Retrabalho

Publicado em: 06/04/2011 | Acessos: 910 |

Temos falado com frequência em melhorar a  administração de recursos, fazer economia, acabar com desperdícios, reduzir custos, otimizar as vendas, adequar e capacitar a equipe, controlar a qualidade, etc. Hoje quero falar de um grande vilão nas empresas: "O Retrabalho".

Este causa problemas nas mais diversas áreas de uma empresa: tempo perdido, materiais perdidos, atraso na entrega e por conseqüência prorrogação para você faturar e receber (o que provavelmente comprometerá seu fluxo de caixa).

Cito ainda: qualidade comprometida pela "correria" de ter que refazer, marca negativa na imagem da empresa e credibilidade, dentre outros. O ideal é fazer uma vez só, dentro do padrão exigido, no prazo certo e no custo certo. Isto implica em ter a empresa a capacidade de manter os padrões exigidos consistentemente. Para isto ocorrer vamos citar algumas etapas, que podem ser aplicadas igualmente com sucesso, em prestação de serviços, indústria e comércio.

Um pedido de venda mal tirado, dará origem à uma entrega de um produto indevido e portanto a um retrabalho. Uma peça mal feita, mal produzia, dará origem a retrabalho. Um atendimento mal feito em qualquer área da prestação de serviços, obrigará você a intervir novamente em seu cliente: retrabalho à vista.

Ao ler cada item abaixo, analise a relação com seu trabalho, independentemente do que você faz.

a-) Certifique-se do que você precisa entregar. Faça as perguntas necessárias e obtenha os documentos ou instruções.

b-) Verifique se tem disponível todos os recursos de que precisa antes de começar a fazer. Providencie o que for necessário no devido tempo.

c-) Se o trabalho a ser feito por sua empresa  representa uma ou mais etapas do processo total, tenha certeza de que aquilo que está chegando até você, está dentro do padrão exigido, caso contrário, não conduza o processo adiante e tome as providências necessárias com urgência.

d-) Faça o trabalho seguindo as normas da empresa e também os padrões exigidos para cada produto ou serviço. Utilize sempre as ferramentas necessárias e se houver necessidade, os equipamentos de proteção individual.

e-) A cada etapa, certifique-se que a etapa anterior foi bem concluída. É importante que todo trabalho seja sempre dividido em etapas.  Com "porções" menores (etapas), fica mais fácil você controlar e agir rapidamente. Se você é o responsável por todas as etapas, fica mais fácil este controle. Caso contrário, verifique se àquilo que está chegando até você, poderá ser dada a devida continuidade.

f-) Ao entregar sua parte (independente se ela é o trabalho total ou parte dele) , faça-o com a certeza de que tudo o que dependeu de você, está 100%.

g-) Qualquer observação a ser feita, procure fazer por escrito sempre que possível.

h-) Se houver necessidade de refazer um trabalho, inicialmente procure entender os motivos que levaram à reprovação deste. Assim os mesmos erros não mais serão cometidos. Depois, com calma, procure avaliar da forma mais abrangente possível, o prejuízo causado com aquele retrabalho. Esta avaliação produzirá um efeito muito positivo em você para as próximas vezes que tiver que fazer o mesmo trabalho.

i-) Não procurar culpados é fundamental. Procure os erros, procure a solução, envolva todo o pessoal necessário, resolva o problema, sempre de forma proativa e assertiva. Procurar culpados para punir é perder tempo e isto acaba  disfarçando erros importantes. Reveja o processo, ajuste o que for necessário, usando uma forma que todos tenham conhecimento do assunto.

j-) Sempre que possível, com calma e com a ajuda de todos, busque alternativas para cada tarefa. Desde a recepção de um cliente, atendimento telefônico, emissão de um pedido de vendas, emissão de uma ordem de serviço, uma reunião (em todos os níveis), processos industriais, estocagem, compras e enfim, toda tarefa, sempre poderá ser melhorada continuamente. Estas revisões constantes eliminam possíveis falhas, melhoram a qualidade e contribuem para a excelência do serviço prestado.

 



Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/gestao-artigos/retrabalho-4547082.html

    Palavras-chave do artigo:

    retrabalho

    ,

    custos

    ,

    fluxo de caixa

    Comentar sobre o artigo

    José Rubens Tavares Lima

    Concluímos aqui a terceira e ultima parte deste Artigo.

    Por: José Rubens Tavares Limal Negócios> Gestãol 28/09/2010 lAcessos: 325

    Em minhas reuniões periódicas com empresários e clientes percebo cada vez mais que quem está no comando das empresas está cada vez menos interessado em acompanhar os processos tributários de seus negócios. Enquanto isto, os órgãos fiscalizadores estão, há pelo menos uma década, em trabalho constante para informatização de todo o processo fiscal.

    Por: Edmilson de Ataidel Finanças> Investimentosl 11/07/2012 lAcessos: 63
    Loja de Calçados

    A área calçadista é um dos segmentos da economia brasileira em que a logística representa um papel fundamental. Uma questão importante e que ainda constitui um desafio é a criação de uma padronização dos códigos de barra dos produtos, unificando as informações da indústria e do varejo.

    Por: Loja de Calçadosl Beleza> Modal 10/10/2011 lAcessos: 60

    O que é um líder eficaz? Como agir com eficácia na condução de pessoas, na busca de metas e objetivos nas organizações? Será que eu sou um líder eficaz?

    Por: José Carlos Maron Jr.l Negócios> Gestãol 25/09/2014
    Marcelo Ferreira

    DO SOMETHING: Um livro que como o mesmo autor diz: contém a verdade pura e simples sobre como fidelizar clientes e aumentar suas vendas e lucratividade. É uma leitura super gostosa, clara e fácil mas sobre tudo produtiva, na qual o grande objetivo é incentivar aos empresários a AGIR, em vez de esperar que tudo seja lindo e maravilhoso para implantar seu próprio programa de fidelidade.

    Por: Marcelo Ferreiral Negócios> Gestãol 24/09/2014

    Apresentamos neste pequeno texto a conclusão de tudo que comentamos sobre o assunto CONFLITOS, nas partes I a V.

    Por: José Carlos Maron Jr.l Negócios> Gestãol 23/09/2014
    Elisângela da Silva Pereira

    Você sabe o Valor da Marca de sua Empresa no Mercado? Dependendo de sua resposta dá para saber o quanto você está investindo para ter um bom posicionamento no mercado.

    Por: Elisângela da Silva Pereiral Negócios> Gestãol 22/09/2014

    aqui iremos abordar a mais importante ferramenta de combate e administração de conflitos - a nossa inteligência emocional.

    Por: José Carlos Maron Jr.l Negócios> Gestãol 22/09/2014

    apresentamos as ferramentas para superar, administrar e evitar conflitos. Uma delas é a resiliência, as demais trataremos na parte V.

    Por: José Carlos Maron Jr.l Negócios> Gestãol 19/09/2014

    como reagimos aos conflitos que noa incomodam no dia a dia? Como deveríamos agir?

    Por: José Carlos Maron Jr.l Negócios> Gestãol 18/09/2014

    ERP é uma ferramenta que dinamiza e agiliza os processos de uma empresa, tornando possível ganhar mais tempo, eliminar atividades redundantes e o desperdício de recursos materiais e operacionais, permitindo uma gestão mais eficiente.

    Por: Priscila Falchi - Sisprol Negócios> Gestãol 18/09/2014
    José Rubens Tavares Lima

    Um curso dinâmico, prático e abrangente. Você aprenderá em poucas horas a administrar seu salão de beleza com metodologia simples e eficaz. Leve este curso até sua cidade. Entre em contato e viabilizaremos com você esta apresentação. Duração 4 horas e 30 minutos.

    Por: José Rubens Tavares Limal Negócios> Gestãol 30/08/2011 lAcessos: 264
    José Rubens Tavares Lima

    Quando você mais precisa, emite uma Certidão Negativa de Débitos e encontra sua empresa com problemas junto à Orgãos Municipais, Estaduais e/ou Federais. Procure antecipar-se. Crie uma rotina junto à seu Contador ou sua equipe interna.

    Por: José Rubens Tavares Limal Negócios> Gestãol 10/06/2011 lAcessos: 71
    José Rubens Tavares Lima

    Melhore o relacionamento com seu Contador e extraia o melhor que ele tem para oferecer ao seu negócio. Este artigo coloca em poucas linhas uma orientação muito útil aos empresários sobre o assunto.

    Por: José Rubens Tavares Limal Negócios> Gestãol 10/06/2011 lAcessos: 75
    José Rubens Tavares Lima

    Muitas empresas possuem veículos em seu patrimônio para a realização de tarefas operacionais, desde automóveis leves, passando por caminhonetes e até caminhões, carretas e tratores. Não refiro-me especificamente à empresas de transporte. Além destas, refiro-me também à indústrias e empresas do comércio e da prestação de serviços. Este artigo procura abordar de forma simplificada um pouco sobre a gestão de veículos (frota).

    Por: José Rubens Tavares Limal Negócios> Gestãol 11/03/2011 lAcessos: 1,148
    José Rubens Tavares Lima

    Você que possui frota de veículos, já pensou em repassar ao seu motorista 1/3 do que ele economizar de combustível ? Leia o artigo atentamente, onde abordamos o assunto e damos alguns exemplos.

    Por: José Rubens Tavares Limal Negócios> Gestãol 11/03/2011 lAcessos: 760
    José Rubens Tavares Lima

    A falta de uma análise prévia e competente de todos investimentos de uma empresa, pode acarretar muitos prejuízos e problemas graves (algumas vezes irreversíveis). A determinação do porquê, quando, onde, como e quanto investir, deve ser feita por métodos adequados para podermos ter uma avaliação confiável dos resultados previstos em relação à produtividade, confiabilidade, qualidade, segurança, etc., visando sempre garantir a viabilidade técnica, econômica e financeira da empresa como um todo.

    Por: José Rubens Tavares Limal Negócios> Gestãol 11/03/2011 lAcessos: 270
    José Rubens Tavares Lima

    Como montar e manter um fluxo de caixa enxuto e eficaz

    Por: José Rubens Tavares Limal Negócios> Gestãol 25/01/2011 lAcessos: 213
    José Rubens Tavares Lima

    Concluímos aqui a terceira e ultima parte deste Artigo.

    Por: José Rubens Tavares Limal Negócios> Gestãol 28/09/2010 lAcessos: 325
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast