A Importância De Saber Negociar

Publicado em: 30/07/2009 |Comentário: 0 | Acessos: 6,912 |

Hoje, a profissionalização das relações comerciais, assim como a crescente concorrência, nos torna reféns, em mantermos a máxima fidelização ao cliente, não somente porque este é um de nossos objetivos como organização, mas também porque de outra forma, economicamente não seremos viáveis, afinal haverá no imaginário do cliente outras opções supostamente mais valiosas, que suprem as suas necessidades não atendidas.

O "sim", ou o "não" ao nosso cliente, envolve uma analise mais detalhada. O impacto de não concordarmos com algo, pode não ser interessante a todos os envolvidos.

A relação deve ser benéfica para todos os envolvidos, por isso a importância da negociação, e devemos todos nos colocar na figura do negociador.

O negociador, não é aquele que simplesmente buscar tirar o maior proveito possível para si ou a aquele ao qual ele defende os interesses, mas sim aquele que busca a melhor relação do tipo "ganha-ganha", lembrando que a ética, bons costumes, leis e regras estabelecidas, não deve ser ignoradas.  Para estabelecer parcerias, é necessário, tentar compreender a posição da outra parte envolvida, e a relação de "perda-ganha", se torna perigosa no estabelecimento de possíveis parcerias, muitas vezes pressionamos nossos colaboradores, fornecedores, a fim de obtermos o maior número de vantagens possíveis. No primeiro momento, esta formula, pode se mostrar de grande valia, entretanto esta se desgasta ao longo dos tempos, ao pressionarmos um acordo vantajoso apenas para um lado, criamos uma sensação de derrota, conformismo e desprezo  no outro, o que gera uma frustração, que merece uma melhor reflexão.

O que devemos ter em mente, é que em uma negociação devemos iniciar, tendo em vista o que pretendemos quais os limites aceitáveis, e quais as melhores alternativas para o caso de não acordo (MACNA). Tendo em vista estes pontos, teremos um ótimo inicio para que as negociações sejam eles na discussão de um contrato comercial, ou mesmo na relação com todos os níveis de colaboradores de uma organização, sejam positivos a todos.

Quando uma posição for vantajosa do nosso ponto de vista, também devemos analisar até que ponto devemos fazer concessões para com a outra parte envolvida, afim de que tenhamos uma condição satisfatória para todos. Devemos sempre lembrar que  fazer concessões deve ser uma possibilidade a ser considerada sempre.

Pesquise antecipadamente a situação  a ser negociada, valores de mercado, situações corriqueiras envolvidas em negociações semelhantes, consulte especialistas no assunto, não tente negociar algo sem embasamento.

Não negocie em condições adversas, a possibilidade de não haver como cumprir o esperado, pode atrapalhar qualquer tipo de parceria bem sucedida. E isto é válido para todos os envolvidos. A cultura da negociação deve ser vista como algo benéfico, positivo no estabelecimento de parcerias, e na evolução das pessoas e das organizações.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/gestao-artigos/a-importancia-de-saber-negociar-1084053.html

    Palavras-chave do artigo:

    negociacao

    Comentar sobre o artigo

    Prof.Fernando Silveira

    Uma visão de idéias que podem alavancar suas negociações tornando-as mais produtivas e eficazes.

    Por: Prof.Fernando Silveiral Negócios> Administraçãol 30/09/2008 lAcessos: 13,723

    Este Artigo visa analisar o caso de Negociação do Acre de 1903, feita pelo Barão do Rio Branco, juntando-se os métodos utilizados em negociações internacionais para verificar a eficácia do caso em questão.

    Por: Rossanal Direito> Doutrinal 12/11/2012 lAcessos: 102
    Leonardo Sant'Anna

    A finalidade da ação de profissionais de segurança, seja na área pública ou privada, é a proteção da integridade física de pessoas, do patrimônio e, principalmente a preservação da vida. Desta forma princípios nacionais e internacionais de Direitos Humanos e Direitos Humanitários precisam ser alavancados, sendo a negociação o primeiro degrau policial, dentre os muitos a serem escalados, para que se chegue a uma solução pacífica de um conflito, antes de acessar a outros procedimentos de uso grada

    Por: Leonardo Sant'Annal Direito> Doutrinal 22/01/2010 lAcessos: 216
    Prof. Adm. Paulo Bertelli

    A informação é peça vital nos processos de negociação, levando ao sucesso ou fracasso de uma organização. Deste modo, o artigo trata desta relevante variável das relações humanas, sociais e corporativas.

    Por: Prof. Adm. Paulo Bertellil Negócios> Administraçãol 21/05/2014 lAcessos: 46
    Prof. Adm. Paulo Bertelli

    A Comunicação é a troca de ideias ou de ponto de vista entre partes. Negociação é o processo de obter aceitação nas ideias ou interesses impostos, com a intenção de influenciar, para alcançar o resultado desejado. E, esta deve ser realizada entre duas ou mais pessoas. Uma parte significativa dos problemas organizacionais ocorre por falhas na comunicação, por isso, é imprescindível que o negociador tenha uma visão sistêmica ao disseminar as informações.

    Por: Prof. Adm. Paulo Bertellil Negócios> Administraçãol 21/05/2014 lAcessos: 162
    Gustavo Rocha

    Um artigo interessante publicado pelo portal Pequeno Guru em 2011 traz 7 dicas de negociação. Dicas muito atuais em uma época que as negociações estão cada vez mais acirradas. Acompanhe as dicas: 1. Ouça antes de falar Sempre haverá tempo para você abrir sua boca depois, mas use sua paciência para primeiro descobrir o que a outra parte está pensando. Assim você terá maiores chances de sustentar seus argumentos para que seja bom para os dois lados. Quando entrar em uma negociação, não presuma

    Por: Gustavo Rochal Negóciosl 01/10/2012 lAcessos: 69
    Prof.Fernando Silveira

    Mais que imaginamos a mentira pode aparecer em meio a uma negociação. Saiba como defender-se!

    Por: Prof.Fernando Silveiral Negócios> Gestãol 03/10/2010 lAcessos: 203 lComentário: 2
    Prof.Fernando Silveira

    Uma negociação somente terá resultado otimizado se você administrar bem os quatro elementos fundamentais: legitimidade, informação, tempo e poder. Veja como.

    Por: Prof.Fernando Silveiral Negócios> Gestãol 24/11/2008 lAcessos: 9,200
    Leonardo Sant'Anna

    A finalidade da ação de profissionais de segurança, seja na área pública ou privada, é a proteção da integridade física de pessoas, do patrimônio e, principalmente a preservação da vida. Desta forma princípios nacionais e internacionais de Direitos Humanos e Direitos Humanitários precisam ser alavancados, sendo a negociação o primeiro degrau policial, dentre os muitos a serem escalados. Veja a segunda parte desse artigo.

    Por: Leonardo Sant'Annal Direito> Doutrinal 22/01/2010 lAcessos: 475 lComentário: 1

    Segundo o consultor William Ury, fundador e diretor do curso de Negociação da Harvard Business School, e considerado um dos maiores especialistas do mundo no assunto, em entrevista à revista Exame (agosto de 2006), saber negociar é talvez a principal competência necessária a qualquer executivo.

    Por: Ari Limal Marketing e Publicidade> Marketing Pessoall 28/09/2010 lAcessos: 327

    Qual o valor que estaria disponível para pagar por uma solução de gestão, adaptada às necessidades da sua empresa, à sua forma de trabalhar e ao seu sector de actividade?

    Por: Inforestilol Negócios> Gestãol 10/04/2015
    Consultório do Varejo

    Para produzir vitrines criativas, é preciso conhecimento, liberdade, transpiração e ousadia. Mas como conjugar todas essas características ao mesmo tempo? "Ser alegre é a melhor coisa que existe… Mas para fazer um samba com beleza é preciso um bocado de tristeza…" Vinícius de Moraes.

    Por: Consultório do Varejol Negócios> Gestãol 08/04/2015
    Consultório do Varejo

    A Arquitetura de Varejo precisa estar atenta aos tetos nos projetos de lojas. O que antes era estrutural, hoje é um potencial formador de opinião.

    Por: Consultório do Varejol Negócios> Gestãol 08/04/2015
    Consultório do Varejo

    O Planograma é com frequência uma aborrecida porém necessária mistura de trabalho inventado pelos gnomos do marketing, que emergem de suas cavernas com dados, algoritmos sagrados obtidos por pesquisas de mercado na frente das prateleiras.

    Por: Consultório do Varejol Negócios> Gestãol 08/04/2015
    Consultório do Varejo

    O ritmo das mudanças sem precedentes no setor de varejo está produzindo uma crescente divisão entre aqueles que atuam e os que esperaram para ver. Varejistas inovadores respondem aos comportamentos de consumo dos consumidores mais exigentes, o que irá atrair um maior número de novos clientes, enquanto os retalhistas que procrastinam vão involuntariamente se tornar a fonte da perda de clientes e incorrer em uma deterioração de negócios inevitável.

    Por: Consultório do Varejol Negócios> Gestãol 08/04/2015
    Paulo Bandeira de Mello

    O Lean Six Sigma é amplamente utilizado como ferramenta de alavancagem da produtividade nas empresas ao redor do planeta. Ainda há, entretanto no Brasil, bolsões de resistências, principalmente em empresas de capital nacional e de porte médio. Trato, aqui, do que entendo ser uma necessidade de certa dose de"tropicalização" do método se quisermos vê-lo universalizado na cultura organizacional brasileira. Já se vê alguns artigos acadêmicos sobre esse tema e isso fortalece essa tese.

    Por: Paulo Bandeira de Mellol Negócios> Gestãol 07/04/2015
    Walter Gassenferth

    Este início de milênio trouxe uma sensível aceleração ao ritmo das mudanças para uma geração que tende a viver até os 100 anos. Por quantas inovações e por quantas mudanças de paradigma passarão estas pessoas das chamadas gerações Y e Z, durante suas vidas?

    Por: Walter Gassenferthl Negócios> Gestãol 06/04/2015 lAcessos: 106

    Poucos profissionais que ocupam cargos de liderança se preocupam com a avaliação de desempenho de seus liderados. Em muitos casos a avaliação é vista como sinonimo de bronca! Na verdade, ela é a mais eficaz ferramenta de motivação e desempenho profissional.

    Por: José Carlos Maron Jr.l Negócios> Gestãol 30/03/2015
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast