Elaboração de uma Carta de Candidatura

25/03/2011 • Por • 806 Acessos

Quando estamos à procura de trabalho, o passo seguinte à identificação de uma possível oportunidade de trabalho é a realização da candidatura, normalmente composta por uma carta de candidatura e por um curriculum vitae. Neste artigo vamo-nos debruçar sobre a carta de candidatura, nomeadamente sobre os seus conteúdos. Muitas pessoas obtêm modelos genéricos de cartas de candidatura na Internet ou através de amigos e usam-nos. Já fui responsável pela contratação de recursos humanos e cheguei a receber cartas de candidatura exactamente iguais umas às outras e essas candidaturas naturalmente não causavam uma boa impressão e não se diferenciavam das outras. As cartas de candidatura que causam uma boa impressão são pessoais, são cartas cujos conteúdos foram elaborados de raiz pelos candidatos.

Coloque-se no lugar do empregador, que características procuraria num candidato de sucesso à oportunidade de trabalho? Na carta de candidatura terá que transmitir ao empregador que possui ou que consegue desenvolver as características desejadas no candidato ideal.

Na carta de candidatura deve:

  • Começar por se apresentar, indicando a sua formação e experiência profissional relevante;
  • Demonstrar que conhece a empresa empregadora e o seu negócio;
  • Dar a conhecer os seus sucessos profissionais em trabalhos anteriores;
  • Indicar como a experiência/formação que possui faz de você a pessoa ideal para o trabalho;
  • Demonstrar entusiasmo pela possibilidade de vir a trabalhar para a empresa empregadora e em particular na posição para a qual concorre;
  • Indicar as razões que o levaram a candidatar-se à oportunidade de trabalho e/ou à empresa empregadora;
  • Manifestar a sua disponibilidade para uma entrevista;

As candidaturas de sucesso normalmente não são acompanhadas por uma carta de candidatura modelo mas sim por uma carta de candidatura que é única, pessoal e que demonstra o valor do candidato no âmbito da oportunidade de trabalho.

Uma boa carta de candidatura demora várias horas a elaborar e idealmente deve ser revista por pelo menos outra pessoa para além do candidato. A carta de candidatura pode fazer a diferença na obtenção de uma entrevista, pode inclusive compensar um curriculum vitae menos rico, por isso dedique-lhe o esforço que merece.

Perfil do Autor

António Pestana

Mestre em Eng. Informática pela Universidade de Coimbra, actualmente interessa-se principalmente pela análise de sistemas, pela gestão de...