AS VANTAGENS DA ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL

Publicado em: 02/12/2010 |Comentário: 0 | Acessos: 894 |

No meio empresarial brasileiro, a escrituração é o nome que a legislação escolheu para expressar o ato de se efetuarem os lançamentos em contas - geralmente para fins contábeis - posteriormente compilados em livros e fichas. Assim, além da escrituração, também são comuns as expressões "escrituração mercantil ou comercial" e "escrituração tributária ou fiscal". Funcionamento O método de escrituração mais desenvolvido é o chamado "método das partidas dobradas", e por isso deve ser utilizado pelos contabilistas.

Existem outros, como o de "partidas simples", que normalmente são satisfatórios para os outros tipos de escrituração. A regra das partidas dobradas assusta pela simplicidade: para cada lançamento "à débito", deve corresponder um "à crédito", e vice-versa. Essa descoberta da "simetria " a partir dos chamados "fatos contábeis" contribui para que muitos autores classifiquem o método das partidas dobradas como a "arte da escrituração". Para muitos gestores, a função da Escrituração é o Controle Contábil. Na verdade o controle contábil, que historicamente originou até uma corrente científica chamada de Controlismo, é aquele que se baseia nas contas, ou seja em um Plano de Contas. A Escrituração é a função de Registro, contábil quando usada o método das partidas dobradas. Sem ele pode ser usada como controle administrativo e não contábil. Tipos de livros de escrituração Os livros de escrituração são:

 1.Livros Fiscais

 • Registro de Inventário

• LALUR - Livro de Apuração do Lucro Real

 • Registro de entradas ICMS-IPI

• Registro de saídas ICMS-IPI

• Registro de apuração IPI-ICMS

2.Livros Contábeis

• Livro Razão

• Livro Diário

As vantagens da escrituração contábil

Vantagens da escrituração contábil Em países como o Brasil, o empreendedor abordará essa questão inicialmente sempre do ponto de vista legal, ou seja, se a escrituração contábil é obrigatória ou não. Também o legislador, partindo da mesma premissa, ou seja, de que manter a escrituração consumirá grandes recursos da entidade, aprovam leis que costumam exigir a escrituração contábil apenas das pessoas jurídicas de maior porte. Observe-se, por exemplo, a obrigatoriedade prevista no Novo Código Civil Brasileiro(Lei 10.406/2002[), artigo 1179, nestes termos: "O empresário e a sociedade empresária são obrigados a seguir um sistema de contabilidade, mecanizado ou não, com base na escrituração uniforme de seus livros, em correspondência com a documentação respectiva, e a levantar anualmente o balanço patrimonial e o de resultado econômico." Em relação a essa liberalidade frequente da lei acaba se criando um problema para o profissional contábil do país, que não tem opção: segundo as normas profissionais em vigor, ele sempre deverá realizar seus serviços por meio da escrituração contábil.

Já o empreendedor prefere economizar, já que sem a obrigatoriedade, percebe apenas os custos de manter a atividade. Dessa forma, os contadores e os escritórios de contabilidade do país, passaram a elencar aquilo que chamam de "vantagens", para convencer seus clientes não obrigados a arcar com os custos de seus serviços, o que em outro contexto não seria necessário, pois qualquer empreendedor deveria saber que sem uma escrituração contábil, haverá sempre risco de seu negócio não se desenvolver.

Assim, a lista mais comum de vantagens de uma entidade para manter escrituração contábil, são as seguintes:

1. Oferece maior controle financeiro e econômico à entidade;

2. Comprova em juízo fatos cujas provas dependam de perícia contábil.

3. Contestação de reclamatórias trabalhistas quando as provas a serem apresentadas dependam de perícia contábil;

 4. Imprescindível no requerimento de recuperação judicial (Lei 11.101/2005);

5. Evita que sejam consideradas fraudulentas as próprias falências, sujeitando os sócios ou titulares ás penalidades da Lei que rege a matéria;

6. Base de apuração de lucro tributável e possibilidade de compensação de prejuízos fiscais acumulados;

 7. Facilita acesso ás linhas de crédito;

8. Distribuição de lucros como alternativa de diminuição de carga tributária;

9. Prova a sócios que se retiram da sociedade a verdadeira situação patrimonial, para fins de apuração de haveres ou venda de participação;

10. Prova, em juízo, a situação patrimonial na hipótese de questões que possam existir entre herdeiros e sucessores de sócio falecido;

11. Para o administrador, supre exigência do Novo Código Civil Brasileiro quanto á prestação de contas (art. 1.020).

Portanto, até pela obviedade das vantagens acima listadas, a contabilidade deve ser considerada sempre uma ferramenta imprescindível á gestão de qualquer entidade, cabendo ao administrador, sócios ou representantes implementarem a escrituração através de contabilista devidamente habilitado.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/gestao-artigos/as-vantagens-da-escrituracao-contabil-3774547.html

    Palavras-chave do artigo:

    vantagens escrituracao contabilidade

    Comentar sobre o artigo

    Em plena era digital surgiu a Nota Fiscal Eletrônica, que permite ao Fisco homologar em tempo real as operações comerciais das empresas. O objetivo deste artigo é trazer o conceito da Nota Fiscal Eletrônica, apresentar o funcionamento do projeto e os benefícios esperados com a implantação, por parte do Sistema Público de Escrituração (SPED), do novo modelo de escrituração que substitui a nota fiscal em papel por um documento eletrônico com a mesma finalidade e validade jurídica. A problemática d

    Por: JANICE APARECIDA DO NASCIMENTOl Negócios> Administraçãol 04/10/2008 lAcessos: 14,135 lComentário: 3

    A evolução da ciência contábil acompanhou historicamente o desenvolvimento da humanidade. Com isso, era de se esperar que a Contabilidade transcendesse os limites do papel e alcançasse o mundo da informática. A partir daí surge o SPED - Sistema Público de Escrituração Digital, processo pelo qual as informações contábeis e fiscais são gerados em meio virtual e automaticamente enviado para o Fisco. O presente artigo objetiva abordar os principais aspectos dessa nova modalidade de escrituração.

    Por: André Charone Tavares Lopesl Negócios> Administraçãol 20/11/2008 lAcessos: 15,753

    A avaliação de ativos e passivos pelo valor justo (também conhecido como justo valor ou fair value, na expressão em inglês) talvez seja um dos assuntos mais discutidos atualmente na comunidade contábil mundial, especialmente com a expansão das normas ditas internacionais, processo que, no Brasil, se iniciou com a entrada em vigor do novo padrão contábil originado pelas recentes alterações na lei das S/A e por diversos pronunciamentos e resoluções do CPC e da CVM.

    Por: André Charone Tavares Lopesl Negócios> Administraçãol 22/04/2010 lAcessos: 4,460
    Isamara Cota

    Com as exigências tanto das entidades fiscalizadoras quanto do próprio mercado as empresas precisam dispor de informações em prazos cada vez menores. A necessidade de otimizar a forma como são gerenciados os documentos e as informações é o início de uma discussão válida para solucionar problemas de prazos e de segurança quanto aos documentos das empresas.

    Por: Isamara Cotal Tecnologia> TIl 30/09/2011 lAcessos: 150

    O presente artigo tem por objetivo um estudo sobre os três regimes de tributação: Lucro Real, Lucro Presumido e Simples Nacional. Dentre essas modalidades o estudo buscou a forma menos onerosa para a empresa analisada. Com a elevada carga tributária em nosso país e a falta de planejamento tributário algumas empresas acabam por pagar um valor elevado de impostos, pois o planejamento tributário deixou de ser uma vantagem e passou a ser uma questão de sobrevivência para as empresas.O estudo foi rea

    Por: Mônica, Neiva e Taizel Ciênciasl 07/07/2009 lAcessos: 20,578 lComentário: 1

    Os empresários individuais e a sociedades empresarias têm, basicamente três obrigações fundamentais para que suas atividades sejam legalmente amparadas: 1)dever de arquivamento de seus atos constitutivos n a Junta Comercial. 2)dever de escrituração dos livros empresariais obrigatórios 3)dever de levantar, periodicamente, o balanço patrimonial e de resultado econômico da empresa. O descumprimento desses deveres implica a imposição de sanções prevista pela legislação comercial e até penal

    Por: Marina Castrechini Fortunatol Direito> Doutrinal 14/12/2010 lAcessos: 3,655

    A gestão de tributos é um dos fatores primordiais para o sucesso de qualquer empreendimento no Brasil. Não é à toa que a carga tributária é uma das principais dificuldades apontadas pelos empresários, pois, de fato, a voracidade do fisco, velha conhecida do povo brasileiro, traz graves impactos à operacionalização de qualquer empresa e é um dos principais componentes do chamado "Custo Brasil".

    Por: André Charone Tavares Lopesl Negócios> Pequenas Empresasl 09/11/2010 lAcessos: 816
    Ricardo Zani

    A responsabilidade técnica dos contadores aumentou com o do novo Código Civil. São os artigos 1.177 e 1.178 que tratam da responsabilidade do profissional em contabilidade:

    Por: Ricardo Zanil Direito> Direito Tributáriol 25/10/2010 lAcessos: 900

    Este estudo visa, a partir de uma abordagem teórica levando-se em consideração a ligação do planejamento estratégico com o planejamento tributário, demonstrar como é possível as empresas brasileiras recolher menos tributos licitamente, não incorrendo em sonegações fiscais para obter tal êxito, e, também, através do planejamento tributário, montar suas estratégias para adentrarem ao mercado com maior força para poderem ter melhores preços e com isso conseguir também diminuir seus custos

    Por: Gutemberg Dias Costal Direito> Direito Tributáriol 31/10/2009 lAcessos: 1,726

    Saiba quais os mitos relacionados a manter dados corporativos e ERP em cloud computing.

    Por: Priscila Falchi - Sisprol Negócios> Gestãol 28/10/2014

    Seriam os escândalos recentes envolvendo estatais brasileiras equivalentes ao Watergate? Por Cynthia Catlett - Sócia de Forensic Investigations & Dispute Services da Grant Thornton do Brasil-

    Por: Marianal Negócios> Gestãol 22/10/2014 lAcessos: 14

    É muito comum ver eletricistas trabalhando pela cidade para realizar novas instalações ou reparos na fiação elétrica. Este profissional tem um trabalho que exige muita perícia e técnica, precisando também estar equipado com muitos EPIs diferentes: capacete, óculos de proteção, luvas de alta tensão, botas, cinto de segurança e outros.

    Por: Thiago Castriottol Negócios> Gestãol 17/10/2014
    Elisângela da Silva Pereira

    Quando pensamos em empreendedorismo e liderança muitas palavras imediatamente nos vem à cabeça, não é verdade? E pensando nessa pergunta, elaborei um artigo que tentando responder.

    Por: Elisângela da Silva Pereiral Negócios> Gestãol 17/10/2014

    Sempre acompanhamos em jornais, sites e revistas que o mercado demanda muitos tipos de matérias-primas. Alguns dos mais conhecidos é o petróleo, ferro, minérios, entre outros. Por outro lado, vale destacar que a borracha também é muito presente no fluxo industrial, tendo um aproveitamento muito alto devido sua capacidade de ser moldada para finalidades variadas.

    Por: Thiago Castriottol Negócios> Gestãol 16/10/2014

    Falando sobre Gestão de Pessoas e Recursos Humanos, podemos de certo modo analisar que o estilo da Geração X está habituada à política de retenção de funcionários por longo tempo. E a Geração Y é mais descolada à cultura da empresa; chega, presta serviço, contribui para o desenvolvimento e crescimento, mas sai e muda no momento em que percebe a necessidade de crescer e buscar novas oportunidades. Os profissionais Y chegam trazendo novas ideias, visões e renovação.

    Por: Peri da Silva Santanal Negócios> Gestãol 15/10/2014 lAcessos: 14

    Infelizmente, ainda ocorrem negligências na indústria quando se trata de segurança. Enquanto não acontece nada ruim, ninguém toma nenhuma providência. Porém, quando alguém se machuca decorrente ao serviço prestado, começa então uma série de investigações e a culpa é jogada de um lado para outro.

    Por: Thiago Castriottol Negócios> Gestãol 14/10/2014

    Este artigo tem o propósito de orientar o empresário que estiver com a intenção de vender a sua empresa para seguir algumas providências no sentido de facilitar o processo de negociação e, por consequência, agilizar a transação de venda.

    Por: Paulo Strelczukl Negócios> Gestãol 14/10/2014 lAcessos: 13

    Este presente artigo tem como objetivo, mostrar a demonstração do fluxo de caixa (DFC), como ferramenta de análise financeira para o sucesso empresarial.

    Por: LEANDRO ALBERTO ALVES DE LIMAl Negócios> Administraçãol 23/02/2011 lAcessos: 2,362

    Este presente artigo vêm demonstrar (DVA) como ferramenta na tomada de decisão, pois se trata de um demonstrativo contábil novo, ainda pouco conhecido pelos usúarios da informação contábil.

    Por: LEANDRO ALBERTO ALVES DE LIMAl Negócios> Administraçãol 21/12/2010 lAcessos: 764

    A contabilidade pública brasileira vem sofrendo grandes mudanças relevantes, que visa conduzir a contabilidade aplicada ao setor público, aos padrões internacionais de contabilidade e ampliar a transparência sobre as contas públicas. Como geradora de informações que apóiam os sistemas de planejamento, administração e controle, a contabilidade se mostra como instrumento propicio para o direcionamento das boas praticas de governancia.

    Por: LEANDRO ALBERTO ALVES DE LIMAl Negócios> Administraçãol 23/11/2010 lAcessos: 2,422

    Este artigo conta a historia do surgimento da contabilidade no brasil e seu desenvolvimento através do tempo até hoje.

    Por: LEANDRO ALBERTO ALVES DE LIMAl Negócios> Administraçãol 19/11/2010 lAcessos: 2,848
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast