Coaching: faça dinheiro ajudando pessoas

Publicado em: 25/07/2013 |Comentário: 0 | Acessos: 28 |

Você fez as formações para atuar com coaching. Investiu milhares de reais em cursos com certificações internacionais de nomes complicados. Conheceu treinadores renomados até internacionalmente, tendo a oportunidade de tirar suas dúvidas e até almoçar com eles. Muitas vezes, se deslocou para outras cidades - ou até mesmo outros países -, custeando passagens, hotel e alimentação. Fora a compra de livros, que nem sempre são baratos, mas que ajudam no exercício da profissão.

Se você fez tudo isso, deve estar se dando bem, certo?! Aliás, você fez cursos e estudou bastante. Investiu muitas horas da sua vida para fazer do coaching a sua profissão. Agora que você é um Coach com Certificação Internacional, está pronto para ajudar as pessoas a despertarem o seu mais alto potencial e a realizarem os seus sonhos mais inspiradores.

Caro leitor, vamos ser honestos, ok?! Você se dedicou, mas está frustrado. Por melhor que você seja, o mercado não te enxerga e você está com muitos horários vagos na sua agenda. Não foi isso que você comprou quando resolveu pagar R$5.000,00, mais a estadia, pelo curso com aquele famoso Master Trainer Coach. Você estava comprando realização profissional, independência financeira e, o mais importante, a capacidade de transformar a vida dos seus clientes, despertando o que eles têm de melhor. Mas não foi isso que o curso entregou. Na compra, você só obteve técnicas e ferramentas de coaching. Como resultado, você não consegue se firmar no mercado e acaba se frustrando com a sua escolha.

Muitos coaches acabam se considerando uma farsa e desistindo dos seus sonhos. Aquele investimento acaba indo para o ralo e você fica pensando se não poderia ter aproveitado o seu tempo de uma forma mais produtiva e menos custosa.

Se você se identifica com esta situação, saiba que a maioria dos coaches estão passando por isso. Intuitivamente, diria que 95% acaba desistindo e assumindo outras profissões que, muitas vezes, não tem muito a ver com sua verdadeira vocação.

Agora você já sabe que dominar as ferramentas de coaching não é o suficiente. No entanto, você não precisa continuar sofrendo com essa situação. O que está faltando? Por que a sua vida profissional não vai pra frente? Você domina o coaching e não consegue clientes, o que está errado?

A esmagadora maioria das formações de coaching se preocupa tão somente em transmitir as técnicas necessárias ao exercício da profissão. Os cursos não passam qualquer instrução relevante sobre como garantir o seu lugar no mercado; criar uma base respeitável de clientes; fazer do coaching uma fonte relevante de renda; gerar outras formas de lucro além dos atendimentos individuais... Resumindo, os cursos de coaching NÃO te ensinam a ganhar dinheiro com coaching! Parece um absurdo, mas é isso mesmo o que acontece! Uma coisa é dominar a arte do coaching. Outra, é fazer do coaching uma atividade verdadeiramente rentável. E é disso que falaremos daqui por diante.

Se o caro leitor possui uma boa formação, pode-se dizer que você é competente o suficiente para fazer o seu cliente sair do estado atual e atingir o estado por ele desejado. Se você ainda não sabe fazer isso, precisa voltar para a sala de aula e para os livros, mas continue lendo este artigo. Para o domínio do coaching, você deve desenvolver competências específicas, como escuta ativa, rapport, raciocício rápido para perguntas etc.

Outra coisa é fazer do coaching uma atividade rentável, ou seja, estou me referindo a ganhar dinheiro, ganhar muito e ganhar sempre. E posso apostar que nenhum dos seus instrutores internacionais dedicou algum tempo neste assunto, e, se dedicou, certamente o fez de forma bem superficial. Você pode ser um bom coach e estar apto a atender os seus clientes, mas ainda não desenvolveu as competências para transformar a sua prática e o seu conhecimento em algo verdadeiramente lucrativo.

Quais são as competências de que estou falando? Refiro-me à capacidade de encontrar oportunidades, bem como criar e executar planos para poder aproveitá-las. Sendo mais específico, nos baseando em alguns conhecimentos de marketing, procure fazer o seguinte:

1. Definir o seu nicho de mercado. Se você é um generalista, quando entrar num nicho qualquer, os especialistas que ali dominam vão chutá-lo imediatamente para escanteio. Há muitos públicos-alvo e você deve se especializar em pelo menos um deles para ser visto como um referencial. As pessoas daquele grupo devem ter você em mente quando quiserem resolver seus problemas. Em função das soluções que apresenta, você deve ser uma fonte confiável para elas.

2. Conhecer o seu nicho de mercado. Não basta escolher, você deve saber o que aquelas pessoas estão precisando. Quais são suas maiores frustrações? Quais são os seus maiores problemas? Quais são os seus maiores medos? Quais são os seus maiores desejos? Conheça a fundo o seu público e mostre a eles que você entende a sua dor e pode contribuir com algo valioso.

3. Crie soluções para o seu público. Agora que você conhece o seu público alvo, deve criar soluções que atendam as suas maiores necessidades, que eliminem as suas maiores frustrações e que resolvam os seus maiores problemas. Tenha em mente que você deve criar produtos e serviços que facilite a vida do seu cliente. Se você tem soluções que sejam mais baratas, mais cômodas, mais acessíveis, mais rápidas etc, você terá um negócio em mãos. Escolha qual será o seu diferencial. As suas soluções tem que acertar os problemas do seu público como uma flecha acerta o centro do seu alvo.

4. Mostre ao seu público alvo que você existe e que tem algo valioso para oferecer a eles. Não adianta você ser bom o bastante e as pessoas não saberem que você existe. Interaja com o seu público, frequente as comunidades nas redes sociais; escreva em blogs e em bancos de artigos; frequente os fóruns e responda às dúvidas do seu público; pergunte aos seus amigos se eles conhecem alguém que pode se interessar pelo o que você faz; esteja presente nos eventos frequentados por ele. Não pense que seus clientes simplesmente virão. Eles primeiro precisam saber que você existe.

5. Provar que você é realmente bom. O seu público quer provas da sua competência. Publique os testemunhos dos seus clientes; gere conteúdo gratuito que seja realmente útil; mostre que o cliente vai ter um retorno muito maior que o investimento feito nos seus produtos e serviços.

Meus caros, espero que este texto sirva de ponta-pé inicial para transformar o sonho do coaching em realidade. Busquem desenvolver as competências que estão faltando e sempre tenham o desejo sincero de querer ajudar o seu público-alvo.

Especializar-se cada vez mais em coaching não vai fazê-lo ter sucesso. Você já deve conhecer profissionais menos aptos e que possuem resultados melhores que os seus. Se você já domina a arte do coaching, concentre 70% do seu tempo para aprender como criar um negócio a partir do que você já tem.

Arregace as mangas e comece a agir!

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 1 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/gestao-de-carreira-artigos/coaching-faca-dinheiro-ajudando-pessoas-6695927.html

    Palavras-chave do artigo:

    coaching

    ,

    carreira

    ,

    lucro

    Comentar sobre o artigo

    Cuidar do aprimoramento pessoal é o primeiro e principal passo para alcançar um posto de prestígio em qualqier organização.

    Por: Carlos Cruzl Carreira> Gestão de Carreiral 23/01/2009 lAcessos: 710
    RICARDO A. GAMEIRO

    Muito se fala em calcular o retorno do investimento obtido em investimentos de Treinamentos e Processos de Coaching. Saber se o que foi investido teve retorno é muito importante tanto para quem contrata como para quem é contratado, assim precisamos saber realmente quais as metodologias nos podem demonstrar estas informações com confiança de forma o mais objetiva possível.

    Por: RICARDO A. GAMEIROl Negócios> Gestãol 18/04/2014 lAcessos: 35
    RICARDO A. GAMEIRO

    Uma análise de como esta o mercado de formação de Coaches, suas metodologias, cargas horárias, e de como o uso do marketing nessa área cria crenças que nem sempre são reais ou atendam as necessidades dos profissionais formados. Se você quer conhecer mais sobre o coaching vale a pena.

    Por: RICARDO A. GAMEIROl Negócios> Gerêncial 10/09/2011 lAcessos: 148
    Fatyma Moraes

    O que é Coaching É a habilidade de ajudar as pessoas a analisar sua satisfação em relação à vida, definir metas claras, entender o que é preciso ser feito para identificar e mudar suas crenças limitantes.

    Por: Fatyma Moraesl Carreira> Gestão de Carreiral 30/08/2010 lAcessos: 331

    O Coaching, palavra inglesa que significa treino, começou a ser utilizado na década de 1970 no meio esportivo, com o passar dos anos, o Coaching foi se adaptando as organizações com outra abordagem.

    Por: Mônica Liberatol Carreiral 05/10/2011 lAcessos: 113
    Fatyma Moraes

    Todo o processo de coaching visa auxiliar o cliente a estabelecer suas metas de uma forma organizada para o alcance concreto de um objetivo. Coaching envolve diálogo entre o Coach e o cliente, tendo em mente ajudá-lo a satisfazer-se com a sua vida.

    Por: Fatyma Moraesl Carreira> Gestão de Carreiral 02/09/2010 lAcessos: 228
    Fernando Viel

    Vou descrever um assunto procurado por muitos e assimilado por poucos e vou falar também o como se condicionar.

    Por: Fernando Viell Psicologia&Auto-Ajudal 10/09/2010 lAcessos: 376
    EVALDO COSTA

    Somos remunerados sim pela nossa capacidade de recrutar e manter gente produtiva

    Por: EVALDO COSTAl Carreira> Gestão de Carreiral 29/09/2010 lAcessos: 141
    Fernando Viel

    "Talento é acertar um alvo que ninguém acerta, Genialidade é acertar um alvo que ninguém vê." As pessoas que mudaram, melhoraram e conquistaram algo que vale a pena têm razões fortes idênticas como lhe mostro ag...

    Por: Fernando Viell Psicologia&Auto-Ajudal 11/08/2010 lAcessos: 240
    Portais Imobiliarios

    Até que ponto vale a pena manter um profissional capacitado e de sucesso porém enquenqueiro e problemático com os demais colegas?

    Por: Portais Imobiliariosl Carreira> Gestão de Carreiral 01/10/2014

    Marketing pessoal é o conjunto de práticas, atitudes e conceitos cujo objetivo é estabelecer uma relação eficaz entre o profissional e o mercado de trabalho.

    Por: Ernesto Bergl Carreira> Gestão de Carreiral 09/09/2014 lAcessos: 15
    Portais Imobiliarios

    O processo de aprendizagem deve ser contínuo na vida de qualquer profissional. Aqueles que param de estudar, acabam ficando para trás no mercado de trabalho.

    Por: Portais Imobiliariosl Carreira> Gestão de Carreiral 08/09/2014
    Portais Imobiliarios

    Algumas dicas para o corretor de imóveis se manter motivado e superar as adversidades apesar das desmotivações do dia-a-dia

    Por: Portais Imobiliariosl Carreira> Gestão de Carreiral 28/08/2014

    Você deseja seu sucesso profissional, mas não sabe o que fazer? Precisamos escolher um caminho, caso contrário teremos que nos satisfazer com o que vier.

    Por: Gabriela Mesquital Carreira> Gestão de Carreiral 05/08/2014 lAcessos: 15

    Pai rico, filho nobre, neto pobre - um dilema muito conhecido por fundadores e herdeiros de empresas familiares, e também uma grande preocupação, pois a sua longevidade dependerá do seu processo sucessório. Conforme o SEBRAE, as empresas familiares representam 90% do total das empresas brasileiras e as estatísticas apontam que apenas 30% sobrevivem à segunda geração - e esse percentual vai diminuindo a cada nova geração.

    Por: Central Pressl Carreira> Gestão de Carreiral 04/08/2014 lAcessos: 16
    Portais Imobiliarios

    Às vezes parece que mesmo fazendo tudo certo, os resultados não chegam, pode ser culpa de alguns erros simples imperceptíveis que nos impedem de obter sucesso.

    Por: Portais Imobiliariosl Carreira> Gestão de Carreiral 01/08/2014
    Mayender Alves de Souza

    Comentários com prós e contras de ser patrão ou empregado para reflexão.

    Por: Mayender Alves de Souzal Carreira> Gestão de Carreiral 30/07/2014
    Rodolfo Milfont

    Os anos de faculdade e todos os livros lidos não foram suficientes para você se estabelecer no mercado. Muitos se frustram por não conseguirem ganhar dinheiro com suas profissões. Conheça as razões disso e saiba o que você pode fazer para construir uma vida financeira digna e uma trajetória profissional descente.

    Por: Rodolfo Milfontl Carreira> Gestão de Carreiral 27/07/2013 lAcessos: 20
    Rodolfo Milfont

    Saiba como construir o seu modelo de negócio de forma fácil e rápida. Conheça a mais nova ferramenta que está sendo usada em todo o mundo e que está revolucionando a criação de novos negócios.

    Por: Rodolfo Milfontl Negócios> Administraçãol 02/04/2013 lAcessos: 47
    Rodolfo Milfont

    Busines Model Generation, ou simplesmente Modelos de Negócios, é uma nova ferramenta para ajudar pessoas a planejarem seus empreendimentos de forma rápida, dinâmica e muito fácil. Esta metodologia permite incluir numa só página os principais elementos de qualquer empreendimento, facilitando muito a vida de quem planeja e pretende inovar o modo como o seu negócio cria, entrega e captura valor.

    Por: Rodolfo Milfontl Negócios> Administraçãol 15/03/2013 lAcessos: 136
    Rodolfo Milfont

    Ter um bom plano de negócio (PN) não significa sucesso. Simplesmente trata-se de uma trajetória a ser seguida, mas que pode ser desastrosa se não forem incluídas algumas informações cruciais que nem sempre eram observadas. Saiba o que mais você precisa saber!

    Por: Rodolfo Milfontl Negócios> Administraçãol 14/03/2013 lAcessos: 31
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast