Regras basicas de financiamento imobiliario casa apartamento imoveis em geral

Publicado em: 10/06/2010 |Comentário: 2 | Acessos: 4,598 |

FINANCIAMENTO CONTRATAÇÃO

Se você não dispõe de todo o dinheiro para comprar um imóvel ou mesmo construir sua casa, a saída é recorrer a um financiamento imobiliário.

Mas escolha bem que tipo de financiamento comporta a quantia que você pode pagar e defina que banco você prefere.

Ao contrair um financiamento, você estará usando dinheiro emprestado por uma instituição financeira, uma construtora ou uma incorporadora. Deverá saldar esse empréstimo de acordo com as normas específicas desse crédito imobiliário, em determinado número de anos, pagando prestações mensais resultantes de um cálculo definido.

Restrições
Em princípio, toda pessoa que comprovar que tenha um ganho constante --uma renda, alta ou baixa, estará habilitada a receber um financiamento imobiliário. Da mesma maneira, estará capacitada toda pessoa que comprovar, por meio de documentos e certidões, que sua situação perante o sistema judiciário e fiscal esteja em ordem.

Todas as instituições que fazem financiamento de imóveis têm regras e exigências próprias e impostas pelo Banco Central. O montante do financiamento --em geral uma porcentagem fixa do valor de avaliação do imóvel-- vai depender da capacidade de pagamento do cliente.

Os bancos impõem limite de idade a quem solicita um financiamento: a mínima é de 21 anos, e a máxima, somando-se a idade do pretendente ao número de anos de financiamento, não pode ultrapassar 75 anos.

Se a pessoa tiver 65 anos e quiser financiar um empréstimo em 15 anos, não poderá obter o crédito, pois essa soma dá 80. O banco poderá conceder um financiamento de dez anos (65 + 10 = 75), se essa pessoa tiver condições financeiras de arcar com as prestações resultantes

Documentos exigidos
Os documentos são a primeira garantia do credor de que a pessoa que receberá o dinheiro é capaz de assumir e honrar a dívida.

Alguns bancos costumam exigir que você seja correntista para poder se candidatar a um financiamento; outros não fazem essa exigência de início, mas, depois que seu crédito é aprovado, você precisa abrir uma conta no banco. Não se surpreenda se, mesmo sendo cliente, o banco lhe exigir alguns dos documentos.

Sem comprovação de renda mensal
Para obter financiamento sem um comprovante de renda mensal (como os holerites, por exemplo), basta provar ao banco que você é capaz de arcar mensalmente com determinada soma.

Esse sistema beneficia as pessoas que não têm carteira de trabalho assinada e que, portanto, não possuem contracheque ou são profissionais liberais, ou fazem parte da crescente economia informal.

Documentação para o crédito:
Certidão de nascimento ou casamento
Carteira de identidade
CPF
Três últimos contracheques (se for assalariado)
Da carteira de trabalho (se for assalariado), fotocópia da folha de rosto, da página relativa ao contrato de trabalho, da opção pelo FGTS e das alterações salariais
Última declaração do Imposto de Renda (assalariados e profissionais liberais) e/ou declaração do contador (profissionais liberais)
Certidão forense estadual e federal (comprova se há processos judiciais e criminais contra a pessoa)
A Caixa Econômica Federal (CEF) utiliza dois recursos desse tipo, para pessoas de baixa renda ou de renda média para cima:
O candidato faz uma poupança prévia ao longo de um ano e mostra, por meio dos depósitos, que quantia financiada ele pode receber.
O cliente demonstra que tem um ganho constante, apresentando faturas de cartão de crédito, comprovante de condomínio, pagamento da escola dos filhos etc.

Comprometimento de renda
Para pagar as prestações, siga a regra geral de evitar empregar mais de 25% dos seus ganhos, ainda que algumas instituições aceitem um comprometimento de renda maior.

Isso porque, num financiamento imobiliário com prestações reajustadas pelo sistema Sacre, por exemplo, o comprometimento admitido pela Caixa Econômica Federal é de 30% no primeiro pagamento e atinge o máximo perto do décimo ano de financiamento, ultrapassando 37%.

Se o financiamento tiver prestações reajustadas pela Tabela Price, o planejamento de gastos torna-se praticamente impossível. Caso o comprometimento de renda seja de 25% na primeira prestação, como boa parte das instituições exige, por volta do 14.º e do 15.º ano ele poderá ser de até 80% se seu nível de renda não se alterar durante esse tempo.

Atente também para o fato de que nem sempre o banco ou outra instituição financeira de que você é cliente tem o melhor plano de financiamento.

Prefira uma instituição que tenha um nome respeitado e ao mesmo tempo ofereça condições melhores, como a menor taxa anual de juro --ela vai influenciar demais no cálculo da prestação-- e o melhor sistema de reajuste.

Adote também o menor prazo possível para a liquidação do empréstimo. E, se puder fazer a liquidação antecipada da dívida, faça-o, para se livrar dos juros. Quanto antes, melhor. O ideal é:
Comprometer apenas 25% do que se ganha
Financiar só o que for suficiente para completar o valor do imóvel
Escolher o melhor sistema de amortização da dívida
Poder optar pelo menor prazo possível de financiamento
Falta de pagamento
Com a cláusula de alienação fiduciária, se o mutuário (chamado fiduciante) deixar de pagar as prestações durante o prazo determinado no contrato de financiamento, o credor (chamado fiduciário) pode tomar o imóvel rapidamente (estima-se que em menos de três meses), por meio de processo administrativo, que é muito mais ágil que o judicial (este último, a única alternativa do credor na execução de uma hipoteca).

 

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/financas-pessoais-artigos/regras-basicas-de-financiamento-imobiliario-casa-apartamento-imoveis-em-geral-2604551.html

    Palavras-chave do artigo:

    regras basicas de financiamento imobiliario casa apartamento imoveis em geral

    Comentar sobre o artigo

    SerradoMar Imóvel Praia Grande

    A Cyrela publicou o Dicionário do Mercado Imobiliário. Muito bom pois, ajuda pessoas leigas em alguns assuntos a entederem melhor seu significado. Isto tabém ajuda a corretores de diferentes regiões do país.

    Por: SerradoMar Imóvel Praia Grandel Notícias & Sociedade> Cotidianol 23/09/2011 lAcessos: 421
    Marcelo Bacchi Corrêa da Costa

    Os inadimplentes com as despesas do condomínio respondem pelo não cumprimento da obrigação, podendo o imóvel ser penhorado para garantia de pagamento da dívida, pois a regra da impenhorabilidade do bem de família não alcança dos débitos condominiais.

    Por: Marcelo Bacchi Corrêa da Costal Direito> Doutrinal 26/09/2013 lAcessos: 48
    Cleiton Oliveira

    Muitos dos superendividados acreditam que possuem somente uma escolha: pagar uma conta em detrimento de outra, e passam meses com o orçamento fora do eixo, tentando somente sobreviver a mais um mês. A principal causa desse superendividamento é gastar mais do que ganha. Com isso, as dívidas vão se acumulando e se torna insustentável principalmente por contas das altas taxas de juros cobrados pelas instituições financeiras.

    Por: Cleiton Oliveiral Finanças> Finanças Pessoaisl 08/10/2014
    Noivos de Fresco

    Descubra as melhores dicas para se manter dentro do seu orçamento limite para o casamento, assim como a distribuição de tarefas para o casal!

    Por: Noivos de Frescol Finanças> Finanças Pessoaisl 01/10/2014 lAcessos: 14

    O Guia definitivo para você ter uma renda extra e complementar seu orçamento.

    Por: Izaú Limal Finanças> Finanças Pessoaisl 20/09/2014

    A Folha de Pagamento é o nome dado ao documento onde consta a remuneração dos trabalhadores, seja semanal, diária ou mensal que é paga pelos empregadores.

    Por: otmzl Finanças> Finanças Pessoaisl 16/09/2014 lAcessos: 17
    Cleiton Oliveira

    Hoje estou entrevistando uma das mais importantes referências sobre mudanças de hábitos financeiro. Estou aqui com o Professor Elisson de Andrade, mestre e doutor em Economia Aplicada pela ESALQ-USP. Atualmente é professor em cursos de administração, contabilidade e MBAs, além de proferir palestras sobre Educação Financeira em diversas instituições. É autor do eBook As 05 Etapas do planejamento Financeiro, do blog profelisson.com.br e é responsável pelo curso Mudanças de Hábitos Financeiros.

    Por: Cleiton Oliveiral Finanças> Finanças Pessoaisl 09/09/2014 lAcessos: 22

    A Lei nº 71/2013 aprovou o regime de contabilidade de caixa em sede do Imposto Sobre o Valor Acrescentado (regime de IVA de caixa). Este novo regime, resulta de uma luta de vários anos dos empresários. E isto porque, era uma injustiça para os Sujeitos Passivos do regime normal de IVA serem obrigados à entrega do imposto liquidado aos clientes, quando estes ainda não haviam pago.

    Por: Paulo Janelal Finanças> Finanças Pessoaisl 02/09/2014
    Cleiton Oliveira

    Nesta série de leituras de livros, indicamos a leitura de 5 livros de finanças pessoais para iniciantes, para que você seja capaz de organizar seu orçamento financeiro pessoal da melhor forma possível. Neste primeiro artigo, vamos indicar leituras de livros com uma linguagem simples e voltado para o planejamento financeiro pessoal e familiar. Você aprenderá como livrar-se do endividamento, montar sua reserva financeira, para posteriormente constituir sua carteira de investimentos.

    Por: Cleiton Oliveiral Finanças> Finanças Pessoaisl 27/08/2014 lAcessos: 18
    Cleiton Oliveira

    O livro Filhos inteligentes enriquecem sozinhos do autor Gustavo Cerbasi, nos apresenta sobre a importância da educação financeira dos filhos desde os primórdios da vida. Abordando algumas atitudes simples que podem ser seguidas para que as crianças adquiram uma postura consciente em relação ao dinheiro.

    Por: Cleiton Oliveiral Finanças> Finanças Pessoaisl 26/08/2014 lAcessos: 12

    Por intermédio de microfranquias também é possível fazer parte de redes de cuidadores, de assistência técnica para computador e de reforço escolar Tornar-se empreendedor faz parte dos planos até de quem não tem muito para gastar. Para estes, as pequenas e microfranquias - que vêm se popularizando nos últimos anos - são uma opção de baixo investimento com boas chances de retorno. As possibilidades nesse campo preveem desembolso de até R$ 50 mil. De serviços de jardinagens a conserto de computado

    Por: wolney corretor de imoveisl Negócios> Pequenas Empresasl 16/10/2011 lAcessos: 214

    Quais são os times do Campeonato Brasileiro 2011? Vamos começar pelo final do ano passado, fim de campeonato, e 4 foram fazer uma visitinha à série B do campeonato Brasileiro, são eles Vitória, Guarani, Goiás e Prudente, e em seus lugares entraram Coritiba, Figueirense, Bahia e América – MG. Quem escapou do rebaixamento e permanece na série A em 2011 são Avaí e Atlético – GO. Na zona de "conforto" estão Flamengo, Atlético – PR, Atlético – MG,Ceará, Vasco, Palmeiras, São Paulo, Santos, Internacio

    Por: wolney corretor de imoveisl Esporte> Futeboll 06/06/2011 lAcessos: 1,456

    Sabe aquela cadeira giratória para seu computador que você montou? Pois então, já parou pra pensar se você conseguiria quanta coisa você naõ coseguiria montar sem a ajuda de uma manual. A não ser que você trabalhe com esse tipo de montagem, provavelmente você viu no manual um verdadeiro aliado. E por isso devemos sempre guardá-lo, pois nunca se sabe quando precisaremos desmontar e montar novamente, seja para uma mudança ou simplesmente numa limpeza e manutenção. Por mais que você pense que se

    Por: wolney corretor de imoveisl Casa & Jardim> Móveisl 01/06/2011 lAcessos: 4,157

    www.imoveisterrafirme.com.br Usar o saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para dar entrada na compra de um imóvel é prática comum no mercado nacional. Poucos sabem, no entanto, que também é possível utilizar esses recursos para quitar prestações do financiamento imobiliário, pagar parcelas em atraso e até para liquidar totalmente a dívida. Segundo especialistas, todas as alternativas são interessantes, mas é preciso analisar cada situação individualmente antes de optar por al

    Por: wolney corretor de imoveisl Notícias & Sociedade> Cotidianol 09/11/2010 lAcessos: 4,732

    Em audiência pública realizada pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) dia 26 de Outubro, em São Paulo, representantes da autarquia e da indústria de móveis debateram melhorias na produção de mesas e cadeiras ergonômicas para alunos e professores da rede pública de ensino. Entre as mudanças propostas, destacam-se a eliminação de vãos nos assentos e novas medidas para o encosto das cadeiras. Também foram sugeridos a troca do sistema de fixação do tampo das mesas, que passará a s

    Por: wolney corretor de imoveisl Notícias & Sociedade> Polítical 04/11/2010 lAcessos: 702

    O BNDES financia Cadeira de Escritorio:Cadeira presidente , cadeira diretor,cadeira secretaria,cadeira giratoria,universitaria, cadeira ergonomica,cadeira ,banqueta,sofá,poltrona,longarina,auditorio. Moveis para Escritorio : Armario de Escritorio, mesa Escritorio , Mesa reunião , mesa computador, mesa micro , mesa pc , moveis planejados , Balcão . Moveis de aço : Estante de aço , armario aço, Estante aço , arquivo , mapoteca , caixa , Armario az. Moveis escolares : Carteira Escolar, cedeira

    Por: wolney corretor de imoveisl Casa & Jardim> Móveisl 19/09/2010 lAcessos: 514

    Segundo alguns historiadores o Jiu-jitsu ou "arte suave", nasceu na Índia e era praticado por monges budistas. Preocupados com a auto defesa, os monges desenvolveram uma técnica baseada nos princípios do equilíbrio, do sistema de articulação do corpo e das alavancas, evitando o uso da força e de armas. Com a expansão do budismo o jiu-jitsu percorreu o Sudeste asiático, a China e, finalmente, chegou ao Japão, onde desenvolveu-se e popularizou-se. www.imoveisterrafirme.com.br

    Por: wolney corretor de imoveisl Esporte> Lutasl 30/07/2010 lAcessos: 362 lComentário: 1

    O que é e como se paga o ITBI ? (Imposto Sobre Transmissão de Bens Imóveis) O ITBI é um imposto de competência municipal, ou seja comente o Município tem competência para instituí-lo. Isso decorre do artigo 156,II da Constituição Federal e é devido pelo contribuinte gerado toda a vez que se há compra e venda de imóvel. Assim, que deve ser recolhido segundo normas da prefeitura local no momento da compra e venda do imovel. Consulte a prefeitura local para informações pormenorizadas relativa ao

    Por: wolney corretor de imoveisl Negócios> Negócio de Casal 29/07/2010 lAcessos: 5,914

    Comments on this article

    7
    Mari Miranda 02/12/2010
    Boa Tarde. Estou pagando prestação de um apartamento financiado há 01 ano, o valor total do aptº qdo comprei era de 180.000,00, hoje o mesmo apartamento está sendo financiado por 150.000,00.Posso entrar na justiça o que faço? Obrigada
    7
    Tânia 11/10/2010
    Olá, obrigada por compartilhar estas informações.
    A minha dúvida é a seguinte, fiz um financiamento de terreno e construção através de uma imobiliária - correspondente da caixa. Ficou firmado em contrato com a Caixa que eu pagaria 576,00 de prestação. Só que agora, durante a obra (3º mês) vieram duas cobranças 1 de 330,33 e outra de 441,88, ou seja, mais de 700,00. Ninguém da caixa sabe me explicar o porquê, só dizem que são taxas. Estou super preocupada, pois estou pagando durante a construção mais do que pagarei de prestação.
    Se não for abuso, vocês poderiam me informar o que realmente é pago durante a obra.
    Atenciosamente
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast