referência a possibilidade do conhecimento. Um gênio da Filosofia Iluminista alemã. Kant. Relata em sua principal obra. Crítica da Razão da Pura. A maior revolução acadêmica. Sua acepção morfológica da teoria do conhecimento. A natureza do sujeito e do objeto. Mecanismo de cognição. Determinando a metodologia do conhecimento. Em suas divisões epistemológicas. Aos diversos campos aplicativos.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 15/12/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    A identidade representativa artística funciona a coerência lógica por intermédio da ação fundamental do entendimento, o princípio contraditório. Com efeito, não poderá ser compreendida pelo caminho fenomenológico da redução indutiva.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 14/12/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    O mundo poderia. Não ter significado. Já que o entendimento. É apenas a representação. De uma razão alienada. Então o mundo poderia. Ser o antimundo. O que seria o universo. A negação do antimundo. O eterno vazio. Tendo como definição o vácuo. A única realidade a ausência. Necessariamente descabida. Escura e infinita.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Literatura> Poesial 13/12/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Venho das Famílias. Vasconcelos, Machado, Batista, Bonito, Dias e Silva da Costa. Meu terceiro avô. Por parte do meu pai. Nicomedes Costa de Vasconcelos. Filho de Cristino Costa e Silva. Primo Machado de Vasconcelos. Casado com Belica Batista de Vasconcelos. Irmã do meu outro bisavô. Manoel Batista.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 12/12/2014 lAcessos: 12
    Edjar Dias de Vasconcelos

    O filósofo da Escola de Frankfurt Jurgen Habermas formulou uma teoria interessante a respeito da lógica da razão de instrumento. Em primeiro lugar desenvolve o conceito de uma sociedade produtiva alienada do ponto de vista do consumo.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 12/12/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Espaço é determinado pelo vazio. A grande realidade do universo. É a existência do vácuo. Leucipo. Dentro dele movem partículas. Como realidades eternas e imutáveis. Denominadas de átomos. Entende-se Demócrito Então para Epicuro. Nada nascem do nada. A não ser o primeiro princípio. Concorda-se Lucrécio.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 08/12/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Em síntese a teoria do conhecimento resulta-se do desenvolvimento filosófico, com objetivo de entender as origens do conhecimento, a sua história e como se formulou em cada tempo, o com seus devidos paradigmas.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 07/12/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Certa vez disse Nietzsche. Os homens fracos. De caráter deformado. Estabelece entre si. A lógica de uma ética. Plebeia. Legitimando o domínio. Sobre si. Como explorados.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Literatura> Poesial 06/12/2014
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast