A ORAÇÃO EM LÍNGUAS

Publicado em: 05/05/2010 |Comentário: 1 | Acessos: 2,791 |

COLOCO AQUI ESTA APOSTILA SOBRE O ASSUNTO DE MEU AMADO IRMÃO E PR. ISAIAS QUE CEDEU A MIM. TODOS OS CRÉDITOS A ELE.

 

ORAÇÃO EM LÍNGUAS

Pastor Isaias Barbosa

I  N  T  R  O  D  U  Ç  à O

"Estas ministrações têm influenciado grandemente a minha vida na questão da edificação pessoal através da Oração em Línguas (1 Co 14:4; Jd 20). Também tem me dado uma compreensão maior à respeito deste assunto, pois nunca tinha estudado ou ouvido falar à respeito da Oração em Línguas da maneira como é abordado pelo Pr. Dave Roberson (e outros) contido nesta apostila. Que Deus possa iluminar os olhos do seu entendimento a fim de que possas compreender através do Espírito de Sabedoria e de Revelação(Ef 1:17-18), este assunto que Paulo enfatizou à Igreja de Corinto (1 Co 14). Este assunto é relevante pelo que Paulo deu graças a Deus por falar em outras línguas mais do que todos os irmãos da Igreja de Corinto (1 Co 14:18) – Creio que quando ele falava isso ele se referia ao tempo de qualidade gasto na Oração em Línguas. Creio que é um assunto que devemos procurar entender também nos dias de hoje, pois todo aquele que ora em outras línguas a si mesmo se edifica – 1 Co 14:4; Jd 20 - (Quantas pessoas não tem edificado a sua vida por falta de conhecimento à respeito deste assunto e parou de orar em línguas pensando que só se pode orar em outras línguas quando há uma ministração específica, ou num momento de adoração, ou durante um seminário, ou durante um congresso, ou somente quando é batizado no Espírito Santo?). Todo aquele que ora em uma outra língua, ele não fala aos homens porque ninguém o entende e em mistérios fala com Deus (1 Co 14:2). E quando você ora em outras línguas o seu espírito ora de fato e a sua mente fica infrutífera (1 Co 14:14). E finalmente, aprendi que posso orar em outras línguas em todo o tempo: No carro, no trabalho, na rua, na cozinha ou aonde eu me encontrar."

Pr. Isaias Barbosa

ORAÇÃO EM LÍNGUAS

Nós somos um espírito, possuímos uma alma e habitamos em um corpo.

"E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso ESPÍRITO, E ALMA, E CORPO, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo." – 1 Ts 5:23

Com o nosso corpo físico, nós tocamos as coisas materiais, com a nossa alma, nós tocamos as emoções, os sentimentos, a razão... E com o espírito, tocamos o âmbito espiritual.

"Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à DIVISÃO DA ALMA E DO ESPÍRITO, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração." – Hb 4:12

O único meio de separar o que é alma e o que é o espírito, é pela Palavra de Deus. Não há outra maneira de separar. A alma possui algumas faculdades ou funções que são: Vontade, emoções e mente. Do mesmo modo, as faculdades ou funções do espírito humano são: Intuição, consciência e comunhão. Não vamos pormenorizar aqui sobre este assunto já que o foco deste assunto é a Oração em Línguas.

Há um caminho onde você pode edificar, fortalecer, exercitar o seu espírito; e este caminho é Orar através de uma linguagem que Deus criou no seu espírito quando você foi batizado no Espírito Santo: A Oração em línguas para edificação pessoal.

TIPOS DE MANIFESTAÇÃO DA ORAÇÃO EM LÍNGUAS

A respeito dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes.... Ora, os dons são diversos, mas o Espírito é o mesmo. E também há diversidade nos serviços, mas o Senhor é o mesmo. E há diversidade nas realizações, mas o mesmo Deus é quem opera tudo em todos. A manifestação do Espírito é concedida a cada um visando a um fim proveitoso. Porque a um é dada, mediante o Espírito, a palavra da sabedoria; e a outro, segundo o mesmo Espírito, a palavra do conhecimento; a outro, no mesmo Espírito, a fé; e a outro, no mesmo Espírito, dons de curar; a outro, operações de milagres; a outro, profecia; a outro, discernimento de espíritos; a um, VARIEDADE DE LÍNGUAS; e a outro, capacidade para interpretá-las. Mas um só e o mesmo Espírito realiza todas estas coisas, distribuindo-as, como lhe apraz, a cada um, individualmente." – 1 Co 12:1; 4-11

AS VARIEDADES DE LÍNGUAS:

Línguas como Sinal para os Incrédulos (Atos 2)Línguas que se estendem com Gemidos intercessórios (Inexprimíveis)Línguas para edificação da Igreja (com interpretação)Língua para edificação pessoal; (sem interpretação)

LÍNGUAS COMO SINAL PARA OS INCRÉDULOS

É o que aconteceu na descida do Espírito Santo no dia do Pentecostes. (Atos 2:1-10). Os discípulos estavam reunidos no cenáculo e quando foram cheios do Espírito Santo começaram a falar em outras línguas conforme o Espírito Santo concedia. Aconteceu que estavam reunidos no local pessoas representando cerca de 16 (dezesseis) nações estrangeiras e passaram a ouvir os discípulos anunciando as grandezas de Deus na sua própria língua materna. É como se fosse hoje e no local estivessem reunidas pessoas do Japão, Estados Unidos, França, Alemanha, etc. e cada um entendesse no seu idioma a fala dos discípulos. Nota-se que esta foi uma manifestação sobrenatural do Espírito Santo e não simplesmente o falar em outro idioma. Eles falaram em outras línguas. Línguas desconhecidas.

"4 Todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem.5 Ora, estavam habitando em Jerusalém judeus, homens piedosos, vindos de todas as nações debaixo do céu. 6 Quando, pois, se fez ouvir aquela voz, afluiu a multidão, que se possuiu de perplexidade, porquanto cada um os ouvia falar na sua própria língua. 7 Estavam, pois, atônitos e se admiravam, dizendo: Vede! Não são, porventura, galileus todos esses que aí estão falando? 8 E como os ouvimos falar, cada um em nossa própria língua materna?" - At 2:4-8

LÍNGUAS QUE SE ESTENDEM PARA OS GEMIDOS INTERCESSÓRIOS

"Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira,

com gemidos inexprimíveis" – Rm 8:26

Os gemidos intercessórios vem sobre você depois de algum tempo que você está habituado a orar muito em outras línguas. É como dores de parto.

Um dia eu fui aconselhar um membro da igreja local e ele estava com bastante problemas. Eu não queria trabalhar com ele já tinha desistindo da causa até que tive uma visão aberta de demônios atacando a vida daquele homem e o levando ao inferno. Esta visão foi durante o dia e estávamos reunidos num determinado local. Senti uma forte contração no meu ventre, agachei e comecei a gemer. Não falei nada na minha língua nativa e nem ao menos orei em outras línguas. É como se tivesse gerando algo no meu espírito e tivesse dores de parto. Estes acontecimentos cessaram no momento que senti a paz interior indicando a vitória na vida desta pessoa. Hoje ela vive bem no Senhor. Outro dia, andando no meio da rua veio novamente estes gemidos a favor de uma determinada denominação. E por fim, durante uma reunião em um determinado local, veio novamente estes gemidos e era eu quem iria ministrar a palavra naquela noite, só que não consegui ministrar porque veio sobre mim os gemidos intercessóros, deitei no chão e fiquei ali no meio do povo. Quando levantei, uma pessoa que pensávamos que estava bem, de vento em popa, disse a todos que estavam reunidos ali que iria se suicidar, estava com depressão. Outra pessoa, confessou o seu pecado publicamente pela igreja representada naquele local. Às vezes, somos tomados pelo Espírito Santo para interceder e nível de gemidos por alguém e necessariamente não sabemos o que está acontecendo no momento. Às vezes Deus revela na hora ou você fica sabendo depois.

LÍNGUAS PARA EDIFICAÇÃO DA IGREJA (Com Interpretação)

" que fala em outra língua a si mesmo se edifica, mas o que profetiza edifica a igreja." – 1 Co 14:4

A língua com interpretação se manifesta, geralmente numa reunião coletiva. A operação deste tipo de língua é o resultado da manifestação do Espírito Santo onde todos entendem a mensagem falada. A língua com interpretação é a manifestação da mente de Cristo para uma determinada reunião para aquele momento e hora, pré-determinado por Deus. É o Espírito Santo que opera e realiza este tipo de manifestação. Nós não temos o controle e sim o Espírito Santo.

LÍNGUAS PARA EDIFICAÇÃO PESSOAL (Sem Interpretação)

"O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja." – 1 Co 14:4

"Mas vós, amados, edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa santíssima fé,

orando no Espírito Santo." – Jd 20

A oração em línguas citada no texto de 1 Coríntios e a Oração no Espírito Santo citada no texto de Judas, têm o mesmo resultado, a mesma operação. Portanto, é o mesmo tipo de oração que tem como resultado: A EDIFICAÇÃO PESSOAL. No texto de 1 Coríntios 14:04, Paulo nos fala que somos edificados quando oramos em línguas. A palavra edificar pode ser traduzida nas seguintes formas conforme o Léxico Grego de Strong:

Oikodomeo, oikodomos e epoikodomeo - Construir uma casa, erigir uma construção, edificar (a partir da fundação), fundar, estabelecer, construir sobre, edificar e para terminar a estrutura da qual a fundação já foi colocada, para incrementar constantemente o conhecimento cristão e uma vida que se conforma a ele.

Então, quando oramos em outra língua estamos construindo uma superestrutura no nosso espírito capaz de conter a unção de Deus e assim, qualificando a nossa chamada. Quanto mais você orar em outras línguas, você será mais edificado. Você é que determina o quanto você quer ser edificado. Ao orar em outras línguas você estará erguendo uma estrutura sobre o fundamento que é Cristo. Você estará incrementando o conhecimento revelado, já que a oração em outras línguas é um dom de revelação.

A oração em línguas com interpretação é pela fé. Jesus disse a falaremos novas línguas pela fé.

A ORAÇÃO EM LÍNGUAS É PELA FÉ

"E estes sinais acompanharão aos que crerem: em meu nome expulsarão demônios;

falarão novas línguas..." – Mc 16:17.

A fé ocorre no espírito e não na alma. Como já vimos anteriormente, as faculdades da alma são: Mente, vontade e emoções. A alma quer sentir algo para orar em outras línguas. A alma quer entender a oração em línguas pela razão, a alma tem a vontade de orar em outras línguas. O interessante é que se ficarmos só na vontade não vamos orar em outras línguas. Geralmente, queremos ver anjos, sentir uma sensação de calor, ver fogo, sentir um arrepio e etc. Tudo isto procede da alma e não do espírito.

Outra coisa, muitos esperam que o Espírito Santo fale por eles. Não é assim, quem fala é você. O Espírito Santo cria esta linguagem no seu espírito e você tem que trazer à existência falando. Veja:

"Todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar em outras línguas,

segundo o Espírito lhes concedia que falassem." – At 2:4

Neste texto, todos ficaram cheios do Espírito Santo. Todos passaram a falar. O Espírito Santo apenas concedeu o que falar.

"E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e tanto

falavam em línguas como profetizavam." – At 19:6

Neste outro, tanto falavam em outras línguas como profetizavam. Nestes dois textos quem falou foram as pessoas e não o Espírito Santo. É você quem fala. O que acontece na maioria das vezes em que as pessoas recebem ministração e imposição de mãos para serem batizadas no Espírito Santo com evidências do falar em outras línguas? Elas esperam que o Espírito Santo fale por elas. Esperam sentir algo. Nem sempre há uma manifestação visível quando há uma ministração neste sentido. Uns caem sob o poder de Deus. Outros começam a rir no Espírito. Outros começam a chorar e etc. Isto não é regra. A regra é falar pela fé, pois a imposição de mãos no momento de uma ministração como esta tem uma importância e um fundamento legal para que todos possam receber o Batismo no Espírito Santo com evidências de falar em outras línguas.

Então, quando você for ministrado com imposição de mãos para receber o Batismo no Espírito Santo com a evidências do falar em outras línguas, abra a sua boca e fale pela fé o que o Espírito Santo colocou no seu coração. Não espere as sensações da alma para poder falar em outras línguas, simplesmente abra a sua boca e fale pela fé.

Muitas pessoas não falam em outras línguas por causa da dúvida, incredulidade. Uns pensam que estão imitando alguém, outros pensam que estão falando na carne, outros pensam que é do diabo. Quero esclarecer aqui um fato. Se você fizer um curso de inglês, ao concluir o curso, você vai notar que a o inglês dos americanos é diferente ao inglês da Inglaterra. Mas são tão semelhantes que só quem é entendido do assunto é que pode diferenciar isto. Somos filhos de Deus. Gerados e inseridos na Família de Deus. É lógico que muitas línguas serão parecidas umas com as outras.

Outros vão pensar que vão falar pela carne se abrirem a boca no momento da ministração. Não se preocupe com isto, pois o ambiente e o momento é propício para você receber o Batismo no Espírito Santo com evidência do falar em outras línguas. A língua é gerada no seu espírito pelo Espírito Santo. Sempre que houver um ambiente favorável à ministração do Espírito Santo, esta língua  sobe do seu espírito para a sua mente. Ela fica flutuando, você sabe o que falar se abrir a sua boca, não fala porque está com medo de estar pecando contra Deus por estar falando da carne ou imitando alguém. Abra a boca e fale, pois você está sendo ministrado para isto.

Outra coisa, todos os dons, ministérios funcionam pela fé. A fé exige uma ação. Por exemplo:

EXPULSANDO DEMÔNIOS EM O NOME DE JESUS

"...em meu nome, expelirão demônios..." – Mc 16:17

Segundo este texto, podemos expelir demônios na autoridade e no poder que há no Nome de Jesus. Ele disse que os sinais iria acompanhar OS QUE CREREM. Ele não disse que os sinais iria acompanhar a todos, ele disse que os sinais iria acompanhar AOS QUE CREREM. Portanto, é necessário crer. Os demônios só irão se submeter e sair se você tomar uma atitude de partir para cima deles e determinar que saiam no poder e na autoridade do Nome de Jesus. Se você não fizer isto, eles não irão sair. Assim também acontece em relação ao receber o Batismo no Espírito Santo com a evidência do falar em outras línguas. Você só vai falar se abrir a sua boca. No momento em que você abre a boca e fala as línguas vêm à existência, por causa da ação da sua fé.

CURANDO OS ENFERMOS ATRAVÉS DA IMPOSIÇÃO DE MÃOS

"se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados." – Mc 16:18

Dentro dexte contexto, os enfermos só ficarão curados quando eles receberem a imposição das mãos em o Nome de Jesus. Assim é com o receber o Batismo no Espírito Santo com evidências do falar em outras línguas. Então meu querido irmão, quando você for ministrado desta maneira, não duvide, recebe pela fé e fale em outras línguas. Agora, quero deixar claro que esta não é uma única regra pela qual se recebe o Batismo no Espírito Santo com evidências do falar em outras línguas. Eu, particularmente, recebi sem imposição de mãos. Deus pode fazer isto? Pode.

"Ainda Pedro falava estas coisas quando caiu o Espírito Santo sobre todos os que ouviam a palavra. 45 E os fiéis que eram da circuncisão, que vieram com Pedro, admiraram-se, porque também sobre os gentios foi derramado o dom do Espírito Santo; 46 pois os ouviam

falando em línguas e engrandecendo a Deus." – At 10:44-46

No texo acima, Cornélio, seus parentes e amigos íntimos não receberam a imposição de mãos para receberem o Batismo no Espírito Santo com evidências do falar em outras línguas. O que aconteceu aqui foi uma ação direta do Espírito Santo para evidenciar a Pedro e aos demais irmãos que Deus não faz acepção de pessoas e que a salvação também estava destinada aos gentios.

A TRANSFERÊNCIA ATRAVÉS DA IMPOSIÇÃO DAS MÃOS

A imposição de mãos implica em transmissão de dons.

"Por esta razão, pois, te admoesto que reavives o dom de Deus que há em ti

pela imposição das minhas mãos." – 2 Tm 1:6

"Não te faças negligente para com o dom que há em ti, o qual te foi concedido mediante profecia, com a imposição das mãos do presbitério." – 1 Tm 4:14

A imposição de mãos implica em transmissão de autoridade

"Disse o Senhor a Moisés: Toma Josué, filho de Num, homem em quem há o Espírito, e impõe-lhe as mãos; apresenta-o perante Eleazar, o sacerdote, e perante toda a congregação; e dá-lhe, à vista deles, as tuas ordens. Põe sobre ele da tua autoridade, para que lhe obedeça

toda a congregação dos filhos de Israel." – Nm 27:18-20

"Josué, filho de Num, estava cheio do espírito de sabedoria, porquanto Moisés impôs

sobre ele as mãos; assim, os filhos de Israel lhe deram ouvidos e fizeram

como o Senhor ordenara a Moisés." – Ex 34:9

A imposição de mãos implica na transferência da unção da cura

"...se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados." – Mc 16:18

A imposição de mãos implica na transferência do Espírito Santo

"Então, lhes impunham as mãos, e recebiam estes o Espírito Santo. 18 Vendo, porém, Simão que, pelo fato de imporem...apóstolos as mãos, era concedido o Espírito [Santo], ofereceu-lhes dinheiro, 19 propondo: Concedei-me também a mim este poder, para que aquele sobre quem eu impuser as mãos receba o Espírito Santo." – At 8:17-19

"E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e tanto falavam em línguas como profetizavam. 7 Eram, ao todo, uns doze homens." – At 19:6-7

Você observou no primeiro texto deste tópico que foi PELO FATO DE IMPOREM AS  MÃOS o Espírito Santo foi concedido àqueles que abraçaram o evangelho? E no segundo texto foi da mesma maneira: Paulo ministrou e impôs as mãos sobre os discípulos de Éfeso.

Você sabia que este povo de Éfeso sobre quem Paulo ministrou e impôs as mãos não conhecia, não sabia e nem tinham ouvido falar do Espírito Santo? Eles não fizeram uma campanha de oração e jejum de 30 (trinta) dias, para depois receberem a ministração do Batismo no Espírito Santo. Não! Eles foram ministrados sobre o assunto e assim que Paulo acabou de ministrar uma palavra, os discípulos já tinham fé suficiente para serem ministrados com imposição de mãos. No livro de Atos dos Apóstolos o Batismo no Espírito Santo é algo comum e subsequente à salvação. E na maioria dos textos são com evidências do falar em outras línguas.

Você já ouviu falar à respeito do Espírito Santo? Se ouviu, você está em vantagem sobre os Efésios, se nunca ouviu falar, o Espírito Santo é a Terceria Pessoa da Trindade, o Espírito Santo é Deus. Jesus disse aos discípulos que iria ao PAI. Ele teria que partir, morrer e ressuscitar dentre os mortos. Ele prometeu um outro consolador que estaria para sempre conosco. O Espírito Santo é uma promessa para todo aquele que crer em Jesus e o receber como Salvador da sua vida.

"E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, a fim de que esteja para sempre convosco, o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê, nem o conhece vós o conheceis, porque ele habita convosco e estará em vós." – Jo 14:16-17

"mas o Consolador, o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará

todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho dito." – Jo 14:26

"Quando, porém, vier o Consolador, que eu vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da verdade, que dele procede, esse dará testemunho de mim." – Jo 15:26

"quando vier, porém o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas que hão de vir." – Jo 16:13

"E acontecerá nos últimos dias, diz o Senhor, que derramarei do meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos jovens terão visões, e sonharão vossos velhos;

18 até sobre os meus servos e sobre as minhas servas derramarei do meu Espírito

naqueles dias, e profetizarão." – At 2:17-18

"mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra." – At 1:8

A PROMESSA É PARA TODOS

"...e recebereis o dom do Espírito Santo. Pois para vós outros é a promessa, para vossos filhos e para todos os que ainda estão longe, isto é, para quantos o Senhor,

nosso Deus, chamar." - At 2:38a-39

Portanto, sempre que você receber uma imposição de mãos de alguém que se coloca entre você e Deus, prepare-se porque algo sobrenatural vai acontecer na sua vida. Seja cura, unção, dons, autoridade delegada, etc, vai se cumprir na sua vida se você crer. A promessa do Batismo no Espírito Santo com a evidências do falar em outras línguas é para você, é para todos os que crerem.

ONDE A ORAÇÃO EM LÍNGUAS OCORRE

No espírito humano e não na alma. Por isso não há necessidade de aferir a oração em línguas através dos nossos sentimentos, arrepios, sensações, etc. Os sentimentos são processados na nossa alma. (lembre-se: As faculdades ou funções da alma são mente, vontade e emoções). A nossa mente não entra em operação quando nós oramos em outras línguas.

"Porque, se eu orar em língua desconhecida, o meu espírito ora bem, mas

o meu entendimento fica sem fruto." – 1 Co 14:14

Como a minha mente não entra em operação neste tipo de oração, como posso tirar o melhor proveito do meu tempo de oração? Quando eu oro em outras línguas, quem está em operação é o meu espírito. Quando eu faço qualquer outra atividade que envolva a alma (mente, vontade ou emoções) a alma está em operação e o espírito fica infrutífero. Quando eu oro em outras línguas quem opera é o espírito. Então, eu posso dirigir um carro onde minha mente fica concentrada na troca de marchas, na frenagem, no trânsito e orar em outras línguas. Posso orar em outras línguas quando estiver tomando um banho, fazendo uma caminhada, dirigindo um carro, assistindo a um DVD, ouvindo Cds de adoração, ouvindo a palavra ou a sós com Deus na minha devocional, deitando, levantando, etc.

COM QUEM FALAMOS QUANDO ORAMOS NO ESPÍRITO?

Segundo a palavra de Deus, quem ora em outras línguas está falando com Deus e não com os homens. Então, quando você estiver orando em outras línguas não se preocupe com sensações, arrepios, sentimentos, emoções ou até mesmo com o significado desta língua. Continue orando crendo no que a palavra diz: você está falando com Deus!

"Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios." – 1 Co 14:2

Portanto, mesmo quando eu não estiver sentindo nada (arrepios, o fogo de Deus...) ou passando por adversidades eu continuo a orar em línguas, pois eu estou falando com Deus e não com homens. Este é um dos textos que me faz perseverar orando em outras línguas hora após hora.

VOU ENTENDER O QUE ESTOU FALANDO?

- NÃO!!!

"Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios." – 1Co 14:2

Porque a palavra de Deus nos diz que ninguém o entende (não entende a pessoa que está falando em outras línguas). Não se preocupe com isto agora. A sua mente vai duvidar, a sua mente vai questionar e às vezes você vai pensar que nada está acontecendo. Olha, a mente natural não compreende as coisas de Deus porque elas se discernem espiritualmente.
(I Corintios 2:14) - "Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente."

A não ser que Deus dê a interpretação sobre o que você estiver orando.
(I Corintios 14:13) – "Por isso, o que fala em língua desconhecida, ORE PARA QUE A POSSA INTERPRETAR."

O QUE ESTOU FALANDO QUANDO ESTOU ORANDO EM LÍNGUAS?

(I Corintios 14:2) – "Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, E EM ESPÍRITO FALA MISTÉRIOS."

Segundo a palavra de Deus, quando você está orando em outras línguas você está falando mistérios.

Segundo o léxico grego de Strong, a palavra mistérios de 1 Coríntios 14:2 é a mesma palavra usada em Colossenses 1:26

TÓPICO - 3466 μυστηριον musterion (Léxico grego de Strong)
Algo escondido, secreto, mistério propósito ou conselho oculto.

Um dos seus significados é segredos divinos. Quando nós oramos em outras línguas, o nosso espírito está orando a Deus a respeito destes segredos que a nossa alma (mente) não compreende. Assim como a nossa alma tem uma linguagem (idioma) o nosso espírito regenerado tem outra linguagem. E esta linguagem que nós recebemos quando fomos batizados no Espírito Santo é a linguagem sobrenatural de oração, ou oração em línguas ou oração no espírito. É uma linguagem celestial.

Mas voltando ao assunto que nós estamos tratando quando oramos em outras línguas... que mistérios são estes que estamos orando a Deus?

(Colossenses 1:26) – "O mistério que esteve oculto desde todos os séculos, e em todas as gerações, e que agora foi manifesto aos seus santos;

(Colossenses 1:27) - Aos quais Deus quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios, QUE É CRISTO EM VÓS, esperança da glória..."

Você está orando quem é Cristo em você, através de você e para você, a esperança da glória. Você está orando os mistérios de Cristo onde estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e conhecimento de Deus.

(Colossenses 2:2-3) – 2"para que o coração deles seja confortado e vinculado juntamente em amos, e eles tenham toda a riqueza da forte convicção do entendimento, para compreenderem plenamente   o   mistério  de   Deus,   Cristo,   3 em quem   todos   os   tesouros da sabedoria e do

conhecimento estão ocultos."

O PROPÓSITO DA ORAÇÃO EM LÍNGUAS

(I Corintios 14:2) – "Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, E EM ESPÍRITO FALA MISTÉRIOS."

(Colossenses 1:26) – "O MISTÉRIO que esteve oculto desde todos os séculos, e em todas as gerações, e que agora foi manifesto aos seus santos;

(Colossenses 1:27) - Aos quais Deus quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios, QUE É CRISTO EM VÓS, esperança da glória..."

A oração em línguas é um dom de revelação. Quando você ora em outras línguas você está orando quem é Cristo EM VOCÊ, PARA VOCÊ e ATRAVÉS DE VOCÊ. Você está orando os segredos de Deus e esta revelação edifica o seu espírito, a sua fé é fortalecida porque todo o plano de redenção de Deus está sendo revelado gradativamente ao seu espírito.
Você não estará entendendo nada do que você está orando no momento, mas estes mistérios são impressos no seu espírito e quando você menos espera uma verdade é revelada ao seu coração; uma revelação, uma palavra rhema lhe salta ao coração, a palavra de Deus começa a operar na sua vida de uma maneira diferente.

Deus lhe deu este dom para sua edificação pessoal. A oração em línguas é a única linguagem de oração que você opera na hora que quiser. Você decide onde e quando orar. Você decide o tempo que você dedicará a este tipo de oração. Você tem o controle neste tipo de oração, enquanto que nos outros tipos (língua com interpretação e língua como sinal para os incrédulos) quem controla é o Espírito Santo.

(I Corintios 14:4) - O que fala em língua desconhecida EDIFICA-SE a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja.

INVESTINDO QUALIDADE DE TEMPO NA ORAÇÃO EM LÍNGUAS

(I Corintios 14:18) - Dou graças a Deus, porque falo em outras línguas MAIS DO QUE TODOS VÓS.

Paulo, neste texto nos dá a entender que ele gastava tempo orando em outras línguas. Ele investia muito tempo em oração em línguas. E no texto abaixo ele nos orienta a orar no Espírito em todo o tempo. Portanto, ore andando, deitado, fazendo caminhada, dirigindo o carro, dentro do ônibus, lendo, ouvindo pregações, ouvindo CD's, DVD's, etc.

(Efésios 6:18) - com toda oração e súplica, ORANDO EM TODO TEMPO NO ESPÍRITO e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos.

Que  tal  a  partir  de  agora  você entrar num propósito de orar pelo menos 1h (uma hora) por dia para começar?

Para ser mais ousado, fui desafiado a orar pelo menos 2h (duas) horas por dia e você?

CANTANDO EM OUTRAS LÍNGUAS

II – O cantar em outras línguas é o mesmo processo. É pela fé.

(1 Co 14:15)

15 Que farei, pois? Orarei com o espírito, mas também orarei com a mente; cantarei com o espírito, mas também cantarei com a mente

Segundo esta palavra, eu posso tanto cantar com o meu entendimento, com a minha mente, como cantar em outras línguas. Vou entender o que eu estou cantando? Nem sempre. Quando eu oro em outras línguas, o meu espírito está orando. Quando canto em outras línguas, é o meu espírito cantando. Eu posso cantar em português (meu entendimento) ou em mistérios.

(1 Co 14:16)

16 E, se tu bendisseres apenas em espírito, como dirá o indouto o amém depois da tua ação de graças?

Glórias a Deus!

Posso também bendizer a Deus, posso dar ações de graças a Ele, falando em outras línguas. Posso cantar, posso bendizer, posso dar ações de graças em mistérios.

É bíblico isto? Sim.

(1 Co 14:4 e 11b)

4 Todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem... Como os ouvimos falar em nossas próprias línguas as grandezas de Deus?

Esta foi uma manifestação de um tipo de variedade de línguas. As línguas como sinal para os incrédulos. Eles não estavam orando com a mente. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar EM OUTRAS LÍNGUAS conforme o Espírito Santo concedia. Os incrédulos é que estavam ouvindo na linguagem natural deles. Note bem, os 120 que foram cheios do Espírito Santo, não estavam orando numa linguagem natural e sim numa linguagem sobrenatural. Eles estavam falando em outras línguas. Estas línguas estavam sendo traduzidas na lingua natural de cada um dos incrédulos que estavam ali. Esta ação não depende do homem e sim do Espírito Santo. É uma manifestação bem diferente da oração em línguas que você recebe quando você é batizado no Espírito Santo.

O que eu quero concluir aqui é que posso bendizer a Deus, posso dar ações de graças a Ele, posso engrandecer a Deus falando em outras línguas. Posso cantar, posso bendizer, posso dar ações de graças, posso engrandecer a Deus em mistérios.

Gostaria de destacar mais um texto.

(Ef 5:18-20)

18 E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito, 19 falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor com hinos e CÂNTICOS ESPIRITUAIS, 20 dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, 21 sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo.

Você pode orar com o seu entendimento (alma/mente) ou orar em outras línguas (espírito). semelhantemente, você pode cantar com o seu entendimento (alma/mente) ou cantar em outras línguas (espírito).

Quando você começa a cantar em outras línguas, você está exercendo os cânticos espirituais que Paulo fala no texto de Ef 5:19. Esta é uma das maneiras que o crente pode se encher do Espírito Santo. Não há erro! Mesmo quando você não estiver sentindo nada (o sentir é da alma), você pode começar a orar em outras línguas e depois pode cantar em outras línguas. Experimente ficar um momento no seu quarto (num lugar separado ou até mesmo durante uma ministração de adoração na igreja) a cantar em outras línguas. Em pouco tempo você se encherá do Espírito Santo. Você estará bendizendo a Deus. Você estará  engrandecendo  a  Deus. Você  estará  dando

ações de graças a Deus...

E quando você ora bastante em outras línguas (Eu fui desafiado pelo Pr. Dave Roberson a orar por pelo menos 2 horas por dia para me matricular na escola do Espírito Santo). Quando você começar a cantar em outras línguas. Quando você tiver  isto  com  estilo  de  vida, esta palavra se

cumprirá na sua vida...

(Jo 7:38)
38 Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva.

Rios de águas vivas fluirão do seu interior, você sempre estará cheio do Espírito Santo. Você irá transbordar do Espírito Santo. Você vai influenciar pessoas  e ambientes

ao seu redor. Você fará diferença!

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/evangelho-artigos/a-oracao-em-linguas-2304393.html

    Palavras-chave do artigo:

    oracao em linguas

    Comentar sobre o artigo

    Mas tu, quando orares, entra no teu aposento, e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em oculto; e teu Pai, que vê secretamente, te recompensará.

    Por: Carlos Limal Religião & Esoterismo> Religiãol 21/10/2012 lAcessos: 55
    Fabiano Carvalho

    Existem diferentes tipos de oração. O Espírito Santo quer nos conduzir a um equilíbrio de todos estes tipos de oração.

    Por: Fabiano Carvalhol Religião & Esoterismo> Evangelhol 31/01/2011 lAcessos: 1,200
    Fabiano Carvalho

    Para os verdadeiros cristãos, a oração é "a comunhão com Deus". Através da oração nós realmente experiência relacionamento com Deus. A qualidade da nossa vida de oração, em seguida, determina a qualidade de nosso relacionamento com Deus...

    Por: Fabiano Carvalhol Religião & Esoterismo> Evangelhol 31/01/2011 lAcessos: 148
    MONICA GAZZARRINI

    Como é a oração que move a mão de Deus e nos trás o que pedimos? Aprenda a orar e ser atendido.

    Por: MONICA GAZZARRINIl Religião & Esoterismo> Religiãol 14/04/2008 lAcessos: 207,937 lComentário: 18

    Resumo: Este artigo se propõe, entre outras coisas relatar experiências cotidianas vivenciadas no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, localizado no município de São Luís-Ma, br. 135, km 18, Bairro Pedrinhas, cujo objetivo é compreender e fazer uma análise do trabalho do agente publico prisional, desde sua origem até os dias atuais, refletindo sobre sua prática no contexto do cárcere, bem como, possibilitar o aprimoramento dessa "prática", levando em consideração as representações socia

    Por: ana silvia r. de sousal Educaçãol 17/12/2011 lAcessos: 442
    Valnei Santos

    Em diferentes pontos do globo terrestre, neste instante, milhões de pessoas estão de alguma maneira, mas a oração genuína e total nada mais é do que amor.

    Por: Valnei Santosl Religião & Esoterismo> Religiãol 18/10/2010 lAcessos: 4,716 lComentário: 1

    Quando se estuda gramática, se estuda o funcionamento do sistema que rege a língua, portanto a gramática vive em função da língua, e não o contrário.

    Por: Mieli Rivero Montañol Educação> Línguasl 05/04/2012 lAcessos: 179

    Questões oriundas de concursos recentes, analisadas e comentadas com base na Norma Culta da Língua Portuguesa e revisada pelo Acordo Ortográfico.

    Por: Paulo Cavalcantel Educação> Línguasl 19/02/2013 lAcessos: 53

    Não se pode negar que a geração atual de estudantes, muitas vezes, sai da escola sem conhecer elementos básicos de uso da Língua Portuguesa. Isso acaba trazendo para o mercado profissionais que não lidam bem em situações concretas de escrita. Por este motivo, a comunicação acaba apresentando ruídos que poderiam ser evitados se houvesse um pouco mais de conhecimento por parte dos usuários.

    Por: Profº Baurul Educação> Línguasl 07/01/2012 lAcessos: 548
    Pr. Fabiano Carvalho

    É lamentável ver que muitas igrejas não tem ordem de Culto, as vezes em igrejas grandes e conhecidas, há conversas e cochichos sem fim nos cultos públicos

    Por: Pr. Fabiano Carvalhol Religião & Esoterismo> Evangelhol 22/10/2014

    Nesta aula estudaremos a intervenção de Deus durante o reinado de Nabucodonosor, rei da Babilônia em 605 a.C, quando Daniel com a idade aproximadamente de 20 anos de idade, recebe a revelação de Deus sobre o conteúdo do sonho e interpretação que aquele rei havia sonhado. Se trata da cronologia dos acontecimentos mundiais, desde o seu reinado até o reino de Cristo sobre a Terra, que chamamos de Milênio.

    Por: alan fabianol Religião & Esoterismo> Evangelhol 18/10/2014

    o Senhor nos chamou para sermos sacerdotes e orar por esta nação corrompida e caida, Deus quer um povo que tenha compaixão pelos perdidos,que chora pela Igreja e quarda a noiva de Cristo através do cuidado e amor, Jesus em todo seu ministerio amou a todos e amou ate o fim,em todo tempo serviu e se entregou pela igreja mediante a graça de Deus.

    Por: Alberto Jr.l Religião & Esoterismo> Evangelhol 20/09/2014

    Sendo o casamento uma aliança é preciso se perguntar: "O que posso dar sem me preocupar em ganhar"? Tenha em mente que o casamento há uma vida a perder e outra a ganhar, dar a sua vida para encontrar nela a uma nova vida.

    Por: Joscimar Oliveiral Religião & Esoterismo> Evangelhol 20/09/2014
    Odalberto Domingos Casonatto

    São trabalhados sete conflitos que Marcos apresenta após os sete sinais de Jesus descritos em Marcos 1,14-45 e que mostram a resistência na aceitação da Boa-notícia. A notícia passa a ser boa para aqueles que assumem o Projeto de Jesus. A palavra de Deus exige opção. Na Palestina no tempo de Jesus existiam muitos projetos. O Projeto e Jesus eram para restaurar a justiça e a vida nova. Vários conflitos começam aparecem a partir do momento em que Jesus começa a divulgar seu Projeto de Vida.

    Por: Odalberto Domingos Casonattol Religião & Esoterismo> Evangelhol 14/09/2014

    SALMO 23 O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam...

    Por: Andre Pinheirol Religião & Esoterismo> Evangelhol 09/09/2014 lAcessos: 25

    A palavra "paciência", com o sentido em que é empregada no Novo Testamento, na verdade, não possui um equivalente exato em nossa língua. Ela não significa absolutamente ter uma atitude sempre plácida e fleumática, como muitas pessoas pensam.

    Por: Jania Gasques bordonil Religião & Esoterismo> Evangelhol 08/09/2014 lAcessos: 19

    Domínio próprio, temperança, moderação, autocontrole – todos estes termos são empregados para definir o ultimo dos nove frutos do Espírito Santo, listados em Gálatas 5.22,23. Para expressar isso na terminologia conduz inconvenientemente, ou então: "Não age de maneira inadequada ou imprópria

    Por: Jania Gasques bordonil Religião & Esoterismo> Evangelhol 08/09/2014 lAcessos: 21
    PASTOR E MESTRE ALEXANDRE

    Para vc, que é Novo convertido, e também pra vc que Precisa ser AVIVADO...

    Por: PASTOR E MESTRE ALEXANDREl Religião & Esoterismo> Evangelhol 17/05/2010 lAcessos: 224
    PASTOR E MESTRE ALEXANDRE

    Muitas cristãos hoje não tem conhecimento da parte de Deus sobre seu chamado, e por isso ocorre tanta divisão na igreja, pastores que nem sabem discernir no espírito os chamados dentro da igreja e por fim nem reconhecem os irmãos chamados pela palavra de Deus, pois é pela palavra que discernimos os chamados.

    Por: PASTOR E MESTRE ALEXANDREl Religião & Esoterismo> Evangelhol 08/07/2009 lAcessos: 5,942 lComentário: 1
    PASTOR E MESTRE ALEXANDRE

    NÓS SOMOS CRISTÃOS ATIVADOS OU MORNOS. SEJAMOS CRISTÃOS CHEIOS DE FÉ NA PALAVRA QUE PRODUZ FÉ. COMO ESTÁ SUA FÉ HOJE? OUÇA A VOZ DO ESPÍRITO ELE TRARÁ A PRÓPRIA VIDA DE DEUS EM VOÇÊ, ACREDITE NA SUA FÉ, TENDE FÉ EM DEUS- OK

    Por: PASTOR E MESTRE ALEXANDREl Religião & Esoterismo> Evangelhol 08/07/2009 lAcessos: 12,825 lComentário: 9
    PASTOR E MESTRE ALEXANDRE

    O que a Sociedade espera de Voçê Cristão(ã)? JESUS ensinou a nicodemos, em João 3:03- Necessário que nascessamos de Novo. E nascer de novo, requer ter a mortificação da carne, como está escrito em colossenses 3:05. JESUS repreende viemente a Pedro, quando por mover nos sentimentos levou o aopóstolo da igreja primitiva e rever seus conceitos sobre Piedade.

    Por: PASTOR E MESTRE ALEXANDREl Religião & Esoterismo> Evangelhol 07/07/2009 lAcessos: 2,336 lComentário: 2

    Comments on this article

    0
    PASTOR E MESTRE ALEXANDRE 19/05/2010
    Por favor, amados(as), deixem seu comentário é muito importante para novas
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast