A leitura e sua importância

Publicado em: 20/12/2011 |Comentário: 0 | Acessos: 105 |

Atualmente, o ensino de língua está no texto. Mas muitas pessoas ainda desconhecem os estudos que têm sido feitos nas áreas da psicolingüística e da lingüística textual ou conhecem, porém não tem ainda muito claro como colocá-los em prática em sala de aula.

Portanto, procura-se neste estudo reunir, na sua fundamentação, questões teóricas de diversas fontes sobre leitura e escritura de textos, bem como sobre outras questões relativas à textualidade, gêneros textuais, motivação e letramento que julgo serem necessárias para poder dá consistência a essa reflexão pedagógica.

Ressalta-se, porém, que este trabalho só traz idéias básicas, não eximindo a leitura das obras originais consultadas. Pelo contrário, espera-se que essas idéias trazidas sirvam de estímulo para a busca às fontes. De modo algum estou querendo passar receitas prontas, mas tentando servir como uma espécie de "pontapé inicial" para trabalhos com leitura diversos gêneros textuais em sala de aula.
A leitura, as práticas e as competências leitoras têm ocupado espaço considerável na educação e na mídia brasileira. Em 2003, o Brasil obteve desempenho insatisfatório em duas grandes pesquisas: uma de âmbito nacional - Instituto Paulo Montenegro - divulgou que 72% de jovens são alfabetos funcionais, ou seja, não sabem ler e escrever. Em outra internacional, o PISA - Programa Internacional para Avaliação de Estudantes, o país ocupou o 37o. lugar em letramento de leitura. Algumas ações têm tentado mobilizar escolas, professores, diretores e sociedade para mudar este quadro: PNLD - Programa Nacional do Trabalho Didático através dos módulos literários, o PNBE - Programa Nacional Biblioteca na Escola, campanhas como "Tempo de Leitura" e "Literatura em Minha Casa", entre outras. Estas iniciativas mostram algo em comum: a utilização de textos literários e a proposta para o uso de diversos tipos de textos nas ações voltadas para leitura. No entanto, nota-se que as instituições de ensino encontram dificuldades em fazer uso da literatura como objeto de leitura.


Entre vários problemas estruturais já tão denunciados pelas pesquisas e estudos realizados, ressalta-se aqui a questão da formação docente como um dos principais entraves a uma prática educativa de qualidade, especialmente no que se refere ao ensino da leitura. Entende se que, ainda que todos os quesitos ideais necessários a uma prática de ensino da leitura fossem efetivados na escola, indispensável seria a presença de professores leitores, que sentissem prazer na leitura, que fossem bem informados e instrumentalizados para tal prática.

O ensino da leitura e, particularmente, a importância da literatura na formação pessoal e intelectual do ser humano, encontram pouco espaço nos programas de formação inicial e continuada das escolas brasileiras. Este estudo pretende desenvolver atividades que convergem para ações voltadas diretamente para alunos e professores das séries iniciais do ensino fundamental.

Os objetivos gerais do estudo consistiu em formar o leitor autônomo (alunos e professores), através do estímulo à sensibilidade, criatividade e da formação do gosto pela leitura, contribuindo para a construção de uma cidadania plena. Prevê na motivação da leitura nas séries iniciais para a formação de leitores efetivamente comprometidos com a prática social. Tais objetivos podem ser traduzidos nas seguintes ações que vem sendo implementadas paulatinamente.

Contudo; este estudo definiu como importante o cultivo do espaço da biblioteca, através do Laboratório de Leitura, Literatura e Educação, como lugar onde a prática de leitura não esteja restrita à pesquisa e consulta, mas voltada para a satisfação de necessidades mais amplas do ser humano (culturais, afetivas, estéticas, etc.); Estimular o uso da literatura infantil como elemento essencial para a formação do leitor; Estimular o trabalho com a oralidade no texto literário, aproveitando o universo infantil para as várias possibilidades de leitura; Formar o professor das séries iniciais como contador de histórias e criar conjuntamente metodologias que proporcionem a formação do gosto; Acompanhar e orientar o trabalho desenvolvido por professores em sala de aula; Disseminar e multiplicar as metodologias para formação do leitor; Habilitar o aluno para consulta em bibliotecas (conhecimento de regras de funcionamento, cuidados com acervo, procedimentos para inscrição, consulta e/ou retirada de trabalhos, etc.);
Constituir acervo diversificado de literatura infantil e de material didático-pedagógico para alunos e professores, bem como produzir guias de leitura que auxiliem na seleção de obras literárias adequadas para o trabalho; expandir as formas de interpretação de textos escritos para diferentes campos de linguagem (teatro, artes plásticas, música, cinema, etc.). Proporcionar acesso de alunos  a novas tecnologias, como o computador, por exemplo, desmistificando seu uso e viabilizando-o como nova possibilidade de linguagem.

Avaliar artigo
4
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-online-artigos/a-leitura-e-sua-importancia-5503060.html

    Palavras-chave do artigo:

    conhecimento

    ,

    compreenssao

    Comentar sobre o artigo

    Há muito caso de sucesso na blogosfera, usando o AdSense, Programa de afiliados, Publicidades ou infoprodutos como fonte de rentabilização, e não são pouco os sucessos. Se você tem um blog ou pretende criar um, pode ter certeza você tem nas mãos uma das melhores formas de ganhar dinheiro usando a grande rede virtual mundial

    Por: Clesio Gracianol Internet> Marketing na Internetl 18/11/2011 lAcessos: 39
    William Pereira

    Assisto diariamente na televisão a cabo de Mossoró, a TCM, os canais History Channel e National Geographic, dois canais voltados para assuntos relacionados a ciência, meio ambiente, tecnologia, ecologia, medicina, religião, esportes, universo. Uma infinidade de temas realmente esclarecedores nas diversas áreas do conhecimento humano. Conheci nestes canais O LIVRO EGÍPCIOS DOS MORTOS E A RELIGIÃO DE MITRA, fiquei impressionado como estes dois fatores estão associados a criação da religião Crist

    Por: William Pereiral Religião & Esoterismo> Religiãol 30/11/2009 lAcessos: 1,484 lComentário: 3
    William Pereira

    O Ensino Religioso deve versar sobre todas as religiões e deuses (existem mais de dois mil deuses catalogados) existentes em todas as épocas, culturas e costumes, respeitando a faiza étaria do aluno, dar uma compreeenssão abrangente como surgem os deuses, Deus e as religiões. Pesquisar, refletir, estudar oferecendo uma visão geral do assunto e não se ater somente nas religiões e deuses da cultura ocidental.

    Por: William Pereiral Religião & Esoterismo> Religiãol 30/11/2009 lAcessos: 1,671
    Giseli Rodrigues de Matos

    Ser professor hoje é diferente, pois o mundo está em constante mudança, e as tecnologias criaram novos espaços do conhecimento, por conta disso a formação tem que ser permanente.

    Por: Giseli Rodrigues de Matosl Educação> Educação Onlinel 13/04/2015
    Giseli Rodrigues de Matos

    O paradigma da inclusão tem gerado inúmeras discussões e controvérsias; tanto, que é comum ouvir que a Educação Especial passa por um momento crítico. De fato, pode ser considerado crítico sob vários aspectos: Conceitual, pois o conceito de Educação Especial tem sido objeto de críticas, principalmente quando induz a pensar que a administração do atendimento educacional para esses alunos configura-se como subsistema à parte da educação geral.

    Por: Giseli Rodrigues de Matosl Educação> Educação Onlinel 13/04/2015 lAcessos: 13

    Com o desenvolvimento da informática no século XXI e a evolução da internet a Educação tem se apresentado como opção de qualificação, formação e inclusão digital, pois através dela pode-se concretizar uma formação inicial e continuada com uma flexibilidade e oportunidade de aprofundamento na temática estudada. Dentro desta realidade, por exemplo, a EAD que vem oferecer a profissionais como professores a oportunidade de inserir-se no mundo tecnológico, qualificar-se e proporcionar a oportunidade

    Por: Eliete Lopes Matricardil Educação> Educação Onlinel 27/03/2015 lAcessos: 17

    A tecnologia representa e codifica a realidade ampliado as possibilidades de participação direta das pessoas nas decisões que afetam sua vida cotidiana. Promovendo na comunicação uma mudança cooperativa e emancipadora, fortalecendo o exercício da cidadania numa relação dialética com a realidade. A educação é um importante contribuinte para o desenvolvimento econômico oferecendo oportunidades de melhores salário e qualidade de vida a todos os cidadãos.

    Por: Daniela Rosseti silval Educação> Educação Onlinel 19/03/2015 lAcessos: 15

    As leis de Inclusão e Acessibilidade no setor educacional surgiram, visando a integração das crianças com deficiências educacionais especiais, nas salas de aula das escolas comuns, porém os desafios enfrentados pelos gestores, professores e a família do aluno "especial" são muitas.

    Por: Lidia Alves dos Santosl Educação> Educação Onlinel 14/03/2015 lAcessos: 16

    A utilização da educação online como forma de democratização de educação para todos buscando uma formação permanente do educador.Potencializado os métodos e praticas pedagógicas de forma cognitiva desenvolvendo as tecnologia digital que fazem parte da realidade dos alunos nesta sociedade de informação

    Por: Daniela Rosseti silval Educação> Educação Onlinel 22/02/2015 lAcessos: 16

    Este artigo é um relato da experiência de ensino e aprendizagem que foi desenvolvido com alunos da terceira fase do primeiro ciclo do ensino fundamental da Escola Municipal "José Evaristo Costa", situada na Rua: José Caleira Vila, S/N, Bairro: São Francisco, CEP: 78260-000, Tel: (65) 3261 – 2291 na cidade de Araputanga-MT, por duas professoras alfabetizadoras em formação no PNAIC, Programa Nacional de Alfabetização na Idade Certa. Os alunos orientados pelas Professoras Maria Cristina e Silvana B

    Por: Silvana Bento de Melo Couto.l Educação> Educação Onlinel 04/02/2015 lAcessos: 19
    Paulo Cesar Tomaz

    Esse artigo procura discorrer sobre algumas das vantagens e desvantagens de se estudar na modalidade de Educação a Distancia.

    Por: Paulo Cesar Tomazl Educação> Educação Onlinel 08/12/2014 lAcessos: 66

    As dificuldades mais comuns que os alunos apresentam referem-se a problemas de decifração e compreensão. O problema mais sério de decifração é o daquele aluno que, não sabendo decifrar a escrita, põe-se a ler imitando os alunos e inventando uma fala. O professor deve, portanto, ensinar esses alunos a decidirem a escrever.

    Por: Elizabeth Pinheirol Educação> Educação Onlinel 20/12/2011 lAcessos: 108

    Constuma se dizer que o professor é um mediador entre o saber e o aluno. Ser um mediador é ajudar o aprendiz a construir seu conhecimento, passando a ele as informações adequadas, explicando oque tem de ser explicado. Estas explicações não devem referir se apenas ao conteúdo programático organizado pelo professor, de acordo com o curriculo, o que na prática representa a atividade de ensino.

    Por: Elizabeth Pinheirol Educaçãol 20/12/2011 lAcessos: 123
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast