Consciência da educação em sua totalidade

Publicado em: 19/09/2010 |Comentário: 0 | Acessos: 440 |

Consciência da educação em sua totalidade

Falar da educação é algo que nos remete aos ensinamentos que nos foram dados por nossos pais, avós e tios, enfim nos faz pensar sobre a educação domestica algo que todos os indivíduos que nascem no seio da família recebem como base para a construção dos seus conhecimentos e caráter. Na leitura de "Comunidades tribais: a educação difusa" Maria Lúcia Aranha, mostra como as tribos transmitiam o conhecimento. Tudo era através dos gestos e repetições, que as crianças aprendiam sobre todas as coisas. De forma, que a simples repetição era à base utilizada para passar os conhecimentos que elas utilizariam a média que fossem sendo necessário para sua sobrevivência e interação com os outros habitantes da tribo. Os valores que a tribo praticava e a divisão de tarefas, desde quem ia caçar e pescar, plantar e colher, tudo de acordo com as regas daquele local, eram dadas pelo chefe da tribo. E estas tarefas eram entendidas como de fundamental importância para a sobrevivência deles. Porém não era designada uma pessoa responsável para ensinar aquelas crianças a desenvolver as atividades de maneira didática, ensinando o passo a passo como caçar ou plantar. Pois bem a educação vai muito mais além do que ler e escreve ou pregar uma filosofia de vida sem se preocupar em praticar a boa conduta. De nada valerá para o educador, orientador levar o conhecimento a quem não tem se não houver uma conduta ética e moral sendo passada em conjunto com este conhecimento. O texto de Aranha relata como somos educados pela atitude, conduta e repetição desde os nossos ancestrais até os dias atuais. Como base o educador (a) deve se aprofundar na "Consciência da educação em sua totalidade" isso significa não transmitir apenas o conhecimento exaustivamente até ter certeza do seu papel enquanto educador cumprido, mas respeitar a capacidade de apreender do outro. Permitindo que através das dificuldades do aprendiz, o educador possa se inclinar a ajudá-lo, de maneira que o possibilite por meio mais fácil absorver os ensinamentos. Vale salientar que pra ser um bom educador dever primeiro observar a quem  vai levar este conhecimento, sempre partindo do pressuposto que cabe ao educador mostrar os princípios básicos de educação como, bom dia, boa tarde, boa noite, por favor, conlicença e obrigado, para que o aprendiz possa desde já identificar no educador os valores que a ele foram confiados. E isso vale para todos os seguimentos da nossa vida seja no trabalho, com a família, os amigos e até com nós mesmos como indivíduos capazes de ter um raciocínio lógico sobre todos os princípios básico de educação. Que permitirá inclusive que se tenha uma boa relação com o outro individuo ou não. Muitas vezes a falta de educação afasta e distância o outro individuo no qual tem como valores básicos, a educação para manter uma boa relação com os demais.

Conclusão:

A educação é a base fundamental para todo e qualquer individuo estar bem colocado na sociedade em que ele faz parte. O educador é o orientador que levará este aprendiz a porta do conhecimento. Cabendo agora apenas a ele chegar ao núcleo do conhecimento, ou seja, ao centro. Devemos também lembrar que ainda aprendemos mesmo nos dias atuais como os primitivos e os povos das tribos. Pois bem, é importante estaá praticando como educador a repetição em sala de aula de maneira que ao educar para o conhecimento nossos alunos sejam a extensão do que você enquanto educador contribuiu para o crescimento e conhecimento dele como pessoa. Tornando ele o futuro cidadão que preparamos para inserir na sociedade.

Referencia:

ARANHA, Maria Lúcia Arruda

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-infantil-artigos/consciencia-da-educacao-em-sua-totalidade-3294026.html

    Palavras-chave do artigo:

    educação

    ,

    difusa

    ,

    professor

    Comentar sobre o artigo

    Para Norberto Bobbio, a existência de um direito, seja em sentido forte ou fraco, implica sempre a existência de um sistema normativo, onde por "existência" deve entender-se tanto o mero fator exterior de um direito histórico ou vigente quanto o reconhecimento de um conjunto de normas como guia da própria ação. A figura do direito tem como correlato a figura da obrigação.

    Por: SEBASTIÃO FERNANDES SARDINHAl Educação> Ensino Superiorl 04/05/2009 lAcessos: 2,058 lComentário: 2
    Nathália Alves de Oliveira

    O texto discute conceitos fundamentais para a aplicação da afetividade na escola entre professor-aluno e toda a equipe escolar. Demonstra a compreensão da dimensão afetiva e sua relevância no desenvolvimento do processo ensino-aprendizagem. A primeira parte analisa o processo ensino-aprendizagem como unidade, na qual a relação interpessoal professor-aluno é fator determinante. A segunda identifica o papel do professor na relação de troca com seus alunos de forma que valorize a afetividade ...''

    Por: Nathália Alves de Oliveiral Educação> Educação Infantill 08/02/2012 lAcessos: 3,282
    Alinne do Rosário Brito

    As questões identitárias deste componente curricular educação física sempre se articulou sobre uma perspectiva do esporte e dos valores sociais, neste texto se buscou compreender as mudanças ocorridas no campo da legislação , mas principalmente quanto ao aspecto pedagógicos aos quais vem transformando a práxis do mesmo.

    Por: Alinne do Rosário Britol Educaçãol 18/06/2014 lAcessos: 22

    Este artigorepresenta minha indignação com relação às políticas públicas na área educacional e objetiva ser uma provocação . Num tempo em que sociedades do mundo inteiro se mobilizam por melhorias na qualidade da educação, no Brasil quase nada do Plano Nacional de Educação da década de 2001 a 2010 não foi cumprido. Agora, estamos com um novo Plano em perspectiva, em que vislumbram algumas esperanças, como a valorização profissional do magistério e esperamos mais decência no seu cumprimento.

    Por: Neide Pena Cárial Educaçãol 24/02/2011 lAcessos: 170
    Paulo R. da Silva Bastos

    Foram algumas as direções tomadas pelos teóricos interessados no casamento da Psicanálise com a Educação. Criar uma nova disciplina, a Pedagogia Psicanalítica, o esforço de transmitir a pais e professores a teoria psicanalítica, imaginando que de posse desse conhecimento, pudessem evitar que as neuroses se instalassem em seus filhos e alunos. uma tentativa mais difusa de transmitir a Psicanálise a todos os representantes da cultura interessados em ampliar a sua visão de mundo.

    Por: Paulo R. da Silva Bastosl Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 06/04/2010 lAcessos: 6,002 lComentário: 1

    CDC art. 2º - Consumidor é toda pessoa física ou jurídica que adquire ou utiliza produto ou serviço como destinatário final.

    Por: Arnaldo Xavier Jr.l Direito> Doutrinal 26/04/2009 lAcessos: 1,968

    Este trabalho tem como objetivo mostrar a evolução constitucional e legislativa como forma de inclusão social da Educação de Jovens e Adultos no Brasil. Os dados informativos foram obtidos por intermédio de pesquisas bibliográficas de áreas afins e em sítios eletrônicos, nos quais será demonstrada a importância da educação aqueles que não tiveram acesso aos estudos ou não puderam dar continuidade a estes na idade apropriada, a legislação brasileira assegura como direito de cidadania a todos que

    Por: EVA SAMARA CEZAR DE ALMEIDAl Direito> Legislaçãol 29/01/2015 lAcessos: 32

    RESUMO Ao pesquisar o papel do supervisor, percebeu-se que nas comunidades primitivas, havia pessoas que organizavam os trabalhos e determinavam tarefas entre si. Contudo, supõe-se que a partir dessa organização iniciou um trabalho "supervisionado" por alguns membros da comunidade.

    Por: VANDREIA FURTADOl Educação> Ensino Superiorl 07/09/2010 lAcessos: 29,443 lComentário: 1

    Artigo apresentado no V Simpósio de PesquUisa e Pós-Graduação em Educação, 2013, na Universidade estadual de Londrina. trata da disciplina de sociologia no ensino médio e da construção de uma metodologia de ansino apropriada, perpasando a pedagogia histórico-crítica.

    Por: Cristiano Pinheiro Corrêal Educação> Ciêncial 24/05/2013 lAcessos: 174
    Rita de Cássia Santos Almeida

    Este artigo trata da influência que os contos de fadas exercem sobre as crianças. Acredita-se que todos os personagens dessas narrativas, de alguma forma tornam-se 'modelos' para as crianças. Elas acabam se imaginando na versão dos personagens bons, acreditando que isso poderá levá-las à solução de seus problemas, de modo ético e final e assim resolverem seus conflitos interiores da melhor forma possível e viverem felizes para sempre...

    Por: Rita de Cássia Santos Almeidal Educação> Educação Infantill 12/04/2015 lAcessos: 14
    Joseléia Graciano da Silva

    Este artigo surgiu a partir da proposta de analisarmos a escrita em crianças na fase de alfabetização e letramento. Para tanto, buscou-se verificar em textos de crianças nessa fase os fatores que indicam o inicio da aquisição da escrita pela criança, e, assim, realizar uma análise dos dados coletados, não considerando as inadequações da língua padrão como "erro", mas sim como construção de conhecimento.

    Por: Joseléia Graciano da Silval Educação> Educação Infantill 11/04/2015 lAcessos: 12

    Este artigo apresenta um breve histórico de como iniciou o atendimento as pessoas com deficiência até aos dias de hoje. Fala da Constituição Federal de 1988 que deu o primeiro passo a implementação da Educação Inclusiva no nosso país.

    Por: MARCIA AP.M.FARIASl Educação> Educação Infantill 30/03/2015 lAcessos: 23

    Ao destacar o tema "dificuldade de aprendizagem" muitos confundem esta concepção com uma desatenção em sala de aula ou 'espírito bagunceiro' das crianças. Mas a dificuldade de aprendizagem é tratada por muitos teóricos e estudiosos como um distúrbio ,que pode ser gerado por uma série de problemas cognitivos ou emocionais , afetando o individuo em qualquer área do desempenho escolar.Este artigo visa apresentar uma breve reflexão sobre essas concepções

    Por: Eliete Lopes Matricardil Educação> Educação Infantill 27/03/2015 lAcessos: 18

    Esta temática esta presente diariamente em reuniões que buscam analisar e discutir o problema, para então apontar formas para resolver os distúrbios disciplinares no cotidiano das escolas. A desmotivação e a indisciplina são os maiores obstáculos apresentados pelos professores, que se deparam no dia a dia com à desordem em sala de aula e na escola, além de apresentar como parte desta reclamação a desatenção dos alunos, a falta de interesse e de respeito dos estudantes.

    Por: Eliete Lopes Matricardil Educação> Educação Infantill 27/03/2015 lAcessos: 24

    Este presente Artigo trata de uma reflexão sobre a temática da disortográfia e a importância do trabalho em conjunto dos profissionais educacionais, pacientes e familiares no diagnóstico,tratamento e superação desta distúrbio. Descrevendo a importância do apoio psicopedagogico para se superar tal dificuldade expressa e identificada geralmente nas séries iniciais do Ensino Fundamental.

    Por: Eliete Lopes Matricardil Educação> Educação Infantill 27/03/2015 lAcessos: 17

    Acredito que o gosto pela leitura se apreende, é lendo que as pessoas aprendem a gostar de ler, e já de pequenos podemos, ou não, criar o hábito de leitura. Já dizia Carlos Drummond de Andrade que "a leitura é uma fonte inesgotável de prazer, mas por incrível que pareça, a quase totalidade não sente esta sede".

    Por: MARCIA AP.M.FARIASl Educação> Educação Infantill 25/03/2015 lAcessos: 23

    Os contos nasceram, em geral, dos mitos; representam simbolicamente os acontecimentos humanos e sociais e reproduzem, em personagens e situações, valores que atravessam os séculos, porque correspondem a características permanentes do ser humano. Nelly Novaes Coelho, em seu livro Literatura Infantil: teoria, análise, didática, divide esse tipo de narrativa em contos de encantamento, contos maravilhosos e contos de fadas.

    Por: Alexandrina M. P. de Fariasl Educação> Educação Infantill 08/03/2015 lAcessos: 40
    Leila da Silva Campos

    Refletido sobre as ferramentas tecnológicas muito utilizadas hoje por muitos estudantes observar que vários professores tem se queixado que a maioria de seus alunos passarão a copiar textos na net para fazer seus trabalhos escolares. Eles não utilizam a net para realizar pesquisas mais se para facilitar os seus trabalhos.

    Por: Leila da Silva Camposl Educação> Ensino Superiorl 13/09/2010 lAcessos: 101
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast