Hebreus 12: 14-15

Publicado em: 05/12/2010 |Comentário: 0 | Acessos: 636 |

Hebreus 12: 14-15

"Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor,

atentando, diligentemente, por que ninguém seja faltoso, separando-se da graça de Deus; nem haja alguma raiz de amargura que, brotando, vos perturbe, e, por meio dela, muitos sejam contaminados;"

Amado(a),

Apesar de milhões de pessoas serem avisadas pelo próprio fabricante de cigarros: "fumar faz mal à saúde", ainda assim, continuam cometendo suicídio lento e gradativo, agredindo, contaminando e destruindo o "templo do Espírito Santo de Deus" que é seu corpo, alma e espírito, corpo este que lhes foi entregue pelo Senhor para cuidar dele como um tesouro precioso. Ao invés disso, muitas pessoas transformam essa benção em maldição levando para dentro de si mesmas cerca de 5.000 elementos  destruidores contidos na fumaça do cigarro, cujos ingredientes básicos são os venenos abaixo relacionados:

Nicotina: a causadora do vício. Considerada droga pela OMS. Sua atuação no sistema nervoso central é como a da cocaína, com uma diferença: chega entre 2 e 4 segundos mais rápido ao cérebro que a própria cocaína. É uma droga psicoativa, responsável pela dependência do fumante. É por isto que o tabagismo é classificado no Código Internacional de Doenças (CID-10) como grupo dos transtornos mentais e de comportamento decorrentes do uso de substâncias psicoativas. A nicotina aumenta a liberação de catecolaminas, acelerando a freqüência cardíaca, com conseqüente vasoconstricção e hipertensão arterial. Provoca uma maior adesividade plaquetária, e juntamente com o monóxido de carbono leva à arterosclerose. Contribui assim para o surgimento de doenças cardiovasculares. No aparelho gastrointestinal, a nicotina estimula a produção de ácido clorídrico, podendo levar ao aparecimento de úlcera gástrica. Também estimula o sistema parassimpático, o que pode causar diarréia. A nicotina libera substâncias quimiotáxicas, que vão atrair para o pulmão os leucócitos neutrófilos polimorfonucleares, a maior fonte de elastase, que destrói a elastina e provoca o enfisema pulmonar (Orleans e Slade, 1993; Rosemberg, 1996).

Benzopireno: substância que facilita a combustão existente no papel que envolve o fumo;

Nitrosaminas: são compostos químicos cancerígenos de estrutura química R2N-N=O;

Alcatrão: compostode mais de 40 substâncias comprovadamente carcinogênicas que incluem o arsênio, níquel, benzopireno e cádmio. Carcinogênios são substâncias que provocam câncer como os resíduos de agrotóxicos nos produtos agrícolas, como o DDT, e até substâncias radioativas, como é o caso do polônio 210 e do carbono 14, todos encontrados no tabaco;

Metais pesados: como o chumbo e o cádmio. Um cigarro contém de 1 a 2 mg, concentrando-se no fígado, rins e pulmões, tendo meia-vida de 10 a 30 anos, o que leva a perda de capacidade ventilatória dos pulmões, além de causar dispnéia, enfisema, fibrose pulmonar, hipertensão, câncer nos pulmões, próstata, rins e estômago;

Níquel e Arsênico: armazenam-se no fígado e rins, coração, pulmões, ossos e dentes - resultando em gangrena dos pés, causando danos ao miocárdio etc..;

Cianeto hidrogenado: extremamente venenoso devido à habilidade do íon em se combinar com o ferro da hemoglobina, bloqueando a recepção do oxigênio pelo sangue. Mata por sufocamento.

Amônia: utilizado em limpadores de banheiro;

Formol: componente de fluído conservante;

Monóxido de Carbono: é o mesmo gás que sai dos escapamentos de automóveis, e como tem mais afinidade com a hemoglobina do sangue do que o próprio oxigênio, toma o lugar do oxigênio, deixando o corpo do fumante, ativo ou passivo, totalmente intoxicado. (http://www.naofumantes.com.br/cigarrocompo.htm)/ (http://www.tabagismoumadoenca.hpg.ig.com.br/fumaca_cigarro.htm)

Essa fumaça maligna não apenas causa danos irreversíveis ao viciado como contamina a saúde dos não fumantes por poluir o ambiente exposto à essa fumaça destruidora! Deus, obviamente, NÃO SE agrada desse comportamento e está disposto a perdoar, ajudar e fortalecer o indivíduo que se arrepende e se propõe, de corpo, alma e espírito a livrar-se, definitivamente, desse vício maligno!

"Porque Tu, Senhor, és bom, e pronto a perdoar, e abundante em benignidade para com todos os que Te invocam." (Salmos 86: 5)

Pois bem. Tão destrutiva quanto esse vício maligno, é a amargura no coração do homem!

A mágoa corrói a saúde física e mental do ser humano tanto quanto o cigarro corrói o estômago, os pulmões, o cérebro, os órgãos em geral!

Por isso, a Palavra de Deus todinha está centralizada num tema predominante: perdão.

"Então Pedro, aproximando-se Dele, lhe perguntou: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu hei de perdoar? Até sete?

Respondeu-lhe Jesus: Não te digo que até sete; mas até setenta vezes sete." (Mateus 18: 21-22)

A mágoa expressa: desgosto, pesar, tristeza, ressentimento, amargura. Amargura, por sua vez manifesta um sabor amargo na boca. É uma sensação física, concreta, que não dá para ser ignorada. Cada vez que a pessoa se lembra da ofensa ou do seu ofensor, sobe aquela sensação de amargor das suas entranhas, uma sensação de acrimônia, azedume, a qual é a reação do corpo produzindo toxinas e lançando-as na corrente sanguínea!

William Shakespeare afirma: "Guardar ressentimento é como tomar veneno e esperar que a outra pessoa morra."

Esse veneno corrói o corpo e a alma do magoado, afasta o Espírito de Deus da sua vida e a pessoa deixa de viver as bençãos e as promessas que o Senhor tem preparado para ela porque Deus não atua no meio do caos. E, neste caso, o caos é o próprio coração do ressentido, o qual está contaminado por sentimentos que não procedem do Espírito de Deus mas procedem da carne que é corruptível e pecadora.

Mágoa, raiva, rancor e orgulho são sentimentos intrínsecos, impossíveis de separar.  Mesmo que o magoado não admita isso. Um não sobrevive sem o outro. Cultivar esses sentimentos dentro de si expressa a falta de disposição do homem em perdoar. Quem não se submete ao perdão está sendo orgulhoso, soberbo e insubmisso a Deus. Portanto, ele só tem a perder! Não consegue desfrutar da paz, não desfruta da presença gloriosa do Pai e desenvolve em seu corpo e em sua mente uma série de doenças oportunistas, pois, conforme o apóstolo Paulo previne os membros da Igreja de Cristo:

"A quem perdoais alguma coisa, também eu perdôo; porque, de fato, o que tenho perdoado (se alguma coisa tenho perdoado), por causa de vós o fiz na presença de Cristo;

para que Satanás não alcance vantagem sobre nós, pois não lhe ignoramos os desígnios." (2Coríntios 2: 10-11)

Preste bem atenção, amado(a): "para que Satanás não alcance vantagem" sobre você e sobre mim, é imprescindível que liberemos PERDÃO sobre aqueles que nos ofenderam, Amém?

"Uma pesquisa realizada pela Unicamp, com dezenas de pessoas que sofriam com problemas cardíacos, revelou que 80% delas eram rancorosas e guardavam mágoa. Estudos constatam que o magoado consome uma energia psíquica muito grande. Conseqüentemente, o organismo sofre uma descarga de adrenalina levando o coração a sofrer alteração em seus batimentos. Daí, podem ocorrer diversas outras desordens nesse órgão e não apenas no seu descompasso. O estômago e o intestino também funcionam, muitas vezes, como órgão de choque para aqueles que vivem em função deste sentimento. Na verdade, o acúmulo de mágoa altera todo o metabolismo de uma pessoa.

Segundo o médico Mário Miyazato Filho, o mesmo mecanismo que acelera o coração é responsável também por muitas doenças gastrintestinais. Ele explica que acontece um processo de somatização que pode gerar diversas manifestações difíceis até de se imaginar. A mágoa, segundo ele, gera altas cargas tóxicas, podendo ser a porta de entrada para muitas doenças, uma vez que interfere diretamente no sistema imunológico." (http://www.midiaesaude.com.br/?action=mais&materia=369)

Portanto, muitas doenças do corpo são provenientes de um deplorável estado mental cujo nome é mágoa. Não é à toa que Jesus nos alerta, enfaticamente, para sermos perdoadores, não amado(a)?

A pessoa que alimenta esse "câncer na alma", chamado mágoa, manifesta terríveis e desagradáveis sentimentos em seu dia a dia:

Melancolia (luto interno): num grau acentuado torna-se uma psicose maníaco-depressiva. O amargurado passa a manifestar um comportamento sombrio, triste, desiludido, sem entusiasmo diante dos fatos e das pessoas. A ofensa permanece tão viva e constante em sua memória que a decepção torna-se generalizada e ele passa a não confiar mais em ninguém, não consegue mais transmitir alegria, pois sente que o mundo não merece sua alegria. Só que ele não percebe que o maior punido é ele mesmo!

Frustração: o ofendido sente-se tapeado, malogrado, sente-se falho de alguma forma que nem ele próprio entende. Sente-se impotente e incapaz. Sente-se "vítima" e comporta-se como "vítima", alimentando todo tipo de derrota em sua vida!

Raiva: é a manifestação visível e audível da ira. A boca fala coisas que podem prejudicar outras pessoas, coisas que, depois, não há como voltar atrás. Pode declarar mentiras, torpezas, ameaças, retaliações que, mesmo que não se cumpram, podem vir a comprometer, futuramente, a vida do raivoso ofendido. Por ex., na hora da raiva, a pessoa pode dizer: "eu quero matá-lo!" mesmo que ele não faça isso, caso aconteça algo com o ofensor, a suspeita recairá nele que fez a ameaça!

Rancor: é a raiva silenciosa...fica ali dentro da pessoa, "cozinhando" ora em fogo brando, ora em fogo alto, às vezes, morna, às vezes, fervendo... idealizando a derrota do outro... alimentando sentimento de vingança, onde a raiva passa a ser potencializada pelo ódio e o ódio por atitudes malignas, onde, num determinado momento, a pessoa pode perder o controle sobre a situação e provocar danos irreversíveis para outro(s) e para si mesma!

Orgulho: alguém pode sentir um orgulho sadio de si mesmo. Isto é, você realiza um bom trabalho e sente satisfação pessoal pelo resultado dele. Sem problemas. Isso é natural e saudável.

O problema é o orgulho derivado da mágoa, do ressentimento, do ódio e do rancor. Neste caso, o orgulho é sinônimo de soberba ou seja, arrogância, magnitude, o sentir-se "deus", alguém acima das falhas humanas, não pecador e perfeito! Por isso, nega o perdão ao ofensor. Nega o perdão como forma de demonstrar sua superioridade sobre o outro: "como ele ousou fazer isso COMIGO???"

Nós temos 2 opções: perdoar conforme recomendação de Jesus Cristo e viver com saúde plena e qualidade de vida, gozando da Presença abençoadora do Senhor sobre a nossa vida e de nossos amados OU reter o perdão e arrastar nossa existência administrando problemas... detonados...transtornados... manipulados pelo reino das trevas... somatizando nossas decepções em forma de doenças físicas e mentais e alimentando o inferno em todas as suas formas e manifestações. A escolha é somente NOSSA. Está em nossas mãos.

A mágoa mata! O perdão traz cura, libertação, salvação e vida plena!

Não consegue perdoar?

Ore para que o Deus Forte, o Pai das Luzes, o Maravilhoso Conselheiro, o Pai da Eternidade, o Príncipe da Paz, Jesus Cristo, consiga para você!  Ore para que  ELE venha fazer morada em seu interior, derramar amor, compreensão, sabedoria e paz!

Não deixe sua mente vazia! Encha-a da Palavra de Deus, da adoração, do louvor e da oração. Clame! Declare o perdão (ainda que não sinta) em audível e clara voz! Abençoe seu ofensor e os anjos do Senhor levarão cativos aqueles principados e potestades que pretendiam escravizar a sua vida, a sua saúde e as suas chances de viver feliz e realizado em união com o Senhor e seus amados!

Como está em Provérbios 19:11:

" A sabedoria do homem lhe dá paciência; a sua glória está em esquecer ofensas."

Ótima semana!

Bjos com amor.

 

 

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/evangelho-artigos/hebreus-12-14-15-3790956.html

    Palavras-chave do artigo:

    hebreus 12 14 15

    Comentar sobre o artigo

    radimel alonso favacho

    Devemos mudar nossas atitudes através da mudança das informações que entram em nossas mentes ...

    Por: radimel alonso favachol Religião & Esoterismol 13/09/2014

    Todos em determinados momentos da vida sentimo-nos cansados e desanimados, buscando atingir insistentemente um objetivo e não conseguimos, e desta forma necessitamos de ajuda em face da insistência, que provoca fadiga da mente e do corpo, ou então de ambos;

    Por: Antonio Lourol Religião & Esoterismo> Meditaçãol 10/07/2008 lAcessos: 679
    paulo de aragão lins

    O verdadeiro salvo tem convicção absoluta da sua salvação, sente-se seguro, entende que o pacto que Deus fez com ele é para sempre. Como afirmou o apóstolo Paulo em Romanos 8.19: “O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus”.

    Por: paulo de aragão linsl Religião & Esoterismo> Evangelhol 24/08/2009 lAcessos: 285
    kuryos

    Tendo feito uma apresentação nos capítulos anteriores, das credenciais de Jesus que confirmavam ser apenas Ele o Messias prometido, Mateus passaria a demonstrar o ensino e as ações de Jesus nos capítulos seguintes do seu evangelho, começando partir do quinto capitulo, com o seu ensino do Sermão do Monte, que é concluído no sétimo capitulo.

    Por: kuryosl Religião & Esoterismo> Evangelhol 05/12/2012 lAcessos: 26
    Cláudia Meyer

    "Respondeu o SENHOR: Porque deixaram a MINHA lei, que pus perante eles, e não deram ouvidos ao que EU disse, nem andaram nela. Antes, andaram na dureza do seu coração e seguiram os baalins, como lhes ensinaram os seus pais."

    Por: Cláudia Meyerl Religião & Esoterismo> Evangelhol 14/01/2012 lAcessos: 73
    José de Souza Machado

    Há apens duas Igrejas que declaram serem portadoras do Sacerdócio, a procuração de Deus dada o hmem para agir em Nome de Deus aqui na Terra. Cristo impôs as suas mãos sobre a cabeça de cada homem que ele escolheu e chamou para o ministério e o ordenou no oficio de apóstolo. Ele disse, "eu vos escolhi, os chamei e os ordenei, vocês não me escolheram , e nem se escolheram.

    Por: José de Souza Machadol Religião & Esoterismo> Evangelhol 28/09/2009 lAcessos: 2,839 lComentário: 2

    Em primeiro lugar não é se socorrendo da definição de sacrifício que consta em dicionários. Saber que sacrifício é ‘qualquer coisa consagrada e ofertada a Deus' não nos auxiliará na compreensão da orientação paulina, pois não há dicionário no mundo que esclareça como tornar um ‘corpo' possuidor dos predicativos que se seguem: vivo, santo e agradável. Em segundo lugar, sabemos que é impossível ao homem natural compreender as coisas de Deus, portanto, não podemos esperar que o trabalho de lexicóg

    Por: robertorsvl Religião & Esoterismo> Evangelhol 04/02/2011 lAcessos: 318
    WAGNER PEREIRA E LIZE

    Ao analisar a vida de Jesus, Paulo e outros com Abraão, perceberemos que o ouvir Deus falar está ligado diretamente a estas informações tais como: CERTEZA E CONVICÇÃO.

    Por: WAGNER PEREIRA E LIZEl Religião & Esoterismo> Evangelhol 03/04/2012 lAcessos: 166
    paulo de aragão lins

    Uma doutrina sem qualquer fundamento neotestamentário é, hoje, muito usada, para o enriquecimento de alguns.

    Por: paulo de aragão linsl Religião & Esoterismo> Religiãol 22/03/2009 lAcessos: 10,044 lComentário: 11
    Odalberto Domingos Casonatto

    São trabalhados sete conflitos que Marcos apresenta após os sete sinais de Jesus descritos em Marcos 1,14-45 e que mostram a resistência na aceitação da Boa-notícia. A notícia passa a ser boa para aqueles que assumem o Projeto de Jesus. A palavra de Deus exige opção. Na Palestina no tempo de Jesus existiam muitos projetos. O Projeto e Jesus eram para restaurar a justiça e a vida nova. Vários conflitos começam aparecem a partir do momento em que Jesus começa a divulgar seu Projeto de Vida.

    Por: Odalberto Domingos Casonattol Religião & Esoterismo> Evangelhol 14/09/2014

    SALMO 23 O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam...

    Por: Andre Pinheirol Religião & Esoterismo> Evangelhol 09/09/2014 lAcessos: 15

    A palavra "paciência", com o sentido em que é empregada no Novo Testamento, na verdade, não possui um equivalente exato em nossa língua. Ela não significa absolutamente ter uma atitude sempre plácida e fleumática, como muitas pessoas pensam.

    Por: Jania Gasques bordonil Religião & Esoterismo> Evangelhol 08/09/2014 lAcessos: 14

    Domínio próprio, temperança, moderação, autocontrole – todos estes termos são empregados para definir o ultimo dos nove frutos do Espírito Santo, listados em Gálatas 5.22,23. Para expressar isso na terminologia conduz inconvenientemente, ou então: "Não age de maneira inadequada ou imprópria

    Por: Jania Gasques bordonil Religião & Esoterismo> Evangelhol 08/09/2014 lAcessos: 15

    Jesus nos salva a partir do momento em que O aceitamos como nosso Senhor e Salvador. Quando convidamos o Senhor a entrar em nossas vidas, passamos a desfrutar do melhor de Deus. Os problemas, as dificuldades, as tribulações podem vir, não estamos sozinhos "Papai está conosco". .... "Eis que estareis convosco todos os dias, até o final dos tempos" (Mt.28:20)

    Por: Sandra Jassnikerl Religião & Esoterismo> Evangelhol 31/08/2014
    Odalberto Domingos Casonatto

    Em setembro os católicos se dedicam ao estudo de um livro Bíblico. O tema de 2014 é: "Discípulos Missionários a partir do Evangelho de Mateus" observando como ponto de partida as prioridades do Projeto de Evangelização "O Brasil na missão continental" e os aspectos fundamentais do processo de discipulado: o encontro com Jesus Cristo, a conversão, o seguimento, a comunhão fraterna e a missão são temas deste mês de setembro de 2014. O lema é: "Ide, fazei discípulos e ensinai" (Mt 28,19-20).

    Por: Odalberto Domingos Casonattol Religião & Esoterismo> Evangelhol 29/08/2014 lAcessos: 46
    Jurema de Souza Martins

    Por meio de Cristo estamos livres das cadeias espirituais que nos acorrentavam. Na condição de pecadores estávamos cegos e paralíticos e graças a pregação do evangelho passamos a enxergar e a andar. A nova vida em Cristo, não nos isenta de dificuldades, pelo contrário, é possível que um novo convertido tenha mais problemas do que tinha antes de receber a Cristo. Jesus Cristo disse que no mundo teríamos aflições mas deveríamos, tem ânimo, ou seja, fé e paciência. As aflições dessa vida não devem

    Por: Jurema de Souza Martinsl Religião & Esoterismo> Evangelhol 21/08/2014 lAcessos: 11
    José Luiz Cruz

    Se você quer manter um escravo cativo e totalmente em acordo com a escravidão, convença-o que ele não está preso. Dê a ele a falsa sensação de liberdade e ele vai continuar cativo, satisfeito e totalmente equivocado, mas satisfeito. O grande mal da RELIGIÃO é criar esta ilusão de liberdade nas mentes das pessoas.

    Por: José Luiz Cruzl Religião & Esoterismo> Evangelhol 03/08/2014 lAcessos: 20
    Cláudia Meyer

    Deuteronômio 28: 1-7 "Se atentamente ouvires a voz do SENHOR, teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os Seus mandamentos que hoje te ordeno, o SENHOR, teu Deus, te exaltará sobre todas as nações da terra. Se ouvires a voz do SENHOR, teu Deus, virão sobre ti e te alcançarão todas estas bênçãos:"

    Por: Cláudia Meyerl Religião & Esoterismo> Evangelhol 17/10/2012 lAcessos: 88
    Cláudia Meyer

    "Mas esta é a aliança que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz o SENHOR: Porei a Minha lei no seu interior, e a escreverei no seu coração; e EU serei o seu Deus e eles serão o Meu povo."

    Por: Cláudia Meyerl Religião & Esoterismo> Evangelhol 03/10/2012 lAcessos: 54
    Cláudia Meyer

    "Ao descambar o dia, os seus discípulos desceram para o mar. E, tomando um barco, passaram para o outro lado, rumo a Cafarnaum. Já se fazia escuro, e Jesus ainda não viera ter com eles. E o mar começava a empolar-se, agitado por vento rijo que soprava. Tendo navegado uns vinte e cinco a trinta estádios, eis que viram Jesus andando por sobre o mar, aproximando-se do barco; e ficaram possuídos de temor. Mas Jesus lhes disse: Sou eu. Não temais!"

    Por: Cláudia Meyerl Religião & Esoterismo> Evangelhol 03/10/2012 lAcessos: 30
    Cláudia Meyer

    "Depois, trazendo-os para fora, disse: Senhores, que devo fazer para que seja salvo? Responderam-lhe: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa. E lhe pregaram a palavra de Deus e a todos os de sua casa."

    Por: Cláudia Meyerl Religião & Esoterismo> Evangelhol 14/01/2012 lAcessos: 1,104
    Cláudia Meyer

    "Respondeu o SENHOR: Porque deixaram a MINHA lei, que pus perante eles, e não deram ouvidos ao que EU disse, nem andaram nela. Antes, andaram na dureza do seu coração e seguiram os baalins, como lhes ensinaram os seus pais."

    Por: Cláudia Meyerl Religião & Esoterismo> Evangelhol 14/01/2012 lAcessos: 73
    Cláudia Meyer

    "Como a cidade derrubada que não tem muros, assim é o homem que não tem domínio próprio."

    Por: Cláudia Meyerl Religião & Esoterismo> Evangelhol 13/01/2012 lAcessos: 854
    Cláudia Meyer

    "Depois de fazer sair todas as que lhe pertencem, vai adiante delas, e elas o seguem, porque lhe reconhecem a voz; mas de modo nenhum seguirão o estranho; antes, fugirão dele, porque não conhecem a voz dos estranhos. As Minhas ovelhas ouvem a Minha voz; EU as conheço, e elas ME seguem."

    Por: Cláudia Meyerl Religião & Esoterismo> Evangelhol 13/01/2012 lAcessos: 92
    Cláudia Meyer

    Salmos 30: 4-5 "Salmodiai ao SENHOR, vós que sois Seus santos, e dai graças ao Seu Santo Nome. Porque não passa de um momento a Sua ira; o Seu favor dura a vida inteira. Ao anoitecer, pode vir o choro, mas a alegria vem pela manhã."

    Por: Cláudia Meyerl Religião & Esoterismo> Evangelhol 13/01/2012 lAcessos: 107
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast