Paulo Freire e a AUTONOMIA

Publicado em: 27/08/2010 |Comentário: 0 | Acessos: 393 |

De acordo com a proposição de Jacotot, o aluno se emancipa a partir do momento em que pode aprender, sem mestre, apenas pela tensão de seu próprio desejo. Na proposta de emancipação intelectual, o mestre encaminha o aluno para utilizar sua própria inteligência. Jacotot percebeu que a aprendizagem vinculada a explicação não é absolutamente necessária. Na proposta de Jacotot, quem quer emancipar um homem deve interrogar a maneira dos homens e não a maneira dos sábios., perguntando o que ele pensa a respeito disso ou daquilo.

Paulo Freire critica o metodo Socratico e o nomeia como metodo bancario. Em sua proposta de ensino aprendizagem esta o dialogo entre as culturas socio-economicas e as questões humanas que permeiam e influenciam diretamente e educação e o processo de aprendizagem de um povo. A proposta de Freire afirma o que os individuos spodem se e educar entre si mediados pelo meio em que vivem ou convivem inseridos como sujeitos e protagonistas de seu desenvolvimento e aprendizagem. Freire ousou afirmar que ninguém educa ninguém, com esta proposta de se fazer ouvir objetivou democratizar a educação sendo esta propulsorade justiça social, incluindo os excluidos e emancipando assim a cultura educacioonal como forte fonte de expressão do movimento em combate ao conteudismo e a transmissão de conhecimentos por um professor ensinante. A educação é um processo de conscientização humana e o reconhecimento do ser enquanto ser unico, individual, e cheio de conhecimentos e habilidades em diversos aspectos  da vida o torna aprendente e assim,dialoga  entre as praticas de Freire para uma educação da massa nacional brasileira.

O modelo de ensino e aprendizagem dos sofistas em nada se assemelha à metodologia EAD a não ser pela preocupação em propagar o saber e valorizar a educação e a democracia.

Já o modelo de ensino e aprendizagem de Sócrates tem em comum com a  metodologia EAD a postura ativa do aluno diante do processo de ensino e de aprendizagem, não existindo a figura centralizadora do mestre.

A proposta Lacaniana de que o trabalho próprio da escola, em sua relação à verdade, passe pelo cartel tem em comum com a EAD é o trabalho do próprio aprendiz o que mais importa. O orientador é mais um entre os aprendizes e cada membro do pequeno grupo tem de incluir sua própria condição de pensamento no processo de aprendizagem. O mestre, nesse sentido, acompanha o aprendizado do aluno, favorecendo a autonomia do mesmo.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/educacao-online-artigos/paulo-freire-e-a-autonomia-3144276.html

    Palavras-chave do artigo:

    paulo freire

    ,

    autonomia

    ,

    filosofia

    Comentar sobre o artigo

    Paulo Freire foi importante pensador e pedagogo brasileiro que se notabilizou pelos estudos referentes ao uso da Educação como ferramenta de inserção da população adulta como membros úteis da sociedade.Embora seus estudos se referissem apenas à adultos provenientes de classes sociais desfavorecidas, seus pensamentos representam importante contribuição à Educação em geral inclusive de crianças

    Por: Poti Chimetta Havrennel Educação> Ciêncial 14/05/2012 lAcessos: 265

    RESUMO O objetivo deste trabalho é apresentar a vida e obra do educador Paulo Freire abordando sua concepção embasada na pedagogia Libertadora, através da qual ele defendeu a liberdade do ser humano a partir do processo de alfabetização que favorecia a aprendizagem e a conscientização do mesmo. Enfatiza-se a importância dada ao conhecimento que o indivíduo traz consigo na leitura das obras de Paulo Freire analisando-as como possível ideia de inovação pedagógica que quebre este paradigma fabril d

    Por: Maria Lúcial Educação> Ensino Superiorl 13/07/2012 lAcessos: 196
    shirleidy de sousa freire

    A avaliação é parte importante do processo de ensino e aprendizagem. Na atualidade pode-se observar que várias escolas estão abrindo as portas para a avaliação diagnóstica, processual, formativa, ajudando na aprendizagem e no desenvolvimento dos alunos em sala de aula. Sabe-se que os estudos têm evidenciado que na historia da humanidade mostram que desde o momento em que a comunidade primitiva procurou relatar a seus semelhantes fatos que para eles eram importantes ou de alguma maneira uteis.

    Por: shirleidy de sousa freirel Educação> Ensino Superiorl 18/12/2012 lAcessos: 155

    Este texto diz respeito ao estudo das práticas educacionais como elemento de transformação social, com o objetivo de investigar a educação crítica para a conscientização e formação da autonomia dos estudantes. Nele está presente o posicionamento dos sujeitos da prática educacional, sobre a relação entre escolarização, formação autônoma e crítica e transformação social.

    Por: Elisabete Santosl Educaçãol 14/06/2010 lAcessos: 3,946 lComentário: 1

    O artigo propõe uma reflexão sobre o uso do conceito de cultura como manutenção de certos costumes e hábitos e inferiorização de outros, diferenciando o que é ou não verdadeiro, o que é bom e o que é mau, o que deve ou não ser valorizado. Após a reflexão teórica pretende-se possibilitar a conscientização o valor das diferentes expressões culturais, reconhecendo que não há formas culturais melhores ou piores, mas diferentes. Deste modo, espera-se que o educador paute sua prática com respeito às d

    Por: Bruno Carrascol Educaçãol 21/02/2013 lAcessos: 95
    Rogério Ferreira Leite

    Este trabalho contém as premissas básicas para que o educador atinja plenamente o objetivo de proporcionar aos seus alunos uma formação adequada às exigências do século XXI.(PARTE 1)

    Por: Rogério Ferreira Leitel Educação> Ciêncial 15/07/2010 lAcessos: 12,779
    Claudio Bezerra de Menezes

    Ao considerar como antecedente de nossa tese de doutorado a Dissertação "EDUCAÇÃO, DIREITOS E CIDADANIA NA PERCEPÇÃO DA POPULAÇÃO DE FORTALEZA, DOS PROFESSORES MUNICIPAIS E UNIVERSITÁRIOS DE FORTALEZA, DOS PROFESSORES MESTRANDOS E DOUTORANDOS"; elegemos o tema: "Gestão e Democracia na Escola Pública: uma percepção Freireana..." no intento de averiguar o interesse docente em discutir, estimular e inserir valores freireanos em sua prática pedagógica em prol de uma gestão escolar fraterna...

    Por: Claudio Bezerra de Menezesl Educação> Ciêncial 22/12/2012 lAcessos: 46

    Apresentação de algumas questões referentes à formação docente universitária, mas precisamente, identificar as atitudes na prática docente que o transforme em um intelectual transformador. Para isso, foi tomado como base legal a legislação atual sobre a formação de professsor universitário. Destacou-se os processos seletivos nas universidades de âmbito públicas e privadas no Munícipio de Niterói, do Estado do Rio de Janeiro. Evidenciou-se as concepções de docente como intelectual transformador.

    Por: Ana Paula Moreira Machadol Educação> Ensino Superiorl 21/05/2009 lAcessos: 12,750 lComentário: 6
    Alinne do Rosário Brito

    O presente trabalho se pautou em observações e na experiência docente na possibilidade de se construir uma escola que se preocupa com a realidade de sua comunidade, através de projetos de intervenções que auxiliem a renda familiar ocasionando saberes pertinente aos âmbitos econômicos, sócio e cultural, na perspectiva de transformação social

    Por: Alinne do Rosário Britol Educaçãol 23/07/2012 lAcessos: 166
    Lucileno Matos

    Este artigo tem como objetivo geral "Analisar as condições socioeconômicas do município de Imbituba". O trabalho fez uso da pesquisa bibliográfica e se enquadra como pesquisa básica com abordagem qualitativa do tipo estudo de caso. Como resultado, a pesquisa apontou a importância do desenvolvimento econômico para Imbituba, e que, para a análise da economia de um País, Estado ou Município, há a necessidade da adoção de indicadores: populacionais; sociais; econômicos; e infraestrutura.

    Por: Lucileno Matosl Educação> Educação Onlinel 14/08/2014 lAcessos: 20

    Admite-se que nossa inteligência compreende dois tipos de lógica, duas formas de processar a realidade

    Por: Central Pressl Educação> Educação Onlinel 28/07/2014

    A importância do autodidatismo é ignorada por muitos. E desprezada por outro tanto. Muitos pensam que quem não quer estudar se transforma muitas vezes em autodidata. O que ocorre é exatamente o contrário, somente os que gostam de estudar têm condições de se tornarem um autodidata. Somente aqueles que sabem da importância dos estudos, da indispensabilidade dos estudos, somente estes - repetimos - têm a necessária força e disposição para se tornarem um autodidata.

    Por: Ebenézer Anselmol Educação> Educação Onlinel 26/06/2014 lAcessos: 12

    As dificuldades de aprendizagem podem ser explicadas pelas limitações dos sujeitos em processar ou utilizar, adequadamente, as informações que recebem do meio, mostrando-se como incapazes de aprender, de compreender, de ler, escrever, calcular, de conservar, reunir, ordenar, classificar, abstrair, etc.

    Por: Manoel Oliveira de Souzal Educação> Educação Onlinel 23/06/2014 lAcessos: 16

    Não podemos falar em avaliação educacional escolar, sem fazermos uma análise do sistema educacional já que a avaliação é uma peça de engrenagem desse sistema. E dentro dessa perspectiva de reprodução da sociedade, surgem as diversas tendências com este objetivo. A atual prática da avaliação educacional está muitas vezes ainda a serviço de um entendimento teórico-conservador da sociedade e da educação.

    Por: Delimar da S. F. Magalhãesl Educação> Educação Onlinel 22/06/2014 lAcessos: 20

    A educação autêntica é investimento na busca de superação das condições de degradação, de opressão e de alienação, é esforço sistemático e intencionalizado de emancipação dos homens que nelas eventualmente se encontrem.

    Por: Delimar da S. F. Magalhãesl Educação> Educação Onlinel 22/06/2014 lAcessos: 14
    Bruno Scarpa

    O artigo aborda a evolução dos meios de comunicação da educação a distância ( EaD ). Será realizado uma síntese das modificações sofridas ao longo do tempo para que a modalidade de ensino a distância pudesse se adequar as exigências impostas pela globalização.

    Por: Bruno Scarpal Educação> Educação Onlinel 21/06/2014 lAcessos: 11
    Plinio Lessa

    Manual do Garçom Quem é o garçom? A figura tradicional e simpática, que ajuda a fazer a história de bares e restaurantes famosos, apresenta hoje em dia muitas outras facetas? Sim. Um garçom pode ser empresário, pode lançar tendências, pode fazer escola. Garçons com muito tempo de experiência apresentam suas respostas. Falam da profissão com orgulho e destaca o quanto a

    Por: Plinio Lessal Educação> Educação Onlinel 10/06/2014 lAcessos: 12
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast