A importância da música na aprendizagem e sua sensibilização na Educação Infantil

Publicado em: 06/04/2011 |Comentário: 0 | Acessos: 1,473 |

A importância da música na aprendizagem e sua sensibilização na Educação Infantil

Definir em uma palavra o que é MÚSICA, fica muito pessoal, pois cada ser humano tem uma sensibilidade e uma maneira peculiar de ver a vida.

A música está presente em diversas situações da vida humana.

"A música é a linguagem que se traduz em formas sonoras capazes de expressar e comunicar sensações, sentimentos e pensamentos, por meio da organização e relacionamento expressivo entre o som e o silêncio. A música está presente em todas as culturas, nas mais diversas situações: festas e comemorações, rituais religiosos, manifestações cívicas, políticas, etc. Faz parte da educação desde há muito tempo." (BRASIL, 1998: 45)

Nestes contextos, as crianças entram em contato com a cultura musical desde muito cedo e assim começam a aprender suas tradições musicais. Musicalizar não é ensinar música, mas é utilizar da música, é fazer a criança observar sons e silêncio de forma natural, sem nenhuma preocupação em torná-la músico.

Sendo a escola um lugar privilegiado para o desenvolvimento da atividade musical, já que a criança se expressa espontaneamente sonora e corporalmente, a Educação Infantil é o momento mais indicado para se iniciar o trabalho sistemático com a música. Por meio da música o educador trabalhará o esquema corporal, uma vez que a criança aponta as partes do corpo enquanto canta determinadas músicas. Passa a ter noção de tamanho, além de outras experiências corporais que a música lhe proporciona.

A criança precisa de vivências mais rica para construir uma imagem de si mesma a partir de sua identidade corporal, sua possibilidades físicas, sua singularidade. Quando uma criança brinca de roda, por exemplo: ela tem a oportunidade de vivenciar, de forma lúdica,  situações de perda, de escolha, de decepção, de dúvida, de afirmação.

A música também é importante do ponto de vista da maturação individual, isto é, do aprendizado das regras sociais por parte da criança, contribui para o desenvolvimento cognitivo, emocional, afetivo, social e cultura, traz benefício para a formação da personalidade, do desenvolvimento e do equilíbrio.

Analisando algumas práticas desenvolvidas, podemos perceber que a música como objeto de produção do conhecimento, torna-se um ingrediente indispensável ao professor como coadjuvante integral das potencialidades das crianças no cotidiano escolar. Por meio dela, é possível perceber diversas emoções, apurar os sentidos, atentar a criança para o aprendizado, oportunizar-lhe momentos criativos e espontâneos, tornando-a crítica.

Durante todo o desenvolvimento infantil, quando as crianças estão cantando, trabalham sua: concentração, memorização, coordenação motora e consciência corporal.

Ao mesmo tempo em que a música possibilita essa diversidade de estímulos, ela, por seu caráter relaxante, pode estimular a absorção de informações, isto é; a aprendizagem. LOSAVOV, cientista búlgaro afirma que:  "ouvindo música clássica, lenta, a pessoa passa do nível alfa (alerta) para o nível  beta (relaxados, mas, atentos); baixando a ciclagem cerebral, aumentam as atividades dos neurônios e as sinapses tornam-se mais rápidas, facilitando a concentração e a aprendizagem".

Professores usem e abusem da musicalização, com tantos benefícios, podemos ajudar a sensibilizar nossas crianças para que se tornem cidadãos mais alegres, conscientes e mais sociáveis.

Referências:

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial curricular nacional para a educação infantil. Ministério da Educação e do Desporto, Secretaria de Educação Fundamental. — Brasília: MEC/SEF, 1998. Vol.3.

BRÉSCIA, Vera Lúcia Pessagno. Educação Musical: bases psicológicas e ação preventiva. São Paulo: Átomo, 2003.

FISCHER, Julianne. Sugestões para o desenvolvimento do trabalho pedagógico.Timbó: Tipotil, 1997.

GAINZA, Violeta Hemsy de. Estudos de Psicopedagogia Musical.3. ed. São Paulo: Summus, 1988.

MÁRSICO, Leda Osório. A criança e a música: um estudo de como se processa o desenvolvimento musical da criança. Rio de Janeiro: Globo, 1982.

SNYDERS, Georges. A escola pode ensinar as alegrias da música?2. ed. São Paulo: Cortez, 1994.

 

 

 

 

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-infantil-artigos/a-importancia-da-musica-na-aprendizagem-e-sua-sensibilizacao-na-educacao-infantil-4546720.html

    Palavras-chave do artigo:

    musicalizacao

    ,

    aprendizagem

    ,

    educacao infantil

    Comentar sobre o artigo

    A música no contexto da educação infantil vem, ao longo de sua história, atendendo a vários objetivos, alguns dos quais alheios às questões próprias dessa linguagem. Tem sido em muitos casos, suporte para atender a vários propósitos, como a formação de hábitos, atitudes e comportamentos: lavar as mãos antes do lanche, escovar os dentes, respeitar o farol etc.; a realização de comemorações relativas ao calendário de eventos do ano letivo simbolizados no dia da árvore, dia do soldado e etc.

    Por: Eliane C. Oliveira Pinheirol Educaçãol 18/12/2013 lAcessos: 46

    Falar sobre musica no contexto escolar é uma tarefa complicada, pois, todas as escolas públicas e privadas do Brasil devem incluir o ensino de música em suas grades curriculares. A exigência surgiu com a lei nº 11.769, sancionada em 18 de agosto de 2008, que determina que a música deve ser conteúdo obrigatório em toda a Educação Básica. O objetivo não é formar músicos, mas desenvolver a criatividade, a sensibilidade e a integração dos alunos.

    Por: JEFERSON ANTONIO SERZOSKIl Educaçãol 23/02/2013 lAcessos: 78
    SANDRA VAZ DE LIMA

    A música deve ser valorizada no contexto escolar, uma vez que permite aos alunos contato direto a uma série de conhecimentos e sensações, gerando oportunidades de descobrir possibilidades expressivas

    Por: SANDRA VAZ DE LIMAl Educação> Educação Infantill 15/02/2010 lAcessos: 21,458 lComentário: 9

    A musicalização contribui com a construção de conhecimentos e das múltiplas inteligências do indivíduo. A música não pode ser privilégio de poucos, mas de forma democrática deve chegar a todos, independente de classe social. A música proporciona ao aluno análise crítica e senso reflexivo de diversas opiniões, situações, formas e costumes de diversos povos, regiões e religiões e pode ser usada na construção de conhecimentos. Este trabalho propõe o uso e pesquisa com professores o uso do recurso.

    Por: Carlos Humberto Biagolinil Educação> Educação Infantill 14/08/2010 lAcessos: 3,884

    Este trabalho teve como proposta o estudo da música no contexto da educação infantil. Tem como objetivo principal focalizar a ação do psicopedagogo e os benefícios existentes com a utilização da música para o desenvolvimento integral das crianças inclusive aquelas que apresentam necessidades especiais.

    Por: Jakelinel Educação> Ensino Superiorl 03/12/2011 lAcessos: 246

    A maioria das instituições responsáveis pela Educação Infantil prioriza a alfabetização, deixando de lado aspectos psicomotores que são indispensáveis a este processo. O "brincar" é facilmente trocado pelo "alfabetizar" e assim vão surgindo várias dificuldades na aprendizagem da criança.

    Por: Angela Adriana de Almeida Limal Educação> Educação Infantill 22/12/2008 lAcessos: 19,075 lComentário: 5

    Cantar é maravilhoso! "Quem canta seus males espanta". Todos gostam de brincadeiras. Essas cantigas de roda são muito importantes, pois pertencem à tradição oral e são transmitidas de geração a geração e contribuirá para ampliar a oralidade e a socialização e integração das crianças através da musica. Ao estabelecer relações entre o escrito e o oral, os alunos avançam em suas hipóteses de escrita.

    Por: Shirley Luiz de Oliveiral Educação> Educação Infantill 14/06/2014 lAcessos: 62
    Luizinho

    GANHE 6 MESES DE AULAS GRATIS, COMPRANDO VIOLINO, VIOLA OU CELLO NA ABC MUSICAL.

    Por: Luizinhol Arte& Entretenimento> Músical 26/07/2010 lAcessos: 1,635
    SANDRA VAZ DE LIMA

    A escola, enquanto espaço institucional para transmissão de conhecimentos socialmente construídos, pode se ocupar em promover a aproximação das crianças com propriedades de músicas diversificadas, realizando atividades que provoquem a ampliação e transformação do ambiente sonoro das crianças e que as coloquem em contato com a história da arte que vem sendo construída através dos séculos.

    Por: SANDRA VAZ DE LIMAl Educaçãol 15/02/2010 lAcessos: 1,145
    Simone Andrade R. S. Rodrigues

    No cenário educativo, os jogos ajudam a criança no seu desenvolvimento físico, afetivo, intelectual e social, pois, por meio das atividades lúdicas, a criança forma conceitos, reforça habilidades, estabelece relações lógicas, além de desenvolver a expressão oral e corporal.

    Por: Simone Andrade R. S. Rodriguesl Educação> Educação Infantill 27/10/2014
    Simone Andrade R. S. Rodrigues

    Entende-se por racismo no futebol, qualquer prática racista oriunda de xingamentos ou algum tipo de sinal obsceno, praticada em campo durante alguma partida de futebol ou ainda nas arquibancadas, direcionada a algum dos participantes diretos da partida. A rivalidade entre times pode ser uma das explicações, mas alguns casos se tornaram tão polêmicos que atingiram em cheio a mídia e as pessoas pela revolta do ato completamente errôneo.

    Por: Simone Andrade R. S. Rodriguesl Educação> Educação Infantill 26/10/2014
    Simone Andrade R. S. Rodrigues

    Iniciamos esta discussão indagando aos nossos leitores se em algum momento pararam para observar as inúmeras expressões faciais que docentes e educandos protagonizam em sala de aula? Frente a isto nos questionamos: o que aconteceu com nossos alunos? O que houve com a docilidade, amabilidade, respeito, e admiração com a figura docente? Por quais caminhos se dispersaram? E por que não dizer a humanização do ambiente escolar?

    Por: Simone Andrade R. S. Rodriguesl Educação> Educação Infantill 26/10/2014
    edivaldo coelho da silva

    EDUCAÇÃO NAS ESCOLAS SOBRE SEGURANÇA DO TRABALHO PARA CRIANÇAS PARA AS MESMAS AO CHEGAS DENTRO DAS ORGANIZAÇÕES ESTAREM PREPARADAS PARA AS ADVERSIDADES DOS RISCOS ENCONTRADOS NAS ATIVIDADES LABORAIS A ATUAR COM SEGURANÇA.

    Por: edivaldo coelho da silval Educação> Educação Infantill 26/10/2014 lAcessos: 11
    ELISETE AMADOR PEREIRA

    Nosso artigo de opinião vem tratando do perfil ou papel do Coordenador Pedagógico em nossa escola, na cidade de Alto Araguaia- MT. Percebemos que o papel do Coordenador Pedagógico em nossa escola tem sido diferente do que realmente deve ser, ou seja, o Coordenador Pedagógico tem desempenhado funções alheias às suas, fazendo mais o papel administrativo e burocrático do que o pedagógico. é sobre isso que falaremos aqui, dando nossa opinião.

    Por: ELISETE AMADOR PEREIRAl Educação> Educação Infantill 23/10/2014

    O presente artigo aborda o sistema de ensino de língua portuguesa envolvendo o aluno com dislexia e os professores que atuam na 5º serie, no contexto educacional de nível fundamental II.Visa investigar, as metodologias adotadas em sala nas aulas de língua portuguesa e se são suficientes para proporcionar aulas apropriadas quão grandemente necessárias, para contemplar as especificidades do aluno disléxico, de maneira a assegurar o seu aprendizado.

    Por: Taynara Freitas de Souzal Educação> Educação Infantill 22/10/2014 lAcessos: 15

    As conexões entre brincar, aprender e ensinar são perceptíveis quando o educador consegue conciliar os objetivos pedagógicos com os objetivos dos alunos. Ensinando a aprender contribuindo para o desenvolvimento da subjetividade, para a construção do ser humano autônomo e criativo, preparando para o exercício da cidadania e da vida coletiva incentivando a buscar justiça social e igualdade com o respeito à diferença.

    Por: Rosana Maciel Averl Educação> Educação Infantill 12/10/2014 lAcessos: 39

    Este artigo tem como objetivo apresentar a pesquisa sobre o impacto do programa escola da família na vida de crianças e adolescentes da Escola Vicente Minicucci na cidade de Franca . A pesquisa foi desenvolvida na Escola Estadual Vicente Minicucci, na cidade de Franca - SP. Seguindo os métodos de observação e questionário aplicados aos responsáveis e participantes do programa. Foi possível perceber que esse programa tem sido de suma importância pelo fato de tirar as crianças da rua, lugar

    Por: Leticia Oliveiral Educação> Educação Infantill 06/10/2014 lAcessos: 24

    Em uma sociedade contemporânea, muitos ainda não compreendem a importância da educação física nas escolas. Alguns professores ainda pensam somente na linha tecnicista e esquecem que a função de educar também engloba os fatores psicossociais da criança, a cultura corporal de movimento e o contexto sociocultural em que a criança está inserida.

    Por: Marcia Rossi da Rochal Educaçãol 09/11/2010 lAcessos: 2,528
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast