Qual É A Melhor Arte Marcial?

15/04/2009 • Por • 8,152 Acessos

Há uma pergunta que é feita em todas as academias de todos os estilos. "Qual é a melhor artes marcial?" E a maioria, claro, responde: "É a minha." Será?

Esta pergunta tem sido feita ao longo dos anos por diversos amantes das artes marciais. Até mesmo novos estilos surgiram em função desta pergunta. Nos anos 70 do século passado artistas marciais ansiosos por testar seus conhecimentos em combates reais criaram o "full contatc", atual "kick boxing", para que lutadores de qualquer arte marcial pudessem se enfrentar e testar suas habilidades. Hoje existem diversos campeonatos de artes marciais mistas para tentar responder essa pergunta.

Claro que a maioria dos praticantes considera a "sua" a melhor arte marcial. Isto é natural no ser humano. Mas existem tantos estilos com variadas aplicações que seria difícil apontar qual é o melhor. A questão é: para determinar qual a melhor arte marcial basta realizar combates entre praticantes e ver quem é o vencedor? Porque os objetivos dos praticantes podem ser variados e, então, o resultado variará também. Se o objetivo é enfrentar apenas um adversário de cada vez então os estilos de solo como o jiu-jitsu brasileiro se destacam, mas se tivermos de enfrentar dois ou três adversários ao mesmo tempo são os etilos "em pé" como o taekwondo que levam a vantagem. Desta forma fica difícil apontar qual é a melhor.

Outra questão a ser discutida é a capacidade que cada um tem de desenvolver-se nesta ou aquela modalidade. Nem todos se adaptariam a um único estilo. Nem todos têm a mesma elasticidade ou podem se dedicar o tempo necessário para desenvolver certas habilidades. Além disso, aprendemos melhor aquilo de que gostamos e temos dificuldades em relação ao que não gostamos. Portanto as preferências pessoais também interferem na questão.

Os grandes mestres têm uma resposta para esta questão. Eles dizem que não existe uma arte marcial melhor do que a outra, mas artistas marciais melhores que outros... Que grande verdade! O que realmente importa é o grau de domínio que o praticante adquire em seu estilo, ou até mesmo em vários estilos, pois cada técnica serve para um determinado propósito e nos dias de hoje é impossível ensinar tudo a todos, por isso as artes marciais se especializaram. Assim cada um pode escolher o que é melhor para si.

Portanto, talvez a pergunta não esteja corretamente formulada. Ao contrário de perguntarmos qual é a melhor arte marcial, porque não perguntamos qual é a melhor arte marcial para nós? Percebem a sutileza da alteração? Kung Fu pode ser a melhor para você, mas talvez não seja para mim porque eu sou diferente de você!

Perfil do Autor

Gilson Almeida

Amante e admirador das artes de luta, já praticou dois estilos de artes marciais: Taekwondo e Full Contact; e pretente agora praticar Karatê. Editor do site artes-marciais.net