PENSAMENTOS DE INCENTIVO À LEITURA

07/12/2010 • Por • 3,929 Acessos

"É preciso transformar o Brasil num país de leitores. Ler é mais importante que estudar... Palavra não é só a pá, é também a lavra."  (Ziraldo)

 

"O simples ato da leitura, transforma a nossa forma de pensar e enriquece o nosso conhecimento, gerando uma capacidade imensurável de criar o inimaginável." (Tiago H. Miranda)

 

"Quem não lê só vê uma parte das coisas do mundo. E não consegue conhecer tudo." (Ministério da Educação).

 

"Aprender a escrever é, em grande parte, se não principalmente, aprender a pensar, aprender a encontrar idéias e concatená-las, pois, assim como não é possível dar o que não se tem, não se pode transmitir o que a mente não criou ou não aprovisionou." (Garcia).

 

"Talvez a missão da literatura seja a mesma da psicanálise: salvar-nos da loucura dos nossos monstros." (Nilza Resende, escritora brasileira).

 

"Ainda acabo fazendo livros onde as nossas crianças possam morar." (Monteiro Lobato, escritor e editor brasileiro, 1882 – 1948).

 

"Quando eu era criança, durante muito tempo pensei que os livros nascessem como as árvores, como os pássaros. Quando descobri que existiam autores, pensei: também quero fazer um livro." (Clarice Lispector, escritora brasileira 1920 – 1977).

 

"A leitura é muito mais do que uma simples relação dos olhos com os livros... A leitura é um espaço, um lugar predileto, uma luz escolhida, um ritual em que importa até a época do ano." (Luis Garcia Monteiro, poeta espanhol).

 

"Conto história para mudar o mundo, pois vivo num mundo cujos senhores desprezam a educação e cultura, conseqüentemente os livros." (Fausto Woolf, escritor brasileiro).

 

"Amar a leitura é trocar horas de tédio por horas de deliciosa e inefável companhia." (John Fitzgerald Kennedy, ex-presidente dos Estados Unidos da América do Norte, 1917 – 1963).

 

"A leitura é a viagem dos que não podem pegar o trem." (Francis de Croisset – dramaturgo francês, 1877 – 1937)

 

"O importante é motivar a criança para a leitura, para a aventura de ler." (Ziraldo, escritor e ilustrador brasileiro)

 

"O livro é um mudo que fala, um surdo que responde, um cego que guia, um morto que vive." (Padre Antonio Vieira, Escritor jesuíta, português, 1608 – 1697)