Relacao Da Pedagogia Com Outras Ciencias

22/01/2009 • Por • 28,539 Acessos











RELAÇÃO DA PEDAGOGIA COM OUTRAS CIÊNCIAS














Dedicatória



Este trabalho e dedicado a todos os amantes da ciência pedagógica e aqueles que directa ou indirectamente contribuem para o desenvolvimento dela: os nossos pais.



Uma dedicatória especial aos meus pais por me terem dado apoio na realização deste trabalho e por ter realizado um dos maiores sonhos da minha vida: estudar pedagogia.



Vai também uma dedicatória especial a Nota Positiva (em www.notapositiva.com) por me dar a opurtunidade de partilhar os meus conhecimentos com os outros.






















Introdução



O presente trabalho tem como tema: relação da pedagogia com outras ciências e como objectivo principal descrever o percurso da pedagogia ate ser considerada  ciência e a sua relação com algumas ciências (psicologia, sociologia, filosofia, ciências políticas, ética, economia política, história, moral, antropologia cultural, biologia e até com a didáctica).



A metodologia usada para a realização deste trabalho foi a da consulta bibliografica, que consistiu na leitura e análise das informações de diversas obras que se debruçam sobre o tema acima mencionado e também em consultas na internet. Os autores das referidas obras estão devidamente citados dentro do trabalho e tambem na bibliografia final.



O trabalho está organizado em dois capítulos: O primeiro descreve a pedagogia como ciência, onde faz um breve resumo do percuso da pedagogia desde os tempos mais antigos ate ser considarada como ciência e enunciando o seu objecto de estudo. 0 segundo faz uma relação da pedagogia com outras ciências, onde fez a relação com as seguintes ciencias: psicologia, sociologia, filosofia, ciências políticas, ética, economia política, história, moral, antropologia cultural, biologia e com a didactica. Para além dos referidos capitulos o trabalho apresenta conclusão e bibliografia com as obras e sites consultados na realização deste trabalho.










 CAPITULO I: Pedagogia como Ciência



1.1. Surgimento da Pedagogia



 As ideias relativas a educação já vem desde os tempos mais antigos e não estavam organizados de uma forma sistematizada. Um exemplo dos pensamentos da educação nos povos “ditos” primitivos são os pensamentos relegiosos, políticos, morais e os trabalhos manuais diários como: a pesca, a caca, a recoleção, a cozinha que passavam de geração em geração sem haver uma instituicao organizada onde podiam se transmitir esses conhecimentos.



A pedagogia surgiu na Grécia Antiga e Significava etmologicamente: conduzir a criança ao saber, onde:



Paido= criança;



Agogo= conduzir/levar;



Gia= saber/ciência.



Apesar do remoto tempo da sua existência, demorou muito tempo para ser considerada ciência, isto é, como um conjunto sistematizado de verdades demonstradas sobre a educação (HOZ;s/d: 27).



Somente no seculo XVII é que a pedagogia foi elevada a categoria de ciência, devido a obras como “O Tratado Sobre a Educação” de Luis Vives (sec. XVI) e “Didáctica Magna” de Coménio (sec. XVII), que contribuiram para a sistematização do pensamento pedagógico e oferecendo uma “autonomia” parcial em relação a Filosofia.



Actualmente, a Pedagogia é definida como sendo “a filosofia, ciência e arte técnica da educação” (PILLETI; 1991:24) ou também “como uma rede de de enunciados sobre o fazer educativo (...)” (LIBANEO;1996:27).





1.2. Objecto de Estudo da Pedagogia



O objecto de estudo da pedagogia e a educação, instrução e ensino do Homem, onde:






  • Educação pode ser entendida em vários sentidos dentre  os quais destacaremos dois que sao: sentido social e o sentido restrito pedagógico.





No sentido social a educação é o processo de transmisão/mediação da experiência social acumulada pelas gerações mais velhas para as mais novas, com vista a prepara-las  para a vida e para o trabalho na sociedade onde vivem.



No sentido restrito pedagógico a educação pode ser entendida como uma actividade intensional e organizada, orientada para o desenvolvimento integral da personalidade, isto é, um sistema estreitamente organizado virado para a formação da personalidade.






  • A instrução é a formação intelectual e de desenvolvimento de capacidades cognitivas mediante o domínio de certo nível de conhecimento programado e sistematizado.



  • O ensino coresponde a acção, meios e condições para a realização da instrução e da educação.





A pedagogia estuda os diversos aspectos do ser Humano que pretendem ser atingidos com a acção educativa:



·        Aspecto fisico;



·        Aspecto moral;



·        Aspecto intelectual;



·        Aspecto social;



·        Aspecto profissional e outros.






CAPITULO II: Relação da Pedagogia com Outras Ciências



2.1. Relação da Pedagogia com  Psicologia



Tendo em conta que o objecto de estudo da psicologia é o comportamento e as actividades mentais de todos animais e o da Pedagogia que é a educação, instrução e ensino do Homem, veremos que a psicologia fornece fundamentos para alguns aspectos da apendizagem do aluno.



Por exemplo: aspectos ligados a motivação para que o aluno se interesse pela matéria.



Aos alunos com necessidades educativas especiais, precisam de uma educação “especial” e um acompanhamento psicológico adequado, isto é, o professor deve estar munido de ferramentas da psicologia para lhe dar com os alunos com necessidades educativas especiais.



A selecção dos conteúdos e meios didácticos apropriadios para a mediação da aula, devem ter em conta o desenvolvimenmto psíquico da criança. Essa avaliação (do desenvolvimento psíquico da criança) é fornecida pela psicologia.



A psicologia na educação não se limita na sala de aula, mas se estende para todos os intervenientes do processo do ensino-aprendizagem, ajudando na elaboração dos currículos e na resolução dos confitos entre professores, entre professor e a direcção da escola, entre o professor e ele mesmo e até entre o professor com a comunidade.



A psicologia contribui para o enrequiecimento da teoria e o melhoramento da prática educativa.



A psicologia também estuda aspectos importantes do processo de ensino-aprendizagem, tais como as implicacao das fases do desenvolvimento dos alunos conforme as idades e os mecanismos psiquicos presentwes na assimilaxcao da matéria e no desenvolvimento das habilidades.



A relação da pedagogia com a psicologia não é de dependência, mas sim de interdependência, porque a pedagogia oferece mecanismos para o desenvolvimento das capacidades psiquicas pouco desenvolvidas nos alunos.



Ralação da Pedagogia com a Sociologia



A sociologia estuda o meio em que as pessoas se encontram e padagogia nesse caso estuda a educação como prática social (LIBANEO;1996:57), orienta-se pelos objectivos da sociedade onde ela ocorre.



A sociedade tem sempre a necessidade de educacar porque sempre precisa de passar os conhecimentos das gerações mais velhas para as gerações “imaturas”. Sendo assim, não há sociedade sem educcação.



Como foi dito anteriormente, a educação deve ter em conta os objectivos da sociedade onde ela ocorre, cada sociedade tem o seu modelo de educação,. Assim, cada mudança que ocorre na sociedade afecta também o processo educativo dessa sociedade. Pode se considerar a educação como sendo um processo dinâmico.



A pedagogia tem em vista o desenvolvimento integral do ser Humano, para que este possa integrar-se no sistema social de que faz parte.



Ajuda aos professores a reconhecer a relação existente entre e escola e a sociedade, permitindo que este medeie a sua aula com a colaboração da sociedade e que também participe nas actividades da sociedade onde se encontra. Um dos exemplos da relação da pedagogia com a sociologia é a integração do currículo local no novo currículo do ensino básico em Moçambique.



Em suma, a educação é o meio pelo qual a sociedade renova perpetualmente as condições da sua propria existência. A sociedade só poderá viver  se entre os membros da mesma se existir uma ceta homogeniedade na maneira de pensar e essa homogenidade só pode ser fornecida pela educação (DURKHEIM;2001:55).



Relação da Pedagogia com a Filosofia



Sendo a filosofia o amor a sabedoria, não tem um objecto de estudo definido, isto é, estuda a globalidade das coisas e é considerada a mãe de todas as ciências (POLITZER; s/d:14), é evidente que influencie no pensamento pedagógico.



Ela abrange os princípios fundamentais da educação como as relações entre a educação e a vida quotidiana.



Esclarece o que deve ser a educação; para que sociedade educar; para onde deve se conduzir as novas gerações e com que valores educar as pessoas.



Em suma, a pedagogia busca bases filosóficas para melhor esclarecer  o papel da educação no desenvolvimento das sociedades.



Relação da Pedagogia com as Ciências Politicas



As ciências políticas analisam o sistema governativo de uma sociedade  e a maneira de viver da mesma.



Assim, a realização do  processo educativo de um país/ sociedade depende do sistema governativo do mesmo e as mudanças que afectam o sistema governativo dessa sociedade, também afectam o processo educativo.



O discurso  educativo consubstanciado nos planos do governo para o sector, concentra--se na melhoria da qualidade do ensino e no alargamento da rede escola, particularmente da educação básica” (Ministério da Educação Apud NGOENHA;2000:199).



Por sua vez, a pedagogia fornece quadros para a manutenção do sistema governativo.



Relação da Pedagogia com a Ética



A ética é uma ciência que estuda o comportamento humano na sua relação com o meio natural e social, visando assegurar a prática das boas normas culturais e sociais.



A ética ajuda a  pedagogia a  delinear as suas regras/princípios  de acordo com as normas de cada sociedade.



A pedagogia por sua vez ajuda na modificação de alguns hábitos e custumes  das sociadades que não sejam válidos para um determinado contexto, visto que  as sociedades se desenvolvem  e algumas normas precisam de ser revistas para se ajustarem a nova realidade.



Relação da Pedagogia com a Economia Política



A economia política é a ciência dos interesses da sociedade e, como todas as verdadeiras ciências, baseia-se na experiência, cujos resultados metodicamente agrupados e alinhados, se tornaram princípios das verdades gerais” (disponível em www.geocities.com/neri_iscsp/ICS.html).



Assim, a qualidade e a quantidade da educação depende das condições financeiras que o estado oferece e que as populacoes sao capazes de de ivestir neste domínio.



Relação da Pedagogia com a Historia



É a ciência social que estuda o passado com o intuito de melhor compreender o presente e prespectivar o futuro ( disponível em www.geocities.com/neri_iscsp/ICS.html).



Assim, ajuda a compreender a evolucao do pensamento educativo e ajuda a pedagogia a perpectivar o futuro da educação.



Repensar na educação na sua dimensão histórica, permitira reconstruir a história da educação em Moçambique e buscar bases teoricas para projetar nesta área um projecto de educação que supere os sistemas educativos coloniais (NGOENHA;2000:200).



O educador para poder educar uma certa pessoa, é necessário que se conheça o seu passado.



Relação da Pedagogia com a Moral



Moral é a teoria normativa da acção humana enquanto submetida ao Bem, ao dever de praticar o Bem. É uma teoria relacionada com a qualidade dos actos ” ( disponível em www.geocities.com/neri_iscsp/ICS.html).



Assim, a educação como objecto de estudo da pedagogia tem como finalidade desenvolver em cada indivíduo toda a perfeição de que ele e susceptível (KANT Apud DURKHEIM;2001:6) e para que se atinja essa perfeição é necessário que as pessoas pratiquem o bem.



Um homem só pode ser moral se for social porque para haver princípios morais tem que haver uma sociedade onde são aplicados esses princípios.



Relação da Pedagogia com a Antropologia Cultural



Estuda o Homem como ser criador, portador e transmissor de cultura.



Os dados fornacidos pela antropologia cultural são importantes para o desenvolvimento da educação,  visto que os conhecimentos são transmitidos de geração em geração.



Par melhor comprender o processo educativo é necessário que conhecer a história do povo em que este ocorre, seus hábitos e costumes.



Relação da Pedagogia com a Didáctica



Tendo em conta o objecto de estudo da didactica “a problemática do ensino, enquanto prática da educação, e o estudo da educação em tempos, ou seja, no qual a aprendizagem é intencionalmente almejada, no qual os sujeitos envolvidos (professor e aluno) e suas acções (o trabalho com o conhecimento) são estudados nas sua dimensões histórico-culturais”( LIBANEO;1996:59).



A didáctica fornece à pedagogia as ferramentas necessárias para a execução do processo de ensino-aprendizagem.









Conclusão



No final deste trabalho, que tinha como tem a a relação da pedagogia com outras ciências e como objectivo descrever o percurso da pedagogia até ser considerada ciência e a sua relação com outras ciências, constou que a pedagogia é uma ciência que como qualquer outra levou o seu tempo para definir o seu objecto de estudo e considerar-se ciência “autónoma” da filosofia.



Concluiu que a pedagogia como uma ciência humana, precisa do apoio de outras ciências para o esclarecimento do seu objecto de estudo. No presente trabalho destacou a relação com a biologia, psicologia, sociolocia, ciencias politicas, antropologia cultural, economia politica, historia, moral, etica e didáctica.



Notou que relação da pedagogia com as outras que referiu anteriormente não é de total dependência, mas sim uma relação recíproca.

















Bibliografia



DURKHEIM, Emile; Sociologia, Educacao e Moral; 2ª ed; Res Editora; Porto; 2001.



HOZ, Víctor Garcia; Principios da Pedagogia Sistematica;3ª ed; Livraria Civilizacoes; Porto;



LIBANEO, Jose Carlos at al; Pedagogia, Ciencia da Educacao?; Editora Cortez; Sao Paulo; 1996.



NGOENHA, Severino Elias; Estatuto e Axiologia da Educacao: o Paradigmatico      Questionamento da Missao Suica; Livraria Universitaria; Maputo; 2000.



POLITZER, Georges at all; Principios Fundamentais da Filosofia; Hemus Editora, S/d.



www.geocities.com/neri_iscsp/ICS.html











Perfil do Autor