Aprendendo sobre seu balanço financeiro

07/08/2010 • Por • 1,294 Acessos

Oi visitantes! Esta é a oitava lição de nossa disciplina de Educação Financeira e espero que hoje todos aprendamos sobre a essência do balanço financeiro na sociedade. Você não sabe o que isso significa? Não tem problemas, estamos aqui justamente para falar disso.

O que é um balanço financeiro?

O balanço financeiro trata-se de um documento (pode ser criado em uma planilha do Open Office ou em um sofisticado programa de planejamento financeiro) que, a partir de cálculos e informações financeiras, explicita o valor feito em intervalos regulares de:

* Quantidade de grana disponível (ou em conta bancária, se assim escolher dizer) no princípio;
* Quantia de "money" que entrou;
* Quantia de dinheiro que saiu;
* Quantia de capital restante disponível (após a soma do grana que entrou e diminuição do capital que saiu).

E de que forma apareceu o balanço financeiro?

As instituições foram as pioneiras a adotar o cálculo de balanço financeiro para saberem como estão indo suas finanças. Além de auxiliar a analisar se todos os cálculos estão bem, um bom balanço financeiro o assistirá a tomar diversas medidas.

O balanço financeiro no cotidiano das indivíduos

Faça de conta que você deseja economizar R$ 5.000,00 para fazer uma viagem de férias com sua família em um prazo máximo de 25 meses. Neste caso, você necessita acumular mensalmente por volta de R$ 200,00 a fim de conseguir o seu objetivo.

Como é perceptível, tal instrumento o assistirá a melhor organizar-se financeiramente, evitando que você seja surpreendido, pois quando se acompanha periodicamente as movimentações financeiras fica muito mais fácil saber quais decisões tomar.

Você pode adotar seu balanço financeiro para identificar quando será independente financeiramente, calcular quando aposentar-se, identificar se haverá grana disponível ou não para uma viagem de férias ou um curso de aperfeiçoamento, etc. Enfim, tem inúmeras possibilidades em nossas vidas que dependem de nossos recursos financeiros e o balanço é uma ferramenta capaz de ajudar-nos a acompanhar a evolução dos mesmos.


Exercício

Faça o seu próprio balanço financeiro com uma recorrência semanal (em outras palavras, uma coluna por semana onde será colocado quanto foi recebido e quanto foi gasto naquele período) e responda:

* Atualmente você está em ritmo de prosperidade (capital em caixa aumenta de tempos em tempos), estabilizado ou em decadência (dinheiro diminui ou contas a pagar crescem de tempos em tempos)?
* Caso esteja em ritmo de decadência, pode estimar quanto tempo "sobreviverá" sem entrar em dívidas, isto é, daqui a quantos meses ou semanas sua conta bancária estará sem grana se as coisas não mudarem?
* Se estiver em ritmo de prosperidade, pode estimar quanto tempo será preciso para acumular uma quantia de R$ 10.000,00?
* Em números, qual o seu objetivo financeiro (em outras palavras, de quanto você precisa para realizar seu objetivo) e quanto tempo será preciso, de acordo com o atual balanço financeiro, para obtê-lo?
* Que medidas podem ser executadas para incrementar as informações do balanço financeiro?

Lembre-se de que o balanço financeiro não é algo que surge de repente: como o preenchimento dele é feito em intervalos regulares, é necessário algum tempo até que obtenhamos todas as informações necessárias, sendo atraente que, no caso de pessoas que recebem salários, o mesmo inclua a entrada de um ou dois salários.

Agora está preparado para elaborar o seu balanço financeiro?

Este escrito é elemento de um conjunto de artigos que compõe o curso Educação Financeira

Perfil do Autor

Christiano Lima Santos

Christiano é part-time blogger e escrever sobre diversos assuntos, como dez dicas sobre como ficar rico e outros.