A etica na educação - valores humanos

Publicado em: 12/12/2011 |Comentário: 0 | Acessos: 949 |

INTRODUÇÃO

Na vida profissional, milhares e milhares de pessoas trabalham com valores que não correspondem apenas a bens materiais. Há outros tipos de valores com os quais lidamos diariamente e que o dinheiro não compra: são os valores éticos e morais. A ética é o que traça sua linha de conduta, ela esta o tempo todo presente em nossas vidas familiares, no ambiente profissional e em cada minuto do dia a dia. Desde o momento em que acordamos e levantamos da cama, somos constantemente abordados por situações que colocam a prova o comportamento ético.  

Viver em sociedade nada mais é do que conviver com as pessoas que fazem parte dela e este convívio é repleto de desafios, superações e exercícios de tolerâncias. A ética é necessária entre duas ou mais pessoas em relacionamentos pessoais e profissionais de natureza individual (particular) e coletiva; em sua estrutura familiar, empresarial, enfim em todas as áreas.

Assim podemos afirmar, a questão ética começa com o nosso nascimento, é comum a expressão que educação, valores, religião, classe econômica e social, crenças vem de berço, ou são herdados.

Durante o desenvolvimento do individuo, há diversos fatores que podem influenciar sua maneira de construir as referencias éticas: os ensinamentos transmitidos pela família, a escola, os grupos de amigos.

Outro fator importante na formação ética das pessoas é o tempo de experiência, pois pela convivência com diferentes pessoas, há contato com outros saberes e os indivíduos passam a visualizar o mundo com outros olhos atribuindo outros valores a coisas ou pessoas.

Sendo assim, é ético tudo o que está em conformidade com os princípios de conduta humana, de acordo com o uso comum.

2.REVISÃO DE LITERATURA

INTRODUÇÃO À ETICA E A MORAL

A moral surgiu quando o homem primitivo passou a viver em grupo e as primeiras regras apareceram com a formação das primeiras sociedades humanas. Sua finalidade era dar harmonia, possibilitando a convivência em sociedade. A ética é uma ciência que estuda a forma de comportamento nas sociedades, onde o bem-estar deve estar em primeiro lugar; assim podemos afirmar que a necessidade ética originou-se com o homem em sociedade.

O termo "ética" é proveniente do grego "ethos", que tem como significado original "caráter" e que designa tanto a realidade como o saber, relacionados com o comportamento responsável em que entram em jogo a bondade ou a maldade da vida humana.

Para ter uma idéia de quanto esse tema é antigo na história da humanidade, religiões da Assíria e do Egito, cerca de 600 a.C., já regulavam e orientavam as decisões comunitárias com base em preceitos morais. Depois o judaísmo, o cristianismo, o budismo, o hinduísmo, o islamismo e as demais religiões deram continuidade a essa busca por estabelecer linhas de conduta baseadas em preceitos éticos e morais. Esse assunto era sagrado. Mas não confunda moral e ética, pois não são simplesmente preceitos fundamentados pelas religiões, e sim, são mecanismos racionais que conferem respeito e boa condução às relações humanas.

A moral é um fato histórico e, por conseguinte, a ética, como ciência da moral, não pode concebê-la como um aspecto da realidade humana mutável com o tempo, pois enfoca o modo comportamental do homem.

Embora os termos sejam similares, é importante que haja uma distinção clara entre os termos. De acordo com Glock e Goldim(2003, p.2-3):

A moral estabelece regras que são assumidas pela pessoa, como uma forma de garantir o seu bem-viver. A moral independe das fronteiras geográficas e garante uma identidade entre pessoas que sequer se conhecem, mas utilizam este mesmo referencial moral comum.

                                       A ética é o estudo geral do que é bom ou mau. Um dos objetivos da Ética é a busca de justificativas para as regras propostas pela moral e pelo direito. Ela é diferente de ambos moral e direito pois não estabelece regras. Esta reflexão sobre a ação humana é a que caracteriza.

Bucci(2004), em seu livro sobre ética é imprensa, diz que:

                                       Ao contrário da moral, que delimita o que é bom e o que é ruim no comportamento dos indivíduos para uma convivência civilizada, a ética é o indicativo do que é mais justo ou menos injusto diante de possíveis escolhas que afetam terceiros.

            A necessidade de ajustar o bom comportamento aos interesses da coletividade leva em consideração tudo aquilo que contribui para reforçar a união ou a atividade comum; mau ou perigoso o oposto; o qual contribui para delimitar a união. Estabelece-se o que é "bom" e o que é "mau", deveres e obrigações baseados naquilo que se considera bom ou útil para a sociedade. Moral única e válida  ara todos limitada pela própria dimensão.

Para Rodrigues e Souza (1994, p.13) "a Ética é um conjunto de princípios e valores que guiam e orientam as relações humanas". Esses princípios devem ter características universais, precisam ser validos para todas as pessoas e para sempre. É uma definição simples: um conjunto de valores, de princípios universais, que regem as relações das pessoas.

ETICA E EDUCAÇÃO

Ética na educação tem como objetivo formar um indivíduo consciente de seus deveres e direitos dentro de uma sociedade, sendo uma ação interativa por intermédio de informações, comunicação, diálogo entre os seres humanos, por tudo isso a ética esta comprometida.

A Escola é co-responsável na formação do indivíduo reforçando os valores necessários para a boa formação ético moral. E hoje percebe que a construção moral e a educação ética esta ficando um pouco de lado.

A Educação esta na base do esforço para fazer do individuo um homem bom e do sujeito um cidadão exemplar.  

O educador possui um papel fundamental na formação ética e moral do indivíduo, principalmente na educação infantil, onde inicia-se a vida escolar Não ensina-se moral e ética, vivencia-se.

É preciso compreender os fundamentos da ética e da moralidade e como seus principios e normas podem ser trabalhados na escola e na comunidade.

Introduzir no planejamento escolar o trabalho sistemático e intencional sobre valores desejados pela nossa sociedade como por exemplo: Respeito Mútuo, repudiando a toda forma de humilhação e violência,  dignidade, justiça, diálogo entre alunos mediante o trabalho em grupo, privilegiando a solidariedade e não a competição, igualdade, convívio democrático.

A ética, a Escola e o Professor

Procurei fazer a distinção entre ética e moral tecendo considerações sobre ética na educação como valores humanos e humanizadores, apontaremos agora algumas sugestões de agregar ética, escola e professor:

Preparar o aluno para o pluralismo;

Aceitação de si mesmo;

Comunicação eficiente;

Solução de conflitos;

Compreensão das diferenças intelectuais;

Base de educação ética;

Diferença de regras coletivas e individuais;

Análise de conhecimentos compreendendo os motivos;

Nestes apontamentos o professor poderá:

Aceitar-se, entender-se como modelo;

Ser mediador;

Ser capaz de explicar sua visão ética;

Saber pensar dilemas éticos;

Promover relação de empatia entre e com os alunos;

Ser capaz de mobilizar os alunos para boa ação.

3.METODOLOGIA

A construção metodológica deste artigo está fundamentada nas seguintes referências: Glock, Rosana Soibelmann, Bucci Eugênio, Rodrigues Carla, Chaui M. Vazquez Adolfo e Pequeno Marconi. Desenvolvido também através de leitura em revistas, artigos periódicos e na internet. Proporcionando reflexão, experiência de questionamentos sobre os valores, temas e problemas do campo da ética. Como mediador no processo educacional, oferecendo condições e competências de pensamento na formação dos valores humanos.

"Não é possível refazer este país, democratizá-lo, humanizá-lo,
torná-lo sério, com adolescentes brincando de matar gente,
ofendendo a vida, destruindo o sonho, inviabilizando o amor. Se
a educação sozinha não transformar a sociedade, sem ela
tampouco a sociedade muda."

                                         Paulo Freire

4.CONCLUSÃO

Conforme com os Parâmetros Curriculares Nacionais a distinção que se faz coevo entre ética e moral tem a intenção de destacar o caráter crítico da reflexão, que permite uma lonjura da ação, para analisá-la incessantemente e reformulá-la, sempre que necessário. Por ser ponderada, a ética tem, sem dúvida, um caráter teórico. Isso não significa, entretanto, que seja abstrata, ou metafísica, despegada das ações concretas. Não se realiza o gesto da reflexão por mera vontade de fazer um "exercício de crítica". A crítica é provocada, estimulada, por problemas, questões limites que se enfrentam no cotidiano das práticas.

No âmbito escolar, a ética faz-se presente em momentos imensuráveis, uma vez que está vinculada às relações que se processam entre esses atores.

Sendo assim compreendemos que a  ética  está estabelecidas entre os seres humanos e a valorização das relações interpessoais. A partir daí busca-se o respeito recíproco criando um espaço de discussão, aberto ao diálogo possibilitando aos envolvidos no processo de ensinar e aprender a compreensão da ética como centro condutor das atitudes morais.

Por fim, foi salientada a valorização do diálogo enquanto uma prática possível e viável para a solução dos problemas escolares vislumbrando a pretensão de que a escola possa um dia aprender a trabalhar com as diferenças onde todos sejam possuidores de direitos e deveres, sentenciando o fim das desigualdades.

REFERENCIASBIBLIOGRAFIA

GLOCK, Rosana Soibelmann; GOLDIM, Jose Roberto. Ética Profissional é compromisso sócial. Mundo Jovem. Porto Alegre, v.41 n. 335, p. 2-3

BUCCI, Eugenio. Sobre Etica e imprensa. São Paulo 2. Ed Companhia das Letras, 2004

RODRIGUES, Carla; SOUZA, Herbert de. Ética e Cidadania, São Paulo; Moderna, 1994.

CHAUI, M de S. Convite à Filosofia.São Paulo:Ática, 2005.

VAZQUEZ, Adolfo Sanchez, Ética. São Paulo: Ática, 1986.

PEQUENO, Marconi. Ética, educação e cidadania;

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: Temas Transversais. Brasília: MEC/SEF, 1997.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/ensino-superior-artigos/a-etica-na-educacao-valores-humanos-5477298.html

    Palavras-chave do artigo:

    etica

    ,

    educacao

    ,

    principios

    Comentar sobre o artigo

    RESUMO Este estudo tem como objetivo de analisar a Ética Geral e Profissional na Área da Contabilidade, buscando identificar e compreender a sua aplicação. A análise fundamenta este estudo baseia-se em levantamento bibliográfico e estudo de caso. Sendo os princípios e valores éticos nos Escritórios de Contabilidade, o ponto principal da pesquisa, pela análise dos dados, denota-se que e os profissionais em geral conhecem o código de ética na sua formação acadêmica, sabem de sua importância para

    Por: Marcela J. Bojanowskil Negócios> Administraçãol 04/10/2014 lAcessos: 18

    O presente texto não tem a pretensão de esgotar os conhecimentos sobre a relação Estado-Sociedade, bem pelo contrario, tal tema é bastante amplo e complexo, sendo impossível conceituar o mesmo em poucas palavras, ate mesmo por que se trata de pontos de vistas distintos sobre o mesmo assunto

    Por: Robson Stigarl Educação> Ensino Superiorl 22/03/2010 lAcessos: 3,792
    neivor schuck

    AValoriza-se "a conquista e o domínio desse mundo pelo dinheiro e pelas armas, pela ciência e pela tecnologia do que à assimilação pessoal e à vivência comunitário dos valores que dão sentido a vida humana, como a verdade e o bem, a justiça e o amor" (CATÃO. 1997: 103). Desse modo, a ética sofre uma derrota brutal perante o caráte

    Por: neivor schuckl Educação> Ensino Superiorl 29/07/2010 lAcessos: 754
    Antoniony de Aquino Côrtes

    Este artigo objetiva trazer a lume um modelo alternativo de ética, a ética cristã. Esse modelo, não se pauta por valores relativos, mas sim por princípios absolutos, expostos na Bíblia, tal artigo é um capítulo do meu TCC. O mesmo tem grande importância a todos os profissionais que querem pautar seu viver em padrões éticos.

    Por: Antoniony de Aquino Côrtesl Direitol 29/12/2011 lAcessos: 400

    Trata-se de um texto que produzi para orientar minhas reflexões no 2♂ Painel - Família e Educação Cidadã, no XX ENCONTRO ESTADUAL DE POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO, realizado em fortaleza/Ce. Tema: Escola, Família e Educação Cidadã. Período: 16 a 18/09/2009 2º Painel: Família e Educação Cidadã.

    Por: Francisca Francineide Cândidol Educaçãol 08/12/2009 lAcessos: 2,114 lComentário: 2

    Noções de ética e moral à luz do Espiritismo É comum nestes dias por que passamos, estarmos vivendo uma situação de ampla tranqüilidade, e uma notícia ou fato narrado por um noticiário nos deixar plenamente aborrecido ou até mesmo desequilibrado. Às vezes é um crime hediondo que nos deixa perplexo; outras vezes um ato de corrupção por parte de autoridades que deveriam ter por princípio a manutenção da ordem e dos bons costumes; ou até mesmo um acidente de grandes proporções envolvendo número enorme de pessoas.

    Por: Cláudio Fajardol Religião & Esoterismo> Religiãol 01/05/2009 lAcessos: 868
    Flávio Roberto Chaddad

    Em decorrência desta crise muito se fala no papel da educação para solucionar este problema. Mais especificadamente, do papel da ética para a mudança de atitude do ser humano diante da sua realidade imediata. Assim, o objetivo deste texto é tratar da ética dentro do espaço escolar, no nível do ensino fundamental de 6° ao 9° Ano.

    Por: Flávio Roberto Chaddadl Educação> Ciêncial 18/04/2012 lAcessos: 723

    Formula-se que a educação ambiental é um processo educativo, é um enfoque da educação, é uma dimensão, é uma perspectiva e é uma alternativa da educação e a Pedagogia, que deve desenvolver-se basicamente na escola, pela encomenda social que a esta se lhe confere na preparação de meninos, adolescentes, jovens e adultos, para a vida, e constitui um fim político, econômico e social.

    Por: Zuíla de Carvalho Flexal Educação> Ensino Superiorl 23/04/2011 lAcessos: 1,400

    Este Artigo surgiu da necessidade de conhecer como a ética e a cidadania influencia a escola a resgatar valores digno, uma educação que traz bem estar, satisfação, produtividade, prazer, criatividade, saúde mental e corporal. Neste trabalho tentei fazer um pequeno resgate bibliográfico sobre o tema mencionado a fim de chegar ao nosso objetivo final, foram utilizados livros revistas cientificas, para tal processo, conseguindo reunir um número de informações relevantes ao tema. Chegando a conclusã

    Por: FRANCISCO GOMES DE ALMEIDAl Educação> Educação Onlinel 09/03/2010 lAcessos: 7,107 lComentário: 1

    Este artigo trata da importância da postura do professor universitário no desenvolvimento do aluno e como uma Filosofia Confessional influencia neste propósito. Para isso verificamos o papel das Instituições confessionais protestantes no processo da Educação Universitária do país. Para melhor conhecimento foi realizada uma pesquisa exploratória em forma de entrevista com alunos de uma Instituição confessional Protestante com o objetivo de saber qual a relação que eles têm com seus professores.

    Por: JACKSON ROBERTO DE ANDRADEl Educação> Ensino Superiorl 22/10/2014

    RESUMO Uma só palavra ou teoria não seria capaz de abarcar todos os processos e experiências históricas que marcaram a formação do povo brasileiro. Marcados pelas contradições do conflito e da convivência, constituímos uma nação com traços singulares que ainda se mostram vivos no cotidiano dos vários tipos de "brasileiros" que reconhecemos nesse território de dimensões continentais. A primeira marcante mistura aconteceu no momento em que as populações indígenas da região entraram em

    Por: Joiciane de Sousa Santosl Educação> Ensino Superiorl 21/10/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Dado ao caráter emergencial da fome generalizada, povos africanos têm que se alimentar de animais portadores de tais vírus, que são mortais ao organismo humano, como cobras, ratos, morcegos e o chimpanzé.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 20/10/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Motivado pelo conflito contra os ingleses com objetivo de controlar o norte da França, o referido monarca, formou um grande exercito, sustentados por impostos cobrados no território nacional.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 20/10/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Em toda minha vida. Apenas sonhei. Em não ser. O que sou. Não teria nem mesmo preposição. Axiomática. Desejo ser diferente. O que de fato não sou. Serei todos os meus sonhos perdidos. Esquecidos no mimetismo.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 19/10/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    O que vejo no mundo político. Uma guerra indelével. Na defesa de duas tendências. Ambos as forças políticas. Defende o mesmo modelo. Fundamentado no liberalismo econômico. Nao existe ideologia de esquerda no Brasil. Apenas uma acepção imperscrutável. Ao silêncio da ignorância nacional.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 18/10/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Ver e perceber. Apenas a parcialidade da compreensão. E que poderá ser sempre a distorção. Como de fato costuma ser. Dado a natureza do mundo representativo. Significando o desejo do engano. As fantasias dos sonhos.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 17/10/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    A respeito da teoria da evolução formulada por Charles Darwin 1809-1882, quem melhor organizou a ideia de como as espécies evolui a partir uma das outras, na superação de elos inferiores, criando as diversidades das mesmas.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 17/10/2014
    MARCOS ANTONIO DOS SANTOS LIMA

    O presente artigo AS RELAÇÕES TRANSFERENCIAIS E CONTRA-TRANSFERENCIAIS ENTRE ALUNOS E PROFESSORES, enfoca as implicações de protótipos infantis, como um fenômeno estudado pela psicanálise, presente em nossas relações com as pessoas. Nosso inconsciente não tira férias. Muito complexo, o conceito foi sendo desenvolvido por Freud. Sem transferência não há possibilidade de análise, mas, ao mesmo tempo, ela muitas vezes é um entrave para se prosseguimento.

    Por: MARCOS ANTONIO DOS SANTOS LIMAl Educação> Ensino Superiorl 12/12/2011 lAcessos: 152
    MARCOS ANTONIO DOS SANTOS LIMA

    O trabalho que aqui venho apresentar é parte de minhas investigações a respeito da importância da Informática no Ensino de História. Na pesquisa, que teve como um dos seus frutos meu estudo a respeito do Uso da Informática no Ensino de História, pude abordar e desvendar alguns caminhos apontados pelo referencial bibliográfico sobre a temática que abrangia. O mundo contemporâneo passa por um processo de grandes transformações provocadas pela informática e pela revolução nas telecomunicações.

    Por: MARCOS ANTONIO DOS SANTOS LIMAl Educação> Ensino Superiorl 08/12/2010 lAcessos: 2,111
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast