Os Símbolos Japoneses

Publicado em: 15/04/2009 |Comentário: 15 | Acessos: 28,177 |

Em resumo, os símbolos japoneses podem ser divididos em três tipos: hiragana, katakana e kanjis. O hiragana e katakana são dois alfabetos fonéticos ( baseados em sons ), enquanto os kanjis são os ideogramas; os símbolos japoneses que representam idéias e são muito usados em tatuagens, adesivos e etc.

Os símbolos japoneses do hiragana

Hiragana é um conjunto de símbolos japoneses fonéticos (silábicos) usados para escrever palavras de origem japonesa e todas as palavras para as quais não exista uma representação em kanji, ou este exista, mas seja muito raro (cujo receptor da mensagem poderá não conhecer).

Além disso, estes símbolos japoneses são usados em recursos gramaticais como partículas, terminações verbais ou flexões dos verbos e adjetivos. Ele também é usado para escrever a pronúncia literal de um kanji, caso se espere que o receptor não o conheça (neste caso chama-se furigana).

Os símbolos japoneses do katakana

Katakana é um conjunto de símbolos japoneses empregados na escrita de empréstimos lingüísticos ou palavras de origem estrangeira. Atribui-se sua invenção ao monge Kukai o Kobo Daishi.

Numa rápida comparação, os símbolos japoneses do hiragana possuem formas mais curvas e arredondadas, enquanto os símbolos do katakana possuem traços mais geométricos, ou quadrados. O objetivo do katakana é ser uma forma de escrita simples, baseada em símbolos chineses.

Os Kanjis e os símbolos japoneses

Kanjis são símbolos japoneses que representam pensamentos em vez de fonemas. Além disso, os kanjis são utilizados juntamente com os símbolos japoneses do hiragana e katakana.

A grande dificuldade em aprender a língua japonesa são os kanjis. Além de serem numerosos, eles também possuem diferentes formas de leituras e diferentes significados. Um mesmo símbolo japonês, utilizado como kanji, pode chegar a ter mais de 14 significados dependendo do contexto.

Apesar dessa dificuldade, os símbolos japoneses podem proporcionar uma escrita extremamente compacta. Com apenas alguns símbolos podemos formar palavras ou até frases inteiras.

Os símbolos japoneses e sua lógica

A lógica da leitura e escrita usando símbolos japoneses é muito simples. Se acrescentarmos o símbolo “pessoa” após símbolo japonês do país, significa que a pessoa é originária daquele lugar; se após “branco”, significa que a pessoa tem pele branca.

Se acrescentarmos “pessoa” depois “crime“, os dois símbolos japoneses passam a ter significado de criminoso; “pessoa” depois de “fora” ou “exterior”, o significado muda para gente de fora, estrangeiro, e assim por diante.

Os símbolos japoneses não são monstros que muitas pessoas criaram a partir de suas dificuldades, mas apenas um paradigma a ser quebrado pela nossa formação fonético-cultural. Aprender a língua oriental e seus os símbolos japoneses não é difícil, apenas exige um pouco de prática e paciência.

Avaliar artigo
5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 5 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/linguas-artigos/os-simbolos-japoneses-867965.html

    Palavras-chave do artigo:

    simbolos japoneses

    ,

    simbolo japones

    ,

    simbolos japones

    Comentar sobre o artigo

    Por não ter muito conhecimento sobre o assunto, muitas pessoas acreditam que romaji é um alfabeto do nihongo (língua japonesa), e aprendem nihongo apenas com romaji. Não caia nesta armadilha, entenda o que é romaji e sua relação com a língua japonesa neste artigo.

    Por: Kyouyal Educação> Línguasl 06/04/2009 lAcessos: 1,254
    José de Paiva Netto

    O mundo acompanha com ansiedade o drama do povo japonês, vítima de um terremoto de magnitude 9

    Por: José de Paiva Nettol Notícias & Sociedadel 21/03/2011 lAcessos: 68

    A área de Marketing é uma área ligada diretamente á imagem e desenvolvimento do produto tanto em sua forma tangível como intangível, deve sempre estar atenta ao mercado em que o seu produto desenvolvido será inserido, se há o desejo de tornar uma determinada marca local em global, deve-se ser feita uma análise minuciosa através de pesquisas para que não haja problemas de não aceitação da marca, cada local tende a reagir de forma diferente quando se trata de uma nova marca ou modelo.

    Por: Lidiane Carminatti Ucellal Marketing e Publicidadel 18/12/2009 lAcessos: 1,750 lComentário: 3

    A evolução do Karatê sempre foi um mistério e suas origens exatas nunca foram determinadas com um grau de certeza. Baseado em descobertas arqueológicas e documentos históricos, conclui-se que métodos de combate desarmados foram praticados milhares de anos atrás.

    Por: Sergio Lopes de Souza Juniorl Esporte> Lutasl 03/05/2009 lAcessos: 7,030 lComentário: 3

    O presente artigo tem como objetivo destacar as mudanças que acontecem na língua com o passar do tempo, dando ênfase ao fenômeno do rotacismo, que aborda a transformação do L em R. Com o intuito de evidenciar que as variações do português não padrão têm coerência e não deve ser alvo da ridicularização daqueles não conhecedores dos fenômenos linguísticos. Tendo como objeto de estudo trechos do livro "Os Lusíadas" de Camões, destacando como o rotacismo se tornou influência na língua portuguesa.

    Por: Maria Claudicélia C da Silval Educação> Línguasl 28/03/2014 lAcessos: 17

    Uma das maiores dificuldades dos alunos de ensino fundamental, médio e superior é saber se expressar por meio da escrita. Quando chega o momento de prestar um concurso, a maior parte dos alunos fica ansioso com o momento de fazer a produção textual. Isto porque falta confiança e domínio da arte da escrever. Por meio deste texto, você descobrirá como é possível escrever uma boa produção textual.

    Por: Rosianel Educação> Línguasl 16/03/2014
    Luís Flávio

    Forma de tratamento e seus títulos acadêmicos da palavra "doutor" - "A palavra doutor tem suas raízes mais remotas entre o primeiro e o segundo milênio antes da nossa era, nas invasões indo-européias que nos trouxeram a raiz dok-, da qual provém a palavra latina docere, que por sua vez derivou em doctoris (mestre, o que ensina)...

    Por: Luís Fláviol Educação> Línguasl 13/03/2014

    Ensinar é algo que deve ser fruto de contínuas reflexões é por isso que esse artigo se desdobra na busca em analisar as carências do ensino de Gramática e Língua Portuguesa no nosso País e percorre o trajeto que vai desde o surgimento da primeira gramática na Grécia Antiga e da constituição do nosso idioma até o cenário atual, no contexto nacional. Pretende-se mostrar quão relevante é para o sistema educacional brasileiro que as aulas dessas disciplinas transformem-se em ensinamentos úteis e pra

    Por: Carla Cunhal Educação> Línguasl 28/02/2014
    FABRÍCIO DE CARVALHO PIMENTA

    Este artigo é fruto de um trabalho de mestrado que consistia em fazer um estudo de caso sobre os processos fonológicos que ocorrem na escrita de alunos do Ensino Fundamental de escola pública, analisando como esses processos podem contribuir para o ensino de língua materna, reconduzindo o trabalho de alfabetização sem cair no lugar-comum que considera estes fenômenos como "erros" de escrita. O estudo de caso transformou-se em um Relatório e agora parte dele é transformado em artigo.

    Por: FABRÍCIO DE CARVALHO PIMENTAl Educação> Línguasl 15/02/2014 lAcessos: 65

    Qual será o melhor destino para tirar mais proveito do seu intercâmbio? A sugestão é que a pessoa decida o que é importante para ela e quais países satisfazem as suas necessidades. Quando falamos de intercâmbio para estudar inglês, os Estados Unidos vem logo a cabeça. Atrai muitos intercambistas pela cultura, atrações, compras e principalmente pela qualidade de vida.

    Por: mattos andrecl Educação> Línguasl 06/02/2014

    Domine as palavras mais utilizadas do vocabulário básico do Inglês. Da mesma forma que no português, o vocabulário utilizado na conversação é bem menor do que o encontrado nos textos escritos. Ou seja o mesmo verbo pode ser utilizado em diversas situações como no caso do get (get on the floor, get off my cloud, get up, get down).

    Por: mattos andrecl Educação> Línguasl 06/02/2014
    Manuella Santos da Hora

    O presente trabalho objetiva discutir a organização e a linguagem, em Os sertões (1902), de Euclides da Cunha (1866-1909). A partir desse objetivo, relatam-se algumas das relações que vinculam as narrativas históricas e culturais no corpo da obra citada, destacando a sua organização e linguagem na composição do enredo euclidiano.

    Por: Manuella Santos da Horal Educação> Línguasl 03/02/2014 lAcessos: 23

    Por não ter muito conhecimento sobre o assunto, muitas pessoas acreditam que romaji é um alfabeto do nihongo (língua japonesa), e aprendem nihongo apenas com romaji. Não caia nesta armadilha, entenda o que é romaji e sua relação com a língua japonesa neste artigo.

    Por: Kyouyal Educação> Línguasl 06/04/2009 lAcessos: 1,254

    Comments on this article

    1
    yuko 03/10/2011
    adorei esse site e mto zika adogo aishiteru
    0
    duda 23/06/2011
    kd os símbolos????
    0
    jordana 07/06/2011
    sou japonesa e adoro falar japones é dimais veio (dyukcx)
    0
    agdks,xbcb nbxnzm 13/04/2011
    ¿kd os simbolos?
    0
    João Pones Lee 21/01/2011
    òia, proseis aprende joão-pones, deveria premero apremdê o tar du portugueis premero, né ??
    dúvido ki voseis conhesam a pior gramática du mundu ki e a do tar do portugueis!!!!
    e lembrem-se, PORRA! VAI APRENDER A NOSSA LINGUA-PORTUGUESA, CARALHO VOCÊS ESTÃO NO BRASIL, E NÃO NO JAPÃO, CAMBADA DE DESOCUPADO!! VAI CAÇAR O QUE FAZER!!!- ASS:Dr. João Pones Lee - Phd Porra Nenhuma, Filosofo e Bucetologo.
    2
    noryuk ishizaka 15/01/2011
    sou meio japones
    3
    Cláudia Elena Thober Vidal 21/12/2010
    Pedi a pouco os símbolos japoneses com significado, mas esqueci que quero SONHOS e não sonho (não sei se muda sendo no plural) e também a palavra SUCESSO. repetindo, então: SONHOS, REALIZAÇÃO, FELICIDADE, LIBERDADE e SUCESSO. desde já, agradeço.... Cláudia Thober Vidal
    0
    Cláudia Elena Thober Vidal 21/12/2010
    Gostaria de conhecer os símbolos japoneses correspondentes às palavras: SONHO, REALIZAÇÃO, FELICIDADE eLIBERDADE. É possível? Obrigada... Cláudia
    -1
    jeferson 07/11/2010
    so podia ser artigoANAL mesmo,esse site é um CÚ...
    -1
    oliver TSUBASA 19/10/2010
    fim lê-se "saigo ni", mas cade o simbolo??????
    1
    goku do dragon ball 19/10/2010
    porra de site ruim da porra
    1
    naruto 16/08/2010
    shu,é vermelho
    -1
    naruto 16/08/2010
    shu,é vermelho
    -1
    hasashitha 16/08/2010
    só sei que aho,babaca
    0
    henrique 27/11/2009
    pare com wilson,dexa dilson não fassa wilson!



    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast