A IMPORTÂNCIA DA LEITURA

Publicado em: 11/08/2010 |Comentário: 0 | Acessos: 1,514 |

INTRODUÇÃO

O presente trabalho de estágio desenvolvido pelo acadêmico do Curso de Pedagogia Modular, turma 01/A da UNIVAG, realizado na Escola Municipal de Educação Básica "Profª. Udeney Gonçalves de Amorim", situada em Aguaçu, Distrito da Guia, Município de Cuiabá. Procurou relatar a importância de trabalhar leitura em sala utilizando textos diversificados.

 

 

PORQUE LER?

Durante a prática pedagógica pude perceber as falhas que temos em incentivar o gosto e o interesse dos educandos na prática de leitura.

Ao se tratar do processo de ,leitura, é preciso0 antes de tudo saber quais as dificuldades e o que precisa para iniciar a leitura, programando a partir das descobertas atividades que envolvam os educandos no mundo da leitura.

"Aprender a ler significa aprender a ler o mundo, e a função do educador não seria precisamente a de ensinar a ler, mas a de criar condições para o educando realizar a sua própria aprendizagem, conforme seus próprios interesses, necessidades, fantasias, seguido as dúvidas e exigências que a realidade lhe apresenta". (MARTINS, 1999,p.34).

Todo educando precisa estar convencido da importância da leitura para a vida individual, social e cultural.

A leitura em nossa sociedade tem uma função primordial de despertar e proporcionar conhecimentos básicos que venha contribuir para construção integral da vida do aluno em sociedade e para o exercício da cidadania.

É importante que o professor escolha material que seja significativa para o aluno, pois só assim desenvolverá o seu interesse em ler texto diferenciados do seu cotidiano. É importante uma aula prazerosa para prática de leitura, em um ambiente onde haja diversidade de texto, deixando o aluno a vontade para fazer sua escolha para a leitura.

"Ensinar as crianças a ler no seu próprio dialeto é fundamental para formar bons leitores". (CAGLIARE, 2003, p.154).

A leitura é fundamental não apenas na formação do aluno, mas também na formação do cidadão, e essa considerável parcela no  cumprimento dessa tarefa recai sobre a escola, que tem o objetivo de ensinar e educar para a sociedade.

"A leitura suscita a necessidade de familiarizar-se com o mundo, enriquecer as próprias idéias e tem experiências intelectuais, o resultado é a formação de uma filosofia da vida, compreensão do mundo que nos rodeia". (BAMBERGUR, 2002, p.32).

Desse modo a leitura é uma experiência que adquirimos no decorrer de nossa vida, e cabe a escola dar subsídios para esse desenvolvimento, contribuindo para a formação de um homem critico, capaz de compreender as características sociais, culturais e naturais do qual está inserido.

Para tanto, cabe a escola a função de oferecer aos alunos um trabalho de leitura, a fim de que eles, sistematicamente, aprendam a ler todos os gêneros que estão presentes na sociedade em que vive, e aprenda que leitor é aquele que analisa e compreende as idéias dos autores.

Enfim, temos que ensinar todas as crianças a ter o hábito da leitura desde a pré-escola, para que no futuro desenvolva esse hábito com prazer e não por uma obrigação.

CONCLUSÃO

Acredito que este trabalho possa servir  de reflexão para todos os professores repensar na sua prática em sala, podendo rever seus conceitos de leitura propondo a partir desse projeto atividades de leitura diferenciada e prazerosa para os alunos.

A leitura nos fornece um mundo de prazer. Assim o ato de ler transforma-se num ato de questionamento.

Espero que o processo de ensino-aprendizagem se modifique,  trabalhando de maneira renovada, de modo a propiciar cada dia um momento importante na construção do seu conhecimento em leitura.

 

BIBLIOGRAFIA

-          BAMBERGUER, Richard – Como incentivar o hábito de leitura, ática, 7º edição. São Paaulo,2002.

 

-          CAGLIARE, Luiz Carlos – Alfabetização & Lingüística: 10º ed. São Paulo. Editora Scipione,2003.

 

-          MARTINS, Maria Helena – o que é leitura – São Paulo, Brasiliense, 1999.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-infantil-artigos/a-importancia-da-leitura-3017685.html

    Palavras-chave do artigo:

    texto leitura motivacao

    Comentar sobre o artigo

    Este artigo procura investigar fatores que levam os alunos a desmotivação da leitura e sua influência no processo ensino-aprendizagem. E, ao mesmo tempo, ir à busca de sugestões de atividades que possam ser desenvolvidas para criar o hábito da leitura. A leitura a ser desenvolvida cria a curiosidade, diante da realidade, o incentivo é o estímulo por parte de educadores e da família, pois durante o processo de alfabetização dará mais confiança e determinação.

    Por: SIMONE BERWIANl Educação> Línguasl 26/11/2014 lAcessos: 23

    Através da leitura testamos nossos próprios valores e experiências com os outros, a leitura é um dos principais instrumentos para que o individuo construa seu conhecimento e aprenda a exercer cidadania, daí a importância de despertar o prazer pela leitura nas crianças das séries iniciais. Esse trabalho deve ser feito em conjunto, pais crianças e professores. cada um destes tem um papel fundamental na construção desse novo leitor.

    Por: Aurilene f. barros rodriguesl Educação> Educação Infantill 24/11/2011 lAcessos: 8,781

    A pesquisa apresenta uma análise das dificuldades de aprendizagem na leitura no ensino fundamental. esta pesquisa serve para nos orientar para projeto de monografia do curso de pedagogia.

    Por: maria aparecidal Educação> Educação Infantill 12/12/2011 lAcessos: 5,277
    SANDRA VAZ DE LIMA

    Ao falar sobre a importância da leitura, percebe-se que ler não é devorar bibliografias, mas sim, ler é estudar e entender aquilo que se leu. Devendo ler sempre e seriamente livros que interessem, que favoreçam a mudança da prática, procurando adentrar nos textos, criando aos poucos uma disciplina intelectual que leva os indivíduos a fazer uma leitura de mundo, transformando-se por meio de uma prática consciente e cotidiana;

    Por: SANDRA VAZ DE LIMAl Educaçãol 15/02/2010 lAcessos: 2,283

    O artigo em questão nasceu da necessidade urgente de reverter essa situação envolvendo os mesmo em atividades diferenciadas e atraente de acordo com a nossa realidade escolar. Ao inseri-lo nesta nova proposta de aprendizado, onde os mesmos terão a oportunidade de escolher o tipo de livro ou leitura que querem fazer.

    Por: Josieli Louise de Queiros Slval Educaçãol 29/11/2014 lAcessos: 22

    Ler é essencial. Através da leitura, testa-se os próprios valores e experiências com as dos outros. No final da leitura de cada livro, fica-se enriquecido com novas experiências, novas idéias, novas pessoas. Eventualmente, fica-se conhecendo melhor o mundo, e um pouco mais de si mesmo.

    Por: Walderclaudio Nascimento Santosl Educaçãol 16/08/2009 lAcessos: 16,119 lComentário: 4
    GUTEMBERG MARTINS DE SALES

    Dissertou-se sobre algumas concepções pedagógicas da alfabetização, por acreditar que embora exista uma grande quantidade de professores, ainda falta uma demanda de alfabetizadores reais, que conheçam os princípios da alfabetização, os medos e conflitos que rodeiam os alfabetizandos, e assim, como, de forma clara e objetiva, sanar este problema. A escrita é outro dilema, pois embora acessível a todos, há um tabu entre o educando a escrita e a leitura.

    Por: GUTEMBERG MARTINS DE SALESl Educação> Educação Infantill 28/12/2012 lAcessos: 209

    Este artigo traz uma abordagem sobre a prática e a importância da leitura na vida do ser humano e da relação de interação entre o texto e o leitor. Apresenta o conceito de leitura e discute especificamente os benefícios garantidos pela leitura do texto literário. E enfoca a responsabilidade da comunidade escolar no desenvolvimento da prática leitora nos alunos.

    Por: jarcianal Literatural 23/11/2014

    O presente artigo procura evidenciar a leitura em seus diversos aspectos, bem como demonstrar a sua importância desde as séries iniciais. Ler corresponde ao processo de apreensão da realidade que cerca o sujeito. A escola se torna fator fundamental na formação do leitor e na aquisição do hábito da leitura.

    Por: Arlete Luiza de Souzal Educação> Educação Infantill 02/11/2014 lAcessos: 49

    Os contos nasceram, em geral, dos mitos; representam simbolicamente os acontecimentos humanos e sociais e reproduzem, em personagens e situações, valores que atravessam os séculos, porque correspondem a características permanentes do ser humano. Nelly Novaes Coelho, em seu livro Literatura Infantil: teoria, análise, didática, divide esse tipo de narrativa em contos de encantamento, contos maravilhosos e contos de fadas.

    Por: Alexandrina M. P. de Fariasl Educação> Educação Infantill 08/03/2015 lAcessos: 13

    Uma das características mais marcantes da sociedade atual é seu alto grau de racionalização, isto é, cada vez mais de organiza em função do melhor aproveitamento do tempo. A busca incessante do lucro e de uma maior produtividade submete todos os setores da vida social às mais variadas formas de planejamento. A Educação na fica fora dessa tendência e nem escapa dessa racionalização.

    Por: Alexandrina M. P. de Fariasl Educação> Educação Infantill 08/03/2015

    A escola tem sido responsabilizada há algum tempo pelos desvios de comportamento que se observa na vida social. Mas será sempre ela que tem essa responsabilidade? Ou será que ela responsabilidade foi imposta sem maiores questionamentos e agora de quem deve ser cobrada a recuperação dos indivíduos que não tem o comportamento esperado pela sociedade?

    Por: Alexandrina M. P. de Fariasl Educação> Educação Infantill 08/03/2015 lAcessos: 21

    Criar sempre foi uma característica do ser humano. Com essa capacidade o homem cria mas precisa ser despertado e isso só acontece com sua interação com o mundo. Desde o inicio dos tempos o homem cria e produz novas tecnologias. Sempre movido por suas necessidades e desejos. Assim, através dos objetos inventados modifica o mundo e sua relação com o universo. Desde as mais antigas ferramentas até os mais modernos aparelhos percebe-se que a tecnologia é útil, necessária e fascinante.

    Por: Alexandrina M. P. de Fariasl Educação> Educação Infantill 08/03/2015 lAcessos: 14

    Ao longo da institucionalização da Sociologia como ciência no Brasil, várias pesquisas tiveram como objeto de estudo o professor e seu papel dentro das instituições educacionais e na sociedade global. Mas parece que ainda precisamos saber muito sobre essa profissão tão paradoxal: para uns é fundamental em qualquer sociedade que se proponha séria; para outros, uma profissão como outra qualquer, sem nenhuma especificidade e, para completar, em qualquer caso, quase sempre mal remunerada.

    Por: Alexandrina M. P. de Fariasl Educação> Educação Infantill 08/03/2015 lAcessos: 11

    Por muito tempo discutiu-se a Educação no Brasil negligenciando sua relação com a economia. Porém, num certo momento, ficou impossível continuar a tentar analisar e explicar o processo educativo descolado da realidade econômica do país no qual ele se inseria. As implicações do desenvolvimento econômico do país de certa maneira apareceram na Educação, de uma forma ou de outra, particularmente quando se avalia os resultados do processo educativo.

    Por: Alexandrina M. P. de Fariasl Educação> Educação Infantill 08/03/2015 lAcessos: 17
    Irineu Correia

    Este artigo analisa as contribuições de Vygostsky e Piaget para a construção do conhecimento na escola.

    Por: Irineu Correial Educação> Educação Infantill 07/03/2015 lAcessos: 17

    As ações afirmativas e a aplicação da Lei 10.639/03 que determina que seja ensinada nas escolas a história e cultura dos povos africanos ,ainda são pouco difundidas e claras para a maioria dos educadores no Brasil.Assim,esse artigo procura fazer um exame dos motivos para tal paralisia e tenta apontar caminhos para suprir essas lacunas.

    Por: Mauricio Mendes de Oliveiral Educação> Educação Infantill 06/03/2015
    Benedito Gonçalo Borges

    Com o projeto de leitura nas escolas, em âmbito nacional, pois ele é uma experiência exitosa de leitura dinâmica e prazerosa, que resgata e valoriza a cultura local, especialmente das populações rurais, das crianças, adolescentes e suas famílias que vivem no campo. Expandir e fortalecer o projeto nos municípios onde já existe, com capacitações de educadores para aprofundamento da metodologia – busca-se torná-lo política pública de leitura, inclusive com orçamento municipal específico.

    Por: Benedito Gonçalo Borgesl Educação> Educação Infantill 29/10/2010 lAcessos: 2,394
    Benedito Gonçalo Borges

    O objetivo da Educação para o transito na escola, conscientizar os alunos acerca de valores e posturas de convivência social, através da mediação do professor para a construção de um conceito de transito que ultrapasse aquela visão que percebia o transito apenas como aqueles que dirigem automóveis, placas de sinalização, mas que considere um conceito de transito mais abrangente, solidário, responsável e humano.

    Por: Benedito Gonçalo Borgesl Educação> Educação Infantill 29/10/2010 lAcessos: 518
    Benedito Gonçalo Borges

    Refletir sobre a prática, avaliar resultados e deixar tudo isso registrado ajuda a fortalecer o ensino a longo prazo.

    Por: Benedito Gonçalo Borgesl Educação> Educação Infantill 16/10/2010 lAcessos: 201
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast