A ADMINISTRAÇÃO E O ADMINISTRADOR: VISÃO GERAL

Publicado em: 19/12/2010 |Comentário: 0 | Acessos: 3,861 |

A ADMINISTRAÇÃO E O ADMINISTRADOR: VISÃO GERAL

Silvana Maria Bernardo

Silvanabernardo_@hotmail.com

FATIN

Resumo

Este trabalho foi elaborado pela aluna do 6º período do curso de Administração de Empresas da Faculdade de Teologia Integrada – FATIN, com base no capitulo 1 do livro TGA (teoria geral da administração), uma visão geral que engloba administração e administrador. Que nos oferece contextos conceituais de administração e desempenho por meio da eficiência, eficácia e efetividade. Oferece-nos também condições de definir a administração como uma consciência ou, seja que os administradores tenham conhecimentos específicos de psicologia, filosofia e sociologia economia. É de também afirmar que administração é uma arte que proporciona o desenvolvimento das habilidades conceituais, humanas, técnica comportamentais, políticos organizacionais e de planejamento.

 

Palavra chave: planejar, organizar e desenvolver.

 

 

Desenvolvimento da Administração e o Administrador.

Após ler o capítulo 1, do livro teoria geral da administração observo claramente que destina-se a  nos oferecer conhecimento através dos contextos conceituais de administração e desempenho por meio da eficiência, eficácia e da efetividade. Portanto administração é uma questão ímpar cheio de desafios que exige de nós um trabalho em equipe para que possamos atingir os objetivos comuns das equipes e das organizações. No entanto afirmo que a eficiência está totalmente relacionada idéia de racionalidade econômica que demonstra a coerência entre os meios e os fins e quando isto acontece, concluímos que a empresa é eficiente,conseguiu atingir os seus objetivos consegui também observar a administração como uma ciência, uma arte e uma profissão.

Como ciência cheguei a conclusão que administração recebe influência das outras ciências tais como: Psicologia, Filosofia, Sociologia e Economia, sendo que psicologicamente o administrador precisa compreender as manifestações comportamentais entre uma pessoa e outra dentro e fora das organizações. Quanto ao fundamento sociológico o administrador terá conhecimento da sociedade humana e os processos que interligam as pessoas em grupos, associações e instituições, contribuindo para o processo de interação podendo se estabelecer nas mais variadas situações.

Quanto ao fundamento Filosófico, o administrador terá uma imagem do pensamento humano e da realidade que este encontra se inserido. Quanto ao fundamento econômico ajudam o administrador a compreender as relações que ocorrem com a produção e a troca de mercadorias.

E porque não afirmamos também que além da administração ser uma ciência, ela é também acima de tudo uma arte. No entanto a administração é a arte que proporciona o desenvolvimento das habilidades, conceituais humanas, técnica comportamentais políticas organizacionais e de planejamento, visando a transformações de conhecimentos em ações prática.

A Administração Como Profissão.

 

Após a evolução da tecnologia proporcionada pela Revolução industrial, os processos de gestão já eram estudados por ilustres pensadores tais como: Adam Smith em 1976. James Watt em 1800 e outros.  No Brasil a administração começou a ser disseminada em 1931, pelo Instituto de Organização Racional do Trabalho IDORT- em São Paulo e entre outras escolas que surgiram. Finalmente em 9 de setembro de 1965, com a Lei 4.769 foi criada a profissão de Administrador no Brasil, que foi regulamentada pelo Decreto nº 61.934 de 24 de Fevereiro de 1966, continuando, vamos nos deter nas funções básicas de um administrador, que são: Planejar, Organizar,Dirigir, Controlar.  E para que estas funções produzam resultados satisfatórios, faz-se necessário se utilizar do feedback, que lhe oferece condições para realizar ajustes segundo a contingência interna ou externa.

O administrador é uma pessoa fundamental para qualquer tipo de organização. Sendo que nas organizações, os níveis organizacionais que são estratégicos, tático e operacional. O nível estratégico é representado pela cúpula, ou seja, o presidente, o administrado pensa mais do que executa. Preocupando-se com o que pode acontecer a empresa se não conhecer as implicações das decisões estratégicas que estará tomando. Quanto ao nível tático, que é representado pela gerência, que se responsabiliza pela articulação do que é feito em cada subsistência da empresa, como por exemplo recursos humanos, marketing, finanças atuando como um multiplicador procurando alinhar todos os níveis. Quanto ao nível operacional, faz se necessário que o administrador tenha um conhecimento técnico para orientar e dirigir os funcionários na execução das atividades no cotidiano industrial.

Quanto às habilidades de um administrador, segundo Katz que a técnica, humana e conceitual. Sabemos perfeitamente da necessidade do administrador conviver com as mais diversas complexidades exigindo maturidade, e capacidade para avaliar pessoas e situações, afirmamos que sem as habilidades de gerenciamento é impossível, organizar a empresa para receber, utilizar e explorar os conhecimentos adquiridos externamente. No entanto nos certificamos que se faz necessário que o administrador para ser um bom administrador necessita das habilidades gerencias, as quais são:

Liderança, capacidade de orientar, incentivar, influenciar e inspirar confiança na equipe.

Comunicação, capacidade de se comunicar com clareza à equipe as informações necessárias.

Negociação, capacidade de negociar com  varias entidades fornecedoras de tecnologia, e todos envolvidos no processo.

Técnica, capacidade de entender as tendências tecnológicas e o ambiente de negócios da empresa e ter credibilidade com os engenheiros da empresa,

Empreendedor, capacidade de gerar um ambiente de desafio de encorajar a experimentação e a inovação, estimular na  utilização de novas técnicas.

Coordenação, resolver conflitos, mobilizar esforços e alocar recursos.

Quanto as habilidades do administrador e os principais papeis frente as condições de incerteza imprevisibilidade e instabilidade, concluímos no entanto que o administrador deve ter a capacidade de abstração, principalmente, do desenvolvimento do pensamento sistemático, ao contrario da compreensão parcial e fragmentada dos fenômenos da criatividade, da curiosidade da capacidade de pensar múltiplas alternativas para a solução de um problema, trabalhar em equipe, estar disposto a receber criticas.

As organizações são sistemas que interagem e se relacionam com o ambiente direto e indireto. Observam-se também as organizações que podem afetar o ambiente externo e do outro podem ser afetadas pela dimensão do ambiente direto e indireto, bem como pelo ciclo de vida em que se encontram. De outro as tendências relevantes para o século XXI frente a globalização que estão afetando a forma de se fazer negócios  como o sistema de estruturação  das organizações.

 

Finalizando, afirmamos que uma administração de sucesso deva-se apoiar-se em três habilidades básica que são a técnica, a humana e a conceitual. Muito embora estejam interligados, há uma necessidade de conhecer cada uma em separado.

 

 

 

CONCLUSÃO

 

Afirmo que após a conclusão do trabalho conseguir observar diferenças entre administração e administrador, como também as situações em que a administração é uma ciência e uma arte. Reconhecendo também a diferença entre eficiência, eficácia e efetividade. O bom administrador é aquele que planeja, organiza, dirige e controla, com base nas habilidades técnica, humana e conceitual.

REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS

Fonte de pesquisa.

Teoria geral da administração

Capítulo 1

Autores:

*Rui Otavio Bernardes de Andrade

*Nério Amboni

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/ensino-superior-artigos/a-administracao-e-o-administrador-visao-geral-3877789.html

    Palavras-chave do artigo:

    palavra chave planejar

    ,

    organizar e desenvolver

    Comentar sobre o artigo

    Luiza Soares e Soares

    O artigo tem por finalidade a reflexão relacionada às vantagens e desvantagens do projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados. O estudo se iniciará a partir da década de 1970, com a criação do primeiro curso de Turismo pela Faculdade de Turismo do Morumbi. Através da análise artigos relacionados ao assunto e leitura minuciosa do projeto de lei a ser aprovado, serão analisados alguns pontos cruciais como o porquê de ainda não ter sido aprovado e qual a abrangência do mesmo!

    Por: Luiza Soares e Soaresl Turismo e Viageml 20/02/2013 lAcessos: 143

    Sendo o Projeto Pedagógico um documento referencial para o desenvolvimento de um ensino de qualidade, o estudo aborda a importância da participação do professor na sua elaboração e na sua implementação. A pesquisa se baseia em nossa experiência em educação no Ensino Fundamental e Infantil onde percebemos que não é comum a participação dos docentes nos planos da escola, principalmente, o Projeto "Político" Pedagógico, e que o mesmo quase sempre não está à disposição da comunidade escolar. Assim,

    Por: Neide Pena Cárial Educação> Ensino Superiorl 26/06/2011 lAcessos: 12,665

    RESUMO O artigo aqui apresentado tem como objetivo, descrever, relatar, discutir a importância das lutas como forma pedagógica possível na cultura e na formação social de estudantes. Identificamos que as lutas se fazem presente e pode se manifesta de varias formas: o ato de se sentir oprimido, acuado, fome, injustiçado, sosobrevivência, defesa, conquista. Mudanças se fazem através de elaboração de metodologias inovadoras, pois a pratica das lutas atua como válvula de escape.

    Por: jose pinto da silval Educação> Educação Infantill 08/04/2010 lAcessos: 610

    O objeto do presente estudo são as possíveis comparações entre o regime escravocrata e a linha administrativa adotada pelas empresas contemporâneas. A pesquisa teve o cunho de apontar indícios de uma forma de escravidão tácita no ambiente interno das organizações. Analisou-se o período escravocrata, até a chegada das empresas estruturadas de forma administrativa e burocrática. As duas fases foram pesquisadas para que se pudesse verificar a hipótese de que as organizações precisam melhorar...

    Por: Jose Evaristo de Souza Netol Notícias & Sociedade> Cotidianol 27/06/2008 lAcessos: 3,777

    RESUMO A educação brasileira encontra-se num momento de crise, pois, a função da escola vem mudando gradativamente, com essa mudança os professores estão sendo sobrecarregados durante o desenvolvimento de seu trabalho, já que além de ter que repassar seu conhecimento acadêmico, tem tido que repassar valores que até pouco tempo eram recebidos em casa, de seus responsáveis.

    Por: Eraldo Pereira Madeirol Educação> Educação Onlinel 27/09/2010 lAcessos: 17,871 lComentário: 2

    Este artigo tem como objetivo demonstrar o papel do RH e sua importância para implantação da administração participativa como uma estratégia de inovação. Mostrando que a valorização de idéias criativas pode ser fundamental para a inovação, apontando os benefícios que atitudes inovadoras podem produzir a partir da adoção do modelo de gestão participativa. O tema foi fundamentado de acordo com a visão de diversos autores. Os temas mais relevantes são: Gestão de pessoas, administração participativa

    Por: Erika Cristina Coelhol Negócios> Gestãol 17/06/2011 lAcessos: 2,827

    Para enquadra-se no novo cenário da economia mundial, as organizações foram obrigadas a encontrar uma solução que possa juntar eficiência na produção e prestação de serviço com menor custo possível, e assim foi criada a produtividade. Com o avanço da tecnologia foram desenvolvidas diversas ferramentas de planejamento e controle, e também equipamentos e softwares para agilizar os processos de controle e produção, garantindo maior precisão nas informações e segurança no processo logístico.

    Por: Caroline Vilelal Negócios> Gestãol 21/11/2014

    Resumo: Este Trabalho de Conclusão do Curso de Pós-Graduação buscou pesquisar a Gestão Escolar e a Função Social da Escola, tendo por objetivo investigar a relação do processo escolar com o cumprimento da função social da escola e do gestor como elemento determinante para o bom clima organizacional.

    Por: maria das Graças Ribeirol Educaçãol 10/04/2011 lAcessos: 6,447
    Bárbara Pereira Alves

    No respectivo trabalho, abordaremos como se processa o recrutamento e a seleção de pessoas e o intuito de tais abordagens, de modo que possamos nos aprofundar no Processo de Recursos Humanos. O presente trabalho se desenvolve relatando questões da organização e principalmente das "pessoas", afinal, o mais importante é o capital intelectual, e não o financeiro. Recrutamento e Seleção como iremos discutir adiante, são "processos de atração" e a escolha geralmente não são simples.

    Por: Bárbara Pereira Alvesl Carreira> Recursos Humanosl 30/05/2014 lAcessos: 67

    A descoberta dos números surgiu através de estudos sobre a humanidade e como se processa a aprendizagem da matemática em nosso cérebro.

    Por: ANA MARIA LIBARDIl Educação> Ensino Superiorl 16/11/2014

    O uso do computador e internet para realização de trabalhos escolares e acadêmicos tornou-se prática cotidiana. A internet é, atualmente, uma fonte quase que inesgotável de informações e referências. Isso gerou algumas situações características...

    Por: Valter Ribeirol Educação> Ensino Superiorl 16/11/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Da cosmologia grega. As não substancialidades. Das essências. Tudo flui. Nada persiste o mesmo. Nem mesmo a mudança. O ser não é mais. O que virá a ser. Apesar de ser o futuro. A negação do eterno presente. Do mesmo modo o mundo. E todas as formas de movimento. A vida é uma eterna transformação. Nada se sustenta em si mesmo. Acepção do entendimento.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 16/11/2014

    O termo reciclagem em geral, quer dizer, o retorno da matéria-prima, sendo usado pela população para indicar o conjunto de operações envolvidas no aproveitamento dos dejetos/detritos e seu futuro reaproveitamento. A intenção principal este projeto foi conscientizar e sensibilizar os alunos de que a participação efetiva é indispensável para a obtenção de um meio ambiente saudável, que promova o desenvolvimento sem destruir os recursos naturais.

    Por: Patrícia Maria Barros Piovezanl Educação> Ensino Superiorl 14/11/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    A indiferença do povo brasileiro, em relação à Segunda Guerra Mundial, o governo de getulista desenvolve a compaixão popular, como forma de sustentação no poder, com o objetivo de ter em mãos o Estado.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 14/11/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Certa vez disse Einstein. A respeito da epistemologia. É necessário desenvolver centenas. De análises. Para que algum pensamento. Possa ter fundamento. Mas de certo modo, o conhecimento profundo. É apenas intuitivo. Desse modo pude chegar à natureza. Da essência do fundamento do mundo.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 13/11/2014

    A Federação Nacional das Escolas Particulares (FENEP), em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), publica documento de análise e construção de um marco quantitativo destinado ao setor educacional privado, de extrema utilidade para estudiosos e pesquisadores educacionais, tanto dos setores privado quanto público.

    Por: Central Pressl Educação> Ensino Superiorl 13/11/2014
    Zilda Ap. S. Guerrero

    Nessse artigo nossa abordagem será em torno da alfabetização das crianças de escolas públicas e a adoção do construtivismo enquanto metodologia e não como concepção de Piaget, face a exposição das crianças no campo da observação e experimentação.

    Por: Zilda Ap. S. Guerrerol Educação> Ensino Superiorl 11/11/2014 lAcessos: 11
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast