José Do Egito (Peça De Teatro)

Publicado em: 14/07/2008 |Comentário: 2 | Acessos: 25,573 |

JOSÉ NO EGITO:

 

JACÓ:

José, vai ter com seus irmãos no deserto e observe como estão passando e como esta o rebanho.

 

JOSÉ:

Esta bem meu pai, vou preparar o alforje para levar alguns pães para eles comerem.

 

JACÓ:

Vai com Deus meu filho e tenha cuidado no caminho com os leões.

 

JOSÉ:

Varão, estou procurando meus irmãos; diz-me, onde eles apascentam?

 

VARÃO:

Disseram que iam para Dotã.

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

Olhe vem vindo o queridinho de Jacó nosso pai, aquele sonhador barato.

 

JOSÉ:

Olá irmãos, tudo bem?

 

 IRMÃOS DE JOSÉ:

Olhe aqui sonhador, se não tem nada a fazer, cai fora daqui.

 

JOSÉ:

Tenha calma meus irmãos, só vim ver se estão precisando de alguma coisa e saber como está o rebanho.

 

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

Vamos acabar com a vida deste  idiota e diremos para nosso pai que uma besta fera o devorou.

 

RÚBEN:

Não tirem-lhe a vida; não derrameis sangue.

 

JUDÁ:

Vamos o lança-lo neste poço para que ele morra de fome e de sede.

 

 IRMÃOS DE JOSÉ:

Nós achamos a idéia ótima, o que estamos esperando.

 

RÚBEN:

Só que tem um pequeno problema.

 

JUDÁ:

Qual o problema seu molenga?

RÚBEN:

Como vamos dizer o que aconteceu com José?

 

JUDÁ:

É simples. Matamos uma ovelha, salpicamos sua túnica de sangue e enviaremos para nosso pai dizendo que uma fera o devorou.

 

JOSÉ:

O que vocês estão cochichando ai?

 

JUDÁ:

Pegue ele, pronto, vamos lançá-lo no poço.

 

JOSÉ:

Por favor irmãos, tirem-me daqui, estou com fome e sede, não estou agüentando.

 

 

IRMÃOS:

Você vivia dizendo que nós iríamos curvamos diante de ti, vivas agora seu reinado. Reine sobre as minhocas enquanto estiver com vida.

 

 

JOSÉ:

Não meus irmãos, eu não tenho culpa se Deus mostra-me estas coisas.

 

 

IRMÃOS:

Vamos comer os pães que ele trouxe e depois mataremos a ovelha, salpicamos sua túnica com o sangue e enviaremos o nosso pai.

 

JUDÁ:

Vem vindo uma caravana de mercadores, em vez de deixá-lo ai morrer, o venda.

 

RÚBEN:

Eu acho uma ótima idéia, sendo assim não mancharemos nossas mãos com seu sangue e ganharemos um bom dinheiro.

 

MERCADORES:

Olá filhos de Jacó. O querem com este jovem?

 

IRMÃOS:

Queremos vendê-lo.

 

MERCADORES:

Dou vinte moedas de pratas.

 

JUDÁ:

Aceitamos, é um ótimo negocio.

 

RÚBEN:

Meu Deus! E agora o que direi para meu pai, só queria livrar meu irmão das mãos deles.

 

JACÓ:

Meus filhos, o que aconteceu? Onde está José?

 

JUDÁ:

Nosso irmãozinho foi devorado pelas feras e aqui está sua túnica, tudo o que sobrou.

 

 JACÓ:

Meu Deus! Como viverei sem o meu filho?

 

MERCADORES:

Vamos vendê-lo aos egípcios e ganhar mais algumas moedas de prata.

 

 

POTIFAR:

Bom dia senhores, o que querem com este escravo?

 

MERCADORES:

Passamos aqui para o vende-lo. Quer comprá-lo?

 

POTIFAR:

Mas é claro, estou precisando mesmo de escravos jovens.

 

MERCADORES:

Pronto está aqui seu escravo.

 

POTIFAR:

Olhe meu jovem, tenho observado que em tudo que tocas prosperam, por isto vou colocá-lo como chefe de tudo que há em minha casa.

 

JOSÉ:

Obrigado meu senhor pela confiança, prometo que farei de tudo para não o decepciona-lo.

 

POTIFAR:

Olhe José estou muito feliz com você e seu trabalho, tudo em que põe as mãos prospera.

 

EAPOSA DE POTIFAR:

Que escravo virtuoso, vou fazê-lo deitar se comigo.

 

JOSÉ:

Meu Deus livra-me do mal, esta mulher esta me perseguindo.

 

EAPOSA DE POTIFAR:

José, vem deitar comigo, meu esposo é eunuco e não tem relação comigo.

 

JOSÉ:

Jamais farei isto, minha senhora. Não trairei a confiança de meu senhor. E demais eu sirvo um Deus que tudo vê.

 

 

EAPOSA DE POTIFAR:

Potifar, meu senhor. Seu escravo José quis forçar-me a deitar com ele e eu arranquei-lhe as vestes. Aqui está a prova.

 

 

POTIFAR:

José, o que fizeste? Confiei-lhe toda minha casa e tu o fizeste isto comigo.Terei de mandá-lo para o cárcere para limpar minha honra.

 

 

JOSÉ:

Meu senhor, sabe que sou um homem temente ao Deus de Israel e jamais faria isto.

 

POTIFAR:

Eu sei José que és temente o seu Deus, mas não posso deixar você ficar em minha casa, sabe que tenho um nome a zelar, seu Deus estará contigo.

 

 CARCELEIRO:

José, tem ouvido falar a seu respeito e seu temor ao seu Deus e por isto vou deixar-lhe estes presos todos sobre sua responsabilidade.

 

FARAÓ:

Soldados, prendam este copeiro e este padeiro. Estes têm conspirados contra o rei.

 

PADEIRO:

José, tem visto dizer que interpreta sonhos?

 

JOSÉ:

Não interpreto sonhos. O meu Deus a quem sirvo e que o revela.

 

PADEIRO:

Olhe José, em meus sonhos havia uma vide e três sementes que parecia brotar, da sua flor saia cachos maduros e eu espremíamos e servíamos no copo do rei.

 

JOSÉ:

Três sementes são três dias e durante estes três dias o rei o levara para servi-lo no palácio.

 

PADEIRO:

Eu também sonhei com três cestos brancos sobre minha cabeça cheios dos manjares do rei.

 

JOSÉ:

Os três cestos quer dizer que daqui a três dias faraó o enforcará.

 

FARAÓ:

O que será estes sonhos com estas vacas e estas espigas.

 

COPEIRO:

Meu rei, o que se passa? Parece tão triste?

 

FARAÓ:

É verdade, tenho tido sonhos preocupante, já chamei os adivinhos, os médiuns e nenhum deles conseguiram interpretar os sonhos.

 

COPEIRO:

Olhe meu rei, durante o tempo que fiquei no cárcere, conheci um escravo chamado José que seu Deus o revelou tudo o que aconteceu comigo, se o rei quiser posso chamá-lo.

 

FARAÓ:

O que está esperando, vá logo.

 

CARCELEIRO:

José, pegue estas vestes, tome um banho e raspe as barbas que o rei mandou-lhe chamar no palácio.

 

JOSÉ:

O que será que o rei quer comigo?

 

 

CARCELEIRO:

Isso eu não sei meu amigo, você vai ter que descobrir.           

 

JOSÉ:

Meu rei porque chamaste seu humilde servo?

 

FARAÓ:

Olhe José,  tenho ouvido dizer que você interpreta sonhos?

 

 JOSÉ:

Não meu rei, eu não interpreto sonhos. O meu Deus a quem sirvo é que revela a este humilde servo.

 

JOSÉ:

Está bem meu rei, conte-me os sonhos.

 

FARAÓ:

De dentro das águas do mar subia sete vacas gordas e sete vacas magras, e as sete vacas magras devoravam as vacas gordas. Novamente olhei e vi sete espigas boas e sete espigas secas que devoravam as espigas boas.

 

JOSÉ:

Olhe faraó haverá sete anos de fartura no Egito e sete anos que a terra não produzira nada porque haverá uma terrível seca.

 

FARAÓ:

O que farei então José?

 

JOSÉ:

Escolha um varão inteligente e honesto e manda comprar e armazenar todas as colheita durante estes quatro anos.

 

FARAÓ:

Olhe meu jovem, não existe em toda a terra ninguém mais sábio que você, portanto elejo a ti agora governador sobre todo o Egito, será o segundo depois de faraó.

 

JACÓ:

Meus filhos, os nossos animais estão perecendo com esta seca, desçam ao Egito e levem convosco ouro e prata e troque em alimentos se não perecemos.

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

Senhor governador, soubemos que no Egito existem muitos alimentos e descemos ate aqui para comprar.

 

JOSÉ   :

Vós sois espias e viestes para verem a nudez das terras?

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

Não meu senhor seus servos vieram a comprar mantimentos.

 

JOSÉ   :

Pensam que me enganam.

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

O meu senhor, todos nós somos filho de um só varão; somos homens de retidão; da terra de Canaã; seus servos não são espias.

 

 JOSÉ  :

Conte-me um pouco sobre vossa família.

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

Somos dez irmãos; o mais novo ficou com nosso pai e o nosso irmão José que Deus o tenha, foi devorado por uma fera.

 

 

JOSÉ   :

Isto é o que vos tem dito; porem eu vos digo que são espias.pela vida de faraó, não saireis daqui enquanto não trouxer seu irmão mais novo.

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

Meu senhor, tenha piedade de nosso pai, se não voltarmos ele morrerá.

 

JOSÉ   :

Está bem, um de seus irmãos ficará detido no Egito e vós levareis mantimento e trará convosco seu irmão mais novo.

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

Pai, o governador do Egito  prendeu um de nossos irmãos e disse que enquanto não levarmos nosso irmãozinho ele não o libertará.

 

JACÓ:

O meu Deus, já levou meu filho José, e agora queres levar meu filho Benjamim?

 

 IRMÃOS DE JOSÉ:

Pai, as mercadorias estão acabando, como iremos fazer?

 

JACÓ:

Não sei meus filhos, não deixarei levar meu outro filho.

 

JUDÁ:

Eu serei fiador do menino e se eu não o trouxer serei réu para sempre.

 

JACÓ:

Pois assim o fazeis; tomais do mais precioso que temos e apresentai a este homem quem sabe poupará meu filho.

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

Pronto meu senhor aqui esta nossa oferenda e nosso irmãozinho de quem falamos.

 

 

JACÓ:

E vosso pais como estas?

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

O meu senhor, nosso pai esta muito triste e abatido, se não retornamos nosso pai morrerá.

 

JUDÁ:

Por favor meu senhor não detenha meus irmãos aqui no Egito, fique comigo, mata-mês se quiser mas não faça que nosso pai Jacó morra.

 

JOSÉ   :

Não, meus irmãos, não farei nada de mal a vocês, vai em paz e traga nosso pai para morar comigo aqui no Egito, teremos alimento aqui por muito tempo.

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

Meu Deus é nosso irmão José. Perdoe nos meu irmão.

 

JOSÉ   :

Não tenho o que perdoa-los, foi Deus que os fez fazer isto, se não hoje não estaria governando o Egito.

 

IRMÃOS DE JOSÉ:

Pai, nosso irmão Jose está vivo e é o governador do Egito. Ele mandou buscar o senhor para irmos morar com ele no Egito.

 

JACÓ:

Vamos logo meus filhos quero ver meu filho antes de morrer.

 

JOSÉ   :

Meu pai que saudade,esta vendo meus sonhos se cumpriram, hoje sou o governador do Egito.

 

JACÓ:

Louvado seja Deus, pude ver meu filho antes de morrer.

 

 

JOSÉ   :

Meu pai e meus irmãos fiquem nesta terra ela é ótima para o gado e as ovelhas.

Avaliar artigo
4
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 8 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/linguas-artigos/jose-do-egito-peca-de-teatro-483705.html

    Palavras-chave do artigo:

    jose no egito

    Comentar sobre o artigo

    JOSÉ VALDIR EMÍLIO

    A historia de José e sem duvida muito bonita, cheia de perdões e de reencontros é um espetacular exemplo de superação.

    Por: JOSÉ VALDIR EMÍLIOl Religião & Esoterismo> Meditaçãol 19/12/2009 lAcessos: 2,577 lComentário: 1
    MONICA GAZZARRINI

    O que José fez para ser um sucesso? Conheça a história bíblica de um vencedor.

    Por: MONICA GAZZARRINIl Religião & Esoterismo> Religiãol 17/06/2008 lAcessos: 435,473 lComentário: 64
    RAquel Fragoso

    José prefigurava Cristo, traído e vendido por moedas de pratas, odiado e perseguido pelos próprios irmãos entre outras características confirmam esta revelação.

    Por: RAquel Fragosol Religião & Esoterismo> Meditaçãol 12/03/2010 lAcessos: 1,081

    Você já parou pra pensar no quanto as coisas de Deus são bem colocadas, acontecem de forma previsível pra Ele, e o quanto Deus é perfeito e excelente ao agir. Pois é, este artigo falará um pouco sobre esta questão em relação a Israel e sua descendência. Como Deus os conduziu, pensando em tudo, em tudo que poderia acontecer. E, também, mostrar como o cuidado de Deus é perfeito conosco, como ele vai encaixando as coisas e fazendo nossas promessas se cumprirem, conforme os sonhos Dele.

    Por: Jaqueline Lino M. dos Santosl Religião & Esoterismo> Evangelhol 07/10/2011 lAcessos: 133

    Panorama geral sobre a influência da mitologia e da religiosidade no cotidiano da sociedade no contexto do Egito Antigo.

    Por: Ana Paula Campos Marquesl Religião & Esoterismo> Religiãol 27/05/2009 lAcessos: 6,736 lComentário: 3

    Os desertos cheios de vida, poder e magia. Nos sete desertos sagrados de José a Maomé esconde-se um dos segredos da vida e da imortalidade. Entre o Egito Antigo e o caminho do Cairo, encontra-se sob a areia, nas portas da grande cidade, o maior de todos os tesouros egípcios ainda não descobertos

    Por: Alexandre da Silva Schornl Religião & Esoterismo> Meditaçãol 11/09/2010 lAcessos: 610 lComentário: 1
    Apóstolo Roberto Junior

    UM PEQUENO ESTUDO BÍBLICO PARA AMPLIAR SEU CONHECIMENTO e fazer com que amplie e te ajude para Ministrações .

    Por: Apóstolo Roberto Juniorl Religião & Esoterismo> Evangelhol 05/05/2009 lAcessos: 7,348
    Escritorcampos

    Dedicamos este livro, ao qual não podemos nem sequer chamá-lo de singelo, já que o dedicamos ao Maior, a Deus o grande Pai amorável, que nos enviou o seu Unigênito Filho Jesus, para nos dar a sua vida, para que tenhamos a maior de todas as riquezas o: Amor! "Amai-vos uns aos outros, como eu vos amei." - JESUS

    Por: Escritorcamposl Marketing e Publicidade> Marketing Internacionall 04/05/2010 lAcessos: 1,084
    Escritorcampos

    Louvamos essa atitude de ajudar graciosamente, porém, essa graça custa à vida do cristão através de muitas tribulações. Isto com certeza envolvem preço, (compra e venda da vida eterna e seu gozo perenal)...

    Por: Escritorcamposl Marketing e Publicidade> Marketing Internacionall 03/05/2010 lAcessos: 425
    Curso de Idioma

    O que tem aprender um novo idioma a ver com sexo e chocolate? Segundo pesquisas, muita coisa! Todas são atividades que ativam o sistema de recompensa do cérebro.

    Por: Curso de Idiomal Educação> Línguasl 17/11/2014

    O processo de desenvolvimento ensino- aprendizagem é contínuo. Para tanto, precisamos ver a criança como um ser ativo na construção de seu conhecimento, que aprende a partir de ações, reflexões, interações com adultos, outras crianças e o ambiente em que está inserido. É por acreditarmos que através da leitura e escrita, que formamos homens de bem, cidadãos conscientes de seus direitos e deveres, assim desenvolveremos este projeto a fim de propiciar a criança as superações de suas dificuldades.

    Por: Luciane do Pradol Educação> Línguasl 15/11/2014

    A leitura e a escrita são fundamentos básicos para a formação de estudantes em fase inicial. O lúdico tem o poder de fazer com que a criança transponha barreiras de dificuldades que para eles inibe a sua criatividade, tanto em escrever quanto em expor em forma desenhos, pintura ou exposições orais. Portanto, o projeto visa em trabalhar o imaginário para que assim a criança possa interagir através da escrita espontânea, uma vez que o aluno precisa se sentir e ser o sujeito de suas próprias ações

    Por: Luciane do Pradol Educação> Línguasl 15/11/2014

    A leitura e a escrita são hoje um dos maiores desafios das escolas, visto que quando estimulada de forma criativa, possibilita a redescoberta e o prazer de ler, a utilização da escrita e a inserção do aluno no mundo letrado. Pensando nesse contexto, o projeto torna-se necessário e viável, pois pretende fomentar a leitura, interpretação e a escrita por meio da contação de história. Durante o desenvolvimento do projeto procuramos incentivar os alunos empréstimo de livros uma vez na semana.

    Por: Isaura do Prado Almeidal Educação> Línguasl 13/11/2014 lAcessos: 11

    Este trabalho teve como objetivo pesquisar a prática pedagógica de professores da Educação Infantil acerca do uso da linguagem oral. Para a coleta de dados foram utilizados a observação e a entrevista. Quatro professoras que atuam na Educação Infantil participaram deste estudo. Os principais autores estudados foram: PCN' s (1997), Barbosa (1994), Cagliari (1990), RCNEI (1998), Ferreiro (1985).

    Por: Luciane do Pradol Educação> Línguasl 09/11/2014 lAcessos: 13

    O inglês é um idioma utilizado amplamente em todo o mundo, dito por isso como um idioma internacional. Isso foi determinado em um acordo para simplificar a comunicação entre os países sendo escolhido o inglês devido a quantidade de países que possuem falantes desta língua.

    Por: mattos andrecl Educação> Línguasl 06/11/2014

    Muitas vezes há dificuldade no aprendizado do inglês pelo fato de ser uma língua muito diferente da nossa. Isso deve-se ao fato da origem da língua inglesa ter uma origem diferente do latim.

    Por: mattos andrecl Educação> Línguasl 06/11/2014

    Você quer aprender espanhol, mas não sabe como. Abre o Google e nos resultados de pesquisa aparecem dezenas de anúncios de escolas de espanhol diferentes. Qual delas escolher? Fazer um curso de espanhol presencial ou estudar espanhol online? Atualmente se fala sempre mais sobre as escolas de idiomas online, mas será que vale mesmo a pena aprender desta maneira?

    Por: MariaSl Educação> Línguasl 27/10/2014

    Estes escritos tem objetivo de despertar o desejo pela leitura e a interpretação de texto.

    Por: João do Rozario Limal Arte& Entretenimento> Artel 06/04/2011 lAcessos: 483

    Alguns comentários que retrata algo sobre a educação, a fome e a injustiças do nosso pais e dos demais paises menos favorecidos.

    Por: João do Rozario Limal Arte& Entretenimento> Artel 04/04/2011 lAcessos: 3,026

    Estes poucos escritos religiosos em forma de teatro tem o objetivo de resgatar algo sobre o diluvio e a arca de No´pe.

    Por: João do Rozario Limal Arte& Entretenimento> Artel 13/06/2010 lAcessos: 1,495 lComentário: 1

    Este simples poema retrata como os filhos devem cultivar o amor a suas mães.

    Por: João do Rozario Limal Literatural 04/05/2010 lAcessos: 716

    Estes escritos retratam o nascimento de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Por: João do Rozario Limal Literatural 20/12/2009 lAcessos: 826 lComentário: 1

    Este pequeno conto tem o objetivo de alertar a juventude sobre a realidade em que vivem.

    Por: João do Rozario Limal Educação> Educação Infantill 10/10/2009 lAcessos: 3,723 lComentário: 2

    Pequena peça de teatro que retrata contos de fadas e a raridade da união da familia.

    Por: João do Rozario Limal Educaçãol 02/09/2009 lAcessos: 606 lComentário: 1

    Pequena peça de teatro voltado para a emotivação e resgate dos sonhos de cada ser neste planeta.

    Por: João do Rozario Limal Educaçãol 30/08/2009 lAcessos: 18,136 lComentário: 8

    Comments on this article

    1
    ryan victor santos souza 10/09/2010
    jose foi um homem fiel a deus, porisso farao não lifes mal
    1
    Ruan 28/09/2009
    poxa!!!Glória a DEUS viu
    eu estava precisando mesmo de uma peça sobre JOSÉ,para um gincana bíblica
    Obrigado mesmo viu,João do Rozario Lima
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast