Marketing De Relacionamento E Fidelização De Clientes

Publicado em: 10/07/2009 |Comentário: 0 | Acessos: 23,136 |

Quando uma empresa por algum motivo específico não consegue fidelizar um cliente e o perde para a concorrência, o elo estabelecido no processo lógico é quebrado. De alguma forma o cliente não obteve a satisfação almejada e buscará no concorrente uma possibilidade maior de atingi-la.

Philip Kotler (2001, p. 70) afirma: “A chave da retenção de clientes é a satisfação de clientes”. Essa satisfação que é mencionada por Kotler é a sensação de prazer resultante da comparação do desempenho ou resultado percebido de um produto em relação às expectativas do comprador.

Cada vez mais, as empresas estão reconhecendo a importância de satisfazer e reter o cliente. Clientes satisfeitos constituem o capital mais precioso que a empresa pode ter. Com isso, os investimentos em marketing de relacionamento com o cliente se expandem e ganham importância nas ações da empresa. Segundo Kotler (2001), se uma empresa estivesse à venda, o comprador pagaria não só pelas instalações, pelos equipamentos e pela marca, mas também pela base de clientes, pelo número e o valor dos clientes que fariam negócios com a nova proprietária.

Eis alguns fatores interessantes que o autor destaca sobre a retenção de clientes:

  • Conquistar novos clientes pode custar até cinco vezes mais do que satisfazer e reter os que já existentes. Afinal, não é fácil induzir clientes satisfeitos a deixar de contratar seus fornecedores atuais.
  • As empresas perdem em média 10% de seus clientes a cada ano.
  • Conforme o setor, uma redução de 5% no índice de perda de clientes pode aumentar os lucros de 25 a 80 %.
  • A taxa de lucro por cliente tende a aumentar ao longo do tempo de permanência do cliente retido.

O marketing de relacionamento baseia-se na premissa de que clientes importantes precisam de atenção contínua e concentrada.

Segundo Kotler (2001), os vendedores que trabalham com clientes-chave devem fazer mais do que telefonar quando achar que eles estarão prontos para fazer pedidos. Devem estar presente ao longo do processo não somente quando for esperado.

Hoje, o marketing de relacionamento se configura como uma das ferramentas essenciais para a fidelização de clientes. “Os investimentos em marketing de relacionamento oferecem ótimo retorno com clientes que possuem horizontes longos de tempo e altos custos de mudança.” (Kotler, 2001, p. 660)

Para entender melhor o processo de relacionamento entre empresa e cliente, se faz necessário a compreensão do comportamento do consumidor. Sobre esse assunto, Maslow[1] (apud, Kotler; Fox, 1994, p. 230) afirma: “As pessoas agem para satisfazer primeiro as necessidades mais básicas antes de satisfazer suas necessidades mais elevadas.”

À medida que cada necessidade básica for satisfeita, ela deixa de ser motivadora e uma necessidade mais elevada passa a definir a orientação motivacional da pessoa.

Segundo a hierarquia de necessidades de Maslow atenderíamos primeiro as necessidades fisiológicas (fome e sede), posteriormente necessidades de segurança (abrigo, proteção), depois necessidades sociais (senso de posse, amor), seguindo para necessidades de consideração (auto-estima, reconhecimento, status) e por último, necessidades de auto-realização (autodesenvolvimento).

Para Kotler (2001, p. 33), “necessidades descrevem exigências básicas entre elas estão: comida, ar, água, roupa, abrigo, recreação, entretenimento, e também a educação.” Essas necessidades se tornam desejos quando são dirigidas a objetos específicos capazes de satisfazê-las.

Ainda sobre o comportamento do consumidor, Kotler e Fox (1994, p. 229) afirmam:

O interesse de uma pessoa pode ser estimulado por sinais internos ou externos. Um sinal interno consiste em a pessoa começar a sentir uma necessidade ou disposição para fazer algo. O sinal pode tomar a forma de um estímulo fisiológico, como fome ou sede, ou psicológico, côo aborrecimento ou ansiedade. Já um estímulo externo consiste de algo vindo de fora para atrair a atenção da pessoa e estimular seu interesse por uma classe de produto. O sinal pode ser pessoal (um amigo, professor ou parente) ou impessoal (um artigo ou anúncio de revista).

Tudo isso faz com que o momento da escolha não seja algo movido por mero impulso do cliente, mas sim, fruto de uma pesquisa detalhada e muito bem pensada. As opiniões de amigos, referência de outros consumidores e resultados de pesquisas pesam na hora de optar pelo produto ou serviço.

Sendo assim, atender as satisfações dos antigos clientes, não pode ser encarado apenas como uma ação de marketing para a fidelização, mas também como uma importante ferramenta para a captação de novos e potenciais consumidores. E é assim que o marketing de relacionamento auxilia as empresas, gerando dados e promovendo ações que possibilitem entender o comportamento do consumidor alvo e identificar os fatores que levam a sua satisfação.

 

[1] MASLOW, Abraham H. Motivation and personality. New York: Harper & Row, 1954. p. 80 - 106

Avaliar artigo
5
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 11 Voto(s)
    Feedback
    Imprimir
    Re-Publicar
    Fonte do Artigo no Artigonal.com: http://www.artigonal.com/marketing-e-publicidade-artigos/marketing-de-relacionamento-e-fidelizacao-de-clientes-1028794.html

    Palavras-chave do artigo:

    marketing de relacionamento fidelizacao satisfacao do cliente

    Comentar sobre o artigo

    A escolha do tema abordado no presente artigo se procedeu a partir da observação da crescente da necessidade que as empresas possuem, atualmente, em captar novos clientes e da dificuldade em mantê-los como parceiros de seus negócios, sejam produtos ou serviços oferecidos. Nesse sentido, este estudo tem como objetivo principal apresentar a verdadeira eficácia do marketing de relacionamento, como ferramenta estratégica empresarial, na obtenção melhores níveis de competitividade, demonstrando a sua importância também como forma de reter os clientes e/ou consumidores para as organizações. Este artigo pretende demonstrar a importância que o marketing de relacionamento possui para a melhoria dos resultados das organizações e da otimização de suas atividades.

    Por: Juliana Aguiar Portol Marketing e Publicidadel 01/12/2008 lAcessos: 2,241

    Este artigo tem por objetivo enfatizar a importância da fidelização de clientes salientando a relação que existe entre a satisfação e a lucratividade das empresas. Na base bibliográfica focou-se a causa de fechamento das micro empresas, a importância do relacionamento com o cliente, o tipo de cliente abordado. Além disso, com o uso de um estudo de caso, procurou-se demonstrar o que diversos autores afirmam a respeito do tema satisfação do cliente e lucratividade dentro das empresas.

    Por: Julio Cesar Juaisl Negócios> Pequenas Empresasl 17/05/2009 lAcessos: 8,529 lComentário: 1

    Até pouco tempo atrás as organizações não tinham como prioridade os clientes em suas em suas necessidades e satisfações. A produção era o seu foco maior. Com o início da mentalidade marketing o cliente passa a ser o foco principal. A ênfase do relacionamento foi percebida como um instrumento fundamental para atração, retenção, fidelização de clientes. Este trabalho aborda os principais conceitos Marketing de Relacionamento, a visão dos principais autores sobre o tema ainda a realidade vivida po

    Por: Ertinhol Negócios> Administraçãol 24/11/2008 lAcessos: 6,652
    André Delevati Gorski

    O artigo tem como tema o Marketing de Relacionamento. Tem o objetivo de traçar os principais conceitos, componentes e práticas em torno do assunto, através de dados apurados em pesquisa bibliográfica. Justifica-se a escolha do referido tema, por sua crescente disseminação no mundo dos negócios.

    Por: André Delevati Gorskil Negócios> Administraçãol 15/11/2012 lAcessos: 138

    O Marketing de Relacionamento, consiste em estratégias de sustentação de relacionamento da empresa com o cliente, sendo portanto de intensa importância sua aplicação, já que os clientes estão cada vez mais exigentes e diferenciais competitivos são fundamentais para a sobrevivência das empresas no mercado. O estudo de caso da empresa Harley-Davidson, refere-se ao ponto em que tal empresa é um referencial de marketing de relacionamento bem executado.

    Por: Viviane Silize de Faria Borgesl Marketing e Publicidade> Marketing Internacionall 31/10/2008 lAcessos: 8,339

    Pretende-se com este trabalho realizar uma reflexão sobre estratégias de marketing aplicadas no varejo para consumidores de baixa renda, buscando a criação e efetivação do relacionamento entre empresa e cliente. Com considerável e importante crescimento, o mercado de baixa renda vem ganhando destaque e provocando grandes mudanças após o seu potencial de consumo presente e futuro serem percebidos por todo o mercado. O trabalho se inicia com a apresentação de conceitos e temas que fazem parte e sã

    Por: Renata Marquesl Marketing e Publicidadel 25/06/2009 lAcessos: 5,624
    Julio Leite

    A reflexão básica deste estudo consiste na qualidade do atendimento ao cliente e na prestação de serviços, estabelecendo mecanismos para que a fidelização e a retenção dos clientes aconteçam. Sendo assim, o que objetiva este artigo é a analise da importância de um atendimento e serviço prestado ao cliente com qualidade de modo que a empresa construa a rede de fidelização e retenção de seus clientes.

    Por: Julio Leitel Negócios> Atendimento ao Clientel 09/05/2012 lAcessos: 1,011
    Gerisval Alves Pessoa

    Ferramenta utilizada para descrever as necessidades e desejos dos clientes e os atributos de valor. Avalia o grau de importância dos atributos e o desempenho da empresa em relação a cada atributo.

    Por: Gerisval Alves Pessoal Negócios> Atendimento ao Clientel 30/12/2010 lAcessos: 859

    Este artigo visa entender a necessidade de se construir um relacionamento exemplar com os clientes, focalizando a satisfação de suas necessidades, obtendo sua captação e fidelização. Examina-se o segmento específico de serviços, utilizando o Hotel Belo Horizonte Plaza como estudo de caso para explicar o conteúdo dos assuntos abordados.

    Por: Tatiana Acerbil Negócios> Atendimento ao Clientel 26/10/2008 lAcessos: 14,635 lComentário: 1

    O SMS é um poderoso aliado dos consultórios e clínicas odontológicas como ferramenta de retenção de pacientes. Entenda nesse artigo como o SMS pode ser usado a favor do seu consultório odontológico.

    Por: Marcio Andrade Silval Marketing e Publicidadel 30/10/2014

    Ter um site não é mais uma questão a ser discutida dentro das empresas. Em um mundo tão conectado perde negócio aquela empresa que não tem uma presença online. Entenda quais são os passos necessários para criar um site de sucesso.

    Por: Marcio Andrade Silval Marketing e Publicidadel 28/10/2014

    Bem orientada, a Comunicação Interna cria engajamento e alinha propósitos (*) Marcel Omaki

    Por: ana paulaignaciol Marketing e Publicidadel 27/10/2014

    Devido aos resultados bastante positivos que ações de marketing na internet vem proporcionando para o varejo online, 80% dos entrevistados planejam focar em marketing de conteúdo, 77% em análise de dados, como CRM e Big Data; 72% em marketing nas mídias sociais, 71% em e-mail marketing e 70% em SEO.

    Por: Ricardo Prates Moraisl Marketing e Publicidadel 24/10/2014

    A internet e as telecomunicações mudaram a direção e comando do ciclo de vendas das empresas. Leia esse artigo e entenda como o consumidor se comporta em relação as compras tendo acesso a internet.

    Por: Marcio Andrade Silval Marketing e Publicidadel 23/10/2014

    Se você tem uma empresa, ainda que ela seja formada somente por um pessoa (o dono), sabe da importância de estar sempre ampliando sua carteira de clientes. Afinal, sem clientes, não existirá mais empresa.

    Por: Marcio Andrade Silval Marketing e Publicidadel 15/10/2014 lAcessos: 15

    Para divulgar uma pequena empresa muitos empresários partem do princípio de que basta utilizar algumas ferramentas sejam elas online ou offline e pronto. Entenda nesse artigo que para divulgar uma pequena empresa é preciso ir além.

    Por: Marcio Andrade Silval Marketing e Publicidadel 11/10/2014
    Sidney Sanches Biscaino

    O que é uma palavra-chave? A palavra-chave é uma palavra que vai ser colocado em seu artigo várias vezes, já que isso faz toda a diferença para seu artigo ser encontrado nos Sites de Buscas. Quando os motores de buscas veem que você tem uma palavra colocada várias vezes em um artigo, ele irá determinar a sua página aos usuários que fizeram uma pesquisa por determinada palavra-chave.

    Por: Sidney Sanches Biscainol Marketing e Publicidadel 10/09/2014
    Perfil do Autor
    Categorias de Artigos
    Quantcast