As Ideias de Adam Smith

Publicado em: 14/12/2012 |Comentário: 0 | Acessos: 56 |

Adam Smith.

1723- 1790.

Era escocês, filósofo e economista, após estudar bastante a respeito da  natureza do Estado a relação do mesmo com o modo de produção e qual o caminho  político, que levava a produção das riquezas.

Formulou a respeito da sua teoria da produção a principal tese em  defesa do liberalismo econômico. A não intervenção do Estado na economia.

Ele escreveu um livro de fundamental importância, ao que se refere a essa  questão, cujo título: Ensaio sobre as riquezas das nações. Como são produzidas  as riquezas de uma nação.

Qual é realmente a verdadeira fonte da produção das riquezas, a sua tese  principal qualquer forma de riqueza, resulta sempre pela produção desenvolvida  por meio do trabalho, a força operaria é à base da constituição das  riquezas.

Sem o trabalho não é possível o desenvolvido de uma nação, as riquezas não  são apenas naturais aos aspectos da natureza, elas são essencialmente produzidas  por um modelo de produção.

Isso em razão que as mesmas têm que necessariamente passar por um  processo de construção, a riqueza é, portanto, realizada, não existe a priori,  como algo apenas ligado a natureza.

Outro aspecto importante, desenvolvido no seu livro: Ensaio sobre a riqueza  das nações, ele formulou uma crítica veementemente a respeito da política  mercantilista.

Fundamentada principalmente na intervenção do Estado na economia, o que  ele critica como fator do não desenvolvimento de uma sociedade econômica.

A política formulada por um Estado, não deve orientar politicamente os  caminhos os quais o mercado deve seguir.

A função do Estado, não é determinar o desenvolvimento empresarial, o Estado  tem que existir exatamente com a finalidade de deixar o mundo da produção das  riquezas caminharem pela própria iniciativa privada.

O que se deve regular pelo livre jogo das leis de mercado. O Estado deve ser  minimamente, existir para cuidar de outros setores e não da produção de  riquezas.

Quando o Estado cumpre a sua função de ser pequeno e cuidar daquilo que  é da sua natureza, a sociedade produtiva-se desenvolve.

O mercado por si só regula a livre iniciativa e com o desenvolvimento  econômico produz na própria natureza da livre iniciativa a justiça social.

Como se fosse da objetividade do capitalismo promover desenvolvimento  econômico com justiça social. O capitalismo nunca teve essa preocupação e jamais  terá, porque o humanismo não é da natureza do capital.

Para Smith o trabalho em si, representa a verdadeira fonte da riqueza, mas  esse trabalho como a grande fonte do desenvolvimento de uma nação tem que ser  orientado pela iniciativa privada.

Esse é o único caminho capaz de levar ao pleno desenvolvimento de uma nação.  Só que o capitalismo, nunca esteve preocupado com a miséria do homem. 

A grande crítica que se deve fazer a Smith, primeiro que o desenvolvimento  econômico capitalista, nunca esteve comprometido com nenhuma ideologia humanista  e, sobretudo, com o bem social.

A tendência do livre mercado é maximizar o lucro e diminuir o consumo  uma vez que não preocupa com o pleno emprego.

Historicamente toda mudança para o bem estar social esteve ligado a um  Estado que intervém em defesa de uma política mais justa, o que aconteceu na  prática nos países de raízes Europeias.

Refiro-me a um modelo de social democracia. A sociedade produtiva  capitalista, nunca referiu a esse fato como condição para o mundo contemporâneo,  desenvolvimento com justiça social.  Muito menos Smith elaborou tal  conceito em defesa do bem estar social.

Edjar Dias de Vasconcelos.

Avaliar artigo
5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/ensino-superior-artigos/as-ideias-de-adam-smith-6356459.html

    Palavras-chave do artigo:

    as ideias de smith

    ,

    adam smith

    Comentar sobre o artigo

    Edjar Dias de Vasconcelos

    O homo sapiens. É uma espécie fria e oportunista. Calculista. Essencialmente egoísta. Usa-se da racionalidade com o objetivo. De levar vantagens uns sobre os outros. O melhor domínio. Não apenas na relação pessoal. Entretanto, entre as classes sociais. Para o domínio econômico. Social e político.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 03/02/2015
    MARCUS EDUARDO DE OLIVEIRA

    Ninguém pode ignorar a economia por dois únicos e singelos motivos: o primeiro é que não há recursos suficientes para todos, visto que os desejos são ilimitados. A escassez, entendida como falha de mercado, é uma verdade inconteste. O segundo motivo é que todos nós fazemos parte da economia. E os mais diversos assuntos que envolve a economia também nos envolvem a cada momento.

    Por: MARCUS EDUARDO DE OLIVEIRAl Notícias & Sociedade> Polítical 13/08/2009 lAcessos: 906 lComentário: 1
    MARCUS EDUARDO DE OLIVEIRA

    A história dos tempos modernos é escrita em cima de fatos, personagens e acontecimentos. Isso envolve dois sentimentos: um é sonhar, o outro é viver. A contribuição de alguns nobres espíritos à história é recheada de descobertas, desilusões, grandezas, lutas revolucionárias, mas também de sangue, ódio, tristeza. Este texto trata de alguns desses sentimentos destacando suas personagens. Filosofia, História e Religião se mesclam num texto que faz reverência ao tempo moderno e a existência.

    Por: MARCUS EDUARDO DE OLIVEIRAl Notícias & Sociedade> Polítical 16/07/2009 lAcessos: 2,317 lComentário: 4
    Erika Schulman

    Este artigo é para você que está determinado a trabalhar com internet e para você que deseja aprimorar ou trocar conhecimentos. Como em um capítulo de livro vamos a princípio refletir sobre a importância do consumidor na internet.

    Por: Erika Schulmanl Negócios> Negócios Onlinel 09/03/2013 lAcessos: 39

    As relações entre o capital e o trabalho sempre fizeram parte de opiniões conflitivas entre os economistas. O presente trabalho pretende mostrar de modo simplificado como essas relações foram analisadas por economistas clássicos e marxistas partindo de seus autores originais.

    Por: Poti Chimetta Havrennel Educação> Ensino Superiorl 30/05/2012 lAcessos: 887

    A Autora trata dos gastos públicos sob um prisma filosófico, faz também uma retrospectiva histórica, com a finalidade de explicitar toda a evolução da exigência de qualidade e eficiência referente às finanças públicas, tanto quanto, sua importância no atendimento das necessidades sociais.

    Por: Suzana J. de Oliveira Carmol Direito> Doutrinal 05/12/2008 lAcessos: 931
    Gustavo Rocha

    Jim Collins no seu livro Good to Great conta uma parábola muito interessante sobre foco, visão e mercado. Para acabar com a sua dúvida, Hedgehog é uma palavra em inglês cuja tradução em português é porco-espinho. O conceito é verdadeiro tanto como conceito em si, como encontramos esta realidade em várias empresas, independente da área de atuação. Leia com atenção. Você é um porco-espinho ou uma raposa? Em seu famoso ensaio, O porco-espinho e a raposa, Isaiah Berlin dividiu a humanida

    Por: Gustavo Rochal Negóciosl 30/08/2011 lAcessos: 91

    Encontrar a medida de valor de mercado para o meio ambiente, suas coisas e seres é o objeto próprio da economia. Mais recentemente vem se convertendo em área de interesse do direito, assim como de diversas disciplinas implicadas com os estudos sobre o desenvolvimento sustentável. Eis porque o dilema de encontrar as medidas de valoração de bens e serviços ambientais, seja no planejamento, na execução de medidas positivas, seja nas medidas de mitigação, compensação, reparação ou indenização dos impactos sociais e ambientais deixa de ser problema de mera solução econômica.

    Por: Villi Seilertl Direitol 03/06/2009 lAcessos: 1,527

    Na intenção de concatenar idéias a ponto de vislumbrar John Maynard keynes como divisor d’água para o desenvolvimento da economia mundial, essa resenha foi divida em parágrafos com as teses dos destacados pensadores antecessores de Keynes juntamente a antítese de keynes a cada uma delas.

    Por: Ágatha Sthefanini Silva Ferreiral Finançasl 26/02/2008 lAcessos: 3,704 lComentário: 1

    Os tempos atuais convidam a uma absurda medicalização da vida, parecemos ter perdido a capacidade de enfrentar desde uma simples insônia, até as frustrações, tristezas, lutos ou perdas sem recurso ao uso indiscriminado de fármacos "anestésicos".

    Por: Julia Nascimentol Educação> Ensino Superiorl 26/03/2015

    Professores e orientadores pedagógicos de colégios públicos tem relatado um fenômeno que não é novo, mas que está atingindo proporções alarmantes. Trata-se do verdadeiro massacre que muitos estudantes promovem contra seus colegas mais esforçados, mais focados e mais estudiosos.

    Por: Julia Nascimentol Educação> Ensino Superiorl 26/03/2015

    Por meio da História, diversos pesquisadores se indagavam como o sedava o processo de aprendizagem do ser humano e como o cérebro trabalhava para aprender. Para Aristóteles, o cérebro só servia para resfriar o sangue

    Por: MARCIA AP.M.FARIASl Educação> Ensino Superiorl 25/03/2015

    Nosso país sempre teve políticas econômicas e industriais baseadas na abundante fonte de recursos naturais, diversidade da fauna e flora, recursos hídricos e minerais na extensa dimensão territorial (capital natural), assim como grande disponibilidade de mão de obra (capital intelectual e social).

    Por: Julia Nascimentol Educação> Ensino Superiorl 25/03/2015
    REJANE M. DA S. LUZ SOUSA

    Neste artigo, apresenta-se a Psicanálise como sendo um procedimento de investigação dos processos mentais, ou seja, uma modalidade de tratamento onde o terapeuta lida com as noções dos princípios e as leis que regem o inconsciente dinâmico. Logo após, destaca-se a importância de relatar sobre alguns conceitos psicanalíticos como: pulsão, sublimação, transferência para compreender as implicações do processo inconsciente durante a prática pedagógica em um panorama da relação psicanálise X análise

    Por: REJANE M. DA S. LUZ SOUSAl Educação> Ensino Superiorl 25/03/2015
    REJANE M. DA S. LUZ SOUSA

    Neste artigo, apresenta-se a teoria que fundamenta esta dissertação, Inicia-se com o percurso da Análise do Discurso e sua condição de produção perpassando pela formação ideologia e formação discursiva. Os anos 50 foram decisivos para a constituição e construção de uma análise do discurso como disciplina. A Análise do Discurso busca unir o linguístico ao socio-histórico e dessa união nasce a ideologia e o discurso que só influenciam a perspectiva europeia da Análise do Discurso.

    Por: REJANE M. DA S. LUZ SOUSAl Educação> Ensino Superiorl 25/03/2015
    REJANE M. DA S. LUZ SOUSA

    Neste artigo, apresenta-se um panorama sobre a noção de sujeito falante e sua formação para compreender melhor a atuação do inconsciente nesse sujeito. Depois, adentra-se na linguagem que é a capacidade do sujeito aprender, pensar e usar a língua como melhor lhe convier numa determinada situação de comunicação consigo e com os demais. Destacando a importância da Educação como sendo uma dinâmica da sala de aula na relação professor aluno onde perpassa tudo e qualquer tipo de relacionamento entre

    Por: REJANE M. DA S. LUZ SOUSAl Educação> Ensino Superiorl 25/03/2015
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Grande Físico. Magnífico astrônomo. Da cidade de Pisa, na Itália. Nasceu em 15 fevereiro. Ano de 1564. Em 1.574 foi enviado a um convento. Santa Maria de Vallombrosa. Por um período foi seminarista.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 24/03/2015
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Existe apenas uma pergunta fundamental. A qual é necessária ser respondida. Como originou o mundo. Descartado a hipótese divina. A indelével constituição. Resta tão somente a Física.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Literatura> Poesial 26/03/2015
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Grande Físico. Magnífico astrônomo. Da cidade de Pisa, na Itália. Nasceu em 15 fevereiro. Ano de 1564. Em 1.574 foi enviado a um convento. Santa Maria de Vallombrosa. Por um período foi seminarista.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 24/03/2015
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Tudo isso passou e acabou. Como se nada tivesse existido. À distância ficaram os sinais. De um mundo de puro mistério. Sinto no peito a dor. Das coisas imaginadas.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Literatura> Poesial 22/03/2015
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Eu não tenho ideologia. Não sou petista. Muito menos eleitor do PSDB. Não sou cristão. Também recuso ser marxista. Do mesmo modo não liberal. Jamais seria anarquista. Na verdade não sou nada. Talvez niilista.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 22/03/2015
    Edjar Dias de Vasconcelos

    De 1930 a 2015. De Getúlio Vargas a Presidenta Dilma. Pode se dividir em quatro momentos. Significativos. Em uma análise global das manifestações de rua. De 1930 a 1945. A passagem do Estado novo a redemocratização. Pode criticar tudo em Getulio Vargas. Mas não se pode negar o caráter social. De sua política econômica.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 22/03/2015
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Escrita por Goethe. A respeito do jovem Werther. Por motivo de trabalho. Estava distante da sua família. Comunica-se com seu grande amigo. Wilhelm. Por meio de cartas. Explicita sua história de amor e paixão. Tragédia com a jovem Charlotte.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 20/03/2015
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Os presidentes eleitos em Cuba eram determinados pelos Estados Unidos, motivo pelo qual o país subserviente aos americanos. Com efeito, era absolutamente dependente do capitalismo da América do Norte.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 18/03/2015
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Uma análise panorâmica filosoficamente. Do quadro político atual do mundo. Entretanto, qual é o significado do termo etimologicamente. Incluindo obviamente o Brasil. Cuja política é determinada pela mesma síndrome.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 18/03/2015
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast