jogar pérolas aos porcos

19/06/2010 • Por • 5,768 Acessos

Mateus 7: 6

"Não deis aos cães o que é santo, nem lanceis ante os porcos as vossas pérolas, para que não as pisem com os pés e, voltando-se, vos dilacerem."

Amado(a),

Este conselho veio diretamente da boca de Jesus em Seu célebre Sermão do Monte. Ele se aplica a inúmeras situações na vida do cristão.

Eu amo os cães, são animais adoráveis, mas este termo não se refere ao animalzinho criado por Deus e amigo do homem. Este termo simboliza determinados tipos de pessoas que não apresentam a mínima racionalidade, sensatez, capacidade de analisar, comparar, deduzir com discernimento e equilíbrio o que lhe é oferecido ou apresentado. Agem impulsivamente, são reativas ao menor estímulo, pensam e reagem na carne e pela carne e seus valores são contrários aos valores de Deus.

Na tradição hebraica, o cão é usado, metafóricamente, para reprovar os falsos mestres, os falsos apóstolos, os sacerdotes levianos e irresponsáveis que falam daquilo que querem falar e não daquilo que Deus deseja que eles falem.

Os porcos, segundo os hebreus, eram considerados animais impuros, pois Deus, através de Moisés, proibia a ingestão da carne suína. A proibição baseava-se no fato de que os hebreus estavam no deserto e a carne do porco, mesmo salgada, estragava-se com facilidade.

Os porcos estão incluídos entre os animais com hábitos imundos, pois, antigamente, eram criados em chiqueiros, alimentavam-se de lavagens, portanto, estes animais poderiam trazer contaminação para quem os ingeria. Hoje, os porcos são criados para o consumo em ambientes higienizados e com alimentação adequada. Não oferecem mais risco à saúde do homem.

A partir disso, podemos começar a entender  sobre o que Jesus Cristo está nos aconselhando. Ele nos alerta a respeito de entregarmos o nosso precioso nas mãos daquele(a) que ama o pecado, daquele(a) que ama a imundície, de quem não é amigo(a) de Deus, pois isso pode trazer contaminação para nosso corpo, alma e espírito, para a nossa vida, e, sobretudo, roubar o que temos de mais precioso: nosso relacionamento com Deus.

Os cães, os porcos representam aquelas pessoas que vivem em dissonância com os valores e princípios de Deus... que mantêm hábitos que ferem a integridade dos outros. Quero fazer uma pausa para ilustrar este ponto. Conheci uma pessoa cujo marido "curtia" praia de nudismo. Ela detestava mas acompanhava-o para estar presente. Não se encorajava a ter filhos com esse homem porque não confiava nele! Agredia-se a si própria para encaixar-se nas expectativas e padrões dele; privava-se de buscar sua realização pessoal como mãe e esposa para acompanhá-lo ao chiqueiro! Isso é um exemplo claro de quem joga as suas pérolas aos porcos!

 

Os "cães" podem ser líderes espirituais enganadores que oferecem a você alternativas para a sua fé que não estão centradas na Trindade Santa (Pai, Filho, Espírito Santo) até utilizando-se  da Bíblia, porém distorcendo e acrescentando ao seu real sentido, suas próprias práticas e interpretação enganadoras, distorcidas e falsas.

 

Além de pessoas, os porcos podem ser os vícios: cigarro, bebida, drogas, pornografia, medicamentos para dormir, para acordar, para trabalhar, para rir, para amar; podem ser atividades ilícitas como  adúltério, jogos de azar, falcatruas...

 

O Senhor deseja que você identifique agora: quem são os porcos que têm tomado posse do que é precioso para você e/ou do que é precioso para aqueles a quem você ama? Quais são os  "porcos" e os "cães" que você tem alimentado com o seu melhor?

O que você tem lançado a eles?

Seus afetos?  Seu tempo? Sua dedicação? Sua fé? Sua alma? Suas expectativas? Seus sonhos? Suas virtudes? Sua saúde física e mental? Sua dignidade? Sua confiança? Sua paz?

Quem age insensatamente, quem ama a imundície não saberá dar valor a você, servo amado(a) do Deus Altíssimo! Vai pisotear, vai tirar tudo de você, te esvaziar, vai desprezar tudo o que você lhe confiar, no momento em que você não satisfizer mais seus caprichos, suas vontades. A pornografia, por ex., tira o ser humano do prazer de conviver com sua família, com sua esposa (marido), isola-o do convívio saudável com os amigos, impede sua prosperidade, amarra-o numa situação limitada, de mentira, de ilusão, rouba sua dignidade, derruba sua auto-estima e o respeito por parte daqueles que lhe são íntimos. Esta pessoa passa a ser um referencial deturpado para seus filhos e estará numa situação-limite, ou melhor dizendo, numa situação de risco onde a autocensura dará lugar à busca cada vez mais desenfreada e frenética pelo prazer até que chegue a graus inimagináveis de compulsão, o que pode gerar perversões, as mais variadas. Por que motivo você acha que a pedofilia atingiu dimensões tão extraordinárias?

Entregar suas pérolas aos cães pode significar você entrar no jogo do "inimigo": em brigas, discussões, contendas com o próximo. Isso irá te desgastar e poderá gerar consequências extremamente prejudiciais para o servo de Deus:

"Não fales aos ouvidos do tolo, porque desprezará a sabedoria das tuas palavras". (Provérbios 23.9).

Pode referir-se, ainda, àquelas pessoas precipitadas que, mal conhecem alguém, já as convidam para fazer parte de seu círculo familiar íntimo, dos amigos, sem saber se esse alguém é digno de confiança, se é um "porco" ou um "cão". Há, ainda, aquelas pessoas que se apaixonam repentinamente, largam família, trabalho, segurança para ir viver com ele(a)! Todos enxergam, menos ela! Podem gerar filhos, entregam sua vida nas mãos de quem não merece, de quem não é confiável, responsável, sério!

O que ocorre, amado(a),  é que os "porcos" e os cães" não irão reconhecer suas pérolas, seus valores pessoais, suas virtudes e méritos e, inevitavelmente, pela sua natureza corrupta,  irão pisotear as suas pérolas e não pararão até que elas estejam completamente dilaceradas, esmagadas, moídas!

Amado(a), uma pérola não se forma da noite para o dia. Preserve-a. Não abra mão de suas pérolas por ninguém ou coisa alguma! Elas são a prova da presença do Reino de Deus na sua vida!

"O reino dos céus é também semelhante a um homem, negociante, que procura boas pérolas;

e, tendo achado uma pérola de grande valor, vende tudo o que possui e a compra." (Mateus 13: 45-46)

Te amo em Cristo!

Bjos no seu coração!

 

Perfil do Autor

Cláudia Meyer

Casada, 2 filhas, membro da igreja Sara Nossa Terra - Augusta, São Paulo-SP.