Brinquedoteca e sua importância na escola

Publicado em: 12/07/2013 |Comentário: 0 | Acessos: 122 |

Na maioria das escolas destinadas a receber crianças de 0 a 6 anos, adota modelos escolar, mas porém são poucos os espaços para as brincadeiras livres e tampouco a brinquedoteca. Os horários são rígidos, atividades padronizadas e pouca escolha da criança. Dessa forma, a socialização pela brincadeira fica ausente, pois, o que prioriza é a aquisição de rendimento de escrita e leitura.

Na verdade, o que acontece é que grandes espaços internos e externos como salões, salas e corredores estão sempre vazios, e muitas vezes, estes são utilizados para as ditas brincadeiras livres, que pela ausência de objetos ou cantos estimuladores favorecem correrias, empurrões e desordem e sempre as crianças acabam brigando ou se machucando.

 É a brinquedoteca escolar foi criada para ser um espaço preparado para estimular a criança a brincar, possibilitando o acesso a uma grande variedade de brinquedos, dentro de um ambiente lúdico, onde tudo leva a criança a explorar, a sentir, a experimentar, com isso ela desenvolve o seu emocional, intelectual e social. Estimular a criança a brincar livremente, com acesso a uma grande variedade de brinquedos em um ambiente especialmente lúdico, no qual a criança tem a oportunidade agradável e prazerosa, livre de brincar.  A brinquedoteca é o espaço da criança. Onde se reúnem brinquedos, jogos, livros. Mais do que um simples depósito de brinquedo, que muitas escolas fazem isso, este ambiente permite desenvolver a autonomia e a criatividade da criança. Por isso, não só os professores, mas todos da escola devem entender qual a importância de uma brinquedoteca escolar.

O ambiente escolar deve implantar o espaço lúdico oportunizando o direito de brincar e o resgate da ludicidade à criança. É importante saber que os brinquedos precisam motivar despertar e atender as necessidades, criatividade e interesses da criança e, ser compatível a sua faixa etária e estágio de desenvolvimento, ser multifuncional, versátil, com devida atenção à composição, segurança. Se a criança também aprende brincando então é fundamental que todas as crianças, possam ter oportunidades educativas voltadas para satisfazer suas necessidades básicas de aprendizagem na construção do conhecimento e interação com os outros. Por isso o lúdico deve ser visto como algo favorável e imprescindível à necessidade da criança e facilita muito o professor conhecer, observar, saber suas potencialidades, limitações e desenvolverá seu senso critico, terá atitude de pesquisador sobre os seus alunos.

Quando a criança tem a oportunidade de conviver com outras crianças, sua chance de desenvolvimento, tanto intelectual como física, aumenta. A criança se sente mais estimulada, o que melhora a sua auto-estima, pois ao contrário dos adultos, as crianças pequenas ainda estão em processo de construção de caráter e conceitos sociais, ela aceita mais facilmente as mudanças. As crianças têm maior facilidade para conviver com outras crianças e se integrar nas atividades escolares sem preconceito e distinção que crianças maiores e adultos teriam.

A brinquedoteca vem para comprovar essas reflexões, trabalhando junto com o meio educacional com o intuito de valorizar o ato de brincar, com suas distinções e desmistificando preconceitos e tabus. Deixando claro que o brincar é direito da criança e no brincar a criança também está construindo conhecimentos importantes para seu desenvolvimento. Portanto é dever dos pais e profissionais da educação proporcionar espaços e condições para que isso aconteça de forma saudável e consciente.

 Bibliografia

 ALMEIDA, Paulo Numes de. Educação Lúdica: técnicas e jogos pedagógicos, 11º ed. São Paulo/SP: Editora: Loyola, 2003.

 CUNHA, Nyle Helena Silva. Brinquedoteca: um mergulho no brincar, 1º ed. São Paulo/SP: Editora: Vetor, 2001.

 SANTOS, Santa Marli Pires dos. (Organização).Brinquedoteca: O Lúdico em Diferentes Contextos. 9ª ed. Petrópolis/RJ: Editora: Vozes, 2004.

Avaliar artigo
4
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 5 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-infantil-artigos/brinquedoteca-e-sua-importancia-na-escola-6676555.html

    Palavras-chave do artigo:

    brinquedoteca

    ,

    crianca

    ,

    brincar

    Comentar sobre o artigo

    O presente artigo objetiva-se por em pauta a importância do brincar para o desenvolvimento completo da criança em seu aspecto social, emocional, intelectual e cognitivo. Articulando, assim, sobre a importância da brinquedoteca escolar como meio de suprir parte dessa carência lúdica; visto que as crianças de hoje em dia quase não brincam e não criam em função de receberem tudo pronto, onde só precisam dar um comando e tudo funciona maravilhosamente bem.

    Por: Edna Amaral Simonl Educação> Educação Infantill 02/10/2012 lAcessos: 2,263
    Simoni Caldeira da Fonseca

    Autores: Simoni Caldeira / Marli Regina Fernades da Silva. O presente trabalho aborda a importância da brinquedoteca hospitalar na recuperação das crianças hospitalizadas, pois toda criança necessita de momentos de descontração, recreação, onde usa o imaginário, a fantasia e criam seu mundo de possibilidades. Esta pesquisa abordou a importância e os benefícios de uma brinquedoteca em ambiente hospitalar e em clinica pediátrica.

    Por: Simoni Caldeira da Fonsecal Educação> Educação Infantill 05/04/2011 lAcessos: 3,805 lComentário: 1

    Na correria de cada dia não está programado o tempo pra a criança se encontrar consigo mesma e descobrir o que gosta de fazer. A brinquedoteca é um espaço desenvolvido para o autoconhecimento, o prazer, a afetividade, a empatia, a automotivação e a sensibilidade, facilitando o equilíbrio da criança. A ideia de se ter brinquedotecas em escolas públicas é relativamente nova, iniciou-se nos anos 80. Surgiu, pela primeira vez em 1981, com a criação da Primeira Brinquedoteca Brasileira na Escola Indi

    Por: Edneusa S. de Oliveira Salesl Educação> Educação Infantill 10/02/2013 lAcessos: 104

    Brinquedoteca é um espaço criado para favorecer a brincadeira, para trazer de volta a alegria e o encanto do brincar. Nesse espaço a criança pode brincar sossegada, neste espaço também servem para proporcionar um momento entre as crianças e suas famílias.

    Por: Keila de Oliveira Paulinl Psicologia&Auto-Ajudal 04/12/2009 lAcessos: 3,740 lComentário: 1
    Jocsan Pires Silva

    Este artigo trata da importância das atividades lúdicas na recuperação de crianças hospitalizadas em um hospital público através da Brinquedoteca Hospitalar.

    Por: Jocsan Pires Silval Educação> Ensino Superiorl 12/01/2011 lAcessos: 2,978

    O presente estudo tem o objetivo de relatar o funcionamento de duas brinquedotecas de Salvador após o surgimento da lei 11.104 de 21 de março de 2005, que obriga os hospitais com pediatria em regime de internação a implantarem brinquedoteca.

    Por: Jéssica Nascimento da Silval Saúde e Bem Estarl 16/03/2010 lAcessos: 1,993
    Welinton dos Santos

    Brincar é coisa séria, realmente, essencial para a saúde física, intelectual e emocional do ser humano.

    Por: Welinton dos Santosl Saúde e Bem Estar> Medicinal 06/06/2012 lAcessos: 132
    Liamara Lucia de Almeida Cacho

    Esse artigo pretende mostrar a importância de se criar cantinhos na Educação Infantil e também nos anos iniciais, uma vez que a sala de aula deve ser um ambiente prazeroso para se desenvolver todas as atividades. Como brincadeiras tradicionais, modernas, brinquedos pedagógicos, filmes, leituras, informática e oficinas. Brincar e interagir com as crianças são experiências agradáveis e incomparáveis com qualquer outro tipo de atividade já realizada durante o curso de Pedagogia.

    Por: Liamara Lucia de Almeida Cachol Educação> Educação Infantill 03/12/2013 lAcessos: 137

    Este artigo retrata o perfil de um brinquedista, sua sensibilidade, entusiasmo, determinação e metodologia na realização do seu trabalho. É um profissional diferenciado que auxilia no desenvolvimento afetivo, cognitivo e social da criança através do seu espaço de trabalho, a Brinquedoteca, melhor dizendo atua com atividades lúdicas. Através do brincar, descobrimos nossos sentimentos e aprendemos a socializar.

    Por: Andréia Osvaldt Moscardinil Educaçãol 11/04/2013 lAcessos: 187

    Os contos nasceram, em geral, dos mitos; representam simbolicamente os acontecimentos humanos e sociais e reproduzem, em personagens e situações, valores que atravessam os séculos, porque correspondem a características permanentes do ser humano. Nelly Novaes Coelho, em seu livro Literatura Infantil: teoria, análise, didática, divide esse tipo de narrativa em contos de encantamento, contos maravilhosos e contos de fadas.

    Por: Alexandrina M. P. de Fariasl Educação> Educação Infantill 08/03/2015 lAcessos: 13

    Uma das características mais marcantes da sociedade atual é seu alto grau de racionalização, isto é, cada vez mais de organiza em função do melhor aproveitamento do tempo. A busca incessante do lucro e de uma maior produtividade submete todos os setores da vida social às mais variadas formas de planejamento. A Educação na fica fora dessa tendência e nem escapa dessa racionalização.

    Por: Alexandrina M. P. de Fariasl Educação> Educação Infantill 08/03/2015

    A escola tem sido responsabilizada há algum tempo pelos desvios de comportamento que se observa na vida social. Mas será sempre ela que tem essa responsabilidade? Ou será que ela responsabilidade foi imposta sem maiores questionamentos e agora de quem deve ser cobrada a recuperação dos indivíduos que não tem o comportamento esperado pela sociedade?

    Por: Alexandrina M. P. de Fariasl Educação> Educação Infantill 08/03/2015 lAcessos: 22

    Criar sempre foi uma característica do ser humano. Com essa capacidade o homem cria mas precisa ser despertado e isso só acontece com sua interação com o mundo. Desde o inicio dos tempos o homem cria e produz novas tecnologias. Sempre movido por suas necessidades e desejos. Assim, através dos objetos inventados modifica o mundo e sua relação com o universo. Desde as mais antigas ferramentas até os mais modernos aparelhos percebe-se que a tecnologia é útil, necessária e fascinante.

    Por: Alexandrina M. P. de Fariasl Educação> Educação Infantill 08/03/2015 lAcessos: 14

    Ao longo da institucionalização da Sociologia como ciência no Brasil, várias pesquisas tiveram como objeto de estudo o professor e seu papel dentro das instituições educacionais e na sociedade global. Mas parece que ainda precisamos saber muito sobre essa profissão tão paradoxal: para uns é fundamental em qualquer sociedade que se proponha séria; para outros, uma profissão como outra qualquer, sem nenhuma especificidade e, para completar, em qualquer caso, quase sempre mal remunerada.

    Por: Alexandrina M. P. de Fariasl Educação> Educação Infantill 08/03/2015 lAcessos: 11

    Por muito tempo discutiu-se a Educação no Brasil negligenciando sua relação com a economia. Porém, num certo momento, ficou impossível continuar a tentar analisar e explicar o processo educativo descolado da realidade econômica do país no qual ele se inseria. As implicações do desenvolvimento econômico do país de certa maneira apareceram na Educação, de uma forma ou de outra, particularmente quando se avalia os resultados do processo educativo.

    Por: Alexandrina M. P. de Fariasl Educação> Educação Infantill 08/03/2015 lAcessos: 18
    Irineu Correia

    Este artigo analisa as contribuições de Vygostsky e Piaget para a construção do conhecimento na escola.

    Por: Irineu Correial Educação> Educação Infantill 07/03/2015 lAcessos: 17

    As ações afirmativas e a aplicação da Lei 10.639/03 que determina que seja ensinada nas escolas a história e cultura dos povos africanos ,ainda são pouco difundidas e claras para a maioria dos educadores no Brasil.Assim,esse artigo procura fazer um exame dos motivos para tal paralisia e tenta apontar caminhos para suprir essas lacunas.

    Por: Mauricio Mendes de Oliveiral Educação> Educação Infantill 06/03/2015
    noeli flor

    Este trabalho tem por objetivo propor uma reflexão sobre o tema brincar, que tem produzido, em diferentes tempos e espaços, diferentes conceitos sobre a criança e o brincar. Que é essencial no desenvolvimento da criança e assim como o conceito de infância, o brinquedo. A criança desenvolve-se pela experiência social, nas interações que estabelece, desde cedo, com a experiência dos adultos e do mundo por eles são criados.

    Por: noeli florl Educação> Educação Infantill 23/06/2013 lAcessos: 121
    noeli flor

    Este trabalho apresenta como questão, a importância da inclusão escolar principalmente, para o desenvolvimento não dos alunos nas dos professores também. A partir de uma educação ampliada do meio em que vivem que tem como características a igualdade de todos na sociedade, tanto cultural e como social, para desenvolver e promover a inclusão de alunos.

    Por: noeli florl Educação> Educação Infantill 09/10/2012 lAcessos: 206
    noeli flor

    A aprendizagem depende em grande parte da motivação. As necessidades e os interesses das crianças são mais importantes que qualquer outra coisa. As crianças possuem modos próprios de compreender e interagir com o mundo.

    Por: noeli florl Educação> Educação Infantill 26/09/2012 lAcessos: 235
    noeli flor

    Reconhecer a importância da literatura e incentivar a formação do hábito de leitura na criança, idades esta que todos os hábitos se formam, isto é, na infância. Neste sentido, a literatura infantil é um caminho que leva a criança a desenvolver a imaginação, emoções e sentimentos de forma prazerosa e significativa. O presente estudo inicia com um breve histórico sobre o valor da leitura na vida, enfoca a importância de ouvir histórias e do contato da criança desde cedo com o livro para desenvolve

    Por: noeli florl Educação> Educação Infantill 28/08/2012 lAcessos: 331
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast