EVANGELHOS - Os Fariseus

Publicado em: 23/10/2010 |Comentário: 0 | Acessos: 234 |

 

Blog de reflexaobiblica :REFLEXÃO BIBLICA, EVANGELHOS - Os Fariseus

Durante seu ministério poucas vezes Jesus se irritou tanto com alguém como com os chamados fariseus. Nas narrativas evangélicas as palavras mais duras e contundentes que Jesus pronunciou foram dirigidas a este grupo religioso judaico. Jesus foi pacientemente amoroso com as mais diversas pessoas, incluindo algumas de caráter duvidoso: prostitutas, publicanos, ladrões (na cruz) - mas é duramente implacável com os fariseus.
Quem eram eles? Como surgiram? Por que esta reação tão radical de Jesus para com eles?
Vamos examinar algumas referências encontradas nos Evangelhos com o objetivo de conhecermos um pouco mais sobre quem eram e o que ensinavam e por que eles batiam de frente com Jesus.
A Fé e o Ensino dos Fariseus
- O conceito deles em relação às Escrituras (AT) determinava seus ensinos e práticas:

- A "tradição dos anciãos" formava junto com os escritos do Antigo Testamento sua base normativa e ética (Mt 15.2-3; Mc 7.3).
- Reconheciam o cânon completo do AT (Lei, Profetas e Salmos e/ou Escritos) e em seus argumentos e respostas Jesus há citações de todas estas partes do AT (Lei: Mt 12.5; 15.4; 19.45; Profetas: Mt 9.13; 12.40; 15.7-9; Salmos: Mt 22.44; Escritos: Mt 23.35).
- Viviam arraigados nas minúcias extraídas dos mandamentos estabelecidos pela Lei de Moisés (Mc 7.3-4; tinham em relação a guarda do Sábado seus argumentos mais radicais (Mc 3.2; Mc 6.1-2; 7.8-13).

- Seus Ensinos

- Criam na ressurreição e no mundo espiritual (Mt 22.34; 22.23; cf Atos 23.6-8)

- Suas práticas

- Cultivavam uma religiosidade extrema, centrada principalmente nos jejuns e orações (Lc 5.33; Mt 6.2).
- Tinham grande orgulho de serem judeus e descendentes de Abraão e por esta razão rejeitavam o batismo de arrependimento pregado por João Batista (Mt 3.8-9; Lc 7.30).
- Mantinham-se totalmente isolados daqueles que segundo eles não cumpriam estritamente os preceitos da Lei, principalmente os que eles denominavam publicanos e pecadores [ prostitutas, adúlteros, cobradores de impostos, pessoas que tinham profissões indignas {criadores de porcos}, e pessoas comuns que não eram zelosos dos mandamentos - tais pessoas eram amaldiçoadas (Mt 9.11; Jo 7.49).
- Aceitavam o divórcio, segundo Moisés, ainda que mantivessem restrições em relação a outros grupos e escolas rabínicas judaicas (Mt 19.3,7).

Rev. Ivan Pereira Guedes

PRÓXIMO: A Atitude deles para com Jesus e suas Motivações

ARTIGOS RELACIONADOS

http://reflexaobiblica.spaceblog.com.br/145678/O-Mundo-Religioso-no-Tempo-do-Novo-Testamento/

 

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/evangelho-artigos/evangelhos-os-fariseus-3532351.html

    Palavras-chave do artigo:

    evangelho

    ,

    jesus

    ,

    fariseus

    Comentar sobre o artigo

    Ivan Guedes

    A relação de Jesus com os fariseus sempre foi marcada pela tensão.

    Por: Ivan Guedesl Religião & Esoterismo> Evangelhol 03/11/2010 lAcessos: 875

    Para entender a mensagem do Evangelho, é importante possuirmos chaves de leitura. Tentamos buscar estas chaves para facilitar a leitura do evangelho. Assim podemos afirmar que a Comunidade Joanina é chave importante para entendermos o Evangelho, ela tentou viver a experiência do evangelho e os textos retratam isto. A Comunidade viveu muitos conflitos entende-los é chegar mais perto da compreensão do texto. As mulheres e os pobres fazem parte também do texto.

    Por: 24hoursupplementsl Religião & Esoterismo> Evangelhol 16/11/2009 lAcessos: 285
    Ivan Guedes

    Lucas não achou importante para sua narrativa incluir todos os acontecimentos que os outros evangelista alistaram. Em sua seleção deixa de lado alguns fatos que os outros entenderam ser necessário incluir.

    Por: Ivan Guedesl Religião & Esoterismo> Evangelhol 26/10/2010 lAcessos: 178
    Ivan Guedes

    O próprio texto evangélico nos fornece amplas informações sobre seu autor. É preciso apenas procurar sem preconceito ou demagogia escolástica.

    Por: Ivan Guedesl Religião & Esoterismo> Evangelhol 04/11/2010 lAcessos: 178
    Ivan Guedes

    Cada um dos discípulos foram especificamente chamado por Jesus. Eles vieram com suas histórias, com sua personalidade, com suas qualidades e limitações.

    Por: Ivan Guedesl Religião & Esoterismo> Evangelhol 30/10/2010 lAcessos: 145
    Ivan Guedes

    Como todos os demais evangelistas, Mateus também enfatiza alguns temas teológicos relacionados com o Senhor Jesus e sua mensagem evangélica.

    Por: Ivan Guedesl Religião & Esoterismo> Evangelhol 30/10/2010 lAcessos: 364
    Ivan Guedes

    Apesar de terem muito material em comum, cada evangelista dispõe e/ou organiza estas informações conforme seu propósito e público.

    Por: Ivan Guedesl Religião & Esoterismo> Evangelhol 04/11/2010 lAcessos: 415
    Ivan Guedes

    Continuamos destacando algumas características peculiares deste terceiro evangelho escrito por Lucas.

    Por: Ivan Guedesl Religião & Esoterismo> Evangelhol 26/10/2010 lAcessos: 404
    Ivan Guedes

    Apesar dos evangelistas narrarem sobre os mesmos acontecimentos envolvendo a pessoa e obra de Jesus, cada um deles implementa características peculiares.

    Por: Ivan Guedesl Religião & Esoterismo> Evangelhol 26/10/2010 lAcessos: 441

    Nesta aula estudaremos a intervenção de Deus durante o reinado de Nabucodonosor, rei da Babilônia em 605 a.C, quando Daniel com a idade aproximadamente de 20 anos de idade, recebe a revelação de Deus sobre o conteúdo do sonho e interpretação que aquele rei havia sonhado. Se trata da cronologia dos acontecimentos mundiais, desde o seu reinado até o reino de Cristo sobre a Terra, que chamamos de Milênio.

    Por: alan fabianol Religião & Esoterismo> Evangelhol 18/10/2014

    o Senhor nos chamou para sermos sacerdotes e orar por esta nação corrompida e caida, Deus quer um povo que tenha compaixão pelos perdidos,que chora pela Igreja e quarda a noiva de Cristo através do cuidado e amor, Jesus em todo seu ministerio amou a todos e amou ate o fim,em todo tempo serviu e se entregou pela igreja mediante a graça de Deus.

    Por: Alberto Jr.l Religião & Esoterismo> Evangelhol 20/09/2014

    Sendo o casamento uma aliança é preciso se perguntar: "O que posso dar sem me preocupar em ganhar"? Tenha em mente que o casamento há uma vida a perder e outra a ganhar, dar a sua vida para encontrar nela a uma nova vida.

    Por: Joscimar Oliveiral Religião & Esoterismo> Evangelhol 20/09/2014
    Odalberto Domingos Casonatto

    São trabalhados sete conflitos que Marcos apresenta após os sete sinais de Jesus descritos em Marcos 1,14-45 e que mostram a resistência na aceitação da Boa-notícia. A notícia passa a ser boa para aqueles que assumem o Projeto de Jesus. A palavra de Deus exige opção. Na Palestina no tempo de Jesus existiam muitos projetos. O Projeto e Jesus eram para restaurar a justiça e a vida nova. Vários conflitos começam aparecem a partir do momento em que Jesus começa a divulgar seu Projeto de Vida.

    Por: Odalberto Domingos Casonattol Religião & Esoterismo> Evangelhol 14/09/2014

    SALMO 23 O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam...

    Por: Andre Pinheirol Religião & Esoterismo> Evangelhol 09/09/2014 lAcessos: 24

    A palavra "paciência", com o sentido em que é empregada no Novo Testamento, na verdade, não possui um equivalente exato em nossa língua. Ela não significa absolutamente ter uma atitude sempre plácida e fleumática, como muitas pessoas pensam.

    Por: Jania Gasques bordonil Religião & Esoterismo> Evangelhol 08/09/2014 lAcessos: 19

    Domínio próprio, temperança, moderação, autocontrole – todos estes termos são empregados para definir o ultimo dos nove frutos do Espírito Santo, listados em Gálatas 5.22,23. Para expressar isso na terminologia conduz inconvenientemente, ou então: "Não age de maneira inadequada ou imprópria

    Por: Jania Gasques bordonil Religião & Esoterismo> Evangelhol 08/09/2014 lAcessos: 21

    Jesus nos salva a partir do momento em que O aceitamos como nosso Senhor e Salvador. Quando convidamos o Senhor a entrar em nossas vidas, passamos a desfrutar do melhor de Deus. Os problemas, as dificuldades, as tribulações podem vir, não estamos sozinhos "Papai está conosco". .... "Eis que estareis convosco todos os dias, até o final dos tempos" (Mt.28:20)

    Por: Sandra Jassnikerl Religião & Esoterismo> Evangelhol 31/08/2014 lAcessos: 12
    Ivan Guedes

    A nossa grande dificuldade em compreender a Bondade de Deus é porque nós não somos bons. A nossa natureza decaída perdeu a capacidade de sermos naturalmente bons. O nosso caráter, diferentemente de Deus, é mau e reproduz esta maldade em tudo que fazemos ou pensamos em fazer [quantos pensamentos maus você teve hoje e quantos pensamentos bons?]. A bondade não está em nosso caráter. Toda nossa bondade vem de Deus, é a bondade de Deus sendo manifestada em nós a razão pela qual ainda em alguns moment

    Por: Ivan Guedesl Religião & Esoterismo> Religiãol 07/08/2013 lAcessos: 15
    Ivan Guedes

    A Bíblia é sobre Deus e não sobre o ser humano; sua mensagem tem como único centro Deus e Seu Propósito eterno. Ela começa com Deus, na Criação, e conclui sua mensagem com Deus na Nova Criação. O ser humano entra como parte integrante da Criação, ainda que distintivamente, pois é o único ser na terra e no céu que recebeu a imagem e semelhança de Deus.

    Por: Ivan Guedesl Religião & Esoterismo> Religiãol 07/08/2013 lAcessos: 24
    Ivan Guedes

    O fato de Deus optar por pessoas para comunicar Sua mensagem a outras pessoas é muito significativo. Eles foram pessoas comuns, que exerciam atividades comuns (ex. Amós era boiadeiro e agricultor) e que em determinado momento foram incumbidos por Deus para transmitirem uma mensagem especifica para uma ou mais pessoas. Usaram palavras comuns de maneira que todas as pessoas pudessem ouvir com toda clareza. Na grande maioria das vezes a mensagem foi proclamada sem qualquer ação sobrenatural.

    Por: Ivan Guedesl Religião & Esoterismo> Religiãol 01/08/2013 lAcessos: 21
    Ivan Guedes

    O caminho de sua casa até onde Ele estava hospedado não era longo, apenas algumas ruas, mas naquele momento cada passo seu parecia demorar um quilometro. Sua mente estava agitada como nunca antes. Havia tantas questões a serem debatidas, mas seleciona-las e organiza-las por ordem de importância tinha lhe tomado muito tempo nestes últimos dias, e cada vez que repensava a ordem das questões se alteravam. Por fim resolvera que o primeiro assunto que abordaria seria a respeito do Reino de Deus.

    Por: Ivan Guedesl Religião & Esoterismo> Evangelhol 03/04/2013 lAcessos: 29
    Ivan Guedes

    O Talmud é um conjunto de sessenta e três livros legais, éticos e históricos, escritos pelos antigos rabis. Foi publicado no ano de 499 d.C. nas academias religiosas na Babilônia, onde vivia a maior parte dos judeus daquela época.

    Por: Ivan Guedesl Religião & Esoterismo> Religiãol 03/04/2013 lAcessos: 40
    Ivan Guedes

    O livro de Josué é fundamental, para uma compreensão dos relatos contidos nos cinco primeiros livros da Bíblia, chamados de Pentateuco (Gn a Dt), e os demais livros que chamamos de históricos e que vai até o livro de Ester.

    Por: Ivan Guedesl Religião & Esoterismo> Evangelhol 03/04/2013 lAcessos: 39
    Ivan Guedes

    Uma das questões mais espinhentas do livro de Josué, e de toda a bíblica, é a ordem explicita que Deus deu a Moisés e posteriormente reiterada a Josué, de que ao entrarem na terra de Canaã eles deveriam exterminar todos os antigos moradores. Como conciliar esta ordem tão violenta e cruel, com a mensagem de "não matarás" e principalmente "ama o teu próximo"?

    Por: Ivan Guedesl Religião & Esoterismo> Evangelhol 03/04/2013 lAcessos: 38
    Ivan Guedes

    A Páscoa, ainda que não tenha um apelo comercial tão forte, pois trata de um tema não muito apreciado e fácil de ser vendida, a morte, tendo como símbolo uma cruz cruenta, também vem sofrendo o mesmo processo de apropriação por parte das aves de rapina do Mercado.

    Por: Ivan Guedesl Religião & Esoterismo> Evangelhol 03/04/2013 lAcessos: 27
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast