O processo de intervenção psicopedagógica

Publicado em: 05/09/2012 |Comentário: 0 | Acessos: 174 |

                              O PROCESSO DE INTERVENÇÃO PSICOPEDAGÓGICA

        O processo de intervenção psicopedagógico tem em muito enfatizado as mudanças ocorridas na sociedade no decorrer do tempo, a imposição dos educadores e da família para uma rápida absorção dos conteúdos, que são trabalhados de forma complicada e extremamente cansativa na vida do aluno, faz levar as diversas considerações quais as hipóteses devem ser trabalhadas para tratar terapeuticamente o problema de aprendizagem do aluno.

        A psicopedagogia leva em consideração os estudos relacionados de ordem familiar e afetiva, que vai determinar as mudanças ocorridas nas questões emocionais do aluno e suas alterações comportamentais junto as atividades escolares que são impostas pelo o educador no decorrer das fases que irão ser trabalhadas para uma breve formalização do processo de ensino-aprendizagem da criança.

         Segundo Bossa ( 1994) é dever do psicopedagogo  analisar e captar sempre as perturbações referente ao processo de aprendizagem , havendo possibilidades de um acompanhamento participativo  da esfera educativa  , ajudando na interação  , onde deve haver a promoção de ações metodológicas, sendo essas ações adaptadas conforme a realidade  de cada indivíduo da esfera social , do qual  acontece os processos de orientação. O psicopedagogo transcorre em sua participação, através da equipe e possíveis projetos  tanto teóricos quanto na prática  de  planejamentos políticos educacionais , fazendo com que toda a comunidade escolar possa repensar nas atitudes docentes  e suas necessidades particulares no processo de ensino-aprendizagem.

          Portanto, é possível analisar que as atitudes tomadas pela comunidade escolar devem ser de toda a forma contemplada pela família da criança e suas interações quanto a autonomia da criança em aprender, e através desse processo único do desenvolvimento cognitivo do aluno será analisado durante o processo  de intervenção psicopedagógico.

        O sistema emblemático das relações familiares tem sido analisado através de sua importância no convívio da vida escolar do aluno e suas alterações comportamentais que irá de certa forma influenciar durante o processo terapêutico e análise do problema de aprendizagem apresentado pela criança, sendo comparado ao processo único de análise das hipóteses do que está ocasionando a problemática no processo de aprendizagem.

         De acordo com Souza (1995, p.58) os problemas psíquicos que se encontram na criança, podem servir de obstáculos no seu desenvolvimento cognitivo, e também em suas interações familiares  de maneira que as relações da criança com a família é  de grande influencia no processo de aquisição de seu conhecimento.

        Portanto é necessário que a família tenha uma atitude em saber interagir com a criança na medida em que o processo de aprendizagem vá ocorrendo naturalmente, e sua capacidade cognitiva vá absorvendo toda a contemplação de uma aquisição de conhecimento único que é trabalhado dentro de sala de aula, e que se for apresentado algum problema neste processo de interação, é necessário a intervenção terapêutica do psicopedagogo.

        Segundo Fernandez (1990, p.57) o processo de aprendizagem está dividido entre organismo, corpo, inteligência e desejo) e que estes quatro níveis estão ligados quando for constatado os problemas de aprendizagem apresentado pelo o aluno.

       A intervenção terapêutica deve trabalhar junto as ações conjuntas do desenvolvimento dos fatores que irão contribuir para o surgimento das dificuldades de aprendizagem apresentada pela criança, e também for analisar a participação da família e sua interação junto ao convívio da criança com os pais e a  escola.

Referência bibliográfica:

 BOSSA, Nadia A. A Psicopedagogia no Brasil: contribuições a partir da prática. Porto

Alegre, Artes Médicas, 2000.

FERNÁNDEZ, Alícia.  A inteligência aprisionada.  Porto Alegre: Artes Médicas, 1991.       

http://www.psicopedagogia.com.br/opiniao/opiniao.asp?entrID=211

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-infantil-artigos/o-processo-de-intervencao-psicopedagogica-6169165.html

    Palavras-chave do artigo:

    psicopedagogia

    ,

    educacao

    ,

    alicia fernandez

    Comentar sobre o artigo

    João Beauclair

    Este artigo pretende abordar algumas questões essenciais no que concerne à formação pessoal em Psicopedagogia no nosso tempo presente. Compreende ser necessário ter coragem para re-significar os caminhos da Educação contemporânea e procura traçar os principais dilemas, desafios e tensões presentes na formação pessoal do/a psicopedagogo/a. A partir de uma sucinta discussão sobre os processos de autoria de pensamento como alternativa a tal questão, reforça que a pesquisa e práxis permanente, no agir e no pensar cotidiano, podem colaborar para que novas e significativas aprendências e ensinagens surjam no cenário da formação em Psicopedagogia no Brasil.

    Por: João Beauclairl Educaçãol 16/03/2009 lAcessos: 1,533
    Daniel Caraúna da Motta

    O que é psicopedagogia? Como e onde surgiu? Surgimento do termo "psicopedagogia" Objetivos e fundamentos primários... etc.

    Por: Daniel Caraúna da Mottal Educação> Ciêncial 10/06/2011 lAcessos: 8,326

    Atrelada aos vários campos científicos, a psicopedagogia emerge da necessidade de buscar soluções para os problemas de aprendizagem. Este artigo apresenta uma discussão sobre o campo de atuação e a importância do psicopedagogo frente às dificuldades de aprendizagem. Através de um estudo bibliográfico selecionou-se os pontos relevantes para esta discussão. O psicopedagogo precisa incidir suas atenções na dificuldade de aprendizagem, prevenindo-a e/ou resolvendo-a.

    Por: Maria Luiza Ferreira Duquesl Educação> Ciêncial 27/06/2011 lAcessos: 8,097

    Palavras-chaves: Teoria, Intervenção, Aprender, Diagnóstico, Tratamento, Atuação do Psicopedagogo, Computador.

    Por: Rosania Richa Virginio de Barrosl Educaçãol 13/10/2009 lAcessos: 7,978
    Ivan Dionizio: Sociologo.

    Considerando a escola responsável por grande parte da formação do ser humano, o trabalho do Psicopedagogo na instituição escolar tem um caráter preventivo no sentido de procurar criar competências e habilidades para solução dos problemas. Com esta finalidade e em decorrência do grande número de crianças com dificuldades de aprendizagem e de outros desafios que englobam a família e a escola, a intervenção psicopedagogico ganha atualmente espaço nas instituições de ensino e empresariais.

    Por: Ivan Dionizio: Sociologo.l Educação> Ensino Superiorl 13/02/2012 lAcessos: 3,403

    O olhar clínico em psicopedagogia é um olhar que tem a intenção de perceber um sujeito que aprende, de forma inteira, em relação com os outros sujeitos, com a cultura, com a história, com os objetos de aprendizagem e com as normas estabelecidas no contexto em que vive.

    Por: Maria Zilda da Silva Barbosal Educaçãol 25/11/2014 lAcessos: 49
    João Beauclair

    Escrever este artigo, "para chegar aos olhos, ouvidos e coração dos professores, educadores, psicopedagogos," enfim, sujeitos em interação com a aprendizagem humana foi um desafio aceito por ser esta uma das missões que buscamos realizar. Cabe-nos, à medida que nos posicionamos no ato de caminhar, e seguir caminhando depois de já ter percorridos alguns percursos, autorizarmo-nos ao sentipensar probabilidades e (im)possibilidades de sistematização de uma Didática do Assombro.

    Por: João Beauclairl Educação> Ensino Superiorl 25/07/2012 lAcessos: 169
    João Beauclair

    Com o campo de movimentações que se abre a cada um de nós ao estudar e aprender sobre Psicopedagogia, uma questão logo nos é posta: como sair do lugar de alunos, onde sempre estivemos ao longo de nossas formações? Lugar este onde, mesmo com todas as boas vontades de plantão, fomos e ainda somos, sujeitos passivos, nem sempre ouvintes atentos, por tantas vezes distraídos com outros temas, coisas outras, latentes em nosso viver.

    Por: João Beauclairl Educaçãol 23/08/2010 lAcessos: 257

    O presente trabalho especifica que através dos jogos e brincadeiras a criança adquire aprendizagem significativa, pois o ato de brincar proporciona para a ela uma relação entre as coisas e pessoas e ao compará-las constrói o seu conhecimento, a sua percepção de mundo e a estruturação de seus aspectos sociais, culturais e familiares, retratando seu contexto e percebendo seus futuros papéis, favorecendo assim seu desenvolvimento cognitivo, social e emocional.

    Por: Flávia Regina Araujol Educação> Educação Infantill 25/11/2011 lAcessos: 1,369

    Este artigo apresenta um breve histórico de como iniciou o atendimento as pessoas com deficiência até aos dias de hoje. Fala da Constituição Federal de 1988 que deu o primeiro passo a implementação da Educação Inclusiva no nosso país.

    Por: MARCIA AP.M.FARIASl Educação> Educação Infantill 30/03/2015 lAcessos: 12

    Ao destacar o tema "dificuldade de aprendizagem" muitos confundem esta concepção com uma desatenção em sala de aula ou 'espírito bagunceiro' das crianças. Mas a dificuldade de aprendizagem é tratada por muitos teóricos e estudiosos como um distúrbio ,que pode ser gerado por uma série de problemas cognitivos ou emocionais , afetando o individuo em qualquer área do desempenho escolar.Este artigo visa apresentar uma breve reflexão sobre essas concepções

    Por: Eliete Lopes Matricardil Educação> Educação Infantill 27/03/2015

    Esta temática esta presente diariamente em reuniões que buscam analisar e discutir o problema, para então apontar formas para resolver os distúrbios disciplinares no cotidiano das escolas. A desmotivação e a indisciplina são os maiores obstáculos apresentados pelos professores, que se deparam no dia a dia com à desordem em sala de aula e na escola, além de apresentar como parte desta reclamação a desatenção dos alunos, a falta de interesse e de respeito dos estudantes.

    Por: Eliete Lopes Matricardil Educação> Educação Infantill 27/03/2015 lAcessos: 12

    Este presente Artigo trata de uma reflexão sobre a temática da disortográfia e a importância do trabalho em conjunto dos profissionais educacionais, pacientes e familiares no diagnóstico,tratamento e superação desta distúrbio. Descrevendo a importância do apoio psicopedagogico para se superar tal dificuldade expressa e identificada geralmente nas séries iniciais do Ensino Fundamental.

    Por: Eliete Lopes Matricardil Educação> Educação Infantill 27/03/2015 lAcessos: 11

    Acredito que o gosto pela leitura se apreende, é lendo que as pessoas aprendem a gostar de ler, e já de pequenos podemos, ou não, criar o hábito de leitura. Já dizia Carlos Drummond de Andrade que "a leitura é uma fonte inesgotável de prazer, mas por incrível que pareça, a quase totalidade não sente esta sede".

    Por: MARCIA AP.M.FARIASl Educação> Educação Infantill 25/03/2015

    Os contos nasceram, em geral, dos mitos; representam simbolicamente os acontecimentos humanos e sociais e reproduzem, em personagens e situações, valores que atravessam os séculos, porque correspondem a características permanentes do ser humano. Nelly Novaes Coelho, em seu livro Literatura Infantil: teoria, análise, didática, divide esse tipo de narrativa em contos de encantamento, contos maravilhosos e contos de fadas.

    Por: Alexandrina M. P. de Fariasl Educação> Educação Infantill 08/03/2015 lAcessos: 18

    Uma das características mais marcantes da sociedade atual é seu alto grau de racionalização, isto é, cada vez mais de organiza em função do melhor aproveitamento do tempo. A busca incessante do lucro e de uma maior produtividade submete todos os setores da vida social às mais variadas formas de planejamento. A Educação na fica fora dessa tendência e nem escapa dessa racionalização.

    Por: Alexandrina M. P. de Fariasl Educação> Educação Infantill 08/03/2015 lAcessos: 11

    A escola tem sido responsabilizada há algum tempo pelos desvios de comportamento que se observa na vida social. Mas será sempre ela que tem essa responsabilidade? Ou será que ela responsabilidade foi imposta sem maiores questionamentos e agora de quem deve ser cobrada a recuperação dos indivíduos que não tem o comportamento esperado pela sociedade?

    Por: Alexandrina M. P. de Fariasl Educação> Educação Infantill 08/03/2015 lAcessos: 24

    este artigo tem como objetivo ao estudo da psicomotricidade e sua contribuição em seu processo de ensino-aprendizagem da criança e suas ações que possibilitam o trabalho do professor frente ao aluno que apresentam dificuldades em seu comportamento psicomotor e como os profissionais de educação poderá trabalhar através de atividades e observação comportamental do aluno , as emanações que o corpo deste mesmo aluno , muitas d vezes é um caminho a ser percorrido para um aprimoramento metodológico.

    Por: Rogério Dantas de Souzal Educação> Educação Infantill 23/02/2011 lAcessos: 802

    Este texto trata de estudos e pesquisas relacionados a problemática da qualidade de ensino , a diminuição da evasão escolar e o aumento de concluintes do ensino fundamental relacionando a metodologia de Paulo Freire em que o processo de ensino-aprendizagem ocorrem naturalmente.

    Por: Rogério Dantas de Souzal Educaçãol 25/06/2009 lAcessos: 982

    este texto vem apresentar um estudo relacionado forma de socialização do indivíduo perante a educação e as formas metodológicas como são passados os conteúdos nas escolas e como a educação é um processo de libertação do indivíduo na sociedade.

    Por: Rogério Dantas de Souzal Educaçãol 12/06/2009 lAcessos: 1,314

    Este artigo tem como finalidade apresentar as formas de comunicação e linguagem da elite e da classe trabalhadora tal como elas atuam na sociedade e sua influência na educação.

    Por: Rogério Dantas de Souzal Educaçãol 07/05/2009 lAcessos: 6,828
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast