A etica na educação - valores humanos

Publicado em: 12/12/2011 |Comentário: 0 | Acessos: 965 |

INTRODUÇÃO

Na vida profissional, milhares e milhares de pessoas trabalham com valores que não correspondem apenas a bens materiais. Há outros tipos de valores com os quais lidamos diariamente e que o dinheiro não compra: são os valores éticos e morais. A ética é o que traça sua linha de conduta, ela esta o tempo todo presente em nossas vidas familiares, no ambiente profissional e em cada minuto do dia a dia. Desde o momento em que acordamos e levantamos da cama, somos constantemente abordados por situações que colocam a prova o comportamento ético.  

Viver em sociedade nada mais é do que conviver com as pessoas que fazem parte dela e este convívio é repleto de desafios, superações e exercícios de tolerâncias. A ética é necessária entre duas ou mais pessoas em relacionamentos pessoais e profissionais de natureza individual (particular) e coletiva; em sua estrutura familiar, empresarial, enfim em todas as áreas.

Assim podemos afirmar, a questão ética começa com o nosso nascimento, é comum a expressão que educação, valores, religião, classe econômica e social, crenças vem de berço, ou são herdados.

Durante o desenvolvimento do individuo, há diversos fatores que podem influenciar sua maneira de construir as referencias éticas: os ensinamentos transmitidos pela família, a escola, os grupos de amigos.

Outro fator importante na formação ética das pessoas é o tempo de experiência, pois pela convivência com diferentes pessoas, há contato com outros saberes e os indivíduos passam a visualizar o mundo com outros olhos atribuindo outros valores a coisas ou pessoas.

Sendo assim, é ético tudo o que está em conformidade com os princípios de conduta humana, de acordo com o uso comum.

2.REVISÃO DE LITERATURA

INTRODUÇÃO À ETICA E A MORAL

A moral surgiu quando o homem primitivo passou a viver em grupo e as primeiras regras apareceram com a formação das primeiras sociedades humanas. Sua finalidade era dar harmonia, possibilitando a convivência em sociedade. A ética é uma ciência que estuda a forma de comportamento nas sociedades, onde o bem-estar deve estar em primeiro lugar; assim podemos afirmar que a necessidade ética originou-se com o homem em sociedade.

O termo "ética" é proveniente do grego "ethos", que tem como significado original "caráter" e que designa tanto a realidade como o saber, relacionados com o comportamento responsável em que entram em jogo a bondade ou a maldade da vida humana.

Para ter uma idéia de quanto esse tema é antigo na história da humanidade, religiões da Assíria e do Egito, cerca de 600 a.C., já regulavam e orientavam as decisões comunitárias com base em preceitos morais. Depois o judaísmo, o cristianismo, o budismo, o hinduísmo, o islamismo e as demais religiões deram continuidade a essa busca por estabelecer linhas de conduta baseadas em preceitos éticos e morais. Esse assunto era sagrado. Mas não confunda moral e ética, pois não são simplesmente preceitos fundamentados pelas religiões, e sim, são mecanismos racionais que conferem respeito e boa condução às relações humanas.

A moral é um fato histórico e, por conseguinte, a ética, como ciência da moral, não pode concebê-la como um aspecto da realidade humana mutável com o tempo, pois enfoca o modo comportamental do homem.

Embora os termos sejam similares, é importante que haja uma distinção clara entre os termos. De acordo com Glock e Goldim(2003, p.2-3):

A moral estabelece regras que são assumidas pela pessoa, como uma forma de garantir o seu bem-viver. A moral independe das fronteiras geográficas e garante uma identidade entre pessoas que sequer se conhecem, mas utilizam este mesmo referencial moral comum.

                                       A ética é o estudo geral do que é bom ou mau. Um dos objetivos da Ética é a busca de justificativas para as regras propostas pela moral e pelo direito. Ela é diferente de ambos moral e direito pois não estabelece regras. Esta reflexão sobre a ação humana é a que caracteriza.

Bucci(2004), em seu livro sobre ética é imprensa, diz que:

                                       Ao contrário da moral, que delimita o que é bom e o que é ruim no comportamento dos indivíduos para uma convivência civilizada, a ética é o indicativo do que é mais justo ou menos injusto diante de possíveis escolhas que afetam terceiros.

            A necessidade de ajustar o bom comportamento aos interesses da coletividade leva em consideração tudo aquilo que contribui para reforçar a união ou a atividade comum; mau ou perigoso o oposto; o qual contribui para delimitar a união. Estabelece-se o que é "bom" e o que é "mau", deveres e obrigações baseados naquilo que se considera bom ou útil para a sociedade. Moral única e válida  ara todos limitada pela própria dimensão.

Para Rodrigues e Souza (1994, p.13) "a Ética é um conjunto de princípios e valores que guiam e orientam as relações humanas". Esses princípios devem ter características universais, precisam ser validos para todas as pessoas e para sempre. É uma definição simples: um conjunto de valores, de princípios universais, que regem as relações das pessoas.

ETICA E EDUCAÇÃO

Ética na educação tem como objetivo formar um indivíduo consciente de seus deveres e direitos dentro de uma sociedade, sendo uma ação interativa por intermédio de informações, comunicação, diálogo entre os seres humanos, por tudo isso a ética esta comprometida.

A Escola é co-responsável na formação do indivíduo reforçando os valores necessários para a boa formação ético moral. E hoje percebe que a construção moral e a educação ética esta ficando um pouco de lado.

A Educação esta na base do esforço para fazer do individuo um homem bom e do sujeito um cidadão exemplar.  

O educador possui um papel fundamental na formação ética e moral do indivíduo, principalmente na educação infantil, onde inicia-se a vida escolar Não ensina-se moral e ética, vivencia-se.

É preciso compreender os fundamentos da ética e da moralidade e como seus principios e normas podem ser trabalhados na escola e na comunidade.

Introduzir no planejamento escolar o trabalho sistemático e intencional sobre valores desejados pela nossa sociedade como por exemplo: Respeito Mútuo, repudiando a toda forma de humilhação e violência,  dignidade, justiça, diálogo entre alunos mediante o trabalho em grupo, privilegiando a solidariedade e não a competição, igualdade, convívio democrático.

A ética, a Escola e o Professor

Procurei fazer a distinção entre ética e moral tecendo considerações sobre ética na educação como valores humanos e humanizadores, apontaremos agora algumas sugestões de agregar ética, escola e professor:

Preparar o aluno para o pluralismo;

Aceitação de si mesmo;

Comunicação eficiente;

Solução de conflitos;

Compreensão das diferenças intelectuais;

Base de educação ética;

Diferença de regras coletivas e individuais;

Análise de conhecimentos compreendendo os motivos;

Nestes apontamentos o professor poderá:

Aceitar-se, entender-se como modelo;

Ser mediador;

Ser capaz de explicar sua visão ética;

Saber pensar dilemas éticos;

Promover relação de empatia entre e com os alunos;

Ser capaz de mobilizar os alunos para boa ação.

3.METODOLOGIA

A construção metodológica deste artigo está fundamentada nas seguintes referências: Glock, Rosana Soibelmann, Bucci Eugênio, Rodrigues Carla, Chaui M. Vazquez Adolfo e Pequeno Marconi. Desenvolvido também através de leitura em revistas, artigos periódicos e na internet. Proporcionando reflexão, experiência de questionamentos sobre os valores, temas e problemas do campo da ética. Como mediador no processo educacional, oferecendo condições e competências de pensamento na formação dos valores humanos.

"Não é possível refazer este país, democratizá-lo, humanizá-lo,
torná-lo sério, com adolescentes brincando de matar gente,
ofendendo a vida, destruindo o sonho, inviabilizando o amor. Se
a educação sozinha não transformar a sociedade, sem ela
tampouco a sociedade muda."

                                         Paulo Freire

4.CONCLUSÃO

Conforme com os Parâmetros Curriculares Nacionais a distinção que se faz coevo entre ética e moral tem a intenção de destacar o caráter crítico da reflexão, que permite uma lonjura da ação, para analisá-la incessantemente e reformulá-la, sempre que necessário. Por ser ponderada, a ética tem, sem dúvida, um caráter teórico. Isso não significa, entretanto, que seja abstrata, ou metafísica, despegada das ações concretas. Não se realiza o gesto da reflexão por mera vontade de fazer um "exercício de crítica". A crítica é provocada, estimulada, por problemas, questões limites que se enfrentam no cotidiano das práticas.

No âmbito escolar, a ética faz-se presente em momentos imensuráveis, uma vez que está vinculada às relações que se processam entre esses atores.

Sendo assim compreendemos que a  ética  está estabelecidas entre os seres humanos e a valorização das relações interpessoais. A partir daí busca-se o respeito recíproco criando um espaço de discussão, aberto ao diálogo possibilitando aos envolvidos no processo de ensinar e aprender a compreensão da ética como centro condutor das atitudes morais.

Por fim, foi salientada a valorização do diálogo enquanto uma prática possível e viável para a solução dos problemas escolares vislumbrando a pretensão de que a escola possa um dia aprender a trabalhar com as diferenças onde todos sejam possuidores de direitos e deveres, sentenciando o fim das desigualdades.

REFERENCIASBIBLIOGRAFIA

GLOCK, Rosana Soibelmann; GOLDIM, Jose Roberto. Ética Profissional é compromisso sócial. Mundo Jovem. Porto Alegre, v.41 n. 335, p. 2-3

BUCCI, Eugenio. Sobre Etica e imprensa. São Paulo 2. Ed Companhia das Letras, 2004

RODRIGUES, Carla; SOUZA, Herbert de. Ética e Cidadania, São Paulo; Moderna, 1994.

CHAUI, M de S. Convite à Filosofia.São Paulo:Ática, 2005.

VAZQUEZ, Adolfo Sanchez, Ética. São Paulo: Ática, 1986.

PEQUENO, Marconi. Ética, educação e cidadania;

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: Temas Transversais. Brasília: MEC/SEF, 1997.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/ensino-superior-artigos/a-etica-na-educacao-valores-humanos-5477298.html

    Palavras-chave do artigo:

    etica

    ,

    educacao

    ,

    principios

    Comentar sobre o artigo

    RESUMO Este estudo tem como objetivo de analisar a Ética Geral e Profissional na Área da Contabilidade, buscando identificar e compreender a sua aplicação. A análise fundamenta este estudo baseia-se em levantamento bibliográfico e estudo de caso. Sendo os princípios e valores éticos nos Escritórios de Contabilidade, o ponto principal da pesquisa, pela análise dos dados, denota-se que e os profissionais em geral conhecem o código de ética na sua formação acadêmica, sabem de sua importância para

    Por: Marcela J. Bojanowskil Negócios> Administraçãol 04/10/2014 lAcessos: 34
    GENIVALDO PEREIRA DA ROCHA

    A reflexão sobre as práticas sociais, em um contexto marcado pela degradação permanente do meio ambiente e do seu ecossistema, cria uma necessária articulação com a produção de senti- dos sobre a educação ambiental. A dimensão ambiental configura-se crescentemente como uma questão que diz respeito a um conjunto de atores do universo educativo, potencializando o envolvimento dos diversos sistemas de conhecimento, a capacitação de profissionais e a comunidade universitária numa perspectiva interdi

    Por: GENIVALDO PEREIRA DA ROCHAl Educação> Ensino Superiorl 18/11/2014

    O presente texto não tem a pretensão de esgotar os conhecimentos sobre a relação Estado-Sociedade, bem pelo contrario, tal tema é bastante amplo e complexo, sendo impossível conceituar o mesmo em poucas palavras, ate mesmo por que se trata de pontos de vistas distintos sobre o mesmo assunto

    Por: Robson Stigarl Educação> Ensino Superiorl 22/03/2010 lAcessos: 3,818
    neivor schuck

    AValoriza-se "a conquista e o domínio desse mundo pelo dinheiro e pelas armas, pela ciência e pela tecnologia do que à assimilação pessoal e à vivência comunitário dos valores que dão sentido a vida humana, como a verdade e o bem, a justiça e o amor" (CATÃO. 1997: 103). Desse modo, a ética sofre uma derrota brutal perante o caráte

    Por: neivor schuckl Educação> Ensino Superiorl 29/07/2010 lAcessos: 762
    Antoniony de Aquino Côrtes

    Este artigo objetiva trazer a lume um modelo alternativo de ética, a ética cristã. Esse modelo, não se pauta por valores relativos, mas sim por princípios absolutos, expostos na Bíblia, tal artigo é um capítulo do meu TCC. O mesmo tem grande importância a todos os profissionais que querem pautar seu viver em padrões éticos.

    Por: Antoniony de Aquino Côrtesl Direitol 29/12/2011 lAcessos: 404

    Trata-se de um texto que produzi para orientar minhas reflexões no 2♂ Painel - Família e Educação Cidadã, no XX ENCONTRO ESTADUAL DE POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO, realizado em fortaleza/Ce. Tema: Escola, Família e Educação Cidadã. Período: 16 a 18/09/2009 2º Painel: Família e Educação Cidadã.

    Por: Francisca Francineide Cândidol Educaçãol 08/12/2009 lAcessos: 2,129 lComentário: 2

    Noções de ética e moral à luz do Espiritismo É comum nestes dias por que passamos, estarmos vivendo uma situação de ampla tranqüilidade, e uma notícia ou fato narrado por um noticiário nos deixar plenamente aborrecido ou até mesmo desequilibrado. Às vezes é um crime hediondo que nos deixa perplexo; outras vezes um ato de corrupção por parte de autoridades que deveriam ter por princípio a manutenção da ordem e dos bons costumes; ou até mesmo um acidente de grandes proporções envolvendo número enorme de pessoas.

    Por: Cláudio Fajardol Religião & Esoterismo> Religiãol 01/05/2009 lAcessos: 870
    Flávio Roberto Chaddad

    Em decorrência desta crise muito se fala no papel da educação para solucionar este problema. Mais especificadamente, do papel da ética para a mudança de atitude do ser humano diante da sua realidade imediata. Assim, o objetivo deste texto é tratar da ética dentro do espaço escolar, no nível do ensino fundamental de 6° ao 9° Ano.

    Por: Flávio Roberto Chaddadl Educação> Ciêncial 18/04/2012 lAcessos: 736

    Formula-se que a educação ambiental é um processo educativo, é um enfoque da educação, é uma dimensão, é uma perspectiva e é uma alternativa da educação e a Pedagogia, que deve desenvolver-se basicamente na escola, pela encomenda social que a esta se lhe confere na preparação de meninos, adolescentes, jovens e adultos, para a vida, e constitui um fim político, econômico e social.

    Por: Zuíla de Carvalho Flexal Educação> Ensino Superiorl 23/04/2011 lAcessos: 1,423

    A descoberta dos números surgiu através de estudos sobre a humanidade e como se processa a aprendizagem da matemática em nosso cérebro.

    Por: ANA MARIA LIBARDIl Educação> Ensino Superiorl 16/11/2014

    O uso do computador e internet para realização de trabalhos escolares e acadêmicos tornou-se prática cotidiana. A internet é, atualmente, uma fonte quase que inesgotável de informações e referências. Isso gerou algumas situações características...

    Por: Valter Ribeirol Educação> Ensino Superiorl 16/11/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Da cosmologia grega. As não substancialidades. Das essências. Tudo flui. Nada persiste o mesmo. Nem mesmo a mudança. O ser não é mais. O que virá a ser. Apesar de ser o futuro. A negação do eterno presente. Do mesmo modo o mundo. E todas as formas de movimento. A vida é uma eterna transformação. Nada se sustenta em si mesmo. Acepção do entendimento.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 16/11/2014

    O termo reciclagem em geral, quer dizer, o retorno da matéria-prima, sendo usado pela população para indicar o conjunto de operações envolvidas no aproveitamento dos dejetos/detritos e seu futuro reaproveitamento. A intenção principal este projeto foi conscientizar e sensibilizar os alunos de que a participação efetiva é indispensável para a obtenção de um meio ambiente saudável, que promova o desenvolvimento sem destruir os recursos naturais.

    Por: Patrícia Maria Barros Piovezanl Educação> Ensino Superiorl 14/11/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    A indiferença do povo brasileiro, em relação à Segunda Guerra Mundial, o governo de getulista desenvolve a compaixão popular, como forma de sustentação no poder, com o objetivo de ter em mãos o Estado.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 14/11/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Certa vez disse Einstein. A respeito da epistemologia. É necessário desenvolver centenas. De análises. Para que algum pensamento. Possa ter fundamento. Mas de certo modo, o conhecimento profundo. É apenas intuitivo. Desse modo pude chegar à natureza. Da essência do fundamento do mundo.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 13/11/2014

    A Federação Nacional das Escolas Particulares (FENEP), em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), publica documento de análise e construção de um marco quantitativo destinado ao setor educacional privado, de extrema utilidade para estudiosos e pesquisadores educacionais, tanto dos setores privado quanto público.

    Por: Central Pressl Educação> Ensino Superiorl 13/11/2014
    Zilda Ap. S. Guerrero

    Nessse artigo nossa abordagem será em torno da alfabetização das crianças de escolas públicas e a adoção do construtivismo enquanto metodologia e não como concepção de Piaget, face a exposição das crianças no campo da observação e experimentação.

    Por: Zilda Ap. S. Guerrerol Educação> Ensino Superiorl 11/11/2014 lAcessos: 11
    MARCOS ANTONIO DOS SANTOS LIMA

    O presente artigo AS RELAÇÕES TRANSFERENCIAIS E CONTRA-TRANSFERENCIAIS ENTRE ALUNOS E PROFESSORES, enfoca as implicações de protótipos infantis, como um fenômeno estudado pela psicanálise, presente em nossas relações com as pessoas. Nosso inconsciente não tira férias. Muito complexo, o conceito foi sendo desenvolvido por Freud. Sem transferência não há possibilidade de análise, mas, ao mesmo tempo, ela muitas vezes é um entrave para se prosseguimento.

    Por: MARCOS ANTONIO DOS SANTOS LIMAl Educação> Ensino Superiorl 12/12/2011 lAcessos: 160
    MARCOS ANTONIO DOS SANTOS LIMA

    O trabalho que aqui venho apresentar é parte de minhas investigações a respeito da importância da Informática no Ensino de História. Na pesquisa, que teve como um dos seus frutos meu estudo a respeito do Uso da Informática no Ensino de História, pude abordar e desvendar alguns caminhos apontados pelo referencial bibliográfico sobre a temática que abrangia. O mundo contemporâneo passa por um processo de grandes transformações provocadas pela informática e pela revolução nas telecomunicações.

    Por: MARCOS ANTONIO DOS SANTOS LIMAl Educação> Ensino Superiorl 08/12/2010 lAcessos: 2,145
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast