O impasse sobre a LEI FICHA LIMPA!

Publicado em: 27/01/2012 |Comentário: 0 | Acessos: 114 |

O impasse sobre a LEI FICHA LIMPA!

                                               O TSE na semana do dia 10 deste mês, em resposta à consulta efetuada pelo Senador Arthur Virgílio, se a Lei 135/2010, conhecida como "Ficha Limpa", já valeria para as eleições deste ano; manifestou-se pelo entendimento de que a lei que entrou em vigor em 04 de Junho do corrente ano já será aplicada no pleito de 2010.

                                               O único ministro que divergiu sobre o entendimento majoritário do Tribunal foi Marco Aurélio Mello, que votou pelo não conhecimento da consulta, pois o processo eleitoral deste ano já teve início, e que apesar da lei complementar já ter entrado em vigor "não alcança a eleição que se avizinha e não alcança porque o processo eleitoral já está em pleno curso".

                                               A dúvida sobre a aplicabilidade da lei surgiu pois, o artigo 16 da Constituição Federal, prevê que a lei que alterar o processo eleitoral entrará em vigor na data de sua publicação, não se aplicando à eleição que ocorra até 1(um) ano da data de sua vigência, ou seja, esta lei valeria somente para as eleições de 2012.

                                               O ministro relator Hamilton Carvalhido, seguido pela maioria dos ministros, entendeu que o período eleitoral ainda não começou e que a mudança da regra não prejudica os possíveis concorrentes.

                                               As decisões de cada caso, no entanto, será feita pelo poder judiciário, e já está gerando muitas controvérsias.

                                               Outro ponto bastante controverso diz respeito ao "fenômeno chamado retroatividade da lei", já estando o TSE se preparando para se manifestar a respeito, mas correntes divergentes já começam a se traçar nos dois sentidos, pois o texto da lei diz que a lei valerá para os políticos que "forem condenados" a partir da vigência da Lei, desta forma seria aplicada para as condenações após a publicação da lei, e a corrente que entende que vale para os que  "tenham sido condenados" antes da entrada em vigor, entender que vale para os já condenados entraria em confronto com o texto literal da lei, pois a lei fala claramente "os que forem condenados".

                                               A alteração do texto da lei ocorreu no Senado Federal.

                                               Juristas tem se manifestado sobre a constitucionalidade da lei que prevê que os candidatos condenados em segunda instância não poderão se candidatar, ferindo gravemente o princípio da presunção de inocência.

                                               Pelo que se percebe, a lei foi aprovada com o intuito de satisfazer apenas o anseio da população, e não te ter uma aplicabilidade eficaz.

Aparecida Maria da Silva

Advogada, Especialista em Direito do Trabalho pela PUC/SP.

www.amsaa.adv.br 

http://amsaaadv.blogspot.com/

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/legislacao-artigos/o-impasse-sobre-a-lei-ficha-limpa-5609074.html

    Palavras-chave do artigo:

    lei ficha limpa ministro tribunal consulta resposta duvida eli ministros tse senado vigor condenados valera

    Comentar sobre o artigo

    O presente artigo comenta sobre a a lei nº 8.072/90 - crimes hediondos e equiparados como o tráfico ilícito de entorpecentes, o terrorismo e o crime de tortura, abordando todos os seus artigos, em especial o artigo primeiro, do qual trazemos comentários de todos os seus incisos que nos apresentam todos os crimes constantes no rol legal.

    Por: Antônio Faustino Moural Direito> Legislaçãol 23/02/2015

    O presente artigo tem por motivação informar as alterações na LEI MARIA DA PENHA, bem como apontar os principais tipos de agressão que essa lei aborda, com ênfase nas formas de denúncias e nos locais de atendimento. O presente trabalho tem por justificativa requisito para Graduação no Curso de Direito, na categoria "Estágio Supervisionado".

    Por: Alinny Cristina Pereiral Direito> Legislaçãol 23/02/2015

    O artigo visa elencar alguns dos direitos trabalhistas femininos, que muitas vezes são desconhecidos por elas.

    Por: Ana Luísa de Oliveira Campionel Direito> Legislaçãol 23/02/2015

    O presente artigo tem como panorama principal a busca pela comprovação da responsabilidade civil dos hospitais, caso venha o paciente a sofrer alguma infecção decorrente da falta de cuidado do nosocômio. O tema principal do presente estudo funda-se, justamente, na responsabilidade civil dos hospitais nos casos de infecção hospitalar.

    Por: Patrícia Facchil Direito> Legislaçãol 19/02/2015 lAcessos: 13

    Em 2014, a presidente da república, Dilma Rousseff, havia oficializado a lei que garantia aos motoboys o direito ao recebimento do adicional de periculosidade. Contudo, com a Portaria n. 1.930, de 16.12.2014 do Ministério do Trabalho e Emprego houve a suspensão deste direito atribuído aos trabalhadores motociclistas e motoboys...

    Por: Adriano Bezerral Direito> Legislaçãol 13/02/2015

    O Texto demonstra em poucas palavras a atuação do Poder Executivo Municipal, através de seu presidente representado pelo prefeito, escolhido pelo processo democrático de votação em urnas, para assim exercer com autonomia a liderança do município e suas áreas. Presente no texto está o processo da divisão dos poderes e as suas atribuições, sem a interferência uns dos outros em seus exercícios. Por fim a autonomia conferida ao Prefeito para a execução de seus deveres.

    Por: ALINE SOBREIRA VIANAl Direito> Legislaçãol 05/02/2015 lAcessos: 11

    Este trabalho tem como objetivo mostrar a evolução constitucional e legislativa como forma de inclusão social da Educação de Jovens e Adultos no Brasil. Os dados informativos foram obtidos por intermédio de pesquisas bibliográficas de áreas afins e em sítios eletrônicos, nos quais será demonstrada a importância da educação aqueles que não tiveram acesso aos estudos ou não puderam dar continuidade a estes na idade apropriada, a legislação brasileira assegura como direito de cidadania a todos que

    Por: EVA SAMARA CEZAR DE ALMEIDAl Direito> Legislaçãol 29/01/2015 lAcessos: 13
    edivaldo coelho da silva

    A importância de investimentos em segurança do trabalho para melhorar o meio ambiente de trabalho dentro das empresas.

    Por: edivaldo coelho da silval Direito> Legislaçãol 29/01/2015 lAcessos: 23
    AMSAAADV

    O Assédio Moral no ambiente de trabalho é a exposição dos trabalhadores a situações humilhantes e constrangedoras, repetitivas e prolongadas durante a jornada de trabalho. É mais comum nas relações hierárquicas entre chefes diretos e seus subordinados.

    Por: AMSAAADVl Direito> Legislaçãol 27/01/2012 lAcessos: 82
    AMSAAADV

    Recentemente foi sancionada em nosso ordenamento jurídico a Lei nº 12.004/09 que revogou a Lei nº 883/49 que tratava do reconhecimento dos filhos ilegítimos, aqueles concebidos fora da relação conjugal.

    Por: AMSAAADVl Direito> Legislaçãol 27/01/2012 lAcessos: 645
    AMSAAADV

    O precatório é uma espécie de requisição de pagamento de determinada quantia a que a Fazenda Pública foi condenada em processo judicial, para valores totais acima de 60 salários mínimos por beneficiário.

    Por: AMSAAADVl Direito> Direito Tributáriol 27/01/2012 lAcessos: 128
    AMSAAADV

    É de conhecimento de poucos a existência do BPC-LOAS, benefício pago pelo Governo Federal aos idosos e pessoas com deficiência.

    Por: AMSAAADVl Direito> Legislaçãol 26/01/2012 lAcessos: 102
    AMSAAADV

    Decisões recentes tem traçado novos rumos na pendenga dos precatórios, mudando a história para credores, devedores e empresas. Os precatórios são um enorme problema para a Administração Pública, pois representam suas dívidas - líquidas e certas - para com a sociedade, na sua grande maioria com servidores que obtiveram êxito em suas ações depois de anos e anos de batalhas judiciais.

    Por: AMSAAADVl Direito> Direito Tributáriol 16/01/2012 lAcessos: 158
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast