Os Fundamentos do Historicismo

Publicado em: 03/01/2014 |Comentário: 0 | Acessos: 59 |

Os Fundamentos do Historicismo.

 

 Teoria filosófica desenvolvida no final século XIX e no começo do século XX, pelo grande filósofo  Wilhelm Dilthey, historiador alemão. Sua concepção, herdeira do idealismo de Kant e principalmente de Hegel. Procura entender a diferença entre o homem e a natureza.

Com efeito, entre as ciências naturais e humanas denominadas por Dilthey de ciências do espírito ou da cultura. Para ele os fatos humanos são históricos dotados de significações culturais e que precisam ser conhecidos dentro da história nos seus contextos produtivos.

Devem ser estudados com suas características que diferem dos fatos naturais, são entendidos como ciência do espírito ou da cultura e  pode ser usado no entendimento interpretativo, contrariamente, ao método empírico da observação ou experimentação, nesse caso, o método tem que ser da compreensão, no entendimento da causalidade dos fatos.

Todo fato humano é histórico está dentro do tempo, só por ele é possível o entendimento, na linha da subjetividade e da interpretação. Os diversos fatos tem a mesma motivação, possuem as mesmas causas e regras, o mesmo sentido de origem e de valores, devem ser compreendidos na mesma perspectiva.

Com as particularidades históricas, mesmas visões ideológicas do mundo, com um processo causal que é semelhante pelo menos em sintonia com as formas de análise, a cultura que produz os fatos humanos é a mesma que produz a consciência do sujeito para entender os fatos em referência.

O historicismo resultou basicamente de dois grandes problemas: um deles o relativismo em que as ciências humanas queriam usar como metodologia a subordinação da Filosofia a história, por outro lado, as ciências humanas tinham como desejo separar-se da Filosofia.

A Filosofia é o instrumento que compreende os fatos humanos, ajuda na interpretação dos mesmos, como produto cultural, que é diferente do método indutivo especificamente do saber empírico, fundamentado na experiência. O relativismo é a teoria que defende as diversidades das interpretações do mundo produto do espírito humano.

Sendo que o mesmo assenta-se que as leis científicas são validas para determinadas épocas, dentro das suas concepções culturais, o que não pode ser universalizadas de certo modo defende Dilthey.

Os homens e as instituições socioculturais são compreensíveis a sua análise científica formata-se na perspectiva de uma teoria geral da história, mas que considere a visão particular de mundo, de cada povo como etapa de um processo mimético relativo, que passa pelo mecanismo sociocultural próprio dos seus contextos individuais e históricos.

Conhecer é a arte de entender esses momentos, a particularidade da identificação do sujeito com o objeto, no desejo interpretativo diz Dilthey. Entretanto, a relatividade do saber interpretativo por natureza da sua essencialidade, jamais poderá ter caráter absoluto, o mundo é o seu fundamento de análise, na perspectiva da subjetividade.

 O conhecimento puro é algo que não vai além do método indutivo e substancia se apenas ao campo do empirismo, sendo que sua metodologia não admite pelo menos em  análise a interpretação.

Seu campo prende-se a dinâmica da compreensão, tem que ser compreendido e não interpretado, a Filosofia nesse caso essencial à compreensão, ao entendimento exato dos fatos, jamais a sua interpretação. Dilthey.

 

Edjar Dias de Vasconcelos.  

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/ensino-superior-artigos/os-fundamentos-do-historicismo-6882328.html

    Palavras-chave do artigo:

    o historicismo

    Comentar sobre o artigo

    Edjar Dias de Vasconcelos

    Trata especificamente do historicismo, que a princípio de certo modo não identificaria com as tendências em referências, mas no mundo praxiológico das ideologias, o historicismo articula-se tanto com um como com o outro. Com efeito, as dificuldades de entender as epistemologizações dos seus conteúdos.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 16/02/2014 lAcessos: 23
    Edjar Dias de Vasconcelos

    No entanto, o historicismo serve de base para construção de uma análise marxista, no mesmo sentido como substância aos procedimentos do positivismo, que é o caso especificamente da teoria de Max Weber.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 06/08/2012 lAcessos: 643

    A maior parte dos participantes da Primeira Guerra Mundial consideravam-na a solução de todos os problemas. A euforia em frente a batalha, que todos julgavam que seria rápida e eficaz, logo dissipou-se diante das atrocidades e do fim de uma era que se esvaia....

    Por: LEIDIANE I. M. S. BRAGAl Educação> Ensino Superiorl 24/05/2011 lAcessos: 190

    Sartre é de longe o mais midiático dos filósofos. É por conta dele que temos uma maior compreensão do trabalho de outros pensadores como Nietzsche e Heidegger. Sartre só conseguiu tamanha divulgação por ter sido antes de tudo, um jornalista. Neste artigo eu explico o porquê.

    Por: Jota Fagnerl Literatura> Crônicasl 17/11/2008 lAcessos: 2,344
    Edjar Dias de Vasconcelos

    O segundo momento da evolução do historicismo efetivou-se com a teoria relativista impregnada no historicismo, que foi desenvolvida pelo grande Teórico Wilhelm Dilthey, grande filósofo que iniciou a escrever suas teorias no final do século XIX e início do século XX.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educaçãol 17/02/2014 lAcessos: 35
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Uma espécie de salada eclética o uso de todos os elementos, mas não procedeu desse modo por entender uma solução sem consistência, mas Dilthey percebeu o perigo do relativismo total porque leva ao ceticismo absoluto, desse modo não ajuda em nada a questão da elaboração da verdade, como chegar a verdade quando a mesma exige objetividade, sendo impossível tal proposição.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 18/02/2014 lAcessos: 38
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Apesar da ideologia do positivismo ainda prevalecer no meio acadêmico, o que posso dizer de certo modo que a metodologia dessa ideologia não é tão necessária à epistemologia, ou seja, o fundamento das ciências em geral.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 22/07/2012 lAcessos: 145
    FELLIPE KNOPP

    ou sobre algumas incongruências notáveis de premissas ditas marxistas do discurso histórico

    Por: FELLIPE KNOPPl Educação> Ensino Superiorl 25/05/2010 lAcessos: 224
    Natanael Vieira de Souza

    Afetados e contaminados pelas leituras da historiadora Maria Lígia Coelho Prado e, sobretudo na obra "América Latina no Século XIX. Tramas, Telas e Textos", busquem fazer uma análise dos manuais didáticos do ensino fundamental ou médio no que concerne à temática das independências da América Latina

    Por: Natanael Vieira de Souzal Educação> Ensino Superiorl 05/04/2012 lAcessos: 169

    O número expressivo de candidatos que não recebeu nota na Redação da prova do Enem 2014, mais de quinhentos mil, quase dez por cento do total de inscritos, surpreendeu e assustou todos os brasileiros interessados em educação e no futuro do país.

    Por: Julia Nascimentol Educação> Ensino Superiorl 20/01/2015 lAcessos: 14
    Dirce Porto

    Este artigo foi elaborado para atividades de trabalhos acadêmicos pela Universidade Americana de Asunción/Paraguai.Tendo como Orientadora Dra. Rosângela Lemos da Silva e Autores Dirce Porto da Silva Francisco Humberto de Araújo e Nelilda Ormond Braga É primordial a demonstração por parte de docentes e acadêmicos, quanto a trilhar os caminhos que conduzirão a um modelo de educação mais humanizado e voltado à descoberta de novos meios de aquisição do conhecimento, Boa Sorte. A Autora

    Por: Dirce Portol Educação> Ensino Superiorl 19/01/2015
    Maria Elena Guimarães Regiani

    Atualmente a palavra inclusão tem realmente tomado conta dos espaços principalmente das mídias, já virou um modismo muito discutido no momento, pelos governantes. As escolas, professores e funcionários estão preparados para acolher e aceitar pessoas "deficientes" ou "diferentes", portadoras de necessidades especiais? Esses questionamentos levaram à escolha deste tema "A inclusão de portadores de necessidade especiais nas séries iniciais". Certamente que muito já evoluímos na busca da defesa e ga

    Por: Maria Elena Guimarães Regianil Educação> Ensino Superiorl 19/01/2015 lAcessos: 40
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Separação dos poderes, fundamental em relação à vida ao Estado político. A liberdade consiste basicamente em fazer tudo em que a ler permitir.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 19/01/2015
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Não sou anticapitalista. Muito menos a princípio do favor do socialismo. Até porque a questão não está em nenhum dos sistemas. Analiticamente. Qual é hoje a primeira economia do mundo. A China cujo regime de produção é socialista. Qual é segunda economia do mundo. Praticamente empatada tecnicamente. Com a primeira economia do mundo. Os Estados Unidos da America. Cuja economia é neoliberal. Em uma análise fria. Ambas as economias vivem à custa de um amontoado de pobres.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 18/01/2015
    Edjar Dias de Vasconcelos

    A origem de tudo. Remonta-se ao nada. A ausência substancial é a lei. De todos os fundamentos. Das coisas existentes e não existentes. Com efeito, qual o é princípio. A inexistência. A explicação é cientificamente irracional.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 16/01/2015

    Estão abertas as inscrições para as novas turmas do curso de pós-graduação em Gestão com ênfase em Franquias da ESPM-RJ em parceria com a Associação Brasileira de Franchising Rio de Janeiro (ABF Rio).

    Por: Flávia Gaviolil Educação> Ensino Superiorl 16/01/2015
    Flávia de Almeida

    A Filosofia consiste na busca do conhecimento proveniente da autonomia do indivíduo, na qual é relacionada e movida por indagações, conduzindo o ser a novas descobertas, nesse sentido, a mesma meramente não se limita a um determinado conceito (para que não seja um dogma), mas sim, está aberta a novas interpretações de fatos sociais apresentados no geral.

    Por: Flávia de Almeidal Educação> Ensino Superiorl 13/01/2015 lAcessos: 15
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Separação dos poderes, fundamental em relação à vida ao Estado político. A liberdade consiste basicamente em fazer tudo em que a ler permitir.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 19/01/2015
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Não sou anticapitalista. Muito menos a princípio do favor do socialismo. Até porque a questão não está em nenhum dos sistemas. Analiticamente. Qual é hoje a primeira economia do mundo. A China cujo regime de produção é socialista. Qual é segunda economia do mundo. Praticamente empatada tecnicamente. Com a primeira economia do mundo. Os Estados Unidos da America. Cuja economia é neoliberal. Em uma análise fria. Ambas as economias vivem à custa de um amontoado de pobres.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 18/01/2015
    Edjar Dias de Vasconcelos

    A origem de tudo. Remonta-se ao nada. A ausência substancial é a lei. De todos os fundamentos. Das coisas existentes e não existentes. Com efeito, qual o é princípio. A inexistência. A explicação é cientificamente irracional.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 16/01/2015
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Un moment de joie. Par la suite. Provoque le plus de douleur. Pour celui qui était le produit de bonheur. Tristesse, désespoir et le découragement. Mais le moment éphémère semble sans fin. Shine particules de photons d'hydrogène. Les dieux ne comprennent pas le sens de l'idéologie. En ce qui concerne la nature spécifique du monde. Un cri de soulagement sourire sans fin dans ses yeux. Les cœurs tremblent d'émotion. Réalisation de charme de la contemplation indescriptible.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Literatura> Poesial 14/01/2015
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Em síntese o livro é muito ruim. O autor com pensamento direitista. Age como um pastor pentecostal pregando. Fazendo uso de uma exegese não científica. Fundamentalismo de direita. Denomina-se filósofo sem conhecimento profundo. Dos termos técnicos da Filosofia crítica moderna. Desconhece os fundamentos. Das Ciências da natureza e do espírito. Confunde como se fosse a mesma acepção. Típico de um neopositivista bitolado.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 13/01/2015
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Recordo-me de tudo. Em Itapagipe Minas Gerais. Da fazenda Serra da Moeda. Dos rios e da floresta. Das tardes quentes de verão. Da chuva. Do cavalo. De um jipe azul de fabricação inglesa. Dos avôs, tios e tias. Irmão e irmãs. Recordo-me quando tinha tudo. Não precisa pensar em nada. Eles pensavam por mim. Cuidavam da minha pessoa. Só tinha que respirar o ar. E sentir o brilho do sol.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 12/01/2015
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Origem poloco-germana. 1870-1919. Revolucionária. Doutora em economia política. Filósofa e escritora de renome. Defensora do marxismo intransigente. Formulou críticas fortes. Contra alguns teóricos do seu tempo. Entre eles destacamos. Eduard Bernstein 1850-1932. Karl Kautsky 1854-1938. Em relação ao filósofo Bernstein. Rosa de Luxemburgo. Criticou veementemente.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 10/01/2015
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Três exuberantes filósofos alemães. Bernstein 1850-1932. Karl Kautsty 1854-1938. Gênios da Filosofia. Ambos socialistas. Portanto, marxistas. Entretanto, diferenciavam ente si. Como estratégia política. Para chegar ao socialismo. Karl Marx 1818-1883. Em um aspecto eram comuns. Todos desejavam o socialismo. Marx pela revolução armada. Implantação da ditadura do proletariado.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Ensino Superiorl 10/01/2015
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast