Os conceitos de Henri Bergson

Publicado em: 14/05/2013 |Comentário: 0 |

Henri Bergson. 

 1859- 1941. 

Considerado como grande filósofo nasceu na França, na cidade de Paris, teve  grande influência na produção do pensamento filosófico da sua época.

 Professor no Collège de France, posteriormente membro da Academia  Francesa em 1914, ganhou o premio Nobel da literatura no ano de 1927. Muito  famoso no seu tempo histórico.

Construiu uma Filosofia cujo fundamento foi essencialmente espiritualista, a  crítica internacional entendeu como tentativa por parte do seu trabalho,  recuperar a metafísica.

Bergson sempre esteve preocupado em duas variáveis do pensamento  epistemológico, por um dos lados, era contra a veemência do pensamento formulado  por Kant, a questão especificamente do empirismo e do racionalismo, relação do  sujeito com o objeto e a teoria do conhecimento dialético.

Por outro, tinha profunda preocupação com a teoria epistemológica formulada  pelo positivismo, a possível exatidão da linguagem aplicada à análise cientifica  fundamentada na aplicação do empirismo com a teoria da observação pura.

O positivismo do seu tempo formulou uma teoria da análise, cuja perspectiva  objetivava levar uma compreensão cuja natureza era contrária o princípio  dualista, matéria espírito.

Para o positivismo, o espírito sempre foi invenção da linguagem, nunca teve  existência real, confundido a linguagem com o espírito como se fossem duas  realidades distintas, quando de fato era apenas uma ideologia convencional da  fala.

O que faz Bergson para tentar salvar pelo menos em parte a metafísica  desenvolveu uma teoria fundamentada no princípio vitalista o que foi denominado  de o elã vital.

A sua teoria rejeitava a princípio o fundamento do materialismo, como também  do mecanicismo e o determinismo, apesar de ser evolucionista, isso é importante  ressaltar, coloca de forma coerente a criatividade e não a seleção natural como  fundamento da explicação da evolução.

Ataca o intelecto com a seguinte ideologia epistemológica, para Henri, o  referido não é capaz de apreender a realidade como tal, toda tentativa na sua  complexidade seria formado por auto-engano, mesmo que seja parcialmente.

Para resolver essa problemática de fundamental importância ele volta a  defender a intuição, uma vez que a própria razão em última instância não  consegue explicar profundamente, os resultados da experiência do campo  observacional.

Propõe etimologias próprias, a distinção da análise do tempo, a duração do  mesmo, sendo que epistemologicamente a teoria em referência, ou seja, o tempo  real, só pode ser apreendido intuitivamente.

Nega a sucessão real, na perspectiva da temporalidade, procura entender o  fenômeno da religião e da moral, como fatos originários da sociedade natural em  defesa de uma moral da obrigação e de uma religião estática.

Entende a religião e a moral como defesa  contra a natureza que sempre  costuma ser hostil a própria existência do Homem, mas em outros  aspectos  entende que a moral é criadora de valores benéficos.

Sua Filosofia desenvolveu e fez muito sucesso como sistema epistemológico,  mas com o nascimento da Filosofia existencialista e da Fenomenologia como método  de análise, sua teoria entrou em declínio.

Escreveu diversas obras: citarei duas de maior influência, Matéria e Memória,  Evolução criadora. Passou o tempo de Bergson, mas como foi um filósofo  importante para a formulação do pensamento do seu tempo histórico, a importância  de compreendê-lo. 

Edjar Dias de Vasconcelos.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-artigos/os-conceitos-de-henri-bergson-6593849.html

    Palavras-chave do artigo:

    os conceitos de bergson

    ,

    henri bergson

    Comentar sobre o artigo

    EVERALDO RUFINO DA SILVA

    Este trabalho como parte das disciplinas de história antiga do ocidente e história antiga do oriente, apresenta os conceitos historiográficos.

    Por: EVERALDO RUFINO DA SILVAl Educação> Ensino Superiorl 04/07/2011 lAcessos: 1,190

    O pensador japonês Mokiti Okada pesquisou e pensou sobre o tema Física e Consciência. Para Okada, o nível(mundo) do pensamento precede causalmente o nível(mundo) da matéria, mas ambos estão identificados, influindo-se reciprocamente, numa espécie de hierarquia entrelaçada.

    Por: Vinicius C. da Silval Ciênciasl 21/09/2009 lAcessos: 1,397 lComentário: 3

    O presente estudo aborda alguns aspectos relacionados ao contexto histórico e influências da filosofia de Immanuel Kant na gênese da obra de Jean Piaget. Considerado um dos grandes pensadores no que se refere a educação e ao educar, o pensamento de Piaget, mais precisamente no que se refere à gênese do conhecimento, transportado para suas obras, teve grande influência filosófica de Immanuel Kant entre outros.

    Por: Marco Aurélio Martins Rochal Educação> Ensino Superiorl 20/08/2013 lAcessos: 77

    A Autora trata dos gastos públicos sob um prisma filosófico, faz também uma retrospectiva histórica, com a finalidade de explicitar toda a evolução da exigência de qualidade e eficiência referente às finanças públicas, tanto quanto, sua importância no atendimento das necessidades sociais.

    Por: Suzana J. de Oliveira Carmol Direito> Doutrinal 05/12/2008 lAcessos: 919

    O Direito é a ciência que atende as normas sociais e com isso a sua evolução coaduna com a evolução social, seu desenvolvimento engloba toda estrutura social e a evolução social contou com contribuições significativas ao longo dos tempos.

    Por: Sávia Alves Pereiral Direitol 23/08/2012 lAcessos: 325

    O que é a Verdade? Ela é simples ou complexa? Eis as questões que se impõem para exame. Gostaria de analisá-las apresentando algumas teses. Mas, já de inicio, se ergue uma dificuldade paradoxal: Como poderei tratar da Verdade partindo de Teses, que podem alegar alguns, são “pontos de vista revestidos de erudição”? Bem, aplicando aqui a Filosofia do Pragmatismo, penso que, se ao final de nossas investigações, tais teses revelarem-se úteis em aumentar nossa compreensão do tema, se tiverem eliminado ambigüidades, concorrido para que diante de paradoxos, possamos transcendê-los ao invés de nos viciarmos neles, enfim, se tais teses derem resultados satisfatórios na solução de problemas e na dissolução de confusões, então isso é o que nos importa, sem mais delongas.

    Por: Vinicius C. da Silval Ciênciasl 08/09/2009 lAcessos: 657
    Edjar Dias de Vasconcelos

    A razão é o elemento específico do homem, de um ser que vive através de atividades e hábitos pessoais, esta vida é um constante vir-a-ser e se desenvolve numa permanente intencionalidade e na incompreensão da sua realização.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 12/03/2013 lAcessos: 56

    Pensamos em Deus como indivíduo que escreveu dogmas em livros sagrados,... Mas talvez sua linguagem seja mais sutil e profunda, e através das leis da natureza, da beleza e da ordem do universo, dos processos quânticos, ele esteja se comunicando conosco, e vivificando a tudo e a todos, a todo o momento

    Por: Vinicius C. da Silval Ciênciasl 08/02/2010 lAcessos: 1,070 lComentário: 1

    Esta investigação teve como propósito o estudo sobre o dilema da teoria social, por meio de pesquisas bibliográficas e documental, com base nos artigos científicos de Dalbosco (2010), Carvalho (2013), Lília (2009), Morigi (2004), Netto (2012 e Maia in Connell (2009). Assim, este trabalho abordou sobre os dilemas que implicam a teoria social nas questões de definição do método que é um dos problemas centrais e polêmicos da teoria social, sua relação entre o estado de natureza e o estado social e

    Por: Carla Anne Marques Fariasl Educaçãol 28/09/2014

    RESUMO Este trabalho tece um dialogo sobre o dilema da teoria social, filosofia política, crise da teoria social, o problema do método e da ordem social e o problema da modernidade. Para dar inicio a essa pesquisa houve uma busca exaustiva a livros e revistas para uma leitura do tema abordado em seguida uma pesquisa nos sites da internet. E a leitura da apostila recomendada para embasamento do assunto abordado, na qual contem seis capítulos.

    Por: estelal Educaçãol 26/09/2014

    Os motivos para fazer um curso técnico são tantos que é difícil de entender o quando jovens concluintes do ensino médio não começam suas carreiras profissionais por este ponto de partida.

    Por: Thonny Siqueiral Educaçãol 19/09/2014

    São inúmeros, mas iremos apontar os que consideramos como mais importantes: 1 – A qualidade de ensino em uma escola técnica (Etec) é considerada excelente. 2 – As Etec´s contam com equipes de Professores e Coordenadores muito bem preparadas e comuma estrutura completa de salas, laboratórios e equipamentos de última geração.

    Por: Thonny Siqueiral Educaçãol 17/09/2014
    Erineia nascimento da Silva

    O aluno especial tem algumas necessidade de auto realização igual aos demais alunos, assim como ele precisa ter sua autoestima valorizada para contribuir na definição de suas habilidades intelectuais, a interação social com a comunidade escola lhe dará segurança, o apoio dos pais e fundamental nesse processo.

    Por: Erineia nascimento da Silval Educaçãol 11/09/2014
    Erineia nascimento da Silva

    Cérebro é o órgão onde se forma a cognição, o órgão mais organizado do corpo humano. Portando a cognição pode emergir no cérebro e nele acontece dinâmicas evolutivas que permitem ao ser humano revelar-se como um ser auto-eco-organizador, para isso e necessário o envolvimento das funções bio-psico-sociais ou bioantropologicas.

    Por: Erineia nascimento da Silval Educaçãol 08/09/2014 lAcessos: 11
    Formacerta.pt

    Este artigo informa sobre o curso de Formação Pedagógica Inicial de Formadores, uma formação frequentemente procurada (e essencial) por indivíduos que querem entrar no mercado de formação profissional.

    Por: Formacerta.ptl Educaçãol 08/09/2014

    O presente texto aborda sobre Saúde em Educação, como incentivo entre desenvolvimento social, psicológico, cultural e saúde educacional. Pois o artigo preocupa-se e questiona-se sobre a formação de crianças e adolescentes e a saúde pública escolar.

    Por: Reginaldo Posol Educaçãol 07/09/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Não existe apenas uma pedra. Concepção axiologicamente pobre. De uma ideologia liberal. São centenas de trilhos cheios de curvas. Com hermenêuticas irracionais. Voltadas para metafísicas transcendentais. Cujo objetivo é impedir as mudanças sociais.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Literatura> Poesial 28/09/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Foi exatamente em tal contexto social e político que se desencadeou o cenário do Romantismo naquele país, possibilitando o nascimento de várias obras literárias, fundamentais ao desenvolvimento do Romantismo.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 24/09/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Ist maine dasein. Estar nesse mundo. Por um tempo. E não por outro. Como fantasia. Res extensus cogito. A extensão da inteligência. Die fantasie von zeichen. A fantasia dos sinais O que devo dizer. Dominus sapienitum

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Literatura> Poesial 24/09/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Não resultamos diretamente deles, mas parentes próximos. Numa acepção moderna, primos, o que significa muito para a comparação das espécies, a ponto de afirmar que, geneticamente, somos a mesma espécie.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 23/09/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Há uma arte projetiva. A linguagem é o mecanismo auxiliar. Da metodologia de projeção. Naturalmente. Não se projeta de qualquer forma. Porque são milhares de projeções. O que é o conhecimento fenomenológico. Em parte pelo menos. Produção de uma ilusão do entendimento.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 20/09/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    O Significado do Homem. Tudo que restará do homem. Será tão somente a linguagem. O restante a ficção do esqueleto. O invólucro derretido. A linguagem não tem alma. No passado apenas a memória. Solidificada no cérebro.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Literatura> Poesial 17/09/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Como refletiu pessoa. O resto é gente. Que pensa ser alma. Complica, fala e vê. Tira o sonho e a calma.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Literatura> Poesial 14/09/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Quem é o homem. Apenas um agregado de átomos. Continuidades de células. Por dentro um invólucro químico. Substancialidade perpétua. Na sua interminável repetição.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Literatura> Poesial 09/09/2014
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast