A Força Do Setor De Serviços No Brasil

Publicado em: 11/03/2008 |Comentário: 1 | Acessos: 50,951 |

A CEBRASSE – Central Brasileira do Setor de Serviços – organização na qual tive a satisfação de ter sido o primeiro Diretor Executivo – lançou, em dezembro de 2007, o Anuário Brasileiro do Setor de Serviços, o mais completo indicador econômico do Setor de Serviços, que congrega no país mais de 60 mil empresas e cerca de 70 atividades responsáveis pela geração de, aproximadamente, 8 milhões de empregos formais.

A CEBRASSE, primeira CENTRAL SINDICAL DOS EMPRESÁRIOS brasileiros, foi criada para defender e representar institucionalmente os interesses de mais de 80 entidades empresariais em todo o território nacional, entre federações, sindicatos, associações, institutos e conselhos de diversos segmentos dos setores produtivos, em especial o Setor de Serviços.

O Anuário Brasileiro do Setor de Serviços reúne dados estatísticos sobre os mais diversos serviços terceirizados prestados à sociedade nos segmentos de Serviços Gerais, Saúde, Vigilância, Transporte e Logística, Telecomunicações, Asseio e Conservação e Educação, entre outros.

Segundo o Anuário, dados da Organização Mundial do Comércio – OMC – revelam que a exportação de serviços brasileiros na América Latina cresceu 4% em apenas dez anos, chegando a 15,7% do total. No mundo, o Brasil ocupa a 35ª posição no ranking dos principais exportadores (market share) com 0,6% da participação. O primeiro lugar é dos Estados Unidos com 17,4%, seguido pelo Reino Unido com 7,8% e pela Alemanha com 6,3%.


Atualmente, o setor de serviços compreende um terço do comércio mundial, sendo a área de maior crescimento econômico. Devido ao alcance da definição do que é serviço, adicionada à grande probabilidade lucrativa que as companhias registram com sua contratação. Ele gera, aproximadamente, 11 milhões de empregos, correspondendo a 16% do total dos trabalhadores do setor privado: um a cada três empregos gerados na última década foi em empresas de terceirização de serviços.

Outra pesquisa do IBGE, mencionada no Anuário, intitulada “Pesquisa Anual de Serviços – Produtos e Serviços 2004 – 2005” revela que, em 2005, as telecomunicações geraram 67,1% da receita dos serviços de informação e o conjunto das atividades de informática, 19,9%. A televisão aberta liderava o segmento de Serviços audiovisuais, gerando 47,3% da sua receita. Além disso, 85,3% da receita dos Serviços de campanhas publicitárias vieram de clientes no setor privado.

O Anuário Brasileiro do Setor de Serviços traz também a 4ª Pesquisa Nacional sobre a Terceirização nas Empresas, realizada em 2006 pelo Cenam – Centro Nacional de Modernização Empresarial, que revelou a popularidade do setor de Serviços e algumas de suas peculiaridades. De acordo com o relatório, as respostas indicam pleno conhecimento das empresas sobre as aplicações da terceirização. Outro dado revela que a maioria das empresas já utiliza algum tipo de serviço terceirizado, sendo algumas por iniciativa própria; e outras por meio de consultorias para orientar a implementação.

Os cinco serviços mais contratados pelas empresas pesquisadas foram: Limpeza e Conservação – com 78% das contratações; Vigilância e Segurança com 69%; Manutenção Predial 56%; Paisagismo com 52% e Desenvolvimento de Software com 47%. Grande parte das empresas que implementaram serviços terceirizados deu preferência à prestadora de serviços mais experiente no mercado. A minoria contratou empresas criadas por ex-funcionários.

Os números do setor de serviços falam por si só. É um setor que está sempre pronto a dar apoio, colaboração e participação nas decisões que farão, com certeza, que o Brasil seja um País melhor.

Avaliar artigo
5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 5 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/financas-artigos/a-forca-do-setor-de-servicos-no-brasil-356510.html

    Palavras-chave do artigo:

    setor de servicos cebrasse anuario brasileiro do setor de servicos

    Comentar sobre o artigo

    Saiba como um fluxo de caixa deve ser feito para que ele seja completo e prático

    Por: Sayuri Matsuol Finançasl 24/03/2014

    Saiba quando deve-se começar a fazer uso do fluxo de caixa e porque ele é importante.

    Por: Sayuri Matsuol Finançasl 24/03/2014

    Entenda o que é uma planilha de gastos e aprenda a fazê-la de maneira fácil

    Por: Sayuri Matsuol Finançasl 24/03/2014

    Saiba quais são os cuidados que deve-se tomar com contas a pagar e receber.

    Por: Sayuri Matsuol Finançasl 17/03/2014
    Prof. JV de Miranda Leão Neto

    Como o Capitalismo, o Socialismo e até o Comunismo pós-modernos cortaram todas as possibilidades de atendimento das reivindicações de melhoria salarial das classes trabalhadoras perante chefias e proprietários cada vez mais bem pagos.

    Por: Prof. JV de Miranda Leão Netol Finançasl 14/03/2014

    Aprenda como e quando deve-se fazer o fluxo de caixa e para que serve.

    Por: Sayuri Matsuol Finançasl 20/02/2014

    Entenda por que é necessário aprender sobre contas a pagar e receber e quais as vantagens.

    Por: Sayuri Matsuol Finançasl 20/02/2014

    Comece agora mesmo a fazer uma planilha de gastos para não ter maiores problemas depois.

    Por: Sayuri Matsuol Finançasl 20/02/2014 lAcessos: 25

    Neste ano de 2008, comemora-se 100 anos do nascimento do escritor americano armênio William Saroyan. Por conta disso, realizou-se uma palestra no Clube Armênio, proferida pela Professora Sossi Amiralian, catedrática da Universidade de São Paulo. Nada mais atual, em função dos tempos turbulentos pelos quais o mundo que conhecemos está passando.

    Por: Paulo Pandjiarjianl Literatural 20/12/2008 lAcessos: 506

    Após ter formado uma próspera comunidade no Sul da Ásia, o número de armênios diminuiu a tal ponto que em Bangladesh, na capital Daca, vive apenas um descendente dos armênios que lá haviam se instalado ao longo dos séculos. Ele é conhecido pelo nome, modificado pelo anglicismo, Michael Joseph Martin. Quando ele, que tem 73 anos, morrer não só vai marcar o fim de uma era – já que ele não tem descendentes – como deixará em dúvida a sobrevivência de uma das mais belas igrejas de Daca.

    Por: Paulo Pandjiarjianl Notícias & Sociedade> Cotidianol 07/08/2008 lAcessos: 606

    Vendas relacionais são aquelas que primam pelo relacionamento com o cliente, feitas através de e-commerce e multicanais, que são canais complementares de venda em empresas de varejo e comércio em geral. É importante que as empresas estejam presentes na Internet, mas, também, que negociem e se relacionem com o cliente através dela. Esse veículo não veio para acabar com o varejo tradicional e, sim, para complementá-lo.

    Por: Paulo Pandjiarjianl Negócios> Vendasl 14/04/2008 lAcessos: 2,176

    Percebe-se, a cada dia, que o mercado torna-se mais competitivo e a venda fica mais difícil, quer seja de um produto ou de um serviço. Ainda mais hoje, com a cultura da venda multicanal: presencial, por telefone ou internet. O consumidor, mais que nunca, encontra-se em uma zona de conforto em que pode escolher produto, serviço, preço e condição de compra.

    Por: Paulo Pandjiarjianl Negócios> Vendasl 14/04/2008 lAcessos: 301

    Comments on this article

    0
    CLAUDIO 14/10/2010
    DENÚNCIA
    CORRUPÇÃO ATIVA



    PAULO LOFRETA, presidente da CEBRASSE, Convida para LOBBY, entidades patronais e empresas para resolverem seus interesses junto ao governo Federal, com tesoureiro da campanha de DILMA/LULA. Esse encontro visou arrecadar dinheiro para ambas as campanhas. E discutir interesses junto ao Banco do Brasil, BNDES, CAIXA etc. Site: www.cebrasse.org.br, o Chefe dessa Quadrilha, é o PICARETA PAULO LOFRETA. Leia abaixo, a Carta CONVITE do CEBRASSE:

    Prezado Amigo Prestador de Serviços



    Na próxima segunda feira, 13 de setembro, às 19h30, o setor de serviços oferecerá um jantar de apoio à candidatura Dilma Roussef e seu tesoureiro de Campanha, candidato a Deputado Federal, José de Filippi. O jantar será no La Fortuna Ristorante, localizado na Alameda Santos, 981, térreo do Hotel Transamérica.

    José de Filippi foi Prefeito de Diadema por 8 anos, foi tesoureirto da campanha do presidente Lula em 2006 e é o atual tesoureiro da campanha de Dilma nas eleições 2010.

    Neste encontro o Filippi assumirá o compromisso de auxiliar o setor de serviços a aprovar no Congresso Nacional, projetos que contribuam para o crescimento e valorização do setor no Brasil.

    Conto com a sua colaboração e presença neste importante encontro do Setor de Serviços.

    Atenciosamente,


    Paulo Lofreta




    RSVP: Os convites podem ser adquiridos pelo telefone (11) 3549-6481, com Luciane.







    Agora é só a PF elaborar o inquerito conforme a lei sem deixar brechas para a impunidade.
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast