Você Sabe O Que É Pdv? - Pontos De Venda - Marketing

03/08/2009 • Por • 15,676 Acessos

Você já deve ter ouvido falar em PDV. Volta e meia, escuta em debates, em notícias ou em matérias de programas na TV e nos jornais as pessoas falando sobre PDV. Mas, você sabe o que quer dizer PDV?

Na verdade é muito simples; PDV significa “Ponto de Vendas”. E exprime no universo ligado a propaganda, a administração de empresas e ao marketing um local específico dentro de uma loja ou mesmo a loja propriamente dita.

Confuso? Nada disso, é bem simples; sinceramente você está cansado de topar com PDV’s a todo instante. Não acredita? Um exemplo bem comum: nos supermercados você não vê aqueles stands, gôndolas, balões e prateleiras enfeitados com elementos decorativos contendo a marca de um determinado produto em caráter de exclusividade? São pilhas, biscoitos, salgados, comidas e bebidas e as mais diversas combinações em pontos onde apenas aqueles produtos específicos aparecem. Pois é; isso é um PDV.

Os PDV’s ainda podem ser promocionais, onde algum brinde, vantagem ou agrado é oferecido ao cliente ou permanentes, quando os produtos ficam sempre ali e não dependem de promoções, sazonalidade ou qualquer outro elemento para continuarem presentes. Exemplos disso são os PDV’s de pilhas, de lâmpadas, sorvetes, revistas, goma de mascar, balas e aparelhos de barbear; seja qual for à época do ano ou como estejam às vendas; esses produtos sempre estão destacados em locais estratégicos dentro dos mercados em prateleiras, gôndolas ou araras especialmente feitas para eles e para a divulgação da marca do fabricante.

O PDV tem por objetivo ser mais um local de venda e atração de clientes para fortalecer o volume de produtos ou serviços ofertados e vendidos e, assim, provocar uma elevação no faturamento global das empresas. Funcionam como uma pequena filial, colocada em pontos espalhados pelas cidades e que objetivam apenas dar o devido destaque àqueles produtos. Dando mais ênfase na compra por impulso e na visualização desses produtos; sendo enormes facilitadores para as vendas. São fundamentais para a exploração rentável de lugares exíguos e podem converter espaços, até então inúteis, em áreas de grande rentabilidade num ponto comercial.

Como tem por objetivo chamar a atenção do consumidor e despertar-lhe o desejo de compra, os PDV’s sempre são elaborados com cores atrativas, imagens chamativas e que destacam muito bem a marca ou o fabricante do produto e são pensados para permitir uma fácil arrumação das peças. Sendo confeccionados sempre em matérias leves como plástico, papelão e outros elementos que permitam uma rápida e segura montagem, desmontagem e deslocamento. No caso de sorvetes, e outros produtos que necessitem de refrigeração; os PDV’s podem ser dotados de pequenas geladeiras com uma pintura especial que dê um destaque a mais e cumpra o papel de “chamar” o cliente.

A maioria dos PDV’s que encontramos nos supermercados é de metal trançado em forma de cestas ou de gôndolas em que os produtos ficam pendentes. No entanto, é cada vez mais frequente o uso de materiais de alta qualidade com um acabamento cada vez mais esmerado, os designers lutam constantemente para transformar o seu PDV num ponto de máxima atração de consumidores. E, nesse quesito, beleza é fundamental para encantar os olhos e abrir os bolsos.

Entretanto, elaborar um PDV não é tão fácil quanto parece. É necessário gerenciar os produtos das gôndolas, dispondo-os com a melhor configuração possível - afim de chamar a atenção do cliente, além de facilitar a vida do mesmo. Pensando nisso, algumas empresas fornecem o serviço de treinamento de PDV - Dessa maneira, elas focam as técnicas que desejam que as lojas utilizem na montagem das prateleiras e configuração das gôndolas.

Perfil do Autor

Liz Gusmão

Aficcionada por Marketing, Publicidade e Técnicas de Vendas.