A IMPORTÂNCIA DA LEITURA

Publicado em: 11/08/2010 |Comentário: 0 | Acessos: 1,471 |

INTRODUÇÃO

O presente trabalho de estágio desenvolvido pelo acadêmico do Curso de Pedagogia Modular, turma 01/A da UNIVAG, realizado na Escola Municipal de Educação Básica "Profª. Udeney Gonçalves de Amorim", situada em Aguaçu, Distrito da Guia, Município de Cuiabá. Procurou relatar a importância de trabalhar leitura em sala utilizando textos diversificados.

 

 

PORQUE LER?

Durante a prática pedagógica pude perceber as falhas que temos em incentivar o gosto e o interesse dos educandos na prática de leitura.

Ao se tratar do processo de ,leitura, é preciso0 antes de tudo saber quais as dificuldades e o que precisa para iniciar a leitura, programando a partir das descobertas atividades que envolvam os educandos no mundo da leitura.

"Aprender a ler significa aprender a ler o mundo, e a função do educador não seria precisamente a de ensinar a ler, mas a de criar condições para o educando realizar a sua própria aprendizagem, conforme seus próprios interesses, necessidades, fantasias, seguido as dúvidas e exigências que a realidade lhe apresenta". (MARTINS, 1999,p.34).

Todo educando precisa estar convencido da importância da leitura para a vida individual, social e cultural.

A leitura em nossa sociedade tem uma função primordial de despertar e proporcionar conhecimentos básicos que venha contribuir para construção integral da vida do aluno em sociedade e para o exercício da cidadania.

É importante que o professor escolha material que seja significativa para o aluno, pois só assim desenvolverá o seu interesse em ler texto diferenciados do seu cotidiano. É importante uma aula prazerosa para prática de leitura, em um ambiente onde haja diversidade de texto, deixando o aluno a vontade para fazer sua escolha para a leitura.

"Ensinar as crianças a ler no seu próprio dialeto é fundamental para formar bons leitores". (CAGLIARE, 2003, p.154).

A leitura é fundamental não apenas na formação do aluno, mas também na formação do cidadão, e essa considerável parcela no  cumprimento dessa tarefa recai sobre a escola, que tem o objetivo de ensinar e educar para a sociedade.

"A leitura suscita a necessidade de familiarizar-se com o mundo, enriquecer as próprias idéias e tem experiências intelectuais, o resultado é a formação de uma filosofia da vida, compreensão do mundo que nos rodeia". (BAMBERGUR, 2002, p.32).

Desse modo a leitura é uma experiência que adquirimos no decorrer de nossa vida, e cabe a escola dar subsídios para esse desenvolvimento, contribuindo para a formação de um homem critico, capaz de compreender as características sociais, culturais e naturais do qual está inserido.

Para tanto, cabe a escola a função de oferecer aos alunos um trabalho de leitura, a fim de que eles, sistematicamente, aprendam a ler todos os gêneros que estão presentes na sociedade em que vive, e aprenda que leitor é aquele que analisa e compreende as idéias dos autores.

Enfim, temos que ensinar todas as crianças a ter o hábito da leitura desde a pré-escola, para que no futuro desenvolva esse hábito com prazer e não por uma obrigação.

CONCLUSÃO

Acredito que este trabalho possa servir  de reflexão para todos os professores repensar na sua prática em sala, podendo rever seus conceitos de leitura propondo a partir desse projeto atividades de leitura diferenciada e prazerosa para os alunos.

A leitura nos fornece um mundo de prazer. Assim o ato de ler transforma-se num ato de questionamento.

Espero que o processo de ensino-aprendizagem se modifique,  trabalhando de maneira renovada, de modo a propiciar cada dia um momento importante na construção do seu conhecimento em leitura.

 

BIBLIOGRAFIA

-          BAMBERGUER, Richard – Como incentivar o hábito de leitura, ática, 7º edição. São Paaulo,2002.

 

-          CAGLIARE, Luiz Carlos – Alfabetização & Lingüística: 10º ed. São Paulo. Editora Scipione,2003.

 

-          MARTINS, Maria Helena – o que é leitura – São Paulo, Brasiliense, 1999.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-infantil-artigos/a-importancia-da-leitura-3017685.html

    Palavras-chave do artigo:

    texto leitura motivacao

    Comentar sobre o artigo

    Através da leitura testamos nossos próprios valores e experiências com os outros, a leitura é um dos principais instrumentos para que o individuo construa seu conhecimento e aprenda a exercer cidadania, daí a importância de despertar o prazer pela leitura nas crianças das séries iniciais. Esse trabalho deve ser feito em conjunto, pais crianças e professores. cada um destes tem um papel fundamental na construção desse novo leitor.

    Por: Aurilene f. barros rodriguesl Educação> Educação Infantill 24/11/2011 lAcessos: 8,052

    A pesquisa apresenta uma análise das dificuldades de aprendizagem na leitura no ensino fundamental. esta pesquisa serve para nos orientar para projeto de monografia do curso de pedagogia.

    Por: maria aparecidal Educação> Educação Infantill 12/12/2011 lAcessos: 4,828
    SANDRA VAZ DE LIMA

    Ao falar sobre a importância da leitura, percebe-se que ler não é devorar bibliografias, mas sim, ler é estudar e entender aquilo que se leu. Devendo ler sempre e seriamente livros que interessem, que favoreçam a mudança da prática, procurando adentrar nos textos, criando aos poucos uma disciplina intelectual que leva os indivíduos a fazer uma leitura de mundo, transformando-se por meio de uma prática consciente e cotidiana;

    Por: SANDRA VAZ DE LIMAl Educaçãol 15/02/2010 lAcessos: 2,224

    Ler é essencial. Através da leitura, testa-se os próprios valores e experiências com as dos outros. No final da leitura de cada livro, fica-se enriquecido com novas experiências, novas idéias, novas pessoas. Eventualmente, fica-se conhecendo melhor o mundo, e um pouco mais de si mesmo.

    Por: Walderclaudio Nascimento Santosl Educaçãol 16/08/2009 lAcessos: 15,796 lComentário: 4
    GUTEMBERG MARTINS DE SALES

    Dissertou-se sobre algumas concepções pedagógicas da alfabetização, por acreditar que embora exista uma grande quantidade de professores, ainda falta uma demanda de alfabetizadores reais, que conheçam os princípios da alfabetização, os medos e conflitos que rodeiam os alfabetizandos, e assim, como, de forma clara e objetiva, sanar este problema. A escrita é outro dilema, pois embora acessível a todos, há um tabu entre o educando a escrita e a leitura.

    Por: GUTEMBERG MARTINS DE SALESl Educação> Educação Infantill 28/12/2012 lAcessos: 160
    Carla Cardoso Gomes

    O presente artigo é resultado de uma pesquisa para a obtenção do título de graduada do curso de Pedagogia pela Faculdade Evangélica Cristo Rei – FECR, realizada com alunos do Ensino Fundamental I, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Monsenhor José Borges. O objetivo dessa pesquisa é explicitar a concepção de leitura realizada por alunos do 4º Ano do Ensino Fundamenta I e também do professor.

    Por: Carla Cardoso Gomesl Educação> Educação Infantill 05/08/2014 lAcessos: 75
    Evilasio Ferreira de Sousa

    Pretende-se analisar o papel da leitura na educação escolar, sua necessidade e urgência em ser trabalhada em sala de aula. Tem como objetivo principal a observação do próprio conhecimento em si mesmo, sendo também fundamental na realização de novas aprendizagens. Além disso, este trabalho visa apresentar às relações entre a leitura, a aprendizagem e a interpretação. Portanto, a leitura tem dois pontos fundamentais: primeiro ponto é que ela é eficaz em nossos estudos e o segundo ponto é que atrav

    Por: Evilasio Ferreira de Sousal Educação> Educação Infantill 22/09/2011 lAcessos: 687

    O presente artigo procura evidenciar a leitura em seus diversos aspectos, bem como demonstrar a sua importância desde as séries iniciais. Ler corresponde ao processo de apreensão da realidade que cerca o sujeito. A escola se torna fator fundamental na formação do leitor e na aquisição do hábito da leitura.

    Por: Arlete Luiza de Souzal Educação> Educação Infantill 02/11/2014 lAcessos: 28
    Thiago R. Silva

    O presente artigo tem como intuito demonstrar os fatores que influenciam na dificuldade dos discentes no processo de leitura e escrita no período da alfabetização. Vale salientar que a prática pedagógica é fator preponderante na aquisição dessas habilidades e as dificuldades advindas desse processo, pois os mecanismos adotados pelos docentes durante a intervenção psicopedagógica propiciará a esses um avanço qualitativo no desenvolvimento cognitivo, social, cultura e até mesmo em seu relacionamen

    Por: Thiago R. Silval Educação> Educação Infantill 14/07/2011 lAcessos: 6,662

    Como obter as informações de que necessitamos para acompanhar os percursos dos estudantes? Como apreender os modos como eles representam os conceitos? Como saber o que pensam sobre o que ensinamos para pensarmos nas possibilidades pedagógicas que assegurariam a qualidade do ensino-aprendizagem? Como proceder para que os estudantes evidenciem seus avanços e suas dificuldades?

    Por: Maria Cristinal Educação> Educação Infantill 18/11/2014

    Aprender com prazer, aprender brincando, brincar aprendendo, aprender a aprender, aprender a crescer: a escola é, sim, espaço de aprendizagem. Assim, é fundamental que cada professor se sinta desafiado a repensar o tempo pedagógico, analisando se ensina o que é de direito para os estudantes e se a seleção de conteúdos, capacidades e habilidades é de fato importante naquele momento.

    Por: Maria Cristinal Educação> Educação Infantill 18/11/2014

    A prática educativa está fortemente relacionada a processos de comunicação e interação entre os seres, que a utilizam para assimilar seus saberes, habilidades, técnicas, valores, atitudes, e, através disso, construir novos saberes. Sendo assim, não se pode reduzir a educação ao simples ato de ensinar e a pedagogia como um conjunto de métodos que possibilita o ensino. Sendo assim, surge um questionamento essencial a todo aquele que quer compreender, viver e fazer pedagogia: quem é o pedagogo?

    Por: Maria Cristinal Educação> Educação Infantill 18/11/2014

    A questão da inclusão de pessoas portadoras de necessidades especiais em todos os recursos da sociedade ainda é muito incipiente no Brasil. Movimentos nacionais e internacionais têm buscado um consenso para formatar uma política de inclusão de pessoas portadoras de deficiência na escola regular.

    Por: Jania Gasques bordonil Educação> Educação Infantill 17/11/2014
    Liamara Lucia de Almeida Cacho

    Nos anos iniciais, a disciplina que trabalha as noções históricas, de espaço e tempo é chamada de Estudos Sociais. Neste período o professor deve transmitir aos alunos noções fundamentais de organização da vida em sociedade, de como se organiza o próprio município, da atuação das autoridades, organizações e hierarquias, noções de respeito e educação cidadã, além dos deveres e direitos humanos.

    Por: Liamara Lucia de Almeida Cachol Educação> Educação Infantill 14/11/2014 lAcessos: 11
    Liamara Lucia de Almeida Cacho

    Como todos já sabem e ouviu-se muito falar, a educação autônoma é a mais viável e satisfatória nos dias de hoje. Com tantas transformações ocorrendo em tempo real, e em nível econômico, político e social, além de cultural também. Com base nisto, quero colocar alguns dos meus pensamentos sobre a educação.

    Por: Liamara Lucia de Almeida Cachol Educação> Educação Infantill 14/11/2014
    Liamara Lucia de Almeida Cacho

    Há tempos busca-se formar integralmente o homem, provavelmente, nenhuma palavra expressa mais essa ideia de formação humana que a palavra, oriunda da Cultura Grega, Paídeia, que exprimia o ideal de desenvolver no ser homem aquilo que era considerado próprio da sua natureza, essa ideia perpassou o humanismo renascentista chegando até aos nossos dias atuais. Diante disso, cabe perguntar: O que significa essa totalização da formação humana? Pode ser definido em um único conceito?

    Por: Liamara Lucia de Almeida Cachol Educação> Educação Infantill 14/11/2014

    A educação inclusiva é voltada de todos para todos, os ditos "normais" e as pessoas com algum tipo de deficiência poderão aprender em conjunto. Uma pessoa dependerá da outra para que realmente exista uma educação de qualidade. A função de separar e classificar os alunos, rotulando-os como menos ou mais capazes, dá lugar a de escolher cada um, valorizando suas potencialidades, sua linguagem, suas diferenças, bem como os instrumentos que ampliam suas possibilidades de aprender, de comunicar e de i

    Por: Darci Martinsl Educação> Educação Infantill 14/11/2014 lAcessos: 13
    Benedito Gonçalo Borges

    Com o projeto de leitura nas escolas, em âmbito nacional, pois ele é uma experiência exitosa de leitura dinâmica e prazerosa, que resgata e valoriza a cultura local, especialmente das populações rurais, das crianças, adolescentes e suas famílias que vivem no campo. Expandir e fortalecer o projeto nos municípios onde já existe, com capacitações de educadores para aprofundamento da metodologia – busca-se torná-lo política pública de leitura, inclusive com orçamento municipal específico.

    Por: Benedito Gonçalo Borgesl Educação> Educação Infantill 29/10/2010 lAcessos: 2,303
    Benedito Gonçalo Borges

    O objetivo da Educação para o transito na escola, conscientizar os alunos acerca de valores e posturas de convivência social, através da mediação do professor para a construção de um conceito de transito que ultrapasse aquela visão que percebia o transito apenas como aqueles que dirigem automóveis, placas de sinalização, mas que considere um conceito de transito mais abrangente, solidário, responsável e humano.

    Por: Benedito Gonçalo Borgesl Educação> Educação Infantill 29/10/2010 lAcessos: 510
    Benedito Gonçalo Borges

    Refletir sobre a prática, avaliar resultados e deixar tudo isso registrado ajuda a fortalecer o ensino a longo prazo.

    Por: Benedito Gonçalo Borgesl Educação> Educação Infantill 16/10/2010 lAcessos: 190
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast