O LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Publicado em: 15/11/2010 |Comentário: 0 | Acessos: 1,661 |

INTRODUÇÃO

Ao lado da família, outras instituições sociais veiculam valores e desempenham um papel na formação integral particularmente na formação de atividades.

Mas para que tudo aconteça de maneira natural é preciso educar a criança ensinando-a desde muito cedo a cuidar de seu corpo, da sua saúde, formando hábitos saudáveis, e, neste sentido a rotina é bastante valiosa. Educar para todos, portanto, é auxiliar a criança no meio em que vivem, do espaço em que estão os objetos que á rodeia as características dos mesmos, seus usos bem com fazer a exploração de todos os elementos da natureza, das plantas, dos animais, da terra, da cidade e do lugar onde vive, cresce e desenvolve.

Por esta razão ao propor um projeto para a Educação Infantil temos que vê-la como uma especificidade, uma fase da vida que ganha contorno próprio e precisa receber educação integral voltado para o desenvolvimento de todas as suas potencialidades como ser humano em crescimento que necessita de atenção espacial.

Muitas das descobertas sobre o mundo que a cerca, a criança faz enquanto brinca. Sozinha com o amigo imaginário, com um irmão ou um vizinho, com outras crianças em grupos pequenos ou mais numerosos brincar é para a criança a possibilidade de ampliar sua experiência. Os jogos e as brincadeiras infantis foram introduzidos na história da humanidade pela cultura e se mantém como práticas culturais extremamente interessantes para a criança possibilidade de explicar sua experiência. Brincar é atividade própria da infância. Os jogos e brincadeiras infantis foram introduzidos na história da humanidade pela cultura e se mantém como prática cultural extremamente interessante para a criança. Elas são, assim, parte da cultura humana. Vemos através da história e da antropologia que determina das brincadeiras são partes da infância em qualquer comunidade em vários períodos históricos.

As brincadeiras de roda, o faz-de-conta são atividades universais na infância.

Na rua, em casa, na floresta, na cidade ou no campo, os esforços podem ser vários, mas a atividade terá sempre caráter formador do indivíduo como ser cultural.

A brincadeira também é uma atividade que tem na execução de movimentos seqüenciais, ou repetido um dos atrativos centrais para a criança pequena. Chamas de jogo uma atividade que é organizada em torno de um tema central, que pode ser explicado pelo movimento, por cantigas, pelo ritmo ou pela cadência, pela vocalização.

O elemento chave das brincadeiras nos primeiros anos de vida é o movimento que se organiza pelo ritmo. A presença de objetos nas brincadeiras vai aumentando à medida que as crianças crescem, mais as brincadeiras e jogos que envolvem só movimento persistem até os período dos sete anos, com o diferencial de que se tornam mais complexos nas regras que envolvem deslocamentos cada vez maior no espaço.

Analisando o papel dos jogos e brincadeiras na Educação Infantil constatamos que para as crianças são importantes dois recursos o brincar e o brinquedo.

 

REFERÊNCIAS  BIBLIOGRÁFICAS

 

- Escola Ciclada de Mato Grosso. Novos tempos e espaço para ensinar - Aprender a Sentir, ser e fazer.

- FREIRE, Paulo. A prática educativa em questão, São Paulo. Espaços Pedagógicos, 1996.

- PIAGET e a construção do homem: conhecimento, afeto e moral.

- VYGOTSKY, Lev Senovich. Pensamento e Linguagem.

- A teoria Construtivista e o processo ensino aprendizagem na Pré-Escola.

 

 

Avaliar artigo
5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 8 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-infantil-artigos/o-ludico-na-educacao-infantil-3671516.html

    Palavras-chave do artigo:

    palavras chave brincar

    ,

    desperta

    ,

    aprendizagem

    Comentar sobre o artigo

    Ismael dos Santos

    Este trabalho abordará a importância do brincar para o desenvolvimento infantil, um fator indispensável e fundamental ao desenvolvimento de aspectos físico-motor, intelectual, afetivo-emocional, e social da criança, procurando verificar o papel da família e também dos educadores no processo de inclusão do brincar na vida do mesmo e apresentar as influências e vantagens que essas brincadeiras proporcionam para que tal desenvolvimento ocorra de maneira adequada.

    Por: Ismael dos Santosl Educação> Educação Infantill 24/02/2011 lAcessos: 2,816 lComentário: 1
    Inez Kwiecinski

    O tema escolhido para realizar este trabalho de graduação é sobre "O desenvolvimento da criança através do brincar". A escolha deste tema surgiu da necessidade de estudarmos como se dá o desenvolvimento da criança através do brincar e através dos tempos. Analisar jogos, brincadeiras e brinquedos infantis não apenas como simples entretenimento para as crianças, mas também, como atividades lúdicas que possibilitam a aprendizagem e o desenvolvimento destas crianças em suas várias habilidades.

    Por: Inez Kwiecinskil Educação> Educação Infantill 25/01/2011 lAcessos: 17,010 lComentário: 1

    A presente monografia vem demonstrar que o brinquedo e a brincadeira na pré-escola é de um aspecto muito importante na interação da criança com o adulto, com o outro. E a brincadeira em grupo serve para socializar crianças e a compreensão de regras. Elas aprendem a lidar com os sentimentos, interagir, resolver conflitos e desenvolver a imaginação e criatividade para resolver problemas. E, portanto, contra este pensamento que buscamos e é de fundamental importância que professores tenham conhe.

    Por: João do Rozario Limal Educação> Educação Onlinel 01/06/2008 lAcessos: 126,640 lComentário: 14
    Manoel Aparecido Martins

    A ludicidade faz parte do ser humano desde seu nascimento, é brincando que a criança vai conhecendo o mundo ao seu redor, vai se identificando, vai fazendo parte. O lúdico pode e deve ser utilizado no ensino de todas as disciplinas, até mesmo de forma interdisciplinar. Portanto é de fundamental importância um estudo mais aprofundado da natureza e importância desta disciplina nos dias atuais, bem como seu histórico e a aplicação do lúdico na mesma.

    Por: Manoel Aparecido Martinsl Educaçãol 17/06/2009 lAcessos: 15,047 lComentário: 4
    Taciana da silva santos

    RESUMO: O ensino de Química enfrenta diversos problemas no que se refere a metodologia utilizada para a abordagem de um determinado conteúdo. O uso de jogos didáticos e educacionais é uma ferramenta que vem dando apoio no desenvolvimento de uma metodologia nova e eficaz para o ensino de química. Ouso de um jogo para o ensino de hidrocarbonetos é uma estratégia que foi desenvolvida neste trabalho sinalizando no sentido que o jogo didático é um método eficiente para o processo de aprendizagem.

    Por: Taciana da silva santosl Ciências> Químical 25/02/2014 lAcessos: 194
    Berenice Neves Grisoste

    Este artigo relata a relação afetiva entre aluno/professor que é de extrema importância para o desenvolvimento da aprendizagem saudável entre os educandos, e adaptação dos mesmos ao meio físico e social. O desenvolvimento do aluno tem um valor imprescindível para o processo de construção de conhecimentos e da realidade em que ele vive. Percebe-se que o afeto é um grande laço que liga o professor e aluno, é um conjunto onde estão relacionados á autoestima, amor, sentimentos e valores, são essas r

    Por: Berenice Neves Grisostel Educação> Educação Infantill 24/11/2013 lAcessos: 158

    A leitura e a escrita são hoje um dos maiores desafios das escolas, visto que quando estimulada de forma criativa, possibilita a redescoberta e o prazer de ler, a utilização da escrita e a inserção do aluno no mundo letrado. Pensando nesse contexto, o projeto torna-se necessário e viável, pois pretende fomentar a leitura, interpretação e a escrita por meio da contação de história. Durante o desenvolvimento do projeto procuramos incentivar os alunos empréstimo de livros uma vez na semana.

    Por: Isaura do Prado Almeidal Educação> Línguasl 13/11/2014 lAcessos: 24
    Jocsan Pires Silva

    Este artigo trata da importância das atividades lúdicas na recuperação de crianças hospitalizadas em um hospital público através da Brinquedoteca Hospitalar.

    Por: Jocsan Pires Silval Educação> Ensino Superiorl 12/01/2011 lAcessos: 2,993

    No contexto do estudo científico é verificável a importância da literatura para a construção da leitura na educação infantil. A princípio, os primeiros clássicos literários destinados ao público infantil atingiam apenas uma parcela da sociedade; aos poucos ela se expande e chega às escolas com intuito de despertar nas crianças o interesse pelas histórias infantis.

    Por: ocileide lopes da silval Literatura> Crônicasl 19/11/2011 lAcessos: 1,609
    Rita de Cássia Santos Almeida

    Este artigo trata da influência que os contos de fadas exercem sobre as crianças. Acredita-se que todos os personagens dessas narrativas, de alguma forma tornam-se 'modelos' para as crianças. Elas acabam se imaginando na versão dos personagens bons, acreditando que isso poderá levá-las à solução de seus problemas, de modo ético e final e assim resolverem seus conflitos interiores da melhor forma possível e viverem felizes para sempre...

    Por: Rita de Cássia Santos Almeidal Educação> Educação Infantill 12/04/2015 lAcessos: 14
    Joseléia Graciano da Silva

    Este artigo surgiu a partir da proposta de analisarmos a escrita em crianças na fase de alfabetização e letramento. Para tanto, buscou-se verificar em textos de crianças nessa fase os fatores que indicam o inicio da aquisição da escrita pela criança, e, assim, realizar uma análise dos dados coletados, não considerando as inadequações da língua padrão como "erro", mas sim como construção de conhecimento.

    Por: Joseléia Graciano da Silval Educação> Educação Infantill 11/04/2015 lAcessos: 13

    Este artigo apresenta um breve histórico de como iniciou o atendimento as pessoas com deficiência até aos dias de hoje. Fala da Constituição Federal de 1988 que deu o primeiro passo a implementação da Educação Inclusiva no nosso país.

    Por: MARCIA AP.M.FARIASl Educação> Educação Infantill 30/03/2015 lAcessos: 23

    Ao destacar o tema "dificuldade de aprendizagem" muitos confundem esta concepção com uma desatenção em sala de aula ou 'espírito bagunceiro' das crianças. Mas a dificuldade de aprendizagem é tratada por muitos teóricos e estudiosos como um distúrbio ,que pode ser gerado por uma série de problemas cognitivos ou emocionais , afetando o individuo em qualquer área do desempenho escolar.Este artigo visa apresentar uma breve reflexão sobre essas concepções

    Por: Eliete Lopes Matricardil Educação> Educação Infantill 27/03/2015 lAcessos: 18

    Esta temática esta presente diariamente em reuniões que buscam analisar e discutir o problema, para então apontar formas para resolver os distúrbios disciplinares no cotidiano das escolas. A desmotivação e a indisciplina são os maiores obstáculos apresentados pelos professores, que se deparam no dia a dia com à desordem em sala de aula e na escola, além de apresentar como parte desta reclamação a desatenção dos alunos, a falta de interesse e de respeito dos estudantes.

    Por: Eliete Lopes Matricardil Educação> Educação Infantill 27/03/2015 lAcessos: 25

    Este presente Artigo trata de uma reflexão sobre a temática da disortográfia e a importância do trabalho em conjunto dos profissionais educacionais, pacientes e familiares no diagnóstico,tratamento e superação desta distúrbio. Descrevendo a importância do apoio psicopedagogico para se superar tal dificuldade expressa e identificada geralmente nas séries iniciais do Ensino Fundamental.

    Por: Eliete Lopes Matricardil Educação> Educação Infantill 27/03/2015 lAcessos: 17

    Acredito que o gosto pela leitura se apreende, é lendo que as pessoas aprendem a gostar de ler, e já de pequenos podemos, ou não, criar o hábito de leitura. Já dizia Carlos Drummond de Andrade que "a leitura é uma fonte inesgotável de prazer, mas por incrível que pareça, a quase totalidade não sente esta sede".

    Por: MARCIA AP.M.FARIASl Educação> Educação Infantill 25/03/2015 lAcessos: 24

    Os contos nasceram, em geral, dos mitos; representam simbolicamente os acontecimentos humanos e sociais e reproduzem, em personagens e situações, valores que atravessam os séculos, porque correspondem a características permanentes do ser humano. Nelly Novaes Coelho, em seu livro Literatura Infantil: teoria, análise, didática, divide esse tipo de narrativa em contos de encantamento, contos maravilhosos e contos de fadas.

    Por: Alexandrina M. P. de Fariasl Educação> Educação Infantill 08/03/2015 lAcessos: 41

    RESUMO: Este artigo refere – se sobre o ensino da língua portuguesa na escola tem sido o centro da discussão acerca da necessidade de melhorar a qualidade de educação no país. No ensino fundamental, o eixo da discussão, no que se refere ao fracasso escolar, tem sido a questão de literatura e da escrita. As escolas estão tendo muita dificuldade para trabalhar essas modalidades do ensino.

    Por: Maria Rodrigues Bentol Educação> Educação Infantill 15/11/2010 lAcessos: 1,010

    RESUMO: Este artigo refere-se à formação dos educadores e suas competências baseando-se livro "As competências para ensinar no século XXI", focaliza os temas: A formação dos professores e a avaliação da aprendizagem, organizada em ciclos, onde discute sua problemática.Em suas primeiras observações sobre a finalidade da escola e da formação dos professores deixa evidente que não é possível formar professores sem fazer escolhas ideológicas Conforme o modelo de sociedade e de ser humano defendido o

    Por: Maria Rodrigues Bentol Educação> Educação Infantill 15/11/2010 lAcessos: 308

    RESUMO:Este artigo relata que educar ludicamente é uma proposta que, se bem aplicada e compreendida, contribuir concretamente para a melhoria do ensino, incluindo nesta proposta, os jogos.Entendendo que a importância do brinquedo no desenvolvimento da espécie humana já é reconhecida pela maioria daqueles que hoje pensam sobre educação e ousam registrar este pensamento.

    Por: Maria Rodrigues Bentol Educaçãol 10/11/2010 lAcessos: 2,103 lComentário: 1
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast