Nacional Cabo=[Cabo Multiplexado ]= Pronta Entrega

30/07/2010 • Por • 236 Acessos
<!-- @page { margin: 2cm } P { margin-bottom: 0.21cm } -->

www.nacionalcabos.com.br F.19.330 82720

Cabo de Alumínio Multiplexado

(Padrão CEB Distribuidora)

<!-- @page { margin: 2cm } TD P { margin-bottom: 0cm } P { margin-bottom: 0.21cm } --><!-- @page { margin: 2cm } P { margin-bottom: 0.21cm } -->

1. OBJETIVO.

Esta EM padroniza as dimensões e estabelece as condições gerais e específicas dos cabos isolados multiplexados, para uso nas Redes de Distribuição Aéreas Isoladas de 380/220 volts da CEB, bem como em ramais de ligação aéreos.

2. NORMAS E/OU DOCUMENTOS COMPLEMENTARES.

Conforme NBR's 5118/85, 5471/86, 6238/80, 6241/85, 6242/80, 6251/86, 6252/80(NM-280), 6813/81, 6814/85, 6815/81, 6881/81, 7040/86, 7041/81, 7104/81, 7270/88, 7271/88, 7272/88, 7292/88, 8182/97, 9512/86, 10296/88, 11873/91, IEC 207, IEC 208 e demais normas relacionadas no relatório CODI 3.2.18.21.0, ou outras normas ou documentos que assegurem igual ou superior qualidade ao produto.

3. DEFINIÇÕES.

Conforme NBR 5471 e demais documentos técnicos citados no item 2.

4. CONDIÇÕES GERAIS.

4.1. Identificação:

4.1.1.Identificação dos condutores: Nos cabos com mais de um condutor fase deve haver identificação permanente das fases. Qualquer sistema à base de números, palavras ou frisos é permitido. No caso de números ou palavras, esta marcação deve ser a intervalos regulares de até 500mm.

4.1.2.Identificação do cabo: A superfície externa de pelo menos um dos condutores fase deve ser marcada, a intervalos regulares de até 500mm, com caracteres visíveis e indeléveis, que não favoreçam o trilhamento elétrico, contendo, no mínimo, as seguintes informações:

a) nome ou marca do fabricante;

b) número de condutores e seção nominal em mm2;

c) material do condutor fase (CA) e da isolação (XLPE);

d) classe de tensão, em kV; e

e) ano de fabricação.

4.2. Condições de utilização:

4.2.1.Os cabos multiplexados, isolados com material reticulado (XLPE), classe 0,6/1,0 kV, são próprios para uso em redes aéreas de distribuição de baixa tensão (380/220 volts) e ligação aérea de unidades consumidoras.

4.2.2.Devem ser adequados para operar a uma altitude de 1000 metros, em clima tropical, com temperatura ambiente de -5ºC a 45ºC, média diária não superior a 35ºC , umidade relativa do ar de até 100%, precipitação pluviométrica média anual de 1500 a 3000mm, sendo que ficarão expostos ao sol, à chuva e à poeira.

4.3. Condutores:

4.3.1 – Condutor fase

O condutor nú deve ter seção circular em cada fase e ser constituído por fios encordoados de alumínio, conforme NBR 7270 e NBR 7271.

Os condutores devem estar torcidos em volta do mensageiro com passo de reunião máximo de 60 vezes o diâmetro do condutor fase (NBR 6242).

4.3.2 – Condutor neutro ou mensageiro

O condutor nú deve ter seção circular e ser constituído por fios encordoados, conforme NBR 7270 e NBR 7271.

Dependendo da seção, deve ser cabo de alumínio (CA) para seções até 25 mm2, e alumínio-liga (CAL) para seções superiores a 25 mm2.

4.4. Isolação:

A isolação dos condutores fase deve ser constituída por composto extrudado à base de polietileno reticulado de espessura que garanta o nível de suportabilidade dielétrica exigida para o cabo (0,6/1,0 kV). Deve ser resistente às intempéries, trilhamento elétrico, radiação ultravioleta e abrasão.

A isolação deve ser facilmente removível e estar justaposta ao condutor, com a espessura mínima fixada na tabela 1.

Quando a isolação for composta de mais de uma camada, estas devem ser totalmente aderentes entre si, de modo a evitar a ocorrência de descargas parciais no cabo.

O condutor neutro não deve ser isolado.

<!-- @page { margin: 2cm } P { margin-bottom: 0.21cm } -->

Perfil do Autor

Nacional Cabos

Maiores informações. www.nacionalcabos.com.br Fone (19) 3308 2720 E-mail. vendas@naionalcabos.com.br Msn. nacionalcabos Skype. nacionalcabos