Armadilhas da NBR ISO 9001:2008

23/11/2012 • Por • 170 Acessos

Apresentamos a seguir, 11 armadilhas que devem ser evitadas na implantação de um Sistema de Gestão da Qualidade com base nos requisitos da NBR ISO 9001:2008, bem como os principais propósitos relativos a cada tema.

 1.     A NBR ISO 9001:2008 é sinônima de excelência.

  • Ter um sistema de gestão da qualidade com base nos requisitos da NBR ISSO 9001:2008 significa que seus produtos atendem aos requisitos dos seus clientes.
  • Isto não significa excelência.
  • Proporciona a repetitibilidade e previsibilidade.

 2.     A NBR ISO 9001:2008 é um sistema rígido que não pode ser mudado.

  • Há a possibilidade de alterar/melhorar procedimentos.
  • É um sistema inteligente que aprende...

 3.     A NBR ISO 9001:2008 é adequada somente para empresas que produzem bens.

  • Modelo universal aplicável a qualquer natureza de organização, tanto fornecedora de bens quanto prestadora de serviços.

 4.     A NBR ISO 9001:2008 é adequada somente para grandes organizações.

  •  Modelo universal aplicável a qualquer tamanho de empresa

5.     A NBR ISO 9001:2008 deve ser implantada com auxílio de consultoria externa.

  • Não necessariamente.
  • A consultoria facilita a implantação.
  • Caso seja implantada por uma equipe interna, é necessária a capacitação da equipe.
  • Pode se usar modelo misto.
  • Há necessidade de validação de responsabilidade da equipe interna.
  • A consultoria externa promove a cultura de implantação.
  • Há a necessidade de sustentação e compromisso de quem está fazendo.

 6.     Uma empresa só consegue exportar se tiver uma certificação internacional. 

  • Não necessariamente. Vai depender das exigências contratuais
  • A certificação ISO 9001:2008é um mecanismo positivo de negociação.

7.     A NBR ISO 9001:2008 é um modelo fechado que não permite mudanças e bloqueia a criatividade.

  • É adequada para atendimento aos pequenos e grandes negócios.
  • A NBR ISO 9001:2008 trará mecanismos que possibilitam a criatividade do pessoal.
  • Contempla as especificidades das empresas.

 8.     O objetivo da implantação da NBR ISO 9001:2008 é a certificação.

  • Não. A NBR ISO 9001:2008 auxilia a organização para conseguir a qualidade de seus produtos.
  • Estrutura um sistema de gestão de qualidade.
  • Reconhecimento (resultado) externo.
  • Diferencial competitivo /sobrevivência.
  • Deve ter orientação estratégica.

9.     A empresa deve escolher entre um programa de Qualidade Total e a ISO.

  • Ambos têm objetivos semelhantes.
  • O TQC pode ser usado como base para atender os requisitos normativos.
  • Ambos são necessários.
  • O TQC promove a melhoria contínua.
  • A NBR ISO 9001:2008 estrutura e explicita os processos que efetuam a qualidade e atendam os requisitos do cliente.

10.   O manual da Qualidade deve ser escrito para os auditores.

  • Os clientes dos procedimentos e de manual são as pessoas.
  • Procedimentos úteis a quem os utilizam.
  • É importante não deixar as pessoas de fora.

11.   A empresa deve modificar seus procedimentos para adaptar-se à NBR ISO 9001:2008.

  • A NBR ISO 9001:2008 é um guia para atender as necessidades dos clientes e promover a sua satisfação, bem como promoção de melhorias.
  • Os procedimentos existentes deve agregação de valor ao negócio.
  • Reduz risco de produzir bens não aceitos pelos clientes.
  • Os procedimentos promovem a previsibilidade dos resultados, ou seja, fazer bem o que faço hoje.
  • Os procedimentos são a base para melhorias.

Perfil do Autor

Gerisval Alves Pessoa

Mestre em Administração (FGV/RJ). Especialista em Engenharia da Qualidade. Químico Industrial. Professor de graduação e pós-graduação....