Espírito De Equipe

Publicado em: 30/07/2009 |Comentário: 1 | Acessos: 10,990 |

                Não sei onde você está agora, se no exército, no açougue, no escritório, na polícia, em casa, na loja de pneus, numa pequena, média ou grande empresa, não importa. Na verdade, de uma forma ou de outra, você está se relacionando com um ou mais grupos de pessoas. Raras vezes não há objetivos comuns entre vocês que tenham que, realmente ser compartilhados!

E compartilhar é algo que transcende o senso comum da cultura de muitos povos na atualidade, e o Brasil não é a exceção. Então precisamos de instruções, de reeducação e coordenação contínua, para que todos compreendam essa necessidade invisível e vital entre todos e para com todos. Por exemplo, imagine se numa Equipe de policiais, não há confiança mútua entre eles? Como é que contarei com o melhor desempenho (envolvimento, comprometimento) de meu "parceiro", na hora que mais posso precisar dele? Aí a criminalidade faz a festa...

                Quando se trata de fundir objetivos comuns, trata-se de saber interpretar a importância do consenso sincero numa Equipe, seja entre duas, três, dez ou mil pessoas. O importante é que todos falem "a mesma língua".

                E isso não é tão simples como muitos pensam, o tipo: eu mando e pronto! Numa empresa, por exemplo, a cultura interna, quando não segue uma coordenação competente, o que a Diretoria pensa e tem por objetivo, raramente chegará até a outra extremidade da hierarquia. Isso é um péssimo sinal no ambiente, isso cria incoerência entre o que se fala e o que se faz . Cria-se facilmente especulações (fofocas) e não fatos a serem considerados e trabalhados em comum.

                E por que se chama Espírito de Equipe?

                Porque se trata do invisível, podemos chamar de "detalhe espiritual" que, poucas pessoas conseguem perceber e aplicar em dia-a-dia com a devida relevância. É o caráter subjetivo da realidade, ele tem tudo a ver com o que se passa no interior das pessoas que compartilham a mesma realidade, os mesmos objetivos, metas, contextos, etc.

                A racionalidade, a imposição do Espírito de Equipe, é mera conversa furada, conversa para boi dormir. Não existe o fato de se obrigar alguém a interagir produtivamente com as outras pessoas. O que existe é reeducação perceptiva, ensiná-la a enxergar, se convencer livremente que isso traz benefícios para ela mesma, para toda a Equipe, que isso trará harmonia e produtividade nos resultados...

                Agora, se esta pessoa não quiser se tornar capaz, não se der ao "luxo" de assumir-se com mais humildade, sinceridade e transparência frente a realidade que compartilha com os seus pares e semelhantes, é melhor dispensá-la. Exatamente isso: retirá-la do grupo o mais rápido possível!

                Pessoas arrogantes, cheias de prepotência, são "isoladas" interiormente das demais pessoas. E o pior é que elas ensinam, indiretamente, isso para as demais! Gera-se, facilmente, um clima de desagregação silencioso, de falsidade e hipocrisia, onde as aparências, as fachadas, se dão melhor do que a sinceridade e a própria realidade em comum. Gera-se individualismo e desconfiança entre as pessoas, que é o oposto do necessário: o objetivo comum!

                Espírito de Equipe não é só vestir a mesma camisa, é também calçar o mesmo sapato! É ter empatia um com o outro, para saber, simplesmente, onde pode e deve ajudar, sem precisar de solicitações ou até implorações... Há ambientes corporativos que, se não houver requisições, ninguém ajuda ninguém!

               Espírito de Equipe envolve sinergia, espontaneidade, sincronia interior entre os envolvidos. Exige sinceridade, compaixão, lealdade, ou seja, realmente se trata de algo espiritual que deve ser formalizado do interior para o exterior de cada participante da Equipe para o contexto que juntos interagem.

               Um ambiente deve ser participativo, deve ser acolhedor para idéias, discordâncias e diálogos honestos. O Espírito de Equipe não é um fim em si mesmo, mas um meio de se buscar a excelência nos resultados, nos objetivos em comum. Um desafio proclamado por muitos e ainda, realizado por poucos.

Autor de um dos livros considerados de leitura obrigatória:

"Quando a Espiritualidade Reencontra a Realidade"

Vídeo no YOUTUBE de apresentação do livro (3 minutos):

http://www.youtube.com/watch?v=nFZMpBjFb7M

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 3 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/gestao-artigos/espirito-de-equipe-1082985.html

    Palavras-chave do artigo:

    espirito de equipe

    ,

    trabalho em equipe

    ,

    solucoes em equipe

    Comentar sobre o artigo

    Luiz Santos

    O artigo aborda a importância, os benefícios, as características e os passos do trabalho em equipe como fator para a qualidade.

    Por: Luiz Santosl Carreira> Recursos Humanosl 12/08/2008 lAcessos: 248,735 lComentário: 22
    Ainor Lotério

    Com este tipo de liderança todos os liderados se destacam, pois não é uma liderança de privilégios nem de privilegiados, mas de valorização das virtudes individuais no grupo. Cada integrante da equipe é chamado a colocar seus dons a serviço do corpo maior (corporação).

    Por: Ainor Lotériol Carreira> Recursos Humanosl 04/11/2008 lAcessos: 26,879 lComentário: 1
    marlucia pontes gomes de jesus

    O texto discute a recomendação do Conselho Nacional de educação de que os alunos do ensino fundamental não sejam retidos nos dois primeiros anos de estudos, principalmente levando em consideração a grande rejeição da progressão continuada por professores e até mesmo pela população. Nesse contexto, faz uma distinção entre progressão continuada e progressão automática, procurando demonstrar a importância da recuperação contínua para que a sua adoção tenha sucesso.

    Por: marlucia pontes gomes de jesusl Educaçãol 25/07/2011 lAcessos: 1,786
    Luís Sérgio Lico

    Algumas situações são sintomáticas nas organizações. Por exemplo: Quando se quer melhorar as coisas e não se vê saída, sempre ouvimos a seguinte expressão: Precisamos melhorar o espírito de equipe

    Por: Luís Sérgio Licol Negócios> Gestãol 31/07/2011 lAcessos: 109
    Rosilene Coimbra Costa Pinto

    É notória a crise pela qual a educação vem passando nos dias atuais: professores descontentes, alunos desmotivados, pais preocupados. No entanto, acredita-se que para uma possível melhora deste quadro se faz necessário, além da formação contínua dos professores, a introdução da ludicidade como subsídio no processo de construção do conhecimento cognitivo, físico, social e psicomotor, desenvolvendo nos educandos o prazer ao construir o próprio aprendizado de forma mais atraente e estimuladora.

    Por: Rosilene Coimbra Costa Pintol Educação> Educação Infantill 02/03/2012 lAcessos: 4,296

    O presente artigo tem por natureza e objetivo esclarecer como se dá as politicas de recrutamento, seleção, treinamento e retenção de pessoas talentosas nas organizações contemporâneas, por entender que administrar com as pessoas requer das organizações um novo olhar para as pessoas inseridas em seu quadro funcional e uma leitura social e ambiental cada vez mais humana para interagir com o tempo vigente e entender as tendências futuras no mundo dos negócios.

    Por: Luciano Silva Nevesl Carreira> Recursos Humanosl 01/06/2014 lAcessos: 43

    A presente pesquisa foi elaborada tendo por objetivo estudar o fenômeno assédio moral nas relações de trabalho educacional em face de sua relevância na sociedade. Desta forma pretende-se conhecer, analisar e compreender este mal que atinge as instituições de ensino, buscando contribuir para o esclarecimento do fenômeno, como preveni-lo e reprimi-lo.

    Por: Arianal Educação> Ensino Superiorl 02/04/2011 lAcessos: 1,252
    Escritorcampos

    Não basta ser executivo à troglodita de terceiro milênio. Pois, ainda existem os empresários renitentes, que teimam em anotar suas operações fundamentais em suas antigas e amarfanhadas cadernetas pessoais. Gerir uma empresa está muito além dessa simplicidade, até os mais atualizados em­presários se desatualizam a cada minuto que passa.

    Por: Escritorcamposl Marketing e Publicidade> Marketing Internacionall 04/03/2010 lAcessos: 212
    Claudia Forlin

    Esta pesquisa bibliográfica visa informar sobre a evolução do Mal de Alzheimer e os cuidados necessários com seus portadores, cujo número vem aumentando significativamente. A gravidade da doença gera importante custo social e estende seus danos principalmente à família e aos cuidadores do portador, por isso procurou-se enfocar a qualidade de vida do cuidador do paciente com Doença de Alzheimer e de seus familiares.

    Por: Claudia Forlinl Saúde e Bem Estar> Medicinal 06/04/2010 lAcessos: 6,256 lComentário: 1
    Ricardo Mallet

    Neste artigo, vamos conhecer e analisar os principais desafios que o gestor deve enfrentar e vencer para desenvolver uma equipe, e os conceitos e técnicas que dão suporte à liderança quando exercida em grupos de trabalho.

    Por: Ricardo Malletl Negócios> Gerêncial 28/12/2011 lAcessos: 326

    Gestão, Estratégia, Recursos Humanos e Mercado. Globalização e ambiente competitivo, mudanças organizacionais, tendências, onde a partir de grandes mudanças, surgem também oportunidades e as empresas devem estar atentas e empenhar-se em saber identificar elas para aproveitar determinadas situações, pois no mundo competitivo as atenções e tendências surgem como avanços tecnológicos e de oportunidade voltado especificamente para um segmento, ramo de produção ou serviço.

    Por: Peri da Silva Santanal Negócios> Gestãol 01/10/2014

    O que é um líder eficaz? Como agir com eficácia na condução de pessoas, na busca de metas e objetivos nas organizações? Será que eu sou um líder eficaz?

    Por: José Carlos Maron Jr.l Negócios> Gestãol 25/09/2014
    Marcelo Ferreira

    DO SOMETHING: Um livro que como o mesmo autor diz: contém a verdade pura e simples sobre como fidelizar clientes e aumentar suas vendas e lucratividade. É uma leitura super gostosa, clara e fácil mas sobre tudo produtiva, na qual o grande objetivo é incentivar aos empresários a AGIR, em vez de esperar que tudo seja lindo e maravilhoso para implantar seu próprio programa de fidelidade.

    Por: Marcelo Ferreiral Negócios> Gestãol 24/09/2014

    Apresentamos neste pequeno texto a conclusão de tudo que comentamos sobre o assunto CONFLITOS, nas partes I a V.

    Por: José Carlos Maron Jr.l Negócios> Gestãol 23/09/2014
    Elisângela da Silva Pereira

    Você sabe o Valor da Marca de sua Empresa no Mercado? Dependendo de sua resposta dá para saber o quanto você está investindo para ter um bom posicionamento no mercado.

    Por: Elisângela da Silva Pereiral Negócios> Gestãol 22/09/2014

    aqui iremos abordar a mais importante ferramenta de combate e administração de conflitos - a nossa inteligência emocional.

    Por: José Carlos Maron Jr.l Negócios> Gestãol 22/09/2014

    apresentamos as ferramentas para superar, administrar e evitar conflitos. Uma delas é a resiliência, as demais trataremos na parte V.

    Por: José Carlos Maron Jr.l Negócios> Gestãol 19/09/2014

    como reagimos aos conflitos que noa incomodam no dia a dia? Como deveríamos agir?

    Por: José Carlos Maron Jr.l Negócios> Gestãol 18/09/2014
    Alexandre Arrenius Elias

    Sexo deve ser interpretado sem tantos mistérios e tabus. Vivemos numa sociedade ainda pouco esclarecida quanto aos benefícios de se ter uma vida sexual bem resolvida, e isso exige uma boa reflexão pessoal, pois envolve emoções e sentimentos que cada um traz e precisa ser compreendido.

    Por: Alexandre Arrenius Eliasl Relacionamentos> Sexualidadel 29/09/2014
    Alexandre Arrenius Elias

    A ETEC, sob meu ponto de vista, salvo alguns cursos (não sei quais, desculpe), não atende com qualidade suficiente para justificar o tempo, a atenção qualitativa e o deslocamento de alunos e bons professores até a instituição. Pode-se afirmar que há cursos virtuais (EAD), e cursos presenciais particulares de menor duração que equivalem ou são melhores que a tal educação técnica ali pretendida.

    Por: Alexandre Arrenius Eliasl Educaçãol 06/10/2012 lAcessos: 97
    Alexandre Arrenius Elias

    O bom profissional é aquele que se atualiza, que se compromete com a ética, que cuida de sua saúde, não é aquele que se dedica em tempo integral ao trabalho, mas aquele que sabe equilibrar a sua vida e, com isso, agregar o melhor de si em seus compromissos profissionais.

    Por: Alexandre Arrenius Eliasl Negócios> Gestãol 16/08/2012 lAcessos: 166
    Alexandre Arrenius Elias

    Vale observar quão é importante, e passa na maioria das vezes despercebida de valor, de desenvolvimento e aprimoramento, seja o individual ou social, uma questão de consciência.

    Por: Alexandre Arrenius Eliasl Educaçãol 01/07/2012 lAcessos: 192
    Alexandre Arrenius Elias

    Se o brasileiro valorizasse mais a compreensão e a solidariedade entre os seus, se percebe mais de onde realmente vem a legitimação das injustiças sociais, nossas greves, protestos e manifestações seriam mais inteligentes.

    Por: Alexandre Arrenius Eliasl Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 25/02/2012 lAcessos: 161
    Alexandre Arrenius Elias

    Aprender a reaprender nos negócios, eis a questão. Ter consciência que os caminhos passados não garantem os caminhos futuros é uma necessidade.

    Por: Alexandre Arrenius Eliasl Negócios> Gestãol 29/09/2011 lAcessos: 38
    Alexandre Arrenius Elias

    Será que você não é um Espiritualista? Convido você a fazer uma breve viagem reflexiva. Um convite a responder para si mesmo sobre a sua verdadeira vocação religiosa...

    Por: Alexandre Arrenius Eliasl Religião & Esoterismo> Religiãol 29/07/2011 lAcessos: 200
    Alexandre Arrenius Elias

    É um assunto relevante para o setor varejista, especialmente das grandes lojas, onde exige-se maiores cuidados com o ambiente de trabalho. E quando falamos em ambiente, não podemos deixar de observar a necessidade da cultura certa!

    Por: Alexandre Arrenius Eliasl Negócios> Gestãol 11/07/2011 lAcessos: 304

    Comments on this article

    0
    amanda 29/09/2010
    e acho que espirito em equipe é o espirito santo
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast