Distúrbios de aprendizagem

27/07/2010 • Por • 1,362 Acessos

                     DISTINÇÃO DE DISTÚRBIO DE APRENDIZAGEM

 

DIFICULDADE DE APRENDIZAGEM: caracteriza-se por um  baixo rendimento escolar, não relacionado a retardo mental, danos sensoriaism físicos ou desequilíbrios emocionais. Apresenta diversas causas: técnicas de ensino, meio familiar e escolar desestimulantes, recursos humanos, físicos ou didáticos, etc.

DEFICIÊNCIA DE APRENDIZAGEM: se associa a uma incapacidade intelectual, abrangendo retardos mentais - com comprometimento geral - motor, cognitivo, social que ocasionará um constante atraso na aprendizagem.

DISTÚRBIO DE APRENDIZAGEM: relaciona-se a alterações neurológicas, não associadas a deficiências ou dificuldades. Compreende aqueles que apresentam situações problemáticas envolvendo capacidades de expressão, compreensão e raciocíonio matemático, entretanto é comum a criança ter excelente desempenho em um conteúdo e não apresentar desenvolvimento em outro, Origina-se de disfunções cerebrais genéticas ou adquiridas.

                        

                         TIPOS DE DISTÚRBIOS DE APRENDIZAGEM

Retardamento mental: provém de uma imaturação cerebral - desenvolvimento cerebral retardado - que prejudica o desenvolvimento da linguagem.

Lesão cerebral: poderá ocorrer por acidente e atingir centros nervosos vitais da aprendizagem.

Disfunção cerebral mínima, genética ou congênita: caracteriza-se pelo mau funcionamento do cérebro, por hereditariedade; má formação do embrião; problemas pré-natais, traumas sofridos pelo bebê na hora do parto ou problemas pós-parto.

É uma síndrome que pode aparecer em crianças com inteligência média ou superior, com problemas de aprendizagem ou certos distúrbios de comprtamentos, associados a desvio de funcionamento do sistema nervoso central.

Nesta disfunção destacam-se outras dificuldades: DISGRAFIA: ( traçado irregular das letras - letra feia, ilegível); DISORTOGRAFIA: (incapacidade de escrever corretamente - escrita espelhada, palavras erradas, etc); DISCALCULIA: (dificuldade em matemática -  número ou sequência numérica invertidos); DISLALIA: (dificuldade de expressar e articular palavras - a criança fala omitindo letras e palavras podendo escrever assim, fato que ocasionará a Dislexia.

Além de apresentarem também distúrbios neurológicos,distúrbios da inteligência, problemas de comportamento e problemas escolares;

Dislexia: refere- se a criança que apresentam dificuldades de aprendizagem específicas da leitura e escrita, não decodificam palavras simples;  omitem letras ou apalavras; trocam ou acrescentam letras; mostram insuficiência no processo fonológico; dificuldade de síntese - prejudicial à leitura.

Os distúrbios de aprendizagem não se resumem a um aspecto particular, mas a uma somatória  de fenômenos sociais, psicológicos, neurológicos, pedagógicos e familiares, que apresentam sentido pleno quando relacionado  à história de cada criança ou adolescente, ponderando-se as  interações e os conflitos que marcam essa história.

Portanto, os distúrbios de aprendizagem devem ser analisados e tratados, considerando todo o seu caráter histórico. 

 

 

 

 

 

 

 

Perfil do Autor

Angela Adriana de Almeida Lima

Formada em Magistério Graduada em Pedagogia com Supervisão Escolar; Especialista nas áreas de Psicopedagogia Institucional; Docência...