Os Símbolos Japoneses

15/04/2009 • Por • 28,306 Acessos

Em resumo, os símbolos japoneses podem ser divididos em três tipos: hiragana, katakana e kanjis. O hiragana e katakana são dois alfabetos fonéticos ( baseados em sons ), enquanto os kanjis são os ideogramas; os símbolos japoneses que representam idéias e são muito usados em tatuagens, adesivos e etc.

Os símbolos japoneses do hiragana

Hiragana é um conjunto de símbolos japoneses fonéticos (silábicos) usados para escrever palavras de origem japonesa e todas as palavras para as quais não exista uma representação em kanji, ou este exista, mas seja muito raro (cujo receptor da mensagem poderá não conhecer).

Além disso, estes símbolos japoneses são usados em recursos gramaticais como partículas, terminações verbais ou flexões dos verbos e adjetivos. Ele também é usado para escrever a pronúncia literal de um kanji, caso se espere que o receptor não o conheça (neste caso chama-se furigana).

Os símbolos japoneses do katakana

Katakana é um conjunto de símbolos japoneses empregados na escrita de empréstimos lingüísticos ou palavras de origem estrangeira. Atribui-se sua invenção ao monge Kukai o Kobo Daishi.

Numa rápida comparação, os símbolos japoneses do hiragana possuem formas mais curvas e arredondadas, enquanto os símbolos do katakana possuem traços mais geométricos, ou quadrados. O objetivo do katakana é ser uma forma de escrita simples, baseada em símbolos chineses.

Os Kanjis e os símbolos japoneses

Kanjis são símbolos japoneses que representam pensamentos em vez de fonemas. Além disso, os kanjis são utilizados juntamente com os símbolos japoneses do hiragana e katakana.

A grande dificuldade em aprender a língua japonesa são os kanjis. Além de serem numerosos, eles também possuem diferentes formas de leituras e diferentes significados. Um mesmo símbolo japonês, utilizado como kanji, pode chegar a ter mais de 14 significados dependendo do contexto.

Apesar dessa dificuldade, os símbolos japoneses podem proporcionar uma escrita extremamente compacta. Com apenas alguns símbolos podemos formar palavras ou até frases inteiras.

Os símbolos japoneses e sua lógica

A lógica da leitura e escrita usando símbolos japoneses é muito simples. Se acrescentarmos o símbolo “pessoa” após símbolo japonês do país, significa que a pessoa é originária daquele lugar; se após “branco”, significa que a pessoa tem pele branca.

Se acrescentarmos “pessoa” depois “crime“, os dois símbolos japoneses passam a ter significado de criminoso; “pessoa” depois de “fora” ou “exterior”, o significado muda para gente de fora, estrangeiro, e assim por diante.

Os símbolos japoneses não são monstros que muitas pessoas criaram a partir de suas dificuldades, mas apenas um paradigma a ser quebrado pela nossa formação fonético-cultural. Aprender a língua oriental e seus os símbolos japoneses não é difícil, apenas exige um pouco de prática e paciência.

Perfil do Autor

Kyouya

Eduardo Monteiro trabalha com tecnologia, web e idiomas. Oferece dicas grátis para estudantes que desejam aprender japonês sozinhos ou e...