Existe A Palavra Saudade Em Inglês?

Publicado em: 03/01/2009 |Comentário: 3 | Acessos: 12,121 |

“Saudade” palavra que prova que a Língua Portuguesa é muito complicada!


O tema que vamos abordar aqui é delicado e provém de muita pesquisa. Recebi um texto de uma pessoa que defende inclusive em seu blog, a existencia da palavra “saudade” em Inglês ao passo que condena o aprendizado que teve anos atrás, quando a professora de Inglês mencionou em sala de aula que a mesma só existia no Português. Então, a pergunta que não quer calar é: Qual a tradução da palavra “saudade” em Inglês? Essa pergunta inevitavelmente vem seguida pelas demais: “E, se não existe, é sinal de que os americanos não sentem saudade?”


A polêmica é mais antiga que possa se imaginar, ela envolve grandes pensadores e linguístas do mundo todo, algumas pessoas simplesmente optam por generalizar, e dessa forma cometem graves erros ao estudo da linguagem. Já ouvi coisas do tipo:


1)      Não existe a palavra saudade em inglês.


Como pode ser isto se o sentimento é universal? Como os cidadãos americanos se expressam quando estão meio melancólicos pensando em alguém que está longe? Portanto na minha opinião essa possibilidade está totalmente descartada.


2)      A frase “I miss you” significa= Estou com saudades de você.


Errado. Simplificar uma tradução é muito comum em filmes, músicas, porém não sana as dúvidas, aumentam ainda mais, pois o International dicionary of  English (cambridge) traz a seguinte explicação para a palavra em questão:


“- Miss: To be unhappy or regret (that a person or thing) is not present.”


A abertura desse parênteses muda tudo, pois quando nos referimos à saudade propriamente dita, existe uma carga emocional muito grande, e não somente como o dicionário apresenta friamente: “ Estar infeliz ou lamentar porque algo ou alguém não está presente”


3)      A palavra “homesick” pode ser usada para saudade de casa.


A palavra em questão vem no mesmo dicionário com a tradução:


Homesick: To be unhappy because of beeing away from home for a long time.


“ Estar infeliz porque encontra-se longe de casa por muito tempo.” Se resumirmos essa descrição, podemos dizer que a pessoa está triste porque está longe de casa, porque sente falta, logo, sente saudade... Ao pé da letra não é bem assim, essa é uma tradução simplificada e que nós brasileiros falantes da Língua Inglesa usamos para tornar mais fácil o entendimento da tradução. Existem diversas traduções com a finalidade de expressar “saudade” em Inglês, entretanto,  nenhuma delas têm a capacidade de substituir tal palavra com a mesma carga semântica. Posto isso, realmente não há um cognato perfeito. A saída, obviamente, é sempre usar o bom senso e buscar uma palavra com sentido aproximado para cada situação. E para enfatizar o fato de que essa não é uma discussão simples, saiba que  de acordo com uma lista feita a partir da opinião de mais de 1000 tradutores profissionais, a palavra saudade, em português, é a 7ª palavra mais difícil de traduzir. A lista considera palavras de todos os idiomas. Confira agora:


1. “Ilunga” (tshiluba) - uma pessoa que está disposta a perdoar quaisquer maus-tratos pela primeira vez, a tolerar o mesmo pela segunda vez, mas nunca pela terceira vez.


2. “Shlimazl” (ídiche) - uma pessoa cronicamente azarada.


3. “Radioukacz” (polonês) - pessoa que trabalhou como telegrafista para os movimentos de resistência o domínio soviético nos países da antiga Cortina de Ferro.


4. “Naa” (japonês) - palavra usada apenas em uma região do país para enfatizar declarações ou concordar com alguém.


5. “Altahmam” (árabe) - um tipo de tristeza profunda.


6. “Gezellig” (holandês) - aconchegante.


7. Saudade (português)


8. “Selathirupavar” (tâmil, língua falada no sul da Índia) - palavra usada para definir um certo tipo de ausência não-autorizada frente a deveres.


9. “Pochemuchka” (russo) - uma pessoa que faz perguntas demais.


10. “Klloshar” (albanês) - perdedor.


Creio que depois dessa constatação, você não irá apenas jogar uma palavra em inglês de significado aproximado dizendo que é a tradução para “saudade”, afinal, essa palavra só tinha que ser mesmo de propriedade da rica Língua Portuguesa, pois cada povo tem sua riquesa gramatical, semantica e línguística, e em minha opinião pessoal, o sentido da palavra “saudade” está inserido ao calor, a alegria e a emoção que o povo brasileiro possui e que é conhecido em quase todos os países.

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 2 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/linguas-artigos/existe-a-palavra-saudade-em-ingles-707656.html

    Palavras-chave do artigo:

    saudade

    ,

    ingles

    Comentar sobre o artigo

    A Mi é au pair desde agosto de 2010 e já passou por TUDO: demora para conseguir uma host family, quase perde o vôo, inglês básico do básico, rematch, família com host parents em casa, single mom, descobriu que não tem muito jeito com crianças, frio com neve etc! E por ela já ter passado por um monte de coisa que nós, novatas, morremos de medo, eu a convidei para compartilhar todo o ocorrido aqui contanto tim-tim por tim-tim! Além das experiências, ela deu dicas preciosíssimas no fim do texto…

    Por: Beatriz Morgadol Turismo e Viagem> Dicas de Viageml 09/02/2011 lAcessos: 589 lComentário: 1

    Aqui conto como aprendi a falar Inglês, Alemão e outros idiomas vivendo uma experiencia muito mais emocionante que apenas frequentando cursos. Leia aqui como um sonho me levou a viajar apesar de não ter recursos e que apartir dai passei a sentir-me vivo. Leia um pouco da minha historia e inspire-se.

    Por: tiagol Educação> Línguasl 12/05/2012 lAcessos: 91
    Luiz Otavio D. Pinheiro

    Reflexões sobre a vida natural, no tempo em que não se falava em ecolgia e texto (letra de música) sobre processualistica

    Por: Luiz Otavio D. Pinheirol Literatura> Poesial 30/11/2009 lAcessos: 248
    Joze Wilson

    Antigos seriados de sucesso da televisão dos anos 80, voltarão através dos quadrinhos digitais para a alegria dos fãs.

    Por: Joze Wilsonl Arte& Entretenimentol 05/07/2013 lAcessos: 17
    Luiz Otavio D. Pinheiro

    Reflexões sobre a vida natural, no tempo em que não se falava em ecologia e texto (letra de música) sobre processualistica

    Por: Luiz Otavio D. Pinheirol Notícias & Sociedade> Cotidianol 30/11/2009 lAcessos: 61

    Pequenos estudos sobre os mais belos sonetos das Literaturas Portuguesa e Brasileira.

    Por: Augusto de Sêniorl Literatural 10/12/2009 lAcessos: 2,572 lComentário: 2

    Salários altos, festas, saudades da família e muito trabalho. Esta é a rotina de quem embarca em busca de ganhar dinheiro trabalhando em alto mar a bordo de um navio de cruzeiro. A procura por profissionais dispostos a encarar de 6 meses a 1 ano de trabalho duro em navios de cruzeiros é grande por parte das agências que capacitam este tipo de profissional.

    Por: Nuno Ribeirol Turismo e Viagem> Dicas de Viageml 04/09/2010 lAcessos: 1,526 lComentário: 1
    Escritorcampos

    Este é um cognome dado a um filho, com o fito de fazer galhofa com sua qualidade de criança simplória, no conceito de pais ignaros. Ignorantes no bom sentido de ignorar valores de se criar filho, porém, com sabedoria própria de se criar vários e bons filhos, pois, apesar dos pesares foram pais amoráveis para com sua prole e, o amor suplanta qualquer sabedoria.

    Por: Escritorcamposl Literatura> Crônicasl 06/05/2010 lAcessos: 172

    Desculpem por este parágrafo inicial, mas se quero falar de mim (bem, a rigor, e’ meu pseudônimo, Arthur de Souza, que vem a ser meu neto, doutor em tudo aquilo que eu não pude ser, pelas universidades que não pude freqüentar, e’ que fala de mim, mas dada a proximidade e’ como se eu mesmo vos falasse)

    Por: Arthur De Souzal Literatural 21/01/2010 lAcessos: 38

    Assim como no Brasil, existem gírias também nos países hispanofalantes, estas gírias, identificam a cada cultura e povo por isso podemos dizer que existem tantas gírias como grupos sociais. Vamos conhecer algumas das que são mais faladas caso você queira viajar a um destes países e se sentir como local. No Brasil, as pessoas gostam de usar a palavra "legal" para descrever coisas ou pessoas que são boas, interessantes ou divertidas , mas como se diria "legal" em outros países?

    Por: MariaSl Educação> Línguasl 17/10/2014

    Existem muitas maneiras de aprender idiomas estrangeiros. Na Internet você pode encontrar dezenas de propagandas de escolas de idiomas tentando te convencer que só elas sabem o método eficiente de ensinar uma língua. Nos blogs e fóruns você pode ler dicas que deveriam fazer com que você vire fluente em algum idioma em poucos meses. Mas o que realmente funciona? Os anos de experiência no ensino de idiomas que possuem os nossos professores comprovam que as 7 dicas que seguem funcionam de verdade!

    Por: MariaSl Educação> Línguasl 15/10/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Como entender o livro fundamental de Bobbio: Democracia a Liberalismo econômico. A primeira acepção a ser entendida, o Estado atual surgiu heuristicamente da necessidade de limitar o poder e, do mesmo modo, a estrutura do domínio do Estado Político.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Línguasl 13/10/2014 lAcessos: 17

    O presente artigo foi desenvolvido para apresentar uma proposta de atividade para o ensino da língua inglesa em uma turma de 5° série de jovens e adultos (EJA). Será mostrada, em forma de experiência, como os alunos em diversas idades do EJA acolhem tal proposta, visto que o ensino de língua inglesa, geralmente, é visto por esses alunos como uma "cobrança" curricular. Utilizou- se para dar suporte teórico ao nosso trabalho, as pesquisas/textos desenvolvidos pelos autores - SCHüTZ(2007), RICHARDS

    Por: Thayane Maytchele Verissimol Educação> Línguasl 11/10/2014
    Zilda Ap. S. Guerrero

    O presente trabalho prima em oferecer o prazer da leitura, segundo o estilo leitor, a reflexão e discussão sobre o que os estudantes precisam aprender, sobre a importância dos gêneros textuais existentes no universo cultural em material impresso ou midiático. Oferecer-lhes autonomia e confiança em produção de argumentações com propriedade discursiva.

    Por: Zilda Ap. S. Guerrerol Educação> Línguasl 10/10/2014

    RESUMO O Presente artigo tem como objetivo mostrar que a Interação verbal acontece a qualquer tempo, não apenas nos diálogos face a face, ou seja, não apenas com palavras propriamente ditas, mas também através de gestos, para isso, falar-se-á um pouco sobre Dialogismo, Polifonia e Heterogeneidade, que estão presentes na interação verbal, a fim de entender melhor o tema acima mencionado, que a propósito encontra-se no livro "Marxismo e Filosofia da Linguagem" escrito por Mikail Bakhtin.

    Por: Fernandal Educação> Línguasl 08/10/2014

    1- Estabeleça metas alcançáveis Não adianta querer ficar fluente em italiano em 1 mês se você tem 2 horas de aula de italiano por semana. Estabeleça uma meta que possa alcançar, como obter um nível básico de italiano em 1 mês, e depois vá aumentando, assim você não ficará frustrado e se desmotivará já no primeiro mês de aulas de italiano.

    Por: MariaSl Educação> Línguasl 07/10/2014

    A motivação em sala de aula faz-se necessária, pois é imprescindível ao professor estar à procura de situações que motivem seus alunos, esforçando-se para que não desanimem. Este artigo apresenta os tipos de motivação, fazendo uma diferenciação entre eles. Em seguida, dá-se um enfoque à motivação em sala de aula, falando das dificuldades dos docentes no desenvolvimento de seu trabalho e indicando algumas formas de atuação que poderão ser adotadas pelos professores.

    Por: Fernandal Educação> Línguasl 07/10/2014
    Milena Queiróz Gonçalves

    As dúvidas sobre a educação a distancia são muitas, dentre elas a eficiência dos cursos e se são realmente válidos para o mercado de trabalho. Neste artigo vamos desmistificar muitas dessas dúvidas para que todas as pessoas se sintam mais a vontade e confiantes para utilizar este meio que só cresce e gera muitos e bons resultados.

    Por: Milena Queiróz Gonçalvesl Educação> Educação Onlinel 14/03/2011 lAcessos: 416
    Milena Queiróz Gonçalves

    A fórmula para falar bem inglês sem ter que viajar para o exterior existe sim, e funciona! Quero provar isso dando minha própria experiência com o aprendizado da língua. O que separei aqui não são dicas de faz de conta, são dicas que realmente funcionam . Leia com atenção, e o mais importante: Coloque em prática o que ler aqui, pois foi assim que me tornei totalmente fluente em Inglês, professora, tradutora, sem nunca ter viajado para o exterior!

    Por: Milena Queiróz Gonçalvesl Educação> Línguasl 02/06/2010 lAcessos: 1,366
    Milena Queiróz Gonçalves

    Muitas pessoas que estudam Inglês não conseguem desenvolver o idioma, por erros de aprendizado simples que podem ser consertados com ajuda de alguns recursos que levarão o aluno a pensar em Inglês. Dessa forma o aprendizado será efetivo e natural.

    Por: Milena Queiróz Gonçalvesl Educação> Línguasl 05/01/2010 lAcessos: 3,143
    Milena Queiróz Gonçalves

    Como a habilidade de falar inglês pode lhe ajudar no mercado de trabalho.

    Por: Milena Queiróz Gonçalvesl Carreira> Gestão de Carreiral 06/01/2009 lAcessos: 8,812 lComentário: 1
    Milena Queiróz Gonçalves

    Ter inteligência emocional nos dias de hoje é tão importante quanto ter um currículo vasto. A habilidade não é descrita no currículo, mas é logo observada pela empresa que contrata e vai muito além disso, a inteligência emocional faz com que a pessoa tenha desenvoltura para lidar com problemas de todas as ordens.

    Por: Milena Queiróz Gonçalvesl Psicologia&Auto-Ajuda> Psicoterapial 06/01/2009 lAcessos: 12,716
    Milena Queiróz Gonçalves

    O artigo da dicas para resolução de problemas na vida pessoal e profissional, afinal, para se dar bem em todas as areas da vida é necessário saber lidar com os problemas dia após dia.

    Por: Milena Queiróz Gonçalvesl Psicologia&Auto-Ajuda> Redução de Stressl 06/01/2009 lAcessos: 42,501 lComentário: 5
    Milena Queiróz Gonçalves

    Uma descritiva sobre o que ocorre em nosso país, dado o desencontro de pessoas desempregadas sem qualificação devida e empresas sedentas por profissionais.

    Por: Milena Queiróz Gonçalvesl Carreiral 03/01/2009 lAcessos: 1,286 lComentário: 1
    Milena Queiróz Gonçalves

    Todos os alunos de Inglês preocupam-se em quando vão falar Inglês como um americano, isso exige é claro, determinação e dedicação, mas há formas de alcançar a tão sonhada fluência em Inglês ou em qualquer outro idioma que se proponha a aprender.

    Por: Milena Queiróz Gonçalvesl Educação> Línguasl 03/01/2009 lAcessos: 36,502 lComentário: 2

    Comments on this article

    1
    Daniel 05/11/2010
    Milena, excelente artigo, mas devo alertá-la que no último parágrafo, a palavra "riqueza" está escrita de maneira errada. Abraço!
    1
    Val Rocha 03/08/2010
    Nesse blog tem um texto bem legal sobre isso.
    http://ingles200h.com/blog/?p=256
    1
    Steve 05/04/2009
    o verbo " to pine" e basicamente o verbo de "saudade" se existisse " saudadar "
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast