José Do Egito (Peça De Teatro)

Publicado em: 14/07/2008 |Comentário: 2 | Acessos: 25,505 |

JOSÉ NO EGITO:

 

JACÓ:

José, vai ter com seus irmãos no deserto e observe como estão passando e como esta o rebanho.

 

JOSÉ:

Esta bem meu pai, vou preparar o alforje para levar alguns pães para eles comerem.

 

JACÓ:

Vai com Deus meu filho e tenha cuidado no caminho com os leões.

 

JOSÉ:

Varão, estou procurando meus irmãos; diz-me, onde eles apascentam?

 

VARÃO:

Disseram que iam para Dotã.

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

Olhe vem vindo o queridinho de Jacó nosso pai, aquele sonhador barato.

 

JOSÉ:

Olá irmãos, tudo bem?

 

 IRMÃOS DE JOSÉ:

Olhe aqui sonhador, se não tem nada a fazer, cai fora daqui.

 

JOSÉ:

Tenha calma meus irmãos, só vim ver se estão precisando de alguma coisa e saber como está o rebanho.

 

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

Vamos acabar com a vida deste  idiota e diremos para nosso pai que uma besta fera o devorou.

 

RÚBEN:

Não tirem-lhe a vida; não derrameis sangue.

 

JUDÁ:

Vamos o lança-lo neste poço para que ele morra de fome e de sede.

 

 IRMÃOS DE JOSÉ:

Nós achamos a idéia ótima, o que estamos esperando.

 

RÚBEN:

Só que tem um pequeno problema.

 

JUDÁ:

Qual o problema seu molenga?

RÚBEN:

Como vamos dizer o que aconteceu com José?

 

JUDÁ:

É simples. Matamos uma ovelha, salpicamos sua túnica de sangue e enviaremos para nosso pai dizendo que uma fera o devorou.

 

JOSÉ:

O que vocês estão cochichando ai?

 

JUDÁ:

Pegue ele, pronto, vamos lançá-lo no poço.

 

JOSÉ:

Por favor irmãos, tirem-me daqui, estou com fome e sede, não estou agüentando.

 

 

IRMÃOS:

Você vivia dizendo que nós iríamos curvamos diante de ti, vivas agora seu reinado. Reine sobre as minhocas enquanto estiver com vida.

 

 

JOSÉ:

Não meus irmãos, eu não tenho culpa se Deus mostra-me estas coisas.

 

 

IRMÃOS:

Vamos comer os pães que ele trouxe e depois mataremos a ovelha, salpicamos sua túnica com o sangue e enviaremos o nosso pai.

 

JUDÁ:

Vem vindo uma caravana de mercadores, em vez de deixá-lo ai morrer, o venda.

 

RÚBEN:

Eu acho uma ótima idéia, sendo assim não mancharemos nossas mãos com seu sangue e ganharemos um bom dinheiro.

 

MERCADORES:

Olá filhos de Jacó. O querem com este jovem?

 

IRMÃOS:

Queremos vendê-lo.

 

MERCADORES:

Dou vinte moedas de pratas.

 

JUDÁ:

Aceitamos, é um ótimo negocio.

 

RÚBEN:

Meu Deus! E agora o que direi para meu pai, só queria livrar meu irmão das mãos deles.

 

JACÓ:

Meus filhos, o que aconteceu? Onde está José?

 

JUDÁ:

Nosso irmãozinho foi devorado pelas feras e aqui está sua túnica, tudo o que sobrou.

 

 JACÓ:

Meu Deus! Como viverei sem o meu filho?

 

MERCADORES:

Vamos vendê-lo aos egípcios e ganhar mais algumas moedas de prata.

 

 

POTIFAR:

Bom dia senhores, o que querem com este escravo?

 

MERCADORES:

Passamos aqui para o vende-lo. Quer comprá-lo?

 

POTIFAR:

Mas é claro, estou precisando mesmo de escravos jovens.

 

MERCADORES:

Pronto está aqui seu escravo.

 

POTIFAR:

Olhe meu jovem, tenho observado que em tudo que tocas prosperam, por isto vou colocá-lo como chefe de tudo que há em minha casa.

 

JOSÉ:

Obrigado meu senhor pela confiança, prometo que farei de tudo para não o decepciona-lo.

 

POTIFAR:

Olhe José estou muito feliz com você e seu trabalho, tudo em que põe as mãos prospera.

 

EAPOSA DE POTIFAR:

Que escravo virtuoso, vou fazê-lo deitar se comigo.

 

JOSÉ:

Meu Deus livra-me do mal, esta mulher esta me perseguindo.

 

EAPOSA DE POTIFAR:

José, vem deitar comigo, meu esposo é eunuco e não tem relação comigo.

 

JOSÉ:

Jamais farei isto, minha senhora. Não trairei a confiança de meu senhor. E demais eu sirvo um Deus que tudo vê.

 

 

EAPOSA DE POTIFAR:

Potifar, meu senhor. Seu escravo José quis forçar-me a deitar com ele e eu arranquei-lhe as vestes. Aqui está a prova.

 

 

POTIFAR:

José, o que fizeste? Confiei-lhe toda minha casa e tu o fizeste isto comigo.Terei de mandá-lo para o cárcere para limpar minha honra.

 

 

JOSÉ:

Meu senhor, sabe que sou um homem temente ao Deus de Israel e jamais faria isto.

 

POTIFAR:

Eu sei José que és temente o seu Deus, mas não posso deixar você ficar em minha casa, sabe que tenho um nome a zelar, seu Deus estará contigo.

 

 CARCELEIRO:

José, tem ouvido falar a seu respeito e seu temor ao seu Deus e por isto vou deixar-lhe estes presos todos sobre sua responsabilidade.

 

FARAÓ:

Soldados, prendam este copeiro e este padeiro. Estes têm conspirados contra o rei.

 

PADEIRO:

José, tem visto dizer que interpreta sonhos?

 

JOSÉ:

Não interpreto sonhos. O meu Deus a quem sirvo e que o revela.

 

PADEIRO:

Olhe José, em meus sonhos havia uma vide e três sementes que parecia brotar, da sua flor saia cachos maduros e eu espremíamos e servíamos no copo do rei.

 

JOSÉ:

Três sementes são três dias e durante estes três dias o rei o levara para servi-lo no palácio.

 

PADEIRO:

Eu também sonhei com três cestos brancos sobre minha cabeça cheios dos manjares do rei.

 

JOSÉ:

Os três cestos quer dizer que daqui a três dias faraó o enforcará.

 

FARAÓ:

O que será estes sonhos com estas vacas e estas espigas.

 

COPEIRO:

Meu rei, o que se passa? Parece tão triste?

 

FARAÓ:

É verdade, tenho tido sonhos preocupante, já chamei os adivinhos, os médiuns e nenhum deles conseguiram interpretar os sonhos.

 

COPEIRO:

Olhe meu rei, durante o tempo que fiquei no cárcere, conheci um escravo chamado José que seu Deus o revelou tudo o que aconteceu comigo, se o rei quiser posso chamá-lo.

 

FARAÓ:

O que está esperando, vá logo.

 

CARCELEIRO:

José, pegue estas vestes, tome um banho e raspe as barbas que o rei mandou-lhe chamar no palácio.

 

JOSÉ:

O que será que o rei quer comigo?

 

 

CARCELEIRO:

Isso eu não sei meu amigo, você vai ter que descobrir.           

 

JOSÉ:

Meu rei porque chamaste seu humilde servo?

 

FARAÓ:

Olhe José,  tenho ouvido dizer que você interpreta sonhos?

 

 JOSÉ:

Não meu rei, eu não interpreto sonhos. O meu Deus a quem sirvo é que revela a este humilde servo.

 

JOSÉ:

Está bem meu rei, conte-me os sonhos.

 

FARAÓ:

De dentro das águas do mar subia sete vacas gordas e sete vacas magras, e as sete vacas magras devoravam as vacas gordas. Novamente olhei e vi sete espigas boas e sete espigas secas que devoravam as espigas boas.

 

JOSÉ:

Olhe faraó haverá sete anos de fartura no Egito e sete anos que a terra não produzira nada porque haverá uma terrível seca.

 

FARAÓ:

O que farei então José?

 

JOSÉ:

Escolha um varão inteligente e honesto e manda comprar e armazenar todas as colheita durante estes quatro anos.

 

FARAÓ:

Olhe meu jovem, não existe em toda a terra ninguém mais sábio que você, portanto elejo a ti agora governador sobre todo o Egito, será o segundo depois de faraó.

 

JACÓ:

Meus filhos, os nossos animais estão perecendo com esta seca, desçam ao Egito e levem convosco ouro e prata e troque em alimentos se não perecemos.

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

Senhor governador, soubemos que no Egito existem muitos alimentos e descemos ate aqui para comprar.

 

JOSÉ   :

Vós sois espias e viestes para verem a nudez das terras?

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

Não meu senhor seus servos vieram a comprar mantimentos.

 

JOSÉ   :

Pensam que me enganam.

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

O meu senhor, todos nós somos filho de um só varão; somos homens de retidão; da terra de Canaã; seus servos não são espias.

 

 JOSÉ  :

Conte-me um pouco sobre vossa família.

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

Somos dez irmãos; o mais novo ficou com nosso pai e o nosso irmão José que Deus o tenha, foi devorado por uma fera.

 

 

JOSÉ   :

Isto é o que vos tem dito; porem eu vos digo que são espias.pela vida de faraó, não saireis daqui enquanto não trouxer seu irmão mais novo.

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

Meu senhor, tenha piedade de nosso pai, se não voltarmos ele morrerá.

 

JOSÉ   :

Está bem, um de seus irmãos ficará detido no Egito e vós levareis mantimento e trará convosco seu irmão mais novo.

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

Pai, o governador do Egito  prendeu um de nossos irmãos e disse que enquanto não levarmos nosso irmãozinho ele não o libertará.

 

JACÓ:

O meu Deus, já levou meu filho José, e agora queres levar meu filho Benjamim?

 

 IRMÃOS DE JOSÉ:

Pai, as mercadorias estão acabando, como iremos fazer?

 

JACÓ:

Não sei meus filhos, não deixarei levar meu outro filho.

 

JUDÁ:

Eu serei fiador do menino e se eu não o trouxer serei réu para sempre.

 

JACÓ:

Pois assim o fazeis; tomais do mais precioso que temos e apresentai a este homem quem sabe poupará meu filho.

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

Pronto meu senhor aqui esta nossa oferenda e nosso irmãozinho de quem falamos.

 

 

JACÓ:

E vosso pais como estas?

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

O meu senhor, nosso pai esta muito triste e abatido, se não retornamos nosso pai morrerá.

 

JUDÁ:

Por favor meu senhor não detenha meus irmãos aqui no Egito, fique comigo, mata-mês se quiser mas não faça que nosso pai Jacó morra.

 

JOSÉ   :

Não, meus irmãos, não farei nada de mal a vocês, vai em paz e traga nosso pai para morar comigo aqui no Egito, teremos alimento aqui por muito tempo.

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

Meu Deus é nosso irmão José. Perdoe nos meu irmão.

 

JOSÉ   :

Não tenho o que perdoa-los, foi Deus que os fez fazer isto, se não hoje não estaria governando o Egito.

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

Pai, nosso irmão Jose está vivo e é o governador do Egito. Ele mandou buscar o senhor para irmos morar com ele no Egito.

 

JACÓ:

Vamos logo meus filhos quero ver meu filho antes de morrer.

 

JOSÉ   :

Meu pai que saudade,esta vendo meus sonhos se cumpriram, hoje sou o governador do Egito.

 

JACÓ:

Louvado seja Deus, pude ver meu filho antes de morrer.

 

 

JOSÉ   :

Meu pai e meus irmãos fiquem nesta terra ela é ótima para o gado e as ovelhas.

Avaliar artigo
4
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 8 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/linguas-artigos/jose-do-egito-peca-de-teatro-483705.html

    Palavras-chave do artigo:

    jose no egito

    Comentar sobre o artigo

    JOSÉ VALDIR EMÍLIO

    A historia de José e sem duvida muito bonita, cheia de perdões e de reencontros é um espetacular exemplo de superação.

    Por: JOSÉ VALDIR EMÍLIOl Religião & Esoterismo> Meditaçãol 19/12/2009 lAcessos: 2,575 lComentário: 1
    MONICA GAZZARRINI

    O que José fez para ser um sucesso? Conheça a história bíblica de um vencedor.

    Por: MONICA GAZZARRINIl Religião & Esoterismo> Religiãol 17/06/2008 lAcessos: 435,439 lComentário: 64
    RAquel Fragoso

    José prefigurava Cristo, traído e vendido por moedas de pratas, odiado e perseguido pelos próprios irmãos entre outras características confirmam esta revelação.

    Por: RAquel Fragosol Religião & Esoterismo> Meditaçãol 12/03/2010 lAcessos: 1,073

    Você já parou pra pensar no quanto as coisas de Deus são bem colocadas, acontecem de forma previsível pra Ele, e o quanto Deus é perfeito e excelente ao agir. Pois é, este artigo falará um pouco sobre esta questão em relação a Israel e sua descendência. Como Deus os conduziu, pensando em tudo, em tudo que poderia acontecer. E, também, mostrar como o cuidado de Deus é perfeito conosco, como ele vai encaixando as coisas e fazendo nossas promessas se cumprirem, conforme os sonhos Dele.

    Por: Jaqueline Lino M. dos Santosl Religião & Esoterismo> Evangelhol 07/10/2011 lAcessos: 130

    Panorama geral sobre a influência da mitologia e da religiosidade no cotidiano da sociedade no contexto do Egito Antigo.

    Por: Ana Paula Campos Marquesl Religião & Esoterismo> Religiãol 27/05/2009 lAcessos: 6,724 lComentário: 3

    Os desertos cheios de vida, poder e magia. Nos sete desertos sagrados de José a Maomé esconde-se um dos segredos da vida e da imortalidade. Entre o Egito Antigo e o caminho do Cairo, encontra-se sob a areia, nas portas da grande cidade, o maior de todos os tesouros egípcios ainda não descobertos

    Por: Alexandre da Silva Schornl Religião & Esoterismo> Meditaçãol 11/09/2010 lAcessos: 607 lComentário: 1
    Apóstolo Roberto Junior

    UM PEQUENO ESTUDO BÍBLICO PARA AMPLIAR SEU CONHECIMENTO e fazer com que amplie e te ajude para Ministrações .

    Por: Apóstolo Roberto Juniorl Religião & Esoterismo> Evangelhol 05/05/2009 lAcessos: 7,336
    Escritorcampos

    Dedicamos este livro, ao qual não podemos nem sequer chamá-lo de singelo, já que o dedicamos ao Maior, a Deus o grande Pai amorável, que nos enviou o seu Unigênito Filho Jesus, para nos dar a sua vida, para que tenhamos a maior de todas as riquezas o: Amor! "Amai-vos uns aos outros, como eu vos amei." - JESUS

    Por: Escritorcamposl Marketing e Publicidade> Marketing Internacionall 04/05/2010 lAcessos: 1,081
    Escritorcampos

    Louvamos essa atitude de ajudar graciosamente, porém, essa graça custa à vida do cristão através de muitas tribulações. Isto com certeza envolvem preço, (compra e venda da vida eterna e seu gozo perenal)...

    Por: Escritorcamposl Marketing e Publicidade> Marketing Internacionall 03/05/2010 lAcessos: 424

    Assim como no Brasil, existem gírias também nos países hispanofalantes, estas gírias, identificam a cada cultura e povo por isso podemos dizer que existem tantas gírias como grupos sociais. Vamos conhecer algumas das que são mais faladas caso você queira viajar a um destes países e se sentir como local. No Brasil, as pessoas gostam de usar a palavra "legal" para descrever coisas ou pessoas que são boas, interessantes ou divertidas , mas como se diria "legal" em outros países?

    Por: MariaSl Educação> Línguasl 17/10/2014

    Existem muitas maneiras de aprender idiomas estrangeiros. Na Internet você pode encontrar dezenas de propagandas de escolas de idiomas tentando te convencer que só elas sabem o método eficiente de ensinar uma língua. Nos blogs e fóruns você pode ler dicas que deveriam fazer com que você vire fluente em algum idioma em poucos meses. Mas o que realmente funciona? Os anos de experiência no ensino de idiomas que possuem os nossos professores comprovam que as 7 dicas que seguem funcionam de verdade!

    Por: MariaSl Educação> Línguasl 15/10/2014
    Edjar Dias de Vasconcelos

    Como entender o livro fundamental de Bobbio: Democracia a Liberalismo econômico. A primeira acepção a ser entendida, o Estado atual surgiu heuristicamente da necessidade de limitar o poder e, do mesmo modo, a estrutura do domínio do Estado Político.

    Por: Edjar Dias de Vasconcelosl Educação> Línguasl 13/10/2014 lAcessos: 17

    O presente artigo foi desenvolvido para apresentar uma proposta de atividade para o ensino da língua inglesa em uma turma de 5° série de jovens e adultos (EJA). Será mostrada, em forma de experiência, como os alunos em diversas idades do EJA acolhem tal proposta, visto que o ensino de língua inglesa, geralmente, é visto por esses alunos como uma "cobrança" curricular. Utilizou- se para dar suporte teórico ao nosso trabalho, as pesquisas/textos desenvolvidos pelos autores - SCHüTZ(2007), RICHARDS

    Por: Thayane Maytchele Verissimol Educação> Línguasl 11/10/2014
    Zilda Ap. S. Guerrero

    O presente trabalho prima em oferecer o prazer da leitura, segundo o estilo leitor, a reflexão e discussão sobre o que os estudantes precisam aprender, sobre a importância dos gêneros textuais existentes no universo cultural em material impresso ou midiático. Oferecer-lhes autonomia e confiança em produção de argumentações com propriedade discursiva.

    Por: Zilda Ap. S. Guerrerol Educação> Línguasl 10/10/2014

    RESUMO O Presente artigo tem como objetivo mostrar que a Interação verbal acontece a qualquer tempo, não apenas nos diálogos face a face, ou seja, não apenas com palavras propriamente ditas, mas também através de gestos, para isso, falar-se-á um pouco sobre Dialogismo, Polifonia e Heterogeneidade, que estão presentes na interação verbal, a fim de entender melhor o tema acima mencionado, que a propósito encontra-se no livro "Marxismo e Filosofia da Linguagem" escrito por Mikail Bakhtin.

    Por: Fernandal Educação> Línguasl 08/10/2014

    1- Estabeleça metas alcançáveis Não adianta querer ficar fluente em italiano em 1 mês se você tem 2 horas de aula de italiano por semana. Estabeleça uma meta que possa alcançar, como obter um nível básico de italiano em 1 mês, e depois vá aumentando, assim você não ficará frustrado e se desmotivará já no primeiro mês de aulas de italiano.

    Por: MariaSl Educação> Línguasl 07/10/2014

    A motivação em sala de aula faz-se necessária, pois é imprescindível ao professor estar à procura de situações que motivem seus alunos, esforçando-se para que não desanimem. Este artigo apresenta os tipos de motivação, fazendo uma diferenciação entre eles. Em seguida, dá-se um enfoque à motivação em sala de aula, falando das dificuldades dos docentes no desenvolvimento de seu trabalho e indicando algumas formas de atuação que poderão ser adotadas pelos professores.

    Por: Fernandal Educação> Línguasl 07/10/2014

    Estes escritos tem objetivo de despertar o desejo pela leitura e a interpretação de texto.

    Por: João do Rozario Limal Arte& Entretenimento> Artel 06/04/2011 lAcessos: 479

    Alguns comentários que retrata algo sobre a educação, a fome e a injustiças do nosso pais e dos demais paises menos favorecidos.

    Por: João do Rozario Limal Arte& Entretenimento> Artel 04/04/2011 lAcessos: 2,840

    Estes poucos escritos religiosos em forma de teatro tem o objetivo de resgatar algo sobre o diluvio e a arca de No´pe.

    Por: João do Rozario Limal Arte& Entretenimento> Artel 13/06/2010 lAcessos: 1,484 lComentário: 1

    Este simples poema retrata como os filhos devem cultivar o amor a suas mães.

    Por: João do Rozario Limal Literatural 04/05/2010 lAcessos: 712

    Estes escritos retratam o nascimento de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Por: João do Rozario Limal Literatural 20/12/2009 lAcessos: 823 lComentário: 1

    Este pequeno conto tem o objetivo de alertar a juventude sobre a realidade em que vivem.

    Por: João do Rozario Limal Educação> Educação Infantill 10/10/2009 lAcessos: 3,712 lComentário: 2

    Pequena peça de teatro que retrata contos de fadas e a raridade da união da familia.

    Por: João do Rozario Limal Educaçãol 02/09/2009 lAcessos: 603 lComentário: 1

    Pequena peça de teatro voltado para a emotivação e resgate dos sonhos de cada ser neste planeta.

    Por: João do Rozario Limal Educaçãol 30/08/2009 lAcessos: 18,073 lComentário: 8

    Comments on this article

    1
    ryan victor santos souza 10/09/2010
    jose foi um homem fiel a deus, porisso farao não lifes mal
    1
    Ruan 28/09/2009
    poxa!!!Glória a DEUS viu
    eu estava precisando mesmo de uma peça sobre JOSÉ,para um gincana bíblica
    Obrigado mesmo viu,João do Rozario Lima
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast