Contemplação do Silêncio

Publicado em: 20/06/2012 |Comentário: 0 | Acessos: 52 |

Contemplação do  silêncio.

Existem muitas coisas belas..

Uma  delas,  é ver o pássaro cantando solitariamente na floresta.

A outra, o homem montado em um cavalo, olhando para infinito.

Vendo silenciosamente, o sol caminhando pelo universo indistinto.

É muito bonito, olhar e ver a água de um pequeno rio, ir em direção ao mar.

A noite enxergar o céu cheio de estrelas brilhando, iguais a outros sóis.

O silencio é esse desejo da imaginação, o que não deve sequer sonhar diante da impossibilidade.

É fascinante, à tarde antes do sol se pôr, ver o vermelho que fica no espaço.

Como é interessante o nascer do novo dia, antes do escuro acabar.

A luz que derrama raios, sobre os trilhos que temos que passar.

É muito bom pisar na areia e deixar os sinais dos pés pelo caminho.

A experiencia de ficar a noite sozinho em um casarão desértico.

Poder imaginar o mundo como seria, se existisse somente ele.

Ter o privilégio de estar a beira de um rio, retirar da água misteriosamente os peixes.

Contemplar o vento, sentir a blisa da velocidade das nuvens negras.

No silencio, perguntar  para si mesmo, será que existe algo além da imaginação.

Existe um segredo, que não é segredo, só a loucura poderá compreendê-lo.

  Quem conseguir superar a nomalidade, decifrará  os signos que regem a vida.

Quando conseguir perceber a lógica primordial do substrato, sentirá feliz diante do trágico.

Com toda sabedoria responderá a sua imaginação, por que teve que acontecer.

Nesse instante o sol terá que se pôr entre penhascos, restará o escuro perdido na imensidão.

Mas por quê o segredo é tão pertinaz que só uma mente especial poderá entendê-lo.

Guardar para si, como se não fosse real, uma fantasia que apaga, sem perder o brilho.

Mas aquele que decifrou o segredo, senta no tronco de uma árvore e olha para o alto.

Até onde os lhos possam ver, percebe que além da luz, existem outros sóis.

Caminha por um trilho adentro ao campo, sente o perfume das flores.

Percebe que logo sua natureza,  será a essencia do substrato primordial.

Essa coisa de algo além, é tão perto como o infinito, mas é fugidio a distancia.

Aquela coisa que não é, que jamais poderia ser, mas que é, e está sendo.

 Terá continuidade, mesmo não existindo a extensão, é do fundamento de ser dessa forma.

Então o gênio que descobriu o segredo, começa entender a formalidade da lógica do mistério.

Esse é o ato mais belo de todos os atos, descobre-se nesse momento que a imaginação vai dormir eternamente.

A imaginação imaginou como seria a representação sem a mesma.

Avaliar artigo
4
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 8 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/ensino-superior-artigos/contemplacao-do-silencio-5997470.html

    Palavras-chave do artigo:

    o significado da poesia

    Comentar sobre o artigo

    Chico Arruda

    Teorizar sobre Poesia é quase fazer um poema, mas sem rimas e repleto da natureza humana. A poesia é abstração do homem, que vem da criatividade instantânea, em prol ou na tentativa de autoconhecimento e conhecimento com obejtivo maior de situar-se, enquanto homem, no mundo. Não há no poema uma busca de significados, mas sim de sentidos, que se formam com a intertextualização do leitor com outros textos, momentos passados , vividos ou não, e vão se acumulando na busca de sentidos, percepções no texto versado.

    Por: Chico Arrudal Literatural 29/11/2009 lAcessos: 715
    SANDRA VAZ DE LIMA

    O aluno muitas vezes vai para a escola desinteressado, tendo a escola como algo de sacrifício diante de tantas coisas "mais agradáveis" que a vida oferece. Para que a aprendizagem seja mais proveitosa e a música seja significativa e vital para o crescimento do aluno, é necessário que o professor seja consciente dos seus objetivos na escolha da música que irá trabalhar, tornando-a significativa para o aluno.

    Por: SANDRA VAZ DE LIMAl Educação> Educação Infantill 15/02/2010 lAcessos: 2,254
    Pedro Melo

    O Modernismo sepultou a poesia de forma fixa? Não somente autores de renome continuaram a escrever poemas de forma fixa, como as formas fixas sobreviveram e ainda agradam a muitos leitores. Este artigo analisa brevemente o cultivo de um poema de forma fixa em particular, a trova, e sua presença nas letras brasileiras.

    Por: Pedro Melol Literatura> Poesial 30/01/2011 lAcessos: 151

    Desde os primórdios o homem demonstra sua necessidade de se expressar e para isso molda no mundo uma nova criação. Como um demiurgo, o homem visita o mundo dos possíveis e dele trás novas formas e conceitos que transcendem a natureza, transfigurando o mundo em tudo o que faz. Uma das mais elevadas manifestações humanas é a Arte que, por sua natureza alcança o infinito, e enquanto existe não deixa de impressionar. A Arte passa então a estar sob outra emanação humana: o Poder.

    Por: Cláudio Antônio Arantes Pompeul Arte& Entretenimento> Artel 30/06/2013 lAcessos: 48
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Hirta se a ânfora que descreve a miudeza. Do olhar que parte por meio da sombra do tempo. Nada além do sentimento parcimonioso descrito. Parêmia ao destino fulgura a imaginação dispéptica. Fundiram a alma no repuxo do pêndulo perfunctório. O olhar fechado a esmo ao alheamento da saudade. O despropósito transparente como metafísica imaginativa. Elícito embala a ideia comum das searas mitigadas.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Literatura> Poesial 31/01/2013 lAcessos: 24

    Este artigo trata-se da pluralidade e do hibridismo presentes na poesia de Paulo Lemisnki. Tamanha foi a pluralidade deste escritor, que conseguiu adensar em sua obra inspirações, temáticas, formas e fôrmas das mais diferentes culturas, períodos literários, etc. Neste artigo, debruço-me sobre a relação estreita mantida entre a poesia leminskiana e o concretismo.

    Por: Poliana Rodrigues de Carvalhol Literatura> Poesial 10/06/2011 lAcessos: 209
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Entendo a terra. Ela está cheia de nós. Do nosso gene. Vivo ou apodrecido. Somos ela. Ela é a constituição. Do nosso ser. Da nossa materialidade genética. Por isso que silenciosamente. Piso sobre a mesma. No mais absoluto. Estado contemplativo. Compreendendo a mim mesmo.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 22/02/2014
    Ana Maricélia de Oliveira

    O presente trabalho se constitui no estudo do tema O poder da Literatura Infantil na formação de leitores mirins. Teve como fundamentação teórica vários autores como: Alves, Villardi, Zilberman e outros. O mesmo tem como objetivo fundamental apresentar a importância que as obras literárias infantis tem na vida dos futuros leitores. Assim como, mostrar a função que a escola e o educador desempenham, enquanto peças fundamentais na formação de crianças leitoras.

    Por: Ana Maricélia de Oliveiral Educaçãol 02/04/2013 lAcessos: 285
    GUTEMBERG MARTINS DE SALES

    A pesquisa possibilitou-nos demonstrar a importância das atividades lúdicas na aprendizagem, visto que os jogos e brincadeiras são, conforme diversos estudiosos, experiências que se correlacionam ao ambiente e devem ser aplicadas as crianças em fase escolar, indiferente de idade e série. Ostentada por expressivos referenciais teóricos, a proposta de trabalho apresentada permite afirmar a existência de jogos e brincadeiras infantis, que se bem aplicadas, auxiliarão no desenvolvimento infantil.

    Por: GUTEMBERG MARTINS DE SALESl Educação> Educação Infantill 15/05/2014 lAcessos: 208
    Jorge Ramos Nunes

    NUNES, Jorge Ramos, aluno do primeiro semestre do Curso de Teatro da Universidade de Brasília – UnB. O Universo das Artes é o terceiro capítulo do livro Convite a Filosofia de Marilena de Souza Chauí, publicado 2000, pela Editora Ática, São Paulo. Em o Universo das Artes, Caeiro, um dos heterônimos de Fernando Pessoa, apresenta a arte de uma maneira ampla, detalhando exatamente o que é arte relacionada com a sociedade, a cultura, a religião, a técnica, filosofia, a natureza, e outros assuntos.

    Por: Jorge Ramos Nunesl Educação> Ensino Superiorl 09/01/2011 lAcessos: 1,229

    A descoberta dos números surgiu através de estudos sobre a humanidade e como se processa a aprendizagem da matemática em nosso cérebro.

    Por: ANA MARIA LIBARDIl Educação> Ensino Superiorl 16/11/2014

    O uso do computador e internet para realização de trabalhos escolares e acadêmicos tornou-se prática cotidiana. A internet é, atualmente, uma fonte quase que inesgotável de informações e referências. Isso gerou algumas situações características...

    Por: Valter Ribeirol Educação> Ensino Superiorl 16/11/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Da cosmologia grega. As não substancialidades. Das essências. Tudo flui. Nada persiste o mesmo. Nem mesmo a mudança. O ser não é mais. O que virá a ser. Apesar de ser o futuro. A negação do eterno presente. Do mesmo modo o mundo. E todas as formas de movimento. A vida é uma eterna transformação. Nada se sustenta em si mesmo. Acepção do entendimento.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 16/11/2014

    O termo reciclagem em geral, quer dizer, o retorno da matéria-prima, sendo usado pela população para indicar o conjunto de operações envolvidas no aproveitamento dos dejetos/detritos e seu futuro reaproveitamento. A intenção principal este projeto foi conscientizar e sensibilizar os alunos de que a participação efetiva é indispensável para a obtenção de um meio ambiente saudável, que promova o desenvolvimento sem destruir os recursos naturais.

    Por: Patrícia Maria Barros Piovezanl Educação> Ensino Superiorl 14/11/2014 lAcessos: 11
    Edjar Dias de Vasconcelos

    A indiferença do povo brasileiro, em relação à Segunda Guerra Mundial, o governo de getulista desenvolve a compaixão popular, como forma de sustentação no poder, com o objetivo de ter em mãos o Estado.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 14/11/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Certa vez disse Einstein. A respeito da epistemologia. É necessário desenvolver centenas. De análises. Para que algum pensamento. Possa ter fundamento. Mas de certo modo, o conhecimento profundo. É apenas intuitivo. Desse modo pude chegar à natureza. Da essência do fundamento do mundo.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 13/11/2014

    A Federação Nacional das Escolas Particulares (FENEP), em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), publica documento de análise e construção de um marco quantitativo destinado ao setor educacional privado, de extrema utilidade para estudiosos e pesquisadores educacionais, tanto dos setores privado quanto público.

    Por: Central Pressl Educação> Ensino Superiorl 13/11/2014
    Zilda Ap. S. Guerrero

    Nessse artigo nossa abordagem será em torno da alfabetização das crianças de escolas públicas e a adoção do construtivismo enquanto metodologia e não como concepção de Piaget, face a exposição das crianças no campo da observação e experimentação.

    Por: Zilda Ap. S. Guerrerol Educação> Ensino Superiorl 11/11/2014 lAcessos: 13
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Havia um ditado. Existia um ditado. Um ditado. Água tanto bate. Na pedra. Até a mesma furar. A pedra furada. A água continua batendo. A pedra acostuma com o furo. E o referido torna-se normal.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Literatura> Poesial 17/11/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    O maior conflito armado ocorrido na América do Sul no século 19. Rivalidades platinas e a formação de Estados nacionais deflagraram o confronto, que destruiu a economia e a população paraguaia.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Educação Onlinel 17/11/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Exemplifica-se, etimologicamente, uma determinada corrente filosófica, ou qualquer visão de mundo, como o cristianismo, a respeito da verdade, a estrutura do entendimento desenvolve a lógica das ideologias diversificadas.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Educação Onlinel 17/11/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Da cosmologia grega. As não substancialidades. Das essências. Tudo flui. Nada persiste o mesmo. Nem mesmo a mudança. O ser não é mais. O que virá a ser. Apesar de ser o futuro. A negação do eterno presente. Do mesmo modo o mundo. E todas as formas de movimento. A vida é uma eterna transformação. Nada se sustenta em si mesmo. Acepção do entendimento.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 16/11/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Caminhei silenciosamente. Por um trilho. Ataraxiologicamente. Por uma estrada. Em Minas Gerais. Na cidade de Itapagipe. Cheio de pedras e fendas. Vi árvores belas. Pássaros cantando. Como se tivesse celebrando. A ausência do tempo.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Literatura> Poesial 15/11/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    A indiferença do povo brasileiro, em relação à Segunda Guerra Mundial, o governo de getulista desenvolve a compaixão popular, como forma de sustentação no poder, com o objetivo de ter em mãos o Estado.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 14/11/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Certa vez disse Einstein. A respeito da epistemologia. É necessário desenvolver centenas. De análises. Para que algum pensamento. Possa ter fundamento. Mas de certo modo, o conhecimento profundo. É apenas intuitivo. Desse modo pude chegar à natureza. Da essência do fundamento do mundo.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 13/11/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    A verdadeira cegueira. Encontra-se na memória. Os olhos veem. Mas não conseguem. Diferenciar o brilho da luz. Com o hidrogênio do sol Portanto, os olhos perturbam. Compreendendo a razão. Da escuridão. Acepção óptica. Da natureza do enxergar.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Literatura> Poesial 11/11/2014
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast