Regulação Térmica Do Corpo Durante O Exercício

28/10/2009 • Por • 2,123 Acessos

  O calor induz lesões que podem ser evitadas com uma boa compreensão da termorregulação e das formas de facilitação desse mecanismo. Visto que em decorrência ao aumento da consciência de saúde por parte da sociedade atual, cada vez mais pessoas se exercitam de forma independente e sem acompanhamento especializado de um profissonal de educação física devidamente regulamentado.

  A temperatura corporal (central) equilibra-se dinamicamente por  fatores que acrescentam ou subtraem calor para a periferia. Que por sua vez controla o resfriamento por evaporação, modificando o ritmo de produção de calor corporal.

  "Se o ganho de calor ultrapassa a perda, como pode ocorrer prontamente durante um exercício vigoroso em um ambiente frio, por outro lado, a perda de calor costuma ultrapassar sua produção, e a temperatura central cai."

 Notamos assim um sistema inteligente de regulação térmica em nosso organismo.

  O calor é perdido pelos mecanismos físicos da irradiação, da condução, convecção e evaporação.

  O impulso do equilíbrio térmico é poderoso a ponto de desencadear uma taxa de 3,5L/ hora.

  "O hipotálamo contém o centro coordenador para vários processos da regulação da temperatura. Esse grupo de neurônios especializados agem como um 'termostato' cuidadoosamente regulado em 37ºC +-1C."

 *  Perda de calor por irradiação___ Uma troca de energia térmica radiante pelo ar para objetos sólidos mais frios existente nesse ambiente. Sem contato.

 * Perda de calor por condução___ Transferência direta de calor através de um líquido, sólido ou gasoso, de uma molécula para outra. É o aquecimento de moléculas de ar e das superfícies mais frias em contato com a pele.

 * Perda de calor por convecção___ Substituição contínua do ar mais quente que circunda o corpo por ar mais frio. A perda de calor aumenta à medida que s correntes de convecção transportam o calor para longe.

 * Perda de calor por evaporação___ É a principal defesa fisiológica contra o superaquecimento. O calor é transferido continuamente para o meio ambiente, à medida que a água é vaporizada a partir das vias respiratórias e da superfície da pele.

 " Para cada litro de água vaporizada são extraídas do corpo e transferidas para o meio ambiente 580Kcal" (McArcle, 1998)

  As milhares de glândulas sudoríparas respondem ao estresse térmico através de fibras nervosas simpáticas. Quando o suor alcança a pele, ocorre um efeito de esfriamento.  A medida que o líquido evapora, a pele mais esfriada, resfria também o sangue que foi desviado para o interior da superfície.  O calor intenso tornando-se excessivo, ocorre vasodilatação periférica e o sangue aquecido é canalizado para a periferia mais fria.

  Por isso hidrate-se durante seus exercícios, reponha nutrientes perdidos através do suor, e opte pelo acompanhamento profissional para melhor instruí-lo durante suas atividades.

 Um grande abraço.  Bom treino!!!

Enyo Mendes

CREF019663-G/RJ

 

Perfil do Autor

Enyo Mendes

Enyo Felix Mendes Profissional de Educação Física (019663-G/RJ) enyopersonal.esporteblog.com.br