Nem hermano, nem irmão

Publicado em: 08/03/2012 |Comentário: 0 | Acessos: 73 |

Você ainda acha estranho vivermos num país onde se fala português, visto que estamos cercados por falantes de espanhol? Imagine então se você falasse holandês, hindi, inglês ou francês. Pois é justamente este o caso de três pequenos territórios localizados no norte da América do Sul.

Suriname by Prupert on FlickrO Suriname, ao norte do Pará, já foi parte do chamado Reino dos Países Baixos, que tem como principal integrante a Holanda. Mesmo com a independência em 1975, o holandês foi mantido como idioma oficial. Atualmente, a língua é utilizada na administração, educação, comércio e pelos meios de comunicação. A população está familiarizada com o idioma, embora a língua das ruas seja o surinamês, língua crioula formada com base no inglês e no próprio holandês, tendo recebido ainda influências de dialetos africanos e do português. Mais de um terço da população é composta por descendentes de imigrantes indianos, que praticam o hinduísmo (religião predominante no país) e falam hindi, além de javanês e indonésio.

Já a Guiana, que faz fronteira com Roraima e Pará, é uma ex-colônia britânica, que teve sua independência decretada em 1970. O inglês,  herança de colônia, é usado hoje como língua oficial, acompanhado pelo hindi e urdu, estes como marca do grande número de descendentes de indianos presentes no país.

Por sua vez, ao norte do Amapá fica a Guiana Francesa,  um  departamento ultramarino francês. Praticamente toda a população fala francês, havendo também uma pequena porcentagem que utiliza dialetos africanos e línguas indígenas. A Guiana Francesa é considerada politicamente parte da França, tendo inclusive representantes no Senado e Assembléia do país europeu, além de ser oficialmente parte da União Européia e ter o Euro como moeda oficial.

Quer saber mais curiosidades sobre línguas e dialetos? Acesse: http://napontadaslinguas.wordpress.com/

Avaliar artigo
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 0 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/linguas-artigos/nem-hermano-nem-irmao-5724853.html

    Palavras-chave do artigo:

    dialeto

    ,

    frances

    ,

    holandes

    Comentar sobre o artigo

    O inglês é uma das línguas que possui mais palavras de todos os idiomas. De acordo com a segunda edição do dicionário Oxford English Dictionary, a língua inglesa contém 171 476 palavras atualmente usadas. Apesar do grande número de palavras que possui a língua inglesa, não precisa se desanimar - os linguistas afirmam que para você entender 95% de um texto comum em inglês, precisa conhecer apenas 2500 palavras!

    Por: MariaSl Educação> Línguasl 15/12/2014

    O projeto surgiu da necessidade de encontrarmos uma possível solução para a reutilização de tambores de papelão que seriam descartados no meio ambiente e assim, reduzindo estes materiais e reaproveitando como lixeiras para a nossa escola.

    Por: Sortineide Navarro Segural Educação> Línguasl 04/12/2014

    Este artigo tem o objetivo de enfatizar sobre a importância da linguagem no contexto escolar e também na sociedade, a leitura como princípio de sobrevivência.

    Por: SIMONE BERWIANl Educação> Línguasl 03/12/2014 lAcessos: 11

    Esse artigo estabelece as relações gramaticais com as produções textuais, de que uma depende da outra para ocorrer a comunicação.

    Por: SIMONE BERWIANl Educação> Línguasl 30/11/2014

    Como se sabe, os estudos labovianos procuram explicar uma estreita relação em língua e sociedade por meio de pesquisas sociolinguísticas.

    Por: Pollleyka Fraga dos Santosl Educação> Línguasl 30/11/2014

    Apesar de nenhum estudioso da linguagem desconsiderar a existência da variação linguística, foi Willian Labov que conseguiu criar um método que pudesse lidar com a variação, ou com o então chamado caos linguístico de uma forma científica. Esse ponto é claro para Labov, já que para ele "a língua é um conjunto estruturado de normas sociais" (LABOV, 2008, p. 19). Para Tarallo, foi Labov

    Por: Pollleyka Fraga dos Santosl Educação> Línguasl 30/11/2014

    Todas as línguas oficiais dos países da Europa ocidental, com exceção do basco, provêm, segundo os linguistas, de uma mesma língua de origem, o indo-europeu, da qual fazem parte, entre outras, as ramificações dos grupos helênico (grego), românico (português, italiano, francês, castelhano, etc.), germânico (inglês, alemão) e céltico (irlandês, gaélico).

    Por: Pollleyka Fraga dos Santosl Educação> Línguasl 30/11/2014

    Apesar de a disciplina Sociolinguística existir já há vários anos no curso de Licenciatura Plena em Letras e mesmo nos cursos de Especialização da Universidade do estado de Mato Grosso (UNEMAT), em Alto Araguaia, nos Trabalhos de Conclusão de Curso, ou seja, nas monografias finais, verificam-se poucos trabalhos que versam sobre tal tema.

    Por: Pollleyka Fraga dos Santosl Educação> Línguasl 30/11/2014

    Ao menos 1.300 imigrantes estão abrigados na cidade de Brasiléia, no Acre. Eles entraram pelas fronteiras com o Peru e Bolívia, e sofrem com uma acomodação precária em um ginásio onde cabem apenas 200 pessoas, espaço sem as menores condições para suas necessidades básicas. Lama e sujeira estão por toda parte...

    Por: Egnaldo Oliveiral Notícias & Sociedade> Desigualdades Sociaisl 28/04/2013 lAcessos: 30

    Lembra de quando as mensagens de texto enviadas por celular começaram a ficar populares, e o espaço limitado, além da digitação pouco confortável, te obrigavam a usar a imaginação para reduzir o que escrevia ao mínimo necessário? Pois é, na internet acontece o mesmo há muito tempo, e com tantas redes sociais e sistemas de trocas de mensagens, abreviar virou quase regra para facilitar e agilizar a comunicação instantânea...

    Por: Egnaldo Oliveiral Educação> Línguasl 14/04/2012 lAcessos: 107

    Facebook, YouTube e até mesmo o sms podem ser a salvação para línguas ameaçadas de extinção. Das atuais quase 7.000 línguas que o mundo conhece hoje, é esperado que metade desapareça até o fim do século, e a globalização é um dos principais responsáveis nesse processo. Mesmo assim, ela pode ser usada a favor, como acreditam alguns lingüistas...

    Por: Egnaldo Oliveiral Educação> Línguasl 20/03/2012 lAcessos: 79

    Língua é com eles mesmos. Estamos falando da Papua-Nova Guiné, país da Oceania que concentra a maior diversidade lingüística do planeta. Ao todo são 841 línguas (isso mesmo: não são dialetos, mas línguas) espalhadas em um território menor que o Estado da Bahia...

    Por: Egnaldo Oliveiral Educação> Línguasl 23/02/2012 lAcessos: 128

    Segundo estudo do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), nos E.U.A., a cada 14 dias morre uma língua, taxa que tende a crescer nos próximos anos. Assim, das mais de 6.000 línguas existentes atualmente, em 90 anos poderemos ter apenas 600. De acordo com a Unesco, 2.511 correm risco de desaparecer em poucas décadas, sendo 190 no Brasil, em geral por se restringirem a pequenos grupos indígenas ou comunidades isoladas...

    Por: Egnaldo Oliveiral Educação> Línguasl 15/02/2012 lAcessos: 75
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast